Prefeitura de Soledade

Soledade participa de treinamento da RedeSim

Posted on

O Governo do Estado, por meio da Junta Comercial (Jucep), está realizando cursos de qualificação para municípios que integram ou desejam participar da Rede de Simplificação e Integração dos Processos de Registro, Alteração e Baixa de Empresas (RedeSim). Soledade é um dos municípios que está integrado a Rede que se constitui em uma importante ferramenta de facilitação para negócios, proporcionando geração de emprego e renda, graças a fatores como agilidade e desburocratização na abertura de novas empresas. Nesta quarta-feira (11), a secretária de Finanças, Jaqueline da Silva Gouveia, o coordenador de Tributos, Emanuel Vicente de Gouveia e a Agente de Desenvolvimento, Ana Maria Lopes do Nascimento participaram de um treinamento, em Campina Grande.

“O RedeSim é um programa de desburocratização extremamente importante, com uma visão moderna, que inova aas relações comerciais e Soledade quer ser agente deste processo”, explica o prefeito Geraldo Moura. A expectativa da Jucep é que até dezembro, os 223 municípios paraibanos estejam interligados no RedeSim que foi criado pelo Governo Federal, em 2007. Soledade aderiu a RedeSim em 2017.

A capacitação sobre o RedeSim foi ministrada pela Jucep, em parceria com o Sebrae. Na programação foi visto toda as funcionalidades do programa, além de outros aspectos, como a adesão. “Com a RedeSim a gente tem um controle mais efetivo sobre o número de microempresas, de empresas abertas, e a partir desta visão é possível melhorar a qualidade de nossas políticas públicas na geração de novos negócios em Soledade, ampliando as possibilidades de geração de renda e emprego”, argumenta a secretária Jaqueline da Silva Gouveia.

Sobre o RedeSim

É um sistema criado com a finalidade de unificar os processos legais para abertura ou fechamento de empresas no País: registro, inscrição, alteração e baixa. Esse processo integra informações de todos os órgãos responsáveis por registro e inscrição de empresas, a exemplo do Corpo de Bombeiros e Vigilância Sanitária. Todo o acompanhamento pelo empreendedor é feito pela Internet.

Soledade comemora emancipação política com a realização da XXI Semana da Cultura

Posted on

Entre os dias 11 e 20 de setembro, a Prefeitura de Soledade realiza a sua XXI Semana da Cultura, que marca a comemoração de aniversário de 134 anos de emancipação política do município. Durante esse período serão realizadas Feiras de Ciências nas escolas de Soledade, apresentações, shows e concursos culturais no Clube Recreativo, encontro de bandas marciais e fanfarras. A programação ainda inclui a Festa da Emancipação, no dia 21, com entrega de obra e shows musicais, um encontro de Bandas Marciais, no dia 22 e o encerramento das atividades, no dia 24 de setembro, com hasteamento de bandeiras e missa em ação de graças na Igreja Matriz, com a presença do prefeito Geraldo Moura, sua equipe e diversas lideranças locais e estaduais, além da população em geral.

A programação foi dividida em Feiras de Ciência e as atividades do Ressurgir – Ano II, onde vem trabalhando os ‘100 anos de Jackson do Pandeiro’, através da música, poesia, teatro, dança e coral. Segundo a secretária de Educação, Andrea Berto, o evento é um momento importante para todos na cidade. “A gestão resgatou ano passado o Ressurgir da história, resgatado de forma original da primeira semana da cultura que aconteceu em 1987. O prefeito Geraldo Moura vem estimulando esse resgate da história da cidade e de sua cultura”, comentou Andrea.

A abertura da Semana começou nesta quarta-feira (11), com as Feiras de Ciências em três escolas do Campo a José da Costa Lima (Posse), Adelina Ouriques (Bom Sucesso) e João Paulo (Sítio Arruda). “Foram momentos muito ricos culturalmente. A diversidade dos trabalhos realizados pelos professores e alunos, os detalhes nas apresentações feita pelos alunos, nos mostrou o quanto toda a comunidade escolar está envolvida com o tema trabalhado. Estou muito feliz em ter presenciado esses momentos”, disse a secretária Andrea Berto, lembrado que o tema central, a partir do qual estão sendo trabalhados as atividades é “Educação, Emoção, Diversidade e Respeito – Pilares entre o conhecimento e a resolução de conflitos no universo escolar”.

As atividades do Ressurgir acontecem de 16 a 20, no Clube Recreativo, sempre às 19hs, a partir doa temática “100 anos de Jackson do Pandeiro”. No primeiro dia o público assistirá a shows de música, poesia, bem como a um show cover de Jackson do Pandeiro e o início das eliminatórias do concurso de vozes “Solvoz”. No dia 17 terão apresentações de música, teatro, coral, dança, além de mais uma eliminatória do Solvoz. Dia 18 a programação também será de música, teatro, coral e dança. Já no dia 19, será a vez da apresentação de sanfoneiros e de grupo de flautas, além da penúltima eliminatória do Solvoz. No dia 20 de setembro será encerrado o Ressurgir II com a final do concurso de voz.

Durante o dia, a partir do dia 11 até o dia 20 teremos as Feiras de Ciências. No dia 13, às 8h, no Sítio Verde, e às 10h, no Santa Luzia. Já no dia 17, será a vez de Caiçara, às 9h, e Lajedo de Timbaúba, às 13h30. No dia 18, acontecerão as feiras na zona urbana começando pela Creche Marinaldo Castelo Branco, das 7 às 15h e na Escola Maria do Carmo, também das 7 às 15hs. No dia 19, será a vez da Escola Juvina de Oliveira, e Irmã Ana, ambas das 7 às 15h. E no último dia, das 7 às 15h, na Escola Lúcia Matias.

No dia 21 de setembro está marcada a Festa de Emancipação Política, a partir das 20h30, com a presença do Prefeito Geraldo Moura e integrantes da gestão municipal na inauguração da 1ª etapa da pavimentação e iluminação em LED da Rua José Rufino de Carvalho, em seguida haverá shows musicais, com o aporte de barracas que comercializarão comidas e bebidas, numa grande confraternização popular. Já no dia 22, as comemorações continuam com o tradicional encontro de bandas marciais e fanfarras, a partir das 15h, na quadra da escola Luiz Gonzaga Burity.

Para encerrar os festejos da XXI Semana Cultural de Soledade, no dia 24, haverá uma solenidade em comemoração aos 134 anos da cidade, às 7h30, no Centro administrativo, com hasteamento da bandeira do Brasil e de Soledade e execução de hinos. Em seguida, às 9h, todos se dirigirão à Igreja Matriz de Nossa Senhora de Santa Ana, onde acontecerá uma missa em Ação de Graças.

Para o Prefeito Geraldo Moura o mês de setembro é sempre marcante e merece ser comemorado. “Durante esses dias estamos resgatando a história de nossa cidade para que filhos e netos possam levar adiante a cultura soledadense, nossas datas importantes, nossa história e personagens ilustres. É sobre valorização que falamos e temos muito o que festejar”, destacou o prefeito Geraldo Moura convidando todos a prestigiarem a programação.

Desfile de 7 de Setembro em Soledade terá início em frente à escola Burity e terminará no BB com apresentação de bandas

Posted on

O Desfile da Independência em Soledade já está com sua programação definida para acontecer, a partir das 15h, deste sábado, 7 de Setembro. A concentração será em frente à Escola Municipal Professor Luiz Gonzaga Burity. Na ocasião, várias escolas se apresentarão pelas principais ruas da cidade, até o Banco do Brasil, onde foi montada uma estrutura com palco e arquibancadas para o público expectador. O prefeito Geraldo Moura Ramos estará presente.

Segundo a secretária de Educação do município, Andrea Berto, o desfile será iniciado com a Guarda Municipal de Soledade, em seguida entrará o SAMU, depois a faixa da Secretaria de Educação, seguida pelo desfile dos jogadores do projeto Atletas do Futuro, usuários do Serviço de Convivência e Fortalecimento de Vínculo – SCFV, alunos das escolas do campo e Igreja. Na parte final do evento, entrarão os estudantes das escolas municipais Padre Ibiapina, Lúcia Matias, Maria do Carmo Juvina e Prof. Luiz Gonzaga Burity.

A culminância do desfile de 7 de Setembro será na rua Prefeito Inácio Claudino, em frente à agência do Banco do Brasil. No local, a Prefeitura de Soledade colocou arquibancadas e um palco, onde se apresentarão algumas bandas marciais. A primeira se a se apresentar será a banda da escola Maria do Carmo. Na sequência virão: a escola Juvina de Oliveira Monteiro, Luiz Gonzaga Burity Padre Ibiapina e SCFV.

Prefeito, vereadores e integrantes da Guarda Municipal de Soledade prestigiam audiência pública que debateu papel da corporação

Posted on

A audiência pública que debateu o papel das Guardas Civis Municipais como agentes operadores de segurança pública das cidades paraibanas, realizada nesta quinta-feira (05), na ALPB, contou com a participação do prefeito de Soledade, Geraldo Moura Ramos, que estava acompanhado do Comandante da Guarda do município, Hilário Martins, além de alguns integrantes da corporação que, em Soledade, é ligada a Chefia de Gabinete da Prefeitura. A propositura da audiência foi da deputada estadual, Estela Bezerra e teve o objetivo de definir ações, através da ALPB, que possam contribuir com a redução da violência em todo o Estado. A guarda municipal de Soledade é composta por 21 profissionais, sendo três mulheres e o restante homens. Vereadores e auxiliares da Prefeitura também prestigiaram a solenidade.

A deputada explicou que é importante chamar atenção da sociedade para que tenha nas guardas municipais um importante agente da segurança pública, principalmente, atuando de forma preventiva. “Esse recurso humano pode ser aquele mais vinculado à comunidade e de fato é, porque a guarda tem uma relação no município. No nosso sistema de segurança nunca foi tratado adequadamente o papel e a função do guarda municipal, que termina sendo guardador de patrimônio público e ele pode ser guardador também de cidadania”, declarou a deputada.

Estela afirmou que a categoria atua exposta a riscos e, muitas das vezes, seus servidores não contam sequer com equipamentos básicos para proteger a vida e a dignidade dos munícipes. “O Estado e a sociedade vão ganhar muito se construirmos aqui um desenho de relação com as guardas municipais. É de competência de cada município ampliar e criar suas guardas, mas é de competência da sociedade e do estado dar a esse corpo de recursos pessoais e humanos o melhor tratamento para que ele cumpra essa função”, concluiu a parlamentar.

Colocando o mandato e a Assembleia à disposição das guardas municipais, Estela, ao lado dos deputados Buba Germano e Wilson Filho, defendeu a construção de um grupo de trabalho com representantes da Secretaria de Estado da Segurança e Defesa Social e das guardas municipais com o intuito de fortalecer o diálogo no sentido de estabelecer parceria em relação ao repasse de armas, veículos e demais equipamentos. Ela também solicitou que a Academia de Polícia da Paraíba (Acadepol) forneça espaço para treinamento da categoria.

Para o presidente da Comissão de Administração, Serviço Público e Segurança da Assembleia, deputado Buba Germano, a Casa tem o dever de debater a respeito de qualquer assunto que busque normatizar e melhorar a eficiência dos serviços públicos, sobretudo, dos municípios. Já o deputado Wilson Filho, presidente da Comissão Acompanhamento e Controle da Execução Orçamentária, disse entender ser fundamental o apoio dos poderes Executivo e Legislativo às categorias que atuam na segurança pública.

O prefeito de Soledade, Geraldo Moura, único chefe de executivo municipal presente à audiência, destaca que a guarda municipal contribui com o aparato da segurança pública como uma força auxiliar com muita eficiência. “O trabalho da guarda municipal é de extrema importância para a sociedade. Em Soledade, a guarda colabora, efetivamente, na redução da criminalidade”, reiterou o prefeito.

O Comandante da Guarda Municipal de Soledade, Hilário Martins, destaca o papel da guarda municipal como fundamental para os municípios. “Em Soledade, por exemplo, a gente atua em todos os órgãos públicos e logradouros e ainda nas unidades escolares”, destaca ele, que se adianta e anuncia que a partir da próxima semana, a guarda municipal ampliará seus serviços em Soledade com a implantação da Patrulha Escolar que contará com o apoio de duas motocicletas.

Com informações da Ascom da ALPB

Banda Municipal de Soledade recebe novos instrumentos e já desfila no próximo dia 07 de Setembro com os novos equipamentos

Posted on

A Banda Marcial Antônio de Queiroz Souto, do Serviço de Convivência de Soledade já desfilará, no próximo dia 07 de Setembro, com novos instrumentos. Os equipamentos foram entregues, essa semana, pelo prefeito Geraldo Moura que não só estimulou a manutenção da Banda, que este ano completa dez anos de existência, como prometeu e cumpriu dotá-la de novos instrumentos. A entrega foi feita na sede do Serviço de Convivência, Fortalecimento e Vínculo do município e reuniu todos os 52 integrantes da Banda, que é formada por crianças e adolescentes que fizeram parte dos projetos do SCFV. Após a entrega e falas, houve um lance coletivo. A primeira dama e secretária de Trabalho Ação Social, Janaina Barros, também prestigiou o momento, além dos vereadores Neto Policarpo e Júlio Cezar, a equipe da Secretaria do Trabalho e Assistência Social.

“A Cultura ocupa lugar de destaque na nossa gestão e a banda está inserida neste contexto, porque a música é uma expressão cultural importante e a banda desenvolve um trabalho muito interessante, bonito e competente e agora, com novos instrumentos musicais, poderá se apresentar ainda melhor. Eu estou bastante feliz em poder ter dado esse plus ao grupo que se esforça para realizar lindas apresentações”, destacou o prefeito Geraldo Moura.

Os novos instrumentos musicais que já foram incorporados à banda são: um quadriton, duas liras, duas flautas transversal, além de material de reposição e manutenção para limpeza dos instrumentos, além de novos fardamentos. A expectativa agora se volta para o desfile do 07 de Setembro, onde o maestro Isaac Tomaz promete surpreender a todos com uma belíssima apresentação e o coreografo Anderson Sousa, que promete novidades na evolução da banda.

Lamparina gigante instaladas as margens da BR 230 pode se tornar outra atração turística em Soledade

Posted on

Foi com o objetivo de apenas homenagear o avó, o Sr. Bidie, e o pai, Severino, mais conhecido como Biu de Bidie, que o mecânico e soldador, Gercimar Bezerra de Oliveira construiu um réplica gigante dos antigos candeeiros de querosene. Não satisfeito com a confecção do objeto, ele resolveu instalar sua obra às margens da BR 230, em Soledade. E, em breve, ele pretende acender o candeeiro gigante, o que pode tornar a passagem pela cidade, que já é um ponto turístico em função do polo gastronômico local, ainda mais atrativa. O prefeito Geraldo Moura já estuda a possibilidade de contribuir para que a lamparina se transforme noutra atração turística do município. “Acredito que Soledade venha a ser a única cidade do Brasil a dispor de um equipamento deste porte”, destaca o prefeito, que está vendo de que forma a Prefeitura pode contribuir para que a lamparina ganhe ainda mais destaque.

O mecânico conta que foi surpreendido, essa semana, com uma falsa reportagem que dava conta que ele tinha colocado o candeeiro em resposta a uma negativa da Prefeitura em substituir uma lâmpada em frente ao seu estabelecimento comercial. “Isso foi uma história sem noção, de alguém que quer prejudicar o prefeito, mas, essa reportagem não tem cabimento, nem é verdadeira. Isso nunca ocorreu. O certo mesmo é que eu fiz o candeeiro para homenagear meu avó e meu pai que usaram muito um candeeiro em suas vidas, quando não havia luz elétrica”, afirma ele.

Ainda segundo o autor da obra gigante, ela está apta para ser acesa e tem capacidade para armazenar cerca de 900 litros de combustível. Há 28 anos morado em Soledade, Gercimar, que tem 48 anos, demorou apenas cinco dias para concluir a lamparina, que é feita de chapa inoxidável e, portanto, não enferruja. A lamparina gigante foi instalada a cerca de 15 dias e desde então tem chamado muita atenção de quem passa por Soledade, imagina quando ela estiver acesa.

Gestora do Cadastro Único participa de curso da CEF para dar mais qualidade ao atendimento dos beneficiados do Bolsa Família

Posted on

A Capacitação de Gestão do Cadastro Único (CadÚnico) e Bolsa Família, promovida pela Secretaria de Desenvolvimento Humano do governo do estado e Caixa Econômica Federal – CEF teve a participação da gestora municipal do Cadastro Único em Soledade, Izoneide Cordeiro. Realizada nesta quinta e sexta-feira, a capacitação ocorreu na sede da Associação do Pessoal da Caixa Econômica Federal da Paraíba – APCEF. O objetivo da ação é atualizar os gestores do Sistema do Cadastro Único uma vez que o programa ganhou uma nova versão em junho. A capacitação é uma recomendação do Ministério da Cidadania que, através do governo do estado, conclama todas as Prefeituras a participarem da atualização. A CEF é quem oferta seus instrutores para a qualificação dos gestores, numa parceria com o Ministério.

Durante os dois dias do treinamento, os 25 técnicos municipais puderam aprender detalhadamente sobre os processos internos do sistema do cadastro único, para utilizarem o sistema da melhor forma possível, a exemplo de como cadastrar uma família, os tipos de famílias que podem ser cadastradas, as alterações realizadas, atualização cadastral do sistema, visando à realização do cadastramento de forma padronizada e 100% correta. Foi visto ainda as modificações ocorridas. A versão 7.20.01 reformulou as telas de Buscar Família e a consulta ao Histórico da Família e Histórico da Pessoa. Uma das modificações foi a integração das abas Código Família, pelo NIS e Integrante da Família para otimizar a navegabilidade do sistema.

A gestora do CadÚnico da Prefeitura de Soledade, Izoneide Cordeiro, afirmou que as alterações acontecem numa média de dois em dois anos e que elas vêm sempre para melhorar o dia a dia de quem trabalha com o cadastro e com o Bolsa Família. “O sistema traz melhorias relacionadas aos processos de consulta aos dados de pessoas e famílias cadastradas na base nacional. Uma dessas modificações, por exemplo, foi a busca pelo CPF da pessoa. Antes era apenas pelo NIS”, destacou a gestora, frisando que é importante a Prefeitura enviar seu gestor para a capacitação. “A qualificação dos operadores é de extrema importância para que possamos ofertar um atendimento de qualidade a todos os inscritos no cadastro único e também aos beneficiários do Bolsa Família”, disse Izoneide que esteve na capacitação acompanhada da operadora do CadÚnico em Soledade, Vânia Correia.

Informações detalhadas sobre a operacionalização das novas funcionalidades e demais aprimoramentos do sistema do Cadastro Único poderão ser consultadas na Instrução Operacional nº 1/DECAU/SAGI ou no próprio site do Ministério da Cidadania.

Em Soledade, quase três mil pessoas são beneficiadas com o programa do Bolsa Família, que é um programa de transferência condicionada á renda e beneficia famílias pobres e extremamente pobres, inscritas no Cadastro Único. Para ser contemplado, o beneficiário deve seguir algumas condicionalidades, entre elas estão: as visitas periódicas ao Posto de Saúde, atualização do cartão de vacinação das crianças e acompanhamento pré-natal das gestantes.

Diversos programas e benefícios sociais do Governo Federal utilizam o Cadastro Único como base para seleção das famílias: ​​Programa Bolsa Família, Programa Minha Casa, Minha Vida, Programa de Erradicação do Trabalho Infantil – PETI​, de Cisternas, Telefone Popular; Tarifa Social de Energia Elétrica, Fomento – Programa de Fomento às Atividades Produtivas Rurais, dentre outros. Os Estados e municípios também utilizam os dados do Cadastro Único como base para seus programas sociais.​

Conselho de Assistência Social de Soledade define nove propostas para a pasta nas três esferas de poder

Posted on

Caracterizadas como espaços de caráter deliberativo que oportunizam o debate e avaliação da Política de Assistência Social no município e a proposição de novas diretrizes, as Conferências de Assistência Social representam uma ferramenta importante na garantia e ampliação dos direitos sócio assistencias de seus usuários. No último dia 28 de agosto, o Conselho Municipal de Assistência Social de Soledade, sinalizando a sua preocupação com a garantia e manutenção dos diversos serviços ofertados através da iniciativa pública, promoveu sua 8ª Conferência de Assistência Social. Na ocasião foram elencadas nove propostas, inseridas em três linhas de debate, que serão apresentadas na Conferência Estadual e, posteriormente, à nacional.

A presidente do Conselho Municipal de Assistência Social de Soledade, Josefa Martins, abriu o evento destacando a importância da participação social para garantir a manutenção e a ampliação dos direitos sócio assistenciais. “Quero reafirmar neste momento de conferência a participação da sociedade civil e do usuário do Sistema Único de Assistência Social, o SUAS, como peças fundamentais para a construção de um país melhor, assegurando aos usuários e aos trabalhadores do SUAS o direito de participação em os espaços de controle social e no dia a dia dos serviços ofertados”, disse Josefa, acrescentando a seriedade do momento para quem utiliza os serviços de assistência social em todas as suas esferas.

“Estamos na luta e não somente para a manutenção do SUAS, mas para a sua ampliação e fortalecimento, na busca de garantir direitos instituídos pela Constituição à população. Hoje, estamos vendo os direitos que foram conquistados com tanta luta e sangue derramado estão sendo violados com essa mudança imposta por esse governo federal que coloca o rico como protagonista da sociedade. A luta é árdua e não vamos parar. Não vamos desistir jamais de garantir os direitos de todos aqueles que estão sofrendo esse desmonte nesse país”, afirmou a presidente do Conselho Municipal em defesa dos usuários do SUAS.

Durante a 8ª Conferência promovida pelo Conselho Municipal de Soledade, foram apresentadas nove propostas dentro de três eixos temáticos. O primeiro deles foi “Assistência Social: direito do povo”; a segunda “Financiamento público”; e a terceira linha foi “Participação social”. Foram deliberadas três propostas para cada um dos eixos, sendo cada proposta direcionada a uma esfera de governo para serem levadas à Conferencia estadual que ainda não tem data marcada para acontecer.

As proposições do eixo “Assistência Social: direito do povo” foram: Garantir uma equipe mínima da assistência social (esfera nacional); Aproximação da secretaria estadual com os usuários do SUAS através de ações itinerantes (esfera estadual); Divulgação dos serviços de assistência social através de lives, instagran sites, programas de rádio, etc, e ampliar os cursos de qualificação profissional e empreendedorismo (esfera municipal).

O segundo eixo, “Financiamento público” trouxe as seguintes propostas: Ampliação e regularidade dos repasses do co-financiamento da União (esfera nacional); Manutenção e regularidade do fundo Estadual de Assistência Social, e manutenção e ampliação dos recursos do Programa de Aquisição de Alimentos – PAA (esfera estadual); Manutenção dos recursos para garantir os benefícios eventuais e ampliar a disponibilidade para ações na zona rural – CRAS itinerante (esfera municipal).

Por fim, o terceiro eixo “Participação social” elencou as seguintes proposições: Mobilização por intermédio dos conselhos de assistência social com o objetivo de sensibilizar os parlamentares federais em defesa da política da assistência social e fortalecer as ações de resistência ao atual desmonte do SUAS (esfera nacional); Criar estratégias em conjunto com o Judiciário, Ministério Público e Defensoria Pública para sensibilizar os parlamentares do estado em defesa do SUAS (esfera estadual); Intensificar as ações de fortalecimento do controle social promovendo capacitações e seminários, bem como outros instrumentos da participação social e implantação do Plano de Cargos, Carreiras e Remuneração – PCCR da assistência social no município.

Ao final do evento, a presidente do Conselho Municipal Josefa Martins afirmou que este ano teve um caráter bem especial porque o evento teve uma grande participação do público usuário do SUAS – Sistema Único de Assistência Social (SUAS). “As Conferências são extremamente importante porque ali formatamos espaços de debate coletivo para oportunizar a participação social na configuração da política de assistência social para o município, o estado e o país. Nesses espaços conseguimos trazer os usuários dos serviços que são os maiores interessados, e também organizações da sociedade civil e representante do poder público. Nesta edição alcançamos nosso objetivo porque tivemos uma grande representação de usuários”, destacou Josefa.

Ainda durante a Conferência foram eleitos os novos delegados para a Conferencia estadual. Ao todo são quatro representantes: dois da esfera pública e dois da sociedade civil organizada que representa os usuários do SUAS. Assim, a nova configuração ficou: Delegadas da Sociedade Civil – Jocélia Marques Dionísio e Janileide dos Santos. Do poder público: Josefa Martins (presidente do Conselho Municipal e coordenadora do CRAS) e Amanda Medeiros – psicóloga do CRAS de Soledade.

Vale destacar que a Lei Orgânica da Assistência Social – LOAS estabelece os Conselhos e as Conferências Municipais, Estaduais e Nacional como os espaços paritários de participação democrática, entre o governo e a sociedade civil. O conselho Municipal de Assistência Social de Soledade foi criado pela lei 89, de 15 de dezembro de 1995. As eleições presidenciais acontecem a cada dois anos. A atual presidente acaba de ser reeleita e ficará no cargo até o ano de 2021.

8ª Conferência da Assistência Social é realizada em Soledade e evento conta com boa participação dos usuários de serviços do município

Posted on

Toda construção coletiva tem seus desafios e saber organizar espaços de participação social é uma tarefa difícil que passa por diversos impasses, porém, quando se tem um olhar de planejamento e articulação dos atores sociais, é possível alcançar os objetivos. Foi pensando assim que a Prefeitura de Soledade, através da Secretaria de Assistência Social – SETAS realizou, nesta terça-feira (27), a sua 8º Conferência Municipal da Assistência Social. Na programação esteve a divisão dos eixos temáticos a serem levados para a edição estadual e a escolha dos delegados e suplentes. O evento aconteceu no Clube Recreativo da cidade e contou com a participação do prefeito Geraldo Moura, da Secretária de Assistência Social Janaína Barros e sua equipe, além da presidente do Conselho Estadual da Assistência Social, Gilmara Andrea de Oliveira.

Conferências como a que aconteceu em Soledade cumprem a função de aprimorar a Política de Assistência Social e Garantia de Direitos em todos os níveis de Proteção Social. Assim, a Conferência Municipal de Assistência Social foi um espaço de mobilização para a participação social previsto da Lei Orgânica da Assistência Social (LOAS), e a Norma Operacional Básica do SUAS – Sistema Único de Assistência Social (NOB/SUAS 2012). A lei preconiza esses eventos como uma instância para avaliação da política de Assistência Social local, bem como a participação popular para a construção de novas diretrizes.

Durante o evento, a secretária de Assistência Social de Soledade, Janaína Barros, destacando justamente a Assistência Social como um direito de todos, disse ter ficado satisfeita com a participação não só da população, mas, principalmente, dos usuários dos serviços sócio-assistenciais do município. “Fiquei muito feliz com o resultado, com a composição das pessoas, porque de fato nós atingimos nosso público que é usuário do SUS. Isso foi importante porque, dentro da conferência, a proposta é justamente fazer uma participação paritária entre gestão publica e sociedade civil para que eles possam também participar dessas articulações, desses debates e ações. Precisamos fortalecer, buscar as propostas reais para as necessidades deles, dentro do contexto social deles, já que eles são os usuários dos serviços e dos programas sócio assistenciais”, comentou a secretária.

Na ocasião, Janaina lembrou a todos da importância daquele momento. “As pessoas geralmente não reconhecem seu papel social ou não o exercem como deveriam. Enxergam os espaços democráticos de forma pejorativa quando o que valida a tomada de decisão é, justamente, a participação popular. Na Assistência Social, a necessidade vem deles, a realidade é deles. Então, dentro de um cenário complexo da assistência social dentro do país sabemos que o SUAS é o direito de todos mas que a gente precisa ser respaldado pelo estado e pelo Ministério Social. A gente também precisa compreender que dentro desse contexto nos faltam condições necessárias e junto aos usuários do SUAS a gente se fortalece, construímos propostas mais reais dentro desse desejo e anseios deles”, destacou a secretária de Ação Social.

Assistência Social na CF

O prefeito Geraldo Moura também frisou o fortalecimento do conjunto formado entre gestão pública e sociedade civil. “A Constituição Federal traz artigos dedicados à Assistência Social que estabelecem a participação da população, por meio de organizações representativas, na formulação das políticas e no controle social das ações em todos os níveis. Dessa forma, garantimos aqui, com essa Conferência, a participação popular em nível municipal, mas, daqui, formuladas nossas propostas locais para Assistência Social, vamos para o nível estadual e assim por diante” salientou o prefeito.

Ainda durante a Conferência, aconteceu a eleição dos delegados da sociedade civil e representantes da gestão para a Conferência Estadual, que ainda está sem data de realização. “Agora vamos ver no que avançamos em nível estadual e depois nacional”, adiantou Janaína, que vai levar adiante a construção coletiva dos usuários do SUAS de Soledade para que os anseios locais “não se percam” no meio do caminho. O evento terminou com uma apresentação do grupo infantil de flautas do Serviço de Convivência e Fortalecimento de Vínculo – SCFV de Soledade e com um almoço coletivo.

A Conferência foi importante porque definiu propostas locais para levar para Conferência Estadual em breve
A Conferência foi importante porque definiu propostas locais para levar para Conferência Estadual em breve
A presidente do Conselho Estadual de Assistência Social, Gilmara Andrea, foi uma das participantes do evento
A presidente do Conselho Estadual de Assistência Social, Gilmara Andrea, foi uma das participantes do evento
A secretária de Assistência Social de Soledade, Janaina Barros, fixou satisfeita com a participação dos.usuári
A secretária de Assistência Social de Soledade, Janaina Barros, fixou satisfeita com a participação dos.usuári
Houve participação de público de todas as idades
Houve participação de público de todas as idades
O prefeito destacou a importância de se fortalecer as ações através da participação da população
O prefeito destacou a importância de se fortalecer as ações através da participação da população
Prefeitura de Soledade realizou a sua 8 Conferência Municipal da Assistência Social e contou com a presença do
Prefeitura de Soledade realizou a sua 8 Conferência Municipal da Assistência Social e contou com a presença do

Escola Burity realizou sua X Gincana do Estudante tendo como tema geral da competição os 40 anos de atividades da instituição

Posted on

Cerca de 20 turmas de estudantes do Ensino Fundamental II e da Educação de Jovens e Adultos – EJA da Escola Municipal Professor Luiz Gonzaga Burity, de Soledade, participaram da X Gincana do Estudante 2019, no último sábado (24). O tema geral da competição foi “40 anos da escola Burity: Educação, emoção, diversidade e respeito – Pilares para a construção de uma história de sucesso”. O evento, realizado também em comemoração ao Dia do Estudante, foi marcado pela grande participação dos alunos e dos professores que foram divididos em quatro equipes: Azul, Vermelha, Amarela e Verde, sendo a vencedora da competição a equipe Amarela e a segunda colocada a equipe Vermelha.

O evento já é uma tradição na Burity e esse ano ele teve um caráter especial por comemorar também o aniversário de 40 anos da escola. Assim, foi uma manhã de muita diversão, com os alunos enfrentando diversas provas de obstáculos e outros desafios que levaram em consideração a habilidade manual, bem como a própria aptidão para artes em geral. Foi o caso da confecção de maquetes da escola, do concurso de paródias, de dança e da encenação teatral que tinha que ter personagens da escola, como a diretora, um coordenador, professor, inspetor, o que tornou a peça muito divertida.

A diretora da Burity, Kelly de Almeida Cunha frisou que um dia de gincana na escola é garantia de muita brincadeira e diversão, mas destacou que não era apenas isso. “Além da competitividade saudável, os estudantes são estimulados a cooperar e valorizar o trabalho em equipe” comentou a responsável, acrescentando que essa edição da Gincana teve uma participação muito boa. “Foram quase 500 alunos do fundamental II e do EJA que participaram esse ano. Ficamos muito satisfeitos”, disse Kelly.

A secretária da Educação de Soledade, Andrea Berto, também participou das ações e salientou que toda Gincana Cultural é de extrema importância como ferramenta de ensino-aprendizagem no contexto escolar. “A gincana é um recurso que pode, além de motivar o aluno no processo de aprendizagem, também faz uma inter-relação com as outras disciplinas. pois dá para adequar qualquer tema à competição”, afirmou Andrea, concluindo que os alunos, quando motivados, e com aulas mais dinâmicas, demonstram maior interesse pela aula, participam mais também e aprendem com mais facilidade.

Além das competições, que levaram a equipe Amarela ao 1º lugar e a Vermelha ao 2º lugar, a Gincana também foi importante para que alunos do 5º e do 9º anos fizeram suas rifas para no final do ano conseguir realizar suas festas de formatura. Nessa edição um kit escolar formado com doações dos próprios professores foi o prêmio da rifa. Já os vencedores da Gincana, a equipe Amarela, levaram para casa troféu e medalhas.

Vale destacar que as equipes foram formadas de forma mista, ou seja, em cada equipe havia alunos de 6º,7º,8º e 9º anos sob o comando de um professor. “Isso foi importante porque colocou gente de outras turmas em contato em prol de um objetivo único. E deu muito certo. Até grito de guerra todas as equipes tinham”, salientou a diretora da Burity, Kelly Almeida.

Na primeira quinzena deste mês, também em homenagem ao Dia do Estudante, comemorado dia 11 de agosto, aconteceu a Gincana do Ensino Fundamental I de todas as escolas da rede municipal. Neste caso, as escolas competiram entre si.