Prefeitura de Soledade

Vereador de Soledade trama golpe na Câmara para cassar mandatos de parlamentares e do prefeito Geraldo Moura

Posted on

A Câmara Municipal de Soledade pode entrar para a história política da Paraíba como a Casa legislativa que trama golpes para apear do poder, injustamente, políticos eleitos legitimamente pelo povo. Além de tentar tomar no ‘tapetão’ o mandato do prefeito Geraldo Moura, parte dos integrantes da Casa Conselheiro José Osório da Nobrega, agora quer alterar o Código de Ética e Decoro Parlamentar na tentativa de prejudicar e cassar os mandatos dos vereadores Júlio Cezar Garcia e Osório Policarpo Neto.

A tentativa de golpe no Legislativo começou, no último dia 20, com a apresentação de um Projeto de Resolução, de autoria do vereador Reginaldo de Babá. De acordo com a propositura, os prazos para denunciar e cassar o mandato de um parlamentar seriam reduzidos de cinco sessões plenárias, o equivalente a cinco semanas, para apenas cinco dias úteis. Como a oposição hoje tem voto para aprovar a matéria, a cassação, nestes novos moldes, quase líquida e certa.

A ‘armação’, cujo maior mentor é o ex-prefeito, Ivanildo Gouveia, um político cassado e ficha suja, que não aceita a ascensão do atual prefeito, do qual até bem pouco tempo era aliado, beira o absurdo. A alegação dos parlamentares de oposição a atual gestão para justificar a quebra de decoro dos vereadores Júlio e Osório não se sustenta no campo jurídico, moral e nem ético. Isto porque, eles alegam que esses dois parlamentares, integrantes da Comissão Processante Especial, que investiga supostas denúncias contra a atual gestão, teria coagido a vereadora Vânia Leal a assinar o documento da Comissão que acatou, por unanimidade, a defesa do prefeito Geraldo Moura. Só que a própria vereadora já declarou em plenário que votou pela aprovação da defesa do prefeito de livre e espontânea vontade. Outra alegação é que a Comissão Processante não se reuniu fato também, publicamente, já contestado pela vereadora Vânia.

O Projeto de Resolução, na realidade, é uma tentativa de cassação de mandatos, primeiro no legislativo, depois do executivo, já que a oposição hoje conta com a maioria simples e, por isso, eles podem aprovar a denúncia, mesmo sem ela existir, e cassar os mandatos dos vereadores. Segundo comenta-se nos bastidores da política de Soledade, essa tentativa de alterar o Código de Ética tem como principal propósito abrir vaga para o suplente de vereador Márcio do Caminhão e, com isso, atingir os votos necessários, que hoje a posição não tem, para cassar, posteriormente, também o mandato do prefeito Geraldo Moura.

O Código de Ética e Decoro Parlamentar da Câmara de Soledade foi criado e aprovado em 2017, quando o vereador Reginaldo de Babá era o Presidente da Câmara. De lá para cá, ele nunca se pronunciou em solicitar aos líderes de bancada as indicações e, na atual conjuntura, para beneficiar um possível golpe, quer a todo custo mudar os artigos e o vereador Leleto, pelo fato da oposição ter a maioria, quer indicar os membros da comissão processante, promovendo uma verdadeira ‘marmelada’ na Casa legislativa. “Essa tentativa de tomar o poder pelo tapetão em Soledade não tem o apoio da população, que reconhece que a nossa gestão é uma das melhores que o município já teve. Quem quiser ser prefeito e vereador tem que se submeter a vontade popular, em eleições limpas e democráticas e para isso tem que ter ficha limpa”, finaliza o prefeito Geraldo Moura.

Bela Vista, Gouveião e Hospital recebem força tarefa de limpeza urbana em Soledade

Posted on

Após dar início aos trabalhos de limpeza aos arredores do Centro Administrativo de Soledade e de algumas ruas da cidade, a Secretaria de Meio Ambiente e Limpeza Urbana do município começou também, nesta terça-feira (21), a limpeza de vias no bairro Bela Vista e do Gouveião, bem como nos arredores do Hospital Municipal, no Centro. A força tarefa é composta por oito funcionários que, utilizando maquinários como uma caçamba Patrol e uma retroescavadeira, estão fazendo a retirada de lixo de grande porte e da vegetação desordenada (matos) nas localidades.

Semana passada, uma equipe também iniciou a limpeza da Rua José Rufino, que está para ter seu meio-fio pintado nesta quinta-feira (23) se as chuvas assim permitirem. “Estamos terminando a limpeza da José Rufino. Já teve a varrição completa, a retirada de vegetação e outros lixos e iríamos fazer a pintura do meio-fio. Mas, em função da chuva, o serviço foi adiado para que a rua seque”, disse a secretária de Meio Ambiente e Limpeza Urbana, Cláudia Rosyanne Arruda.

Ela também destacou que, em breve, será iniciada a limpeza das praças públicas para deixar cidade ainda mais bonita para receber os turistas durante os festejos juninos. A limpeza das localidades, que inclui varrição, a coleta de lixo de grande porte e a poda de vegetação, é feita de 7h às 11h e de 13h às 17h, sempre às terças e quintas-feiras. O Cemitério da cidade também recebeu a força tarefa na semana passada.

Caminhada do CAPS chama a atenção da sociedade para inclusão através da Luta Antimanicomial

Posted on

O dia 18 de maio é o dia da Luta Antimanicomial e, engajados em derrubar o preconceito que ronda o tema, na busca de tratar pessoas portadoras de transtorno mentais com mais inclusão social e, sobretudo, chamar a atenção da sociedade para essa questão, o Centro de Atenção Psicossocial (CAPS) de Soledade realizou uma caminhada, na manhã desta segunda-feira (20). Contando com a participação de diversos moradores e também de usuários do CAPS, além de familiares e profissionais de saúde, a ação ganhou as ruas da cidade, saindo e voltando para a sede do CAPS.

Segundo a coordenadora do CAPS, Taciana Primo, a caminhada atingiu seu objetivo, tendo em vista que durante a ação quem não conhecia de perto os pacientes em atendimento no CAPS passou a vê-los de forma diferente. “Foi muito bonita a ação e a interação das pessoas. Durante o percurso, vi gente chegar e dizer que não sabia que esses pacientes poderiam fazer o que fazem, que é interagir, dar resposta ao que se demanda, assim como todo ser humano”, disse a coordenadora.

Ela explicou que o Movimento da Luta Antimanicomial se caracteriza justamente pela luta pelos direitos das pessoas com sofrimento mental e dentro desta luta está o combate à ideia de que se deve isolar a pessoa com algum transtorno mental em nome de tratamentos ou preconceitos que cercam a doença. “O Movimento serve para nos lembrar que todo cidadão tem o direito à liberdade, o direito a viver em sociedade e isso nos leva a falar de inclusão, de quebra de preconceito. As pessoas precisam ver que eles são capazes e não merecem essa discriminação”, argumentou Taciana.

Hoje, dos 20 usuários em média atendidos ao dia no CAPS de Soledade, a maioria são portadores de Ansiedade Grave e Depressão. Alguns possuem esquizofrenia e outros transtorno da bipolaridade. E o trabalho que é feito no local é de extrema importância para a vida saudável dessas pessoas, como Taciana, citou através de exemplos. “Temos uma pessoa que ela era internada quatro a cinco vezes no ano. Quando saiu do isolamento e veio para o CAPS, já está há oito anos sem ser internada. Isso é uma alegria para gente. De pouco em pouco, nós conseguimos muito. Agradeço a Deus quando vejo esses resultados. E sempre tem. A gente que está lá com eles vê isso todos os dias”, conta ela.

A caminhada teve início no CAPS, passou pela Prefeitura de Soledade, seguiu para o Mercado Público, Clube Recreativo, Banco do Brasil, até a Praça Central, tendo, o grupo voltado para o CAPS.

Marco legal

Assim como o processo do Movimento da Reforma Sanitária, que resultou na garantia constitucional da saúde como direito de todos e dever do estado através da criação do Sistema Único de Saúde, o Movimento da Reforma Psiquiátrica, iniciado lá na década de 70, resultou na aprovação da Lei 10.216/2001, que trata da proteção dos direitos das pessoas com transtornos mentais e redireciona o modelo de assistência. Este marco legal estabelece a responsabilidade do Estado no desenvolvimento da política de saúde mental no Brasil, através do fechamento de hospitais psiquiátricos, abertura de novos serviços comunitários e participação social no acompanhamento de sua implementação.

Governador João Azevêdo e deputado estadual Wilson Filho se tornarão cidadãos soledadenses no próximo sábado

Posted on

O governador da Paraíba, João Azevêdo, e o deputado estadual, Wilson Filho, receberão, no próximo sábado (25), o título de ‘Cidadão Soledadense’. A outorga da honraria foi aprovada pela Câmara Municipal de Soledade, na sessão desta segunda-feira (20). Os títulos serão entregues no mesmo dia em que o Governo do Estado realiza em Soledade, a plenária do Orçamento Democrático, programada para acontecer a partir das 16h, no Ginásio da escola estadual Dr. Trajano Nóbrega. A propositura do governador foi da bancada governista e a do deputado iniciativa do vereador Osório Policarpo Neto.

A outorga do título ao governador, aprovado por unanimidade na Casa, segundo justifica o Projeto de Decreto Legislativo Nº 003/2019, se deu em reconhecimento aos relevantes serviços prestados pelo governador ao município. A mesma justificativa se aplica ao Decreto Nº 004/2019 que outorga a mesma honraria ao deputado estadual Wilson Filho, o mais bem votado parlamentar para a ALPB no município.

Para o prefeito Geraldo Moura, a iniciativa da Câmara foi bem oportuna e justa. “O Poder Legislativo de Soledade reconhece com essa atitude a importante contribuição do governador e do deputado com o desenvolvimento de Soledade”, disse o prefeito, lembrando que Wilson Filho, quando era deputado federal destinou recursos, através de emendas, para importantes obras no município e que o governador, apesar de estar somete há cinco meses no cargo, já destinou recursos para ações no município e acena com mais investimentos.

Garis de Soledade são homenageados em seu Dia

Posted on

Conhecidos por promover a limpeza das cidades, os garis são profissionais que merecem todo o respeito da sociedade. E, para demostrar a relevância desse profissional para a dinâmica das cidades, a Secretaria de Meio Ambiente e Limpeza Urbana de Soledade realizou, nesta quinta-feira (16) – Dia Nacional do Gari, um evento em alusão à data, na Câmara dos Vereadores da cidade. Inédita no município, a comemoração reuniu todos os 28 coletores da cidade e suas famílias para a homenagem que culminou em um almoço.

Começando seus trabalhos as 5h, todos os dias, com exceção de finais de semana e feriados, para deixar as vias urbanas sempre limpas, os garis projetam para o público o aspecto de um trabalho “duro”, mas também carregam uma esfera ética de seu trabalho, afinal de contas, uma cidade limpa é sinônimo de urbanidade, educação e saúde. Assim, tendo em vista seu papel para garantir qualidade de vida aos moradores de Soledade, esses profissionais receberam o carinho e as homenagens da atual gestão com o pronunciamento de diversas pessoas, além do sorteio de brindes e um almoço na sede da secretaria de Meio Ambiente, na Rua Epitácio Pessoa.

Na oportunidade, além de agradecer a presença de todos, a secretária de Meio Ambiente, Cláudia Rosyanne Arruda, ressaltou a motivação de tal iniciativa, argumentando que o trabalho desse grupo, não apenas o de coletar o lixo, mas também o de educar, é o que mantem as vias limpas e a cidade mais bonita. “Os garis merecem todo o nosso reconhecimento porque eles contribuem com suas funções para que nossas vias urbanas estejam sempre limpas e, dessa forma, também ganhamos qualidade de vida”, disse a secretária.

Ela também agradeceu a atual gestão por reconhecer o trabalho dos garis. “A gestão está de parabéns por reconhecer essa classe profissional que tem demostrado comprometimento em suas obrigações diárias e com a limpeza de nossa cidade”, ressaltou.

O evento contou também com a participação do Técnico de Segurança do Trabalho, Emanoel Júnior, que falou um pouco sobre a segurança no trabalho para os garis, além do engenheiro ambiental, Gustavo Batista, que destacou a importância dos garis para a preservação do Meio Ambiente, e ainda membros da equipe do Núcleo de Apoio à Saúde da Família – NASF, que frisou a necessidade de se buscar sempre qualidade de vida através de bons hábitos alimentares e a prática de exercícios.

O encontro na Câmara terminou com um alongamento. Em seguida, todos os convidados – garis, familiares dos garis, representantes da gestão municipal, equipe de saúde –  dirigiram-se à sede da Secretaria do Meio Ambiente, onde participaram de um almoço.

Mais sobre o Dia do Gari

O termo “gari” surgiu em homenagem ao francês Pedro Aleixo Gary, que se destacou no Brasil como o responsável pela fundação da primeira empresa de coleta de lixo nas ruas do Rio de Janeiro, no ano de 1976. Inicialmente o trabalho da empresa era promover a limpeza nas ruas e praias da cidade. Hoje, essa profissão é imprescindível para que qualquer cidade se mantenha limpa.

I Ação HIPERDIA no Alto São José feita pela equipe da Estratégia de Saúde da Família foi um sucesso

Posted on

Os moradores do bairro do Alto São José tiveram uma manhã diferente nesta quinta-feira (16) graças a uma inciativa da equipe de Estratégia de Saúde da Família (ESF)  VI Dr. António Luiz Coutinho, que promoveu a I Ação Social de HIPERDIA. O evento, promovido em parceria com o NASF, Secretaria da Saúde de Soledade e a Coordenação da Atenção Básica, ofereceu diversos serviços de saúde  à  população durante toda a manhã, na Praça Academia da Saúde, no Alto São José. Cerca de 80 pessoas participaram dessa primeira edição.

O objetivo do HIPERDIA foi chamar a atenção das pessoas, principalmente, os hipertensos, diabéticos, idosos e gestantes da unidade Dr. António Luiz Coutinho, sobre a importância de se manter bons hábitos de saúde, além de disponibilizar alguns serviços de saúde ao público, tais como, aferição de pressão arterial, testes de glicemia capilar, vacinação e orientação de saúde bucal. Além disso também  aconteceu prática de exercícios – alongamento – com os fisioterapeutas do NASF (Núcleo de Apoio à Saúde da Família). Ao final da ação foi oferecido um lanche coletivo  e saudável aos convidados.

Para a coordenadora da Atenção Básica, Roberta Pedrino Fagundes, esse primeiro HIPERDIA foi bastante motivador, tendo em vista a grande aceitação do público que compareceu ao evento. “Foi muito positivo e com uma aceitação muito boa dos participantes. Gostamos muito”, comentou Roberta, adiantando que outras edições do HIPERDIA virão em breve. “O próximo, tudo indica que teremos um público ainda maior”, disse.

A ação social da equipe tem como pano de fundo um grande mal que acomete a população brasileira, que é a hipertensão. A doença atinge cerca de 25% dos brasileiros e vem também acontecendo entre os mais jovens. “Nessa ação queremos mostrar como fazer para se prevenir com os bons hábitos de alimentação e a prática de exercícios físico”, explicou Roberta, agradecendo todos os profissionais que e envolveram na ação.

Criatividade e emoção marcam comemorações do Dia das Mães nas escolas de Soledade

Posted on

As escolas da rede municipal de Soledade realizaram diversas atividades para celebrar o Dia das Mães, na quinta-feira (09) e sexta-feira (10). Em todas as unidades o que marcou foi o carinho e capricho dos organizadores, bem como o entusiasmo das crianças e a emoção de cada mãe que recebeu a homenagem. A Secretaria de Educação orientou que cada escola escolhesse a melhor forma de celebrar a data. Algumas optaram por um café da manhã, outras com lanche da tarde, jantar e até dia de recreação em fazenda.

A secretária da Educação de Soledade, Andrea Berto, parabenizou a todos pelos momentos dedicados à confecção de lembranças, brindes, apresentação das crianças e à própria organização e realização do evento que, em sua opinião, deixou todos emocionados. “Estou muito feliz com as comemorações. Todas as escolas, da zona urbana e rural, cada uma de acordo com sua realidade, esforçaram-se e deram um show de criatividade e carinho para as mamães”, disse a secretária.

As escolas da zona rural prestaram homenagem às mães durante o dia, com café da manhã e outras com lanches coletivos à tarde. Na oportunidade, as mães se acomodaram em mesas decoradas com o tema e se serviram de frutas, bolos, sucos, pães dos mais diversos.  Algumas distribuíram lembranças como canecas e também fizeram brincadeiras envolvendo mães e filhos, a exemplo da Escola João Paulo – Sítio Arruda. Todas tiveram homenagem dos filhos que se apresentaram com dança e música para suas mães.

