Maternidade de Patos

Maternidade de Patos abre campanha Outubro Rosa que realizará atividades desde a conscientização até a exames preventivos

Posted on

A abertura da campanha de prevenção ao câncer de mama, promovida pelo movimento Outubro Rosa, da Maternidade Dr. Peregrino Filho, em Patos, aconteceu no início da manhã desta quarta-feira (02) e contou com a participação da banda marcial do 3° Batalhão da Polícia Militar, que prestigiou a solenidade que teve ainda hasteamento das bandeiras do Brasil, da Paraíba, do Outubro Rosa e da cidade de Patos, realizada pelo diretor geral da unidade, Dr. Umberto Marinho Júnior, pela diretora geral do Complexo Hospitalar de Patos, Liliane Sena, pelo diretor da Santa Casa de Birigui, Dr. Sérgio Smolentzov e ainda pela representante do grupo Amigas Viva a Vida, Gerusia Delfino. Após a solenidade de hasteamento das Bandeiras e da fala do diretor da unidade, todos se dirigiram ao Banco de Leite onde foi servido um coffee break.

O diretor da Maternidade, Dr. Umberto Marinho Júnior, destacou, na ocasião, a importância da Campanha e da prevenção, falou das atividades e agradeceu a presença das autoridades. “Vamos ter um mês de Outubro bem intenso, com diversas ações e atividades, não só de prevenção, mas também de oferta de serviços, de forma que O Outubro Rosa para nós será, efetivamente, produtivo”, reiterou Dr. Umberto, lembrando que as ações na unidade alusivas à Campanha acontecem até o dia 31.

No próximo dia 04, acontecerá rodas de Conversa. A primeira dela, coordenada pela Professora, Mestra e Enfermeira, Erta Soraya, sobre Câncer de Colo de Útero, a partir das 14h30, na sede do Banco de Leite da unidade e, em seguida, o médico mastologista, Dr. Thiago Alcântara, falará sobre o câncer de mama. A programação segue nos dias 16 e 23, com a realização de exames citológicos para as funcionárias da Maternidade e do Complexo Regional de Patos. Os exames serão realizados nos turnos da manhã e tarde.

A Campanha inclui ainda a realização, todos os sábados e domingos de outubro, de mamografias para as funcionárias, além de uma pessoa indicada por cada colaboradora, que pode ser uma parente ou uma amiga. E no dia 31, a partir das 8h, está programado um Dia de Beleza para as colaboradoras, com maquiagem, depilação e outros serviços estéticos e ainda um coffee break e sorteio de brindes. Com essa atividade, será encerrado o Outubro Rosa na Maternidade.

Gestantes de São Mamede iniciam projeto da Maternidade de Patos que possibilita conhecer a unidade antes do parto

Posted on

Um grupo de cinco gestantes da cidade de São Mamede e que, em breve, estarão na Maternidade Dr. Peregrino Filho, de Patos, para terem seus filhos, vivenciaram na manhã desta quarta-feira (02), uma experiência que lhes proporcionou mais segurança para esse momento. Elas participaram do projeto ‘Tour da Gestante’, implantado na unidade com o objetivo de possibilitar que as futuras mamães possam conhecer o ambiente que as acolherão no momento do parto, antes que isso aconteça, dando-lhes ainda mais segurança e confiança na unidade.

Na ocasião, elas conheceram os serviços, os alojamentos, a estrutura da Maternidade, tiraram dúvidas e receberam orientações importantes para a futura admissão como pacientes, como por exemplo, saber o que é importante levar para a maternidade, incluindo ai, os documentos necessários para a internação. O projeto, que está inserido nas ações de aperfeiçoamento do acolhimento e humanização da unidade, busca, sobretudo, tranquilizar as futuras mamães para o momento do parto.

A agricultora Iasmim Alves Fernandes, de 20 aos, já foi paciente da Maternidade, pois sua primeira filha nasceu na unidade, em 2003, mas, naquela ocasião, ela não teve a oportunidade de conhecer a Maternidade. “Meu parto foi delicado, pois estava com a pressão muito alta, tanto que fiquei na UTI e tive que fazer uma cesárea. Então, apesar de já ter estado lá, somente hoje eu pude conhecer a maternidade. Além disso, não me lembrava de quase nada”, disse ela, Iasmim, que está entrado no sétimo mês de gestação, deve ter seu segundo filho, um menino, em dezembro. Para ela, ter a oportunidade de conhecer a maternidade antes do parto foi uma experiência muito interessante. “Gostei das explicações e de conhecer locais que eu não vi quando estive lá”, disse ela que ficou sabendo do ‘Tour da gestante’ durante uma reunião no CRAS de São Mamede.

A dona de casa, Vanessa Diniz, de 18 anos, moradora do Assentamento Nossa Senhora Aparecida II, terá seu primeiro filho na Maternidade de Patos, provavelmente, em dezembro. Ela, que também está no sétimo mês de gestação, também integrou o grupo de gestantes que nesta quarta-feira conheceu as instalações e os serviços da unidade, também gostou muito de ter a chance de conhecer com mais detalhes o funcionamento da instituição que irá acolhe-la. “Eu já conhecia a maternidade porque já visitei várias pessoas que tiveram filhos lá, mas é diferente quando a gente é quem vai se internar. Gostei do que eu vi e, mais ainda, da sala de parto humanizado, onde pretendo esperar o nascimento de meu primeiro filho”, disse ela, que pretende ter seu filho de parto natural.

