Unitrans

Ônibus voltam a circular com mudanças que tornam as viagens mais seguras

Posted on

Desde o dia 21 de março, quando o isolamento social foi decretado em João Pessoa, que os ônibus do sistema de transporte público só circulavam pela cidade para atender a demanda de profissionais da área de saúde. Agora, com a necessária flexibilização e retomada gradual dos serviços, os ônibus voltaram a circular, nesta segunda-feira (06), com algumas mudanças que tornam as viagens mais seguras.

A retomada não se deu com 100% da frota, mas, com 60% dos veículos, o equivalente a 250 ônibus, até porque muitos serviços ainda estão suspensos e a retomada das viagens precisa ser gradual. Os horários também sofreram alteração, com a circulação restrita das 6h às 19h. Nos domingos e feriados, não haverá circulação de ônibus. 40 linhas com itinerários atuais e outras com algumas inovações estabelecidas pela Semob estão disponíveis dentro dessa nova realidade de mobilidade urbana por ônibus na cidade. A lista com todas as linhas e itinerários pode ser conferida no site www.passelegal.com.br.

As empresas adotaram medidas rígidas de limpeza e desinfecção dos veículos, tanto nas garagens quantos nos terminais de bairros e na Integração, que incluem operações sistemáticas de limpeza em pisos, corrimões, assentos e janelas, várias vezes ao dia. Também foram disponibilizados displays com álcool em gel em todos os ônibus. Quem for utilizar os ônibus terá que também fazer a sua parte e usar máscaras de proteção. “Estamos vivendo uma situação atípica, onde todos os segmentos precisam se reinventar e com o transporte público não é diferente. Mas, com as medidas adotadas, reestabelecemos o serviço, que é essencial para a mobilidade das pessoas, priorizado a segurança de nossos passageiros e operadores”, afirma o empresário Alberto Pereira, da Unitrans.

A capacidade de lotação dos ônibus também foi adequada as atuais circunstâncias, permitindo a circulação de veículos com os passageiros sentados e mais 12 pessoas, no máximo, em pé. Algumas linhas estão retornando pelo Terminal de Integração do Varadouro e outras pelo Parque da Lagoa. As linhas que passam pelo Terminal de Integração do Varadouro estão sinalizadas através de cartazes na frente dos ônibus. Essa alteração tem o objetivo de reduzir o tempo de viagem, permitindo uma maior rotatividade das linhas evitando, assim, aglomerações. Essa medida reduz em até 15 minutos o tempo de cada viagem.

Com as mudanças, temporariamente e enquanto persistir essa situação excepcional, a integração de um ônibus para outro, passa a ser feita temporal, através do cartão em qualquer ponto da cidade. Para os passageiros que irão realizar embarque no Terminal de Integração do Varadouro é permitido apenas o pagamento via cartão Passe Legal. Para os passageiros que estiverem com dinheiro e ainda não possuem o cartão, os guichês do Sintur estarão fazendo o cartão cidadão gratuito e a recarga na hora, precisando apenas do número do CPF. Para tirar dúvidas ou obter maiores informações, há o canal www.passelegal.com.br ou a opção de falar com o Sintur pelo número 99890-4622.

Unitrans reforça limpeza e higienização dos veículos e orienta funcionários sobre medidas preventivas de combate ao coronavírus

Posted on

Sintonizados com o atual momento de pandemia vivido em função da disseminação do coronavírus, a empresa de ônibus Unitrans, de João Pessoa, adotou uma série de medidas para orientar seus colaboradores a se proteger e minimizar os riscos do contágio. Neste sentido, a empresa está reforçando as orientações de como minimizar os riscos de contrair a doença, cancelou os treinamentos em grupo até o final do mês, distribuiu informes sobre medidas preventivas e disponibilizou dispositivos de álcool gel em todos os ambientes da empresa. Em relação a proteção dos passageiros, a empresa determinou a equipe de limpeza e higienização dos veículos que redobrasse os cuidados, com especial atenção na limpeza de corrimões, portas e janelas dos ônibus.

“Precisamos entender que cada um deve fazer a sua parte e que as atitudes individuais vão refletir em toda a coletividade, por isso além de orientar nossos funcionários, suspender os treinamentos temporariamente, estamos também reforçando a limpeza e higienização dos ônibus, não apenas nas garagens, mas, também nos terminais, nos intervalos das viagens, para aumentar a proteção de nossos passageiros e operadores”, destaca a diretora da Unitrans, Lorena Dantas.

A empresa suspendeu a realização do próximo módulo do treinamento do projeto ‘Operador em Ação’, que aconteceria na próxima semana. “Como a capacitação acontecia no auditório, com várias pessoas simultaneamente, decidimos seguir as orientações das autoridades de saúde de que se evite aglomeração. Assim que a situação voltar à normalidade, marcaremos nova data do treinamento”, explica a psicóloga da empresa, Socorro Aragão. Ela disse ainda que a empresa iniciou o aumento de férias dos profissionais da operação, dando prioridade aos funcionários do grupo de risco.

No sistema

O Sindicato das Empresas de Transporte Coletivo Urbano de Passageiros no Município de João Pessoa – SINTUR JP informou que, a partir desta quarta-feira (18), os ônibus de todas as empresas que operam na capital paraibana serão higienizados duas vezes ao dia, nas garagens, e ainda nos principais terminais de integração de passageiros, durante os intervalos das viagens.

Celebração eucarística marca a primeira década de atividades da empresa de ônibus Santa Maria

Posted on

Uma empresa que sabe qual o seu diferencial no mercado e investe nele. Essa frase se plica bem a empresa de ônibus Santa Maria, que pertence ao Grupo A. Cândido, Uma companhia que vislumbrou que seus recursos humanos eram o que ela tinha de melhor desde o início de suas atividades e que, na última sexta-feira (31), celebrou seus primeiros 10 anos de existência. A solenidade foi marcada com uma benção, comandada pelo Diácono Carlinhos, realizada na garagem da Santa Maria, no Distrito Industrial de João Pessoa. O evento contou com a participação de funcionários administrativos e operadores – motoristas, manobristas, fiscais e cobradores e a diretoria da empresa. Boa parte dos colaboradores estavam vestidos de blusa azul em alusão ao aniversário.

A missa teve início por volta das 16h30 com o Diácono Carlinhos fazendo uma reflexão a respeito da criação da empresa e sobre o que ela representa de sustentáculo hoje para várias famílias. “A ideia de uma empresa saudável e bem comandada foi plantada. A semente da árvore brotou, a planta cresceu e hoje é uma árvore forte com vários ramos que sustenta uma legião de pássaros”, disse o Diácono, lembrando que ninguém também vive só, cada uma fazendo sua parte é que se constrói algo que dê realmente frutos.

Após a missa, a gerente de recursos humanos da Santa Maria, Amanda Queiroz, apresentou um vídeo com um breve histórico da empresa, surgida a partir da compra da antiga Boa Viagem, e depois uma homenagem com o depoimento de alguns operadores que estão na empresa desde o início. No vídeo, ano a ano, desde 1º de janeiro de 2010, foram destacadas várias ações da Santa Maria para melhoria de seu ambiente interno, cujo foco sempre foi os colaboradores, sua frota e sua operação. Em 2012, por exemplo, ela investiu em cursos para operadores; no carnaval de 2013, a empresa colocou em circulação a maior frota da grande João Pessoa, bem como também recebeu prêmios como o TransportAr, ficando em um ano em 1º lugar e em outro no em 2º; em 2015 elegeram-na a frota mais nova da cidade e assim por diante, mostrando a evolução da Santa Maria durante essa década.

Mas, Amanda lembrou que o diferencial mesmo da Santa Maria sempre foi seu corpo de funcionários. “Lembramos que desde o dia primeiro de janeiro de 2010 o slogan da empresa era ‘Agora uma Boa Viagem se faz com a Santa Maria’, mostrando que a Santa Maria vinha para deixar uma marca. E essa marca a gente já sabe: o nosso diferencial está nas pessoas, que trabalham com entusiasmo e dedicação, competência e amor”, comentou a gerente de recursos humanos.

O gerente da Santa Maria, Rogério Vieira, frisou que durante todo esse tempo viu a empresa crescer saudável e manter uma cultura própria do Grupo A. Cândido, que é o respeito ao próximo, a gratidão a Deus e a vontade de realizar o melhor trabalho. “Vi a ascensão da empresa e hoje é uma imensa satisfação celebrar essa data porque a Santa Maria é uma extensão de minha casa, o sustento da minha família”, disse Rogério, agradecendo à Diretora da Santa Maria, Larissa Nascimento, pela oportunidade e pela inovação que ela sempre trouxe para o comando da empresa, que pertence a terceira geração do Grupo A. Cândido, os netos do patriarca do Grupo, Sr. Argemiro Cândido.

Uma das diretoras da Santa Maria, Larissa Nascimento, por sua vez, já ao final do vídeo que trouxe grandes depoimentos de funcionários com 10 anos de empresa, lembrou como tudo começou e falou da equipe motivada que existe na empresa. “O começo da Santa Maria se mistura com o início também de minha vida profissional. Mesmo sendo a caçula do Grupo no que se refere ao transporte público, somos destaque no que fazemos e isso muito se deve à equipe motivada que temos. Aqui não só fazemos, fazemos bem feito. Não fazemos, por exemplo, apenas a manutenção, fazemos a melhor manutenção. E estamos todos de parabéns”, disse a diretora, sendo muito aplaudida pelos funcionários.

O diretor do grupo A. Cândido, Sr. Alberto Pereira, também falou na ocasião e frisou a qualidade da equipe formada pela Santa Maria. “O que sobrou da antiga Boa Viagem? Vocês. Juntamos nossa organização a uma equipe que transformou tudo isso numa empresa saudável. Essa união nos fez crescer com amor e responsabilidade. Temos superado muitas dificuldades. Se o sr. Argemiro, meu pai, o fundador do Grupo, estivesse aqui hoje ele estaria muito feliz”, salientou Alberto, convidando a todos a cantar parabéns pelos 10 anos da empresa.

Alexandre Moura, motorista da Santa Maria desde o início da empresa, falou de sua satisfação em fazer parte daquele momento. “Aqui em cresci profissionalmente. Comecei na Boa Viagem, fui absorvido pela Santa Maria e hoje sou um profissional muito melhor. Respeito o cliente, faço todos os treinamentos, sei dirigir com segurança e trabalho com satisfação e alegria”, comentou o motorista.

Outro colaborador que elogiou a Santa Maria foi José Albanito. “Sou motorista há cerca de 25 anos. Dez deles na Santa Maria, onde me orgulho muito de trabalhar. Só fiz crescer como pessoa e como profissional. Aprendo muito todos os dias. Isso sim, é trabalhar com amor e satisfação”, destacou José Albanito, que faz parte dos 55 profissionais da Santa Maria que vestiram a blusa azul na comemoração.

Sobre a Santa Maria

A empresa começou a operar na Grande João Pessoa no dia 01 de janeiro de 2010 com cerca de 50 ônibus e 55 funcionários. Hoje, ela tem 69 veículos e 250 funcionários, sendo que desses, 180 pertencem ao quadro da operação. Nesses 10 anos, a frota foi renovada, a frota cresceu, linhas foram criadas e funcionários foram treinados constantemente para oferecer o melhor serviço de condução de passageiros. A Santa Maria opera 15 linhas: Colinas do Sul, Gramame; Engenho Novo; Rua do Rio; Cidade 105; 116 Colinas; 2501 Colinas; 5201 Colinas; 1510 – Circular; 5110 – Circular; 002 Roger; I009 Integração Colinas-Valentina; 101 Grotão – via Gervásio; Valentina e, a mais nova (criada recentemente), 9901 – Mangabeira Shopping.

Celebração natalina do Grupo A. Cândido ressalta legado do patriarca Argemiro Cândido e a importância da fé e comunhão com Deus

Posted on

A homilia do Padre Nilson Nunes e as homenagens prestadas por filhos e netos do Sr. Argemiro Cândido, patriarca do Grupo A. Cândido, falecido recentemente, marcaram a celebração natalina das empresas Unitrans, Santa Maria, Unidas Mercedes-Benz, Rodoviário Nordestino e TBS na manhã do último sábadao (14). A celebração religiosa que contou com a participação de colaboradores, parceiros, amigos e familiares dos funcionários aconteceu na garangem da Unitrans, em João Pessoa. O momento de renovação da fé e da celebração do verdadeiro espírito natalino é uma tradição do Grupo que é formado por 27 empresas, que atuam em sete estados do Nordeste e geram juntas mais de 4 mil empregos. A origem da holding foi com o Sr. Argemiro Cândido, que há 70 anos acreditou, apostou, trabalhou e começou a construir essa história de sucesso que já está na terceira geração dos Cândidos.

E foi justamente esse legado, de um cidadão visionário, trabalhador, temente a Deus e que sempre teve a ousadia de acreditar em dias melhores que marcou a celebração natalida deste ano do Grupo. A neta Lorena Dantas lembrou que seu avô tinha uma fé inabalável, uma fantástica força de trabalho, um enorme senso de Justiça e ainda era grato por tudo em sua vida. “A história de uma nação, de um povo e de um grupo se inicia com um líder e nosso líder foi meu avó, que há 70 anos com coragem e determinação, começou a nossa história”, destacou Lorena. O neto Rodrigo reforçou as homenagens lembrando o significado do nome Argemiro – guerreiro e protetor- e falou da emoção que teve com seu filho que disse que o bisavô iria dormir um sono profundo um dia antes da data de falecimento do Sr. Argemiro. “Meu filho disse que meu avô iria dormir um sono muito grande, mas que ele estaria com Deus, no céu. Escutar isso de uma criança, nos dá a certeza de que meu avô está em paz”, destacou Rodrigo, enaltecendo o orgulho que tem de ser neto de seu Argemiro.

Os filhos, Agnelo e Alberto, diretores da Unitrans e das demais empresas que integram o Grupo, também renderam homenagens ao patriarca da família. Alberto lembrou o quanto o pai era humilde e amigo e Agnelo fez uma retrospectiva das lutas e conquistas do Sr. Argemiro e da forma como ele educou os filhos. “Meu pai era rígido, deixava claro que ele era quem mandava em nossa casa, mas era um homem singular, muito trabalhador, de muita fé, tinha um compromisso muito sério com a reza e tinha visão de futuro, tanto que deixou marcas na cidade dele, no interior de Pernambuco que até hoje não foram superadas, a exemplo de um imóvel com primeiro andar ( o único da cidade até hoje) e de uma rua com dez metros de largura ainda num tempo em que não se discutia urbanização”, destacou Agnelo, que foi indicado pelos irmãos para representar a presidência do Grupo a partir de agora.

Além das homenagens ao Sr. Argemiro e da homila do Padre Nilson Nunes, a celebração teve uma procissão de entrada formada por funcionários que além do ofertório, entregou ao religioso miniaturas que simbolizavam as empresas que integram o Grupo A. Cândido. Na sequência, o Padre conduziu a tradicional comunhão com Cristo, destacando a importância do amor fraterno, da comunhão com Deus, da amizade sincera, do quanto a fé opera milagres na vida das pessoas e do verdadeiro sentido de comemorar o Natal. “O Natal é a representação maior do amor de Deus por todos nós. Ele simboliza o nascimento de Jesus. Não devemos esquecer disso nessa época’, disse o religioso.

Uma homenagem das integrantes do grupo da Terceira Idade ao casal Alberto e Gisa, seguida da apresentação de crianças, filhas de funcionários e de diretores do Grupo, que desejaram a todos um Feliz Natal também fez parte da celebração que foi encerrada com um lanche coletivo. O empresário e ex-senador, Roberto Cavalcanti, diretor do Sistena Correio de Comunicação, participou da celebração ao lado do radialista Nilvan Ferreira.

Encerramento do projeto ‘Operador em Ação’ premia os melhores motoristas da Unitrans e Santa Maria

Posted on

Motoristas das empresas de ônibus Unitrans e Santa Maria participarão, nesta quarta-feira (11) do encerramento das atividades do projeto “Operador em Ação”, no auditório do Tribunal de Contas do Estado, em Jaguaribe. Na ocasião serão conhecidos aqueles profissionais que se destacaram no decorrer do ano no que se refere à participação e adesão aos critérios pontuados na capacitação como a frequência de pelo menos 30 horas nos cursos do Operador em Ação, a falta de ocorrências de trânsito (acidentes e multas), o cumprimento de horários, uma boa média de quilometragem por litro de combustível e o número de transporte de passageiros no ano de 2019. O evento, que acontece em dois horários – 8h30 e 15h30 – contará com apresentações culturais e a presença de diversas autoridades.

Segundo a gerente de Recursos Humanos da Unitrans, Izabela Maria, existirá três tipos de premiações surpresas na Unitrans: serão premiados aqueles que obtiveram 100% de aproveitamento nos treinamentos do projeto, as 25 melhores pontuações e ainda os três melhores profissionais dentre os 25 que receberão uma premiação especial. Já na Santa Maria serão premiados todos os que conseguiram aproveitamento de 100%, as cinco melhores pontuações e, dentre esses cinco, o melhor também receberá um prêmio destaque. O aproveitamento de 100% na capacitação é o único item de caráter eliminatório. Quem atingir essa meta receberá o certificado de conclusão do Operador em Ação, além de um brinde do Grupo A. Cândido.

Ao todo, participaram do Operador em Ação 2019, 490 motoristas, sendo 370 da Unitrans e 119 da Santa Maria. Todos os motoristas que atingiram os 100% de aproveitamento receberão uma garrafa térmica de brinde. As premiações do ranking dos 25 melhores da Unitrans e dos cinco melhores da Santa Maria, bem como os melhores do ano, são surpresa. Em anos anteriores, nos melhores ganharam uma viagem com tudo pago pela empresa.

O tema este ano é “Os três Mosqueteiros”, que traduz a preocupação das empresas de ônibus em mostrar a importância da unidade, de um trabalho voltado para o coletivo. “O tema é um por todos e todos por um que significa o sentimento de equipe, de que cada um precisa fazer a sua parte para o sistema de transporte melhore cada vez mais ”, afirma Izabela Maria, gerente de Recursos Humanos da Unitrans.

A abertura do evento no auditório do TCE será feita pela diretora da Unitrans, Lorena Dantas e pela diretora da Santa Maria, Larissa Nascimento. As empresas de ônibus de João Pessoa, que integram o Grupo A. Cândido, desenvolvem esse projeto desde 2012.

Celebração natalina do Grupo A. Cândido vai contar com a participação do Padre Nilson Nunes

Posted on

O Padre Nilson Nunes, do Santuário Mãe Rainha, de João Pessoa, já confirmou presença na celebração natalina das empresas do Grupo A. Candido, que acontece no próximo sábado (14), a partir das 8h30, na garagem da empresa da Unitrans, em Água Fria. Na ocasião, colaboradores e familiares dos profissionais das empresas de ônibus Unitrans e Santa Maria, da transportadora Rodoviário Nordestino, da concessionária Unidas Mercedes-Benz e da empresa de fretamento TBS, que integram o Grupo A. Cândido na Grande João Pessoa, além de convidados, participação de um momento eucarístico de agradecimento a Deus por mais um ano. O tema da celebração deste ano será “Natal de Luz, nasceu o menino Jesus”

A diretora da empresa, Lorena Dantas, lembra que esse é um momento muito especial para todos os colaboradores do Grupo. “Além de já ter se incorporado ao calendário de eventos das empresas, essa celebração é um momento singular, onde nós renovamos a nossa fé, reforçamos o verdadeiro sentido do Natal e ainda fortalecemos os laços de amizade e colaboração entre todos que integram as nossas empresas”, afirma Lorena, lembrando que os desafios de 2019 foram muito grandes, mas, que com fé e perseverança estão sendo superados.

Sintur-JP amplia frota de ônibus para atender fiéis da Romaria da Penha

Posted on

Os fiéis que vão participar da Romaria da Penha neste final de semana terão um reforço considerável de linhas que circulam na região da procissão. As empresas de ônibus que atuam na região – Unitrans e Marcos da Silva – fizeram um reforço de frota com 120 veículos. O esquema especial vai funcionar nos dias 23 e 24 e ainda contará com reforço nas linhas Tetéu com duas viagens, as 3h30 e 4h, a partir do Terminal de Integração.

Os ônibus vão circular por Mangabeira e pelas avenidas Beira Rio e Epitácio Pessoa até o Terminal de Integração do Varadouro. A saída da Romaria por meio de transporte coletivo será próxima ao posto de combustíveis Federal, na PB-008, onde os veículos ficarão estacionados.

“Montamos um esquema todo especial para assegurar que a chegada e o retorno dos romeiros aconteçam com tranquilidade. Além da ampliação na frota, as linhas do Tetéu vão circular com reforço durante o domingo de madrugada. Desse modo atenderemos bem a demanda extra de passageiros gerada pela procissão”, afirma o diretor executivo do Sintur-JP, Isaac Junior Moreira.

Projeto Operador em Ação da Unitrans começa última etapa de 2019 com treinamento sobre Condução Responsável

Posted on

Os motoristas da empresa de ônibus Unitrans começaram nesta segunda-feira (18) a última uma etapa do projeto Operador em Ação de 2019. Durante toda essa semana e até o dia 22, os operadores trabalharão uma temática operacional, focada em algumas peças da engrenagem de um veículo – a turbina, o freio e a embreagem. Esses três itens estão diretamente ligados ao desempenho do veículo, ao consumo de combustível, a segurança da condução e a própria vida útil do motor e destas engrenagens importantes. A partir do tema ‘Impacto Positivo de uma Condução Responsável’, o instrutor Cláudio Martins vai reforçar informações e atitudes que possibilitam que os operadores dirijam ainda melhor.

A capacitação, que acontece no auditório da Unitrans, foi aberta pela gerente de Recurso Humanos, Isabela Maria, que agradeceu o interesse dos operadores e a participação nos módulos anteriores do Projeto. “Antes de mais nada, quero agradecer o compromisso de vocês em participarem dos treinamentos e buscarem, no dia a dia, melhorar a nossa prestação de serviços e desempenho operacional”, disse ela, enquanto passava várias fotos que registraram os treinamentos anteriores. Isabella lembrou ainda que no dia 14 de dezembro será a celebração Natalina da empresa e fez o convite para que todos participem deste momento.

Dividido em cinco etapas bimestrais, com duas turmas por dia, sendo uma pela manhã e outra à tarde, e divididas por terminais de linhas para que todos os profissionais possam participar sem atrapalhar seus turnos de trabalho, o Projeto começou hoje (18) sua última etapa antes da cerimônia de premiação dos melhores operadores do ano, que acontece na primeira quinzena de dezembro, provavelmente, no dia 11.

Nesta última etapa do Projeto, os operadores estão tendo a oportunidade de revisar procedimentos que melhoram a dirigibilidade dos veículos e, consequentemente, aumentam a vida útil de peças importantes e fundamentais na engrenagem dos ônibus. “Questões básicas como esperar cerca de 30 segundos depois de ligar o veículo para dar partida ou desligar com ele já parado, fazem a diferença na vida útil de turbinas, assim como não descansar o pé no pedal respeitar o tempo de rotação para troca de marcha, aumenta a vida útil da embreagem e evitar dar freadas bruscas para não danificar precocemente o disco de freio”, reforçou o instrutor, lembrando que ao menor sinal de que algo está errado com o veículo, o operador precisa acionar a garagem e solicitar o reparo. Ainda segundo Charles, a turbina é uma peça cara cujo tempo de vida útil pode ser reduzido em 50% caso a operação do veículo não seja correta.

O chefe de tráfego Allisson Ricartti, falou em seguida, comentando alguns resultados do Operador em Ação, que embora seja voluntário, tem tido um bom engajamento dos profissionais e mostrado uma curva ascendente de resultados positivos. “Vocês sabem que é muito importante essa participação no Projeto e o compromisso na busca de melhores resultados na operação e nós temos avançado muito. Ainda não estamos no ideal, mas já melhoramos bastante”, destacou Allisson apontando os avanços. O gerente de Manutenção da Unitrans, Ricardo Galvão, também prestigiou a abertura da semana de capacitação, reforçando o papel que tem cada operador e o convite para participar da celebração natalina, no dia 14 de dezembro.

O motorista do Circular 1.500, Gilvamberto Amarente Ferreira, que há 24 anos é funcionário da empresa e que foi um dos profissionais que se destacou pelo desempenho de suas funções, reforçou a importância de cada um fazer a sua parte, na busca de melhores resultados. “Se cada um fizer o seu melhor, lógico que todos ganham com isso, a empresa, que melhora o serviço, o passageiro que é melhor atendido e a gente que tem a garantia de um trabalho, além da cidade que continua a ter um serviço de transporte exemplar. Eu faço a minha parte. Eu sou um colaborador e sempre fiz o melhor que pude”, disse ele, que hoje ganhou um brinde – um conjunto de ferramentas- pelo seu bom desempenho na Linha.

O ‘Operador em Ação’ é um Programa de capacitação permanente da Unitrans, que existe desde 2012, e aborda temas ligados ao cotidiano dos operadores. A iniciativa busca qualificar os operadores com treinamentos diversos, com o objetivo de melhorar a prestação de serviço da empresa e sua operação e ao mesmo tempo reconhecer o empenho e dedicação dos profissionais na melhoria continua dos processos que envolvem a operação de transporte de passageiros em João Pessoa.

Empresas acordam pagamento de salários na quarta-feira e motoristas suspendem paralisação que aconteceria neste dia 22

Posted on

A paralisação dos motoristas de transporte público de João Pessoa, anunciada para acontecer nesta terça-feira (22), não será mais realizada. A decisão foi tomada durante uma reunião que aconteceu na sede da Superintendência de Mobilidade Urbana (Semob), na noite desta segunda-feira (21), entre empresários do setor e representantes do Sindicato da categoria. Ficou acordado durante o encontro, intermediado pelo superintendente da Semob, Adalberto Araújo, que as empresas pagarão a quinzena dos motoristas nessa quarta-feira (23)

Com dificuldades que se agravam há anos, resultado de uma crescente perda de arrecadação, em função da brusca queda de passageiros do sistema de transporte, as empresas há muito estão operando no limiar e, em muitas ocasiões, tendo que recorrer a bancos para complementar o pagamento de suas contas, entre as quais se destaca o custo com a folha de pessoal, a maior despesa do setor, seguida com os custos com combustíveis. “A conta não fecha há algum tempo, haja vista o número de empresas que faliram, fecharam e saíram do mercado. A tarifa hoje é alta para a população, porque cada vez mais, menos gente divide os custos do transporte público, e também não remunera a operação, porque sempre está defasada em relação aos aumentos de insumos e custos do setor. É uma equação difícil”, destaca o diretor da Unitrans, Alberto Pereira.

Entre os fatores que levaram as empresas a essa situação, destaca-se a concorrência desleal dos transportes clandestinos, a migração dos passageiros para outros modais, como motos e bicicletas e, mais recentemente, a invasão dos serviços de veículos que fazem transporte remunerado via aplicativos.

“Vivemos o pior momento do setor no país e isso não é discursos de quem quer impressionar, mas uma triste realidade que precisa ser mostrada a sociedade porque é ela que, fatalmente, sofrerá o maior impacto com o comprometimento de um serviço essencial para o dia a dia das cidades”, reitera o diretor institucional do Sindicato das Empresas de Transporte Coletivo Urbano de João Pessoa (Sintur-JP), Isaac Júnior Moreira. O sistema de transporte público de João Pessoa é formado por dois consórcios: Navegantes, com as empresas Santa Maria, São Jorge, Mandacaruense e Marcos da Silva e o Unitrans, integrado pela Transnacional e Reunidas.

“Chá da Tarde” reúne colaboradoras da Unitrans para comemorar o Outubro Rosa

Posted on

O final do expediente da última sexta-feira (11) foi bem diferente para as colaboradoras da empresa de ônibus Untrans, de João Pessoa. Isto porque, elas encerraram a jornada de trabalho com um chá da tarde, que marcou as comemorações do Outubro Rosa. Essa ação, que ocorre em todo o país para alertar às mulheres sobre a importância da prevenção, aconteceu no auditório da empresa e contou com a participação das diretoras da Unitrans, Lorena Dantas, da Santa Maria, Larissa Nascimento e da Unidas Mercedes-Benz, Gisa Melo, além da enfermeira e coordenadora da Agência Transfusional do Hospital Napoleão Laureano, Edenilza Ciraulo e de uma participação especial, a da convidada Chistiana Costa, que deu um testemunho de como enfrentou um câncer de mama, fez o tratamento e alcançou a cura.

A diretora da Unitrans, Lorena Dantas, reforçou a importância da campanha do Outubro Rosa, reiterou a necessidade das mulheres se cuidarem mais e lembrou que não é apenas no mês de outubro que essa atenção deva existir. “Ao menor sinal de algo estranho na mama, é importante que vá se averiguar o que está acontecendo, pois as chances de cura quando a doença está em estágio inicial são muito grandes. Portanto, mesmo com a correria do dia a dia, com os diversos papeis que precisamos desempenhar como mães, profissionais, mulheres, amigas, nós não podemos negligenciar com a nossa saúde, que é o bem mais precioso que temos”, disse ela.

O testemunho da Sra. Chistiana reforçou as palavras da diretora da Unitrans e a necessidade de não apenas se cuidar, mas acreditar que o câncer não é uma sentença de morte, mas, na maioria dos casos, uma resignificação da vida. “O diagnóstico de câncer assusta, dá medo, mas eu posso falar, com conhecimento de causa, de quem teve um câncer de mama e se curou, que é muito importante esse olhar da mulher sobre ela, um tratamento adequado e no estágio inicial da doença, além de ter fé que tudo dará certo. Tudo isso faz uma diferença enorme”, destacou a convidada.

Após as falas, as colaboradoras da empresa se confraternizaram em meio a um lanche coletivo, e ao som de voz e violão dos colaboradores, Ivan e Rosália, com direito a bolos e chás diversos e saíram da empresa conscientes de que é preciso ter um olhar especial sobre elas e de que não há desculpa que justifique a falta de atenção consigo própria. Elas também foram presenteadas com garrafinhas da campanha Outubro Rosa, que estão sendo vendidas pelo Hospital Napoleão Laureano, uma instituição referência no tratamento de câncer na Paraíba, que passa por dificuldades financeiras para manter seus serviços em pleno funcionamento. “Adquirimos as garrafinhas para dar nossa contribuição e ajudar o Hospital nessa ação do Outubro Rosa”, destaca a gerente de Recursos Humanos da Unitrans, Izabela Maria.

Sobre o câncer de mama

O câncer de mama é o que mais acomete as mulheres em todo o mundo, sendo 1,38 milhões de novos casos e 458 mil mortes pela doença por ano, de acordo com a Organização Mundial de Saúde (OMS). No Brasil, o Ministério da Saúde estima mais de 52 mil casos novos a cada ano. Segundo dados da Sociedade Brasileira de Mastologia, cerca de uma a cada 12 mulheres terão um tumor nas mamas até os 90 anos de idade.