As escolas da zona urbana também contaram com momentos pela manhã e/ou pela tarde. A Escola Maria do Carmo, por exemplo, realizou um café da manhã com música ao vivo e sorteio de brindes, além das apresentações dos alunos para suas mães. Já as escolas Lúcia Matias e a Irmã Ana, em função da quantidade de mães de alunos, realizaram suas homenagens nos dois turnos. Pela manhã com café, e à tarde, com um lanche, mas as duas com homenagens dos filhos e sorteio de brindes. Todas as escolas tiveram decorações alusivas ao Dia das Mães.

A escola Municipal Juvina de Oliveira ofereceu um momento de recreação em uma fazenda onde as mães tomaram banho de piscina, participaram de brincadeiras e sorteio de brindes. A escola Luiz Gonzaga  Burity, que tem turmas do Fundamental I e Educação para Jovens e Adultos – EJA, também prestou suas homenagens às mães, bem como a creche Marialdo Castelo Branco Melo, que ofereceu um jantar para as mães na sexta-feira (10), encerrando as homenagens.

A rede de educação municipal possui cerca de 2.400 alunos que vão de dois anos até a educação de jovens e adultos (EJA), além de 150 professores, distribuídos em sete escolas na zona rural, cinco unidades na área urbana e mais uma creche.

Catadores de lixo são vacinados em Soledade

Posted on

No cumprimento de sua atividade cotidiana, os catadores de lixo precisam revirar sacos contendo plásticos, papelões, latas de alumínio e vidros e separar esses materiais de outros tipos que não tem valor comercial. Durante essa manipulação, eles também estão expostos a diversos agentes de risco que podem afetar sua saúde. Pensando justamente em resguardá-los, a Prefeitura de Soledade estendeu a vacinação de Antitetânica e Hepatite B, obrigatória aos trabalhadores em Coleta Seletiva, e também doses da vacina contra a Febre Amarela para os catadores que atuam diariamente no “lixão” do município. Em breve, a administração municipal também entregará os EPIs necessários.

A ação, coordenada pela Secretaria Municipal de Meio Ambiente e Limpeza Urbana de Soledade, que procurou auxilio da coordenação da Atenção Básica à Saúde na cidade para que vacinasse os catadores, aconteceu no final de março. Na oportunidade, uma equipe de profissionais de Saúde do município foi até o lixão e aplicaram a vacina em 13, dos 15 catadores presentes que que trabalham no local.

Segundo a secretária de Meio Ambiente e Limpeza Urbana de Soledade, Cláudia Rosyany, a iniciativa foi de extrema importância porque garante a proteção desses trabalhadores. “Ninguém gosta de tomar vacinas e eles já tinham sido orientados a procurar os postos de saúde para se imunizar, mas não foram. Então, achamos melhor levar as equipes de saúde até eles e deu muito certo. Agora, eles estão mais protegidos e, em breve também terão Equipamento de Proteção Individual, como botas, luvas e máscaras para trabalhar com mais tranquilidade”, comentou Rosyany.

Ela explicou que a Prefeitura está com projetos bastante direcionados nesta área. Além da vacinação dos catadores, do encaminhamento da compra de EPIs, a administração municipal também está com tudo organizado para a construção do aterro sanitário de Soledade. “Já temos maquinário adequado, parte de engenharia perfeita, com tudo dentro das normas legais, faltando apenas resolver uma questão jurídica em função do local que temos disponível”, disse a secretária, destacando que o local atende a todas ás exigências ambientais relacionadas a lençol freático, engenharia, mas tem uma questão de sucessão hereditária quanto ao terreno na Justiça.

Enquanto não se iniciam as operações do aterro, a Secretaria de Meio Ambiente e Limpeza Urbana continuará com suas ações voltadas à preservação da cidade com a coleta em dia de seu lixo, as podas de árvores e outras vegetações, bem como a proteção dos trabalhadores diretamente envolvidos nessas atividades. Vale salientar que catadores e coletores de lixo estão em contato com agentes de risco de natureza biológica como os vírus, bactérias, parasitas, toxinas e príons, o que torna genuína a preocupação do poder público, visto que isso também se torna um problema de saúde pública. “Estamos de olho e estamos trabalhando nisso a gestão também está atenta a essas questões”, disse a secretária.

Prefeito de Soledade apresenta relatório de defesa aos integrantes da Comissão Processante da Câmara e documento é aprovado por unanimidade

Posted on

 

O relatório contendo documentos, respostas e defesas que comprovam a inocência do prefeito de Soledade, Geraldo Moura (PP), na condução da gestão municipal, foi aprovado, por unanimidade, pela Comissão Processante da Câmara Municipal, formada pelos vereadores Júlio Cezar Garcia, Osório Policarpo Neto e Vânia Leal. A análise do documento, que deverá entrar na pauta da próxima sessão plenária, deve ser feita pelos vereadores do município em sessão do dia 13, marcada para começar as 9h30. Na ocasião, os nove vereadores decidirão se acatam a denúncia, dando prosseguimento à ação ou acatam a defesa do prefeito e arquivam o processo.

“Estou muito tranquilo porque todas as decisões e atos como chefe do executivo sempre foram feitas baseadas na legitimidade dos atos administrativos, respeitando o rigor da lei e dentro de uma conduta ética, onde os investimentos e direcionamentos dos recursos públicos sempre priorizaram o interesse da população de Soledade”, disse Geraldo Moura, lembrando que para cada pseudo denúncia, sua defesa apresentou provas robustas e incontestáveis.

O que estão querendo, segundo o prefeito, é tomar a gestão no tapetão. “Nós não vamos permitir que a vontade soberana do povo de Soledade seja desrespeitada desta forma. Quem quiser assumir a Prefeitura precisa antes ter condições legais de disputar um mandato, passar pelo crivo do povo e ser o mais votado. Ai sim, mas, querer se apropriar de um mandato legítimo, com manobras nada republicanas, não é uma atitude democrática, nem muito menos aceitável” finalizou o prefeito.

Grupo de flautas e coral de idosos do Serviço de Convivência de Soledade chama a atenção dos vicentinos de Campina Grande

Posted on

Crianças, adolescentes e idosos que fazem parte de projetos do Serviço de Convivência e Fortalecimento de Vínculos (SCFV) da Prefeitura Municipal de Soledade participaram, no domingo (28), da Festa Regulamentar em honra aos 184 de Antônio Frederico Ozanam, fundador da Sociedade São Vicente de Paulo (SSVP), entidade de caridade, sem fins lucrativos, bastante conhecida na Paraíba. O evento, que ocorreu na Casa do Menor, em Campina Grande, contou com a apresentação do grupo de flautas “Filhos do Nordeste” e do grupo de coral “Vozes da Sabedoria”.

Ao todo, participaram da apresentação 16 crianças e adolescentes e 46 idosos. Todos eles foram para Campina Grande em um ônibus locado pela Sociedade São Vicente de Paulo e uma van locada pela Secretaria de Assistência Social de Soledade. Os dois grupos do SCFV foram recepcionados pelas Missões Vicentinas e pelo Conselho Central de Campina Grande, que os convidaram para abrilhantar o evento, prestigiado por cerca de 300 pessoas.

Além disso, os grupos geraram interesse nos realizadores da ação, que reuniram-se, posteriormente, com a coordenadora do SCFV, Janeide Costa, para colher informações e implantar projetos similares ao realizado em Soledade. As apresentações foram as atrações principais do evento. “Todos ficaram bem emocionados e gerou interesse dos organizadores para que esse projeto servisse de base para que eles copiassem nos grupos de idosos que eles têm. Assim, falei sobre o que fazíamos no Serviço de Convivência, como nós trabalhávamos, como os idosos eram encaminhados para o Serviço. Enfim, foi um dia muito produtivo”, disse Janeide, lembrando que esse é o resultado de um trabalho feito com responsabilidade e com políticas públicas construídas com base na proteção e inclusão social para os que mais precisam”, finalizou.

Um pouco da SSVP

A Sociedade São Vicente de Paulo foi fundada em 23 de abril de 1833 por um grupo de universitários liderados por Antônio Frederico Ozanam (1813-1853), estudante de Direito da Universidade de Sorbone, em Paris. A entidade surgiu em resposta ás críticas que os ateus faziam naquele tempo aos cristãos, dizendo que eles não praticavam o que pregavam. Assim, a SSVP foi criada e mantida até hoje por católicos leigos que, voluntariamente, se empenham no apoio a indivíduos, famílias e grupos marginalizados. O patrono do grupo liderado por Ozanam foi “o Pai da caridade”, São Vicente de Paulo (1581-1660). A primeira unidade vicentina no Brasil foi criada no Rio de Janeiro em 1972. Hoje existem 300 mil vicentinos em todo o país,  e 200 mil famílias assistidas.