“Uma coisa é ouvir falar e outra bem diferente é ver com os próprios olhos e comprovar nossa excelência de serviços e infraestrutura. Quando a gestante tem essa oportunidade de conhecer nossa unidade bem antes do parto, o olhar dela e a tranquilidade quando essa paciente vier para ter seu bebê, com certeza, será mais tranquilo porque já conhecerá o ambiente e a rotina”, explica o diretor geral da Maternidade, Dr. Umberto Marinho Júnior.

O ‘Tour da Gestante’ acontecerá sempre às quartas-feiras, a partir das 10h, com o limite máximo de cinco gestantes por visita agendada. A gestante que se interessar pode agendar sua visita pelo e-mail administrativomdpf@iscb.org.br. A limitação do número de visitantes por vez, segundo Dr. Umberto, é para possibilitar que todas as dúvidas sejam tiradas e que as futuras pacientes possam compreender realmente como funciona a maternidade que é referência, inclusive, para gravidez de alto risco.

Sobre a necessidade de prévio agendamento, o diretor explica que isso é necessário para que a unidade possa mobilizar a equipe para realização da visita e das orientações a serem repassadas para que tudo transcorra de forma eficiente.

Durante a visita, as futuras mamães, foram acompanhadas pela Gerência de Enfermagem da unidade, e passaram pelo Serviço Social, recepção, alojamentos, refeitório, Ucin, sala de parto humanizado, o alojamento Mãe-Canguru, o Banco de Leite, entre outras dependências da Maternidade. Além da visita às instalações, houve um momento que elas receberam orientações sobre o parto normal e humanizado, sobre seus direitos como paciente, incluindo aí a opção por ter um acompanhante, e sobre aleitamento materno, além de diversas orientações.

Maternidade de Patos inicia campanha Outubro Rosa com hasteamento de bandeiras e outras ações

Posted on

A rotina da Maternidade Dr. Peregrino Filho, em Patos, nesta quarta-feira (02) vai começar diferente em prol de uma causa nobre: o início da campanha de prevenção ao câncer de mama promovida pelo movimento Outubro Rosa. A abertura oficial da Campanha será realizada, a partir das 8h30, com a participação da banda marcial do 3° Batalhão da Polícia Militar, que vai abrilhantar a solenidade de hasteamento das bandeiras do Brasil, da Paraíba, do Outubro Rosa e da cidade de Patos, em seguida haverá um coffee break, no auditório do banco de Leite da unidade e ainda a distribuição de laços cor de rosa, símbolo da campanha, e de material educativo. As ações na unidade alusivas à Campanha acontecem até o dia 31.

O diretor geral da maternidade de Patos, Dr. Umberto Marinho Júnior, destaca a importância da campanha do Outubro Rosa. “Esse movimento que acontece todo mês de outubro é uma ação muito oportuna, porque ele consegue uma maior mobilização para conscientizar às mulheres sobre a prevenção do câncer de mama, estimulando a realização de exames que podem identificar a doença ainda em seu estágio inicial, quando as chances de cura são bem maiores, além de chamar atenção para o autoexame”, reitera o médico.

A programação do Outubro Rosa da maternidade prossegue no dia 04, com a realização de uma Roda de Conversa, coordenada pela Professora, Mestra e Enfermeira, Erta Soraya, sobre Câncer de Colo de Útero. A ação acontece a partir das 14h30, na sede do Banco de Leite da unidade. Em seguida, o médico mastologista, Dr. Thiago Alcântara, falará sobre o câncer de mama.

A programação segue nos dias 16 e 23, com a realização de exames citológicos para as funcionárias da Maternidade e do Complexo Regional de Patos. Os exames serão realizados nos turnos da manhã e tarde. A Campanha inclui ainda a realização, todos os sábados e domingos de outubro, de mamografias para as funcionárias, além de uma pessoa indicada por cada colaboradora, que pode ser uma parente ou uma amiga. E no dia 31, a partir das 8h, está programado um Dia de Beleza para as colaboradoras, com maquiagem, depilação e outros serviços estéticos e ainda um coffee break e sorteio de brindes.

Vale lembrar que, independente do Outubro Rosa, a Maternidade de Patos, que integra a rede estadual de saúde, atende regularmente pacientes encaminhadas pelos Programas de Saúde da Família (PSF’s) na realização de mamografias. A Maternidade de Patos é referência no atendimento à mulher para mais de 60 municípios paraibanos, inclusive, em gravidez de alto risco.

Maternidade de Patos festeja aniversariantes de setembro após celebração religiosa mensal

Posted on

A rotina da Maternidade Dr. Peregrino Filho, de Patos, é acrescida de momentos de fé e congraçamento toda última sexta-feira de cada mês. Isto porque, nestas datas, acontece uma programação religiosa, seguida de uma comemoração aos aniversariantes do mês. Nesta sexta-feira (27), no início da manhã, o Pe. João Saturnino, da Paróquia de Santo Antônio fez a celebração, no mini auditório do Banco de Leite da unidade, numa alusão especial aos profissionais da unidade que fazem aniversário este mês. Durante a homilia ainda foi lembrado o Setembro Amarelo que se encerra e o Outubro Rosa que será iniciado. Na ocasião, houve sorteio de brindes entre os 32 aniversariantes, música com violão e ainda um lanche coletivo. Funcionários e pacientes participaram da celebração.

“O Estado é laico e essa celebração católica não é excludente de nenhuma outra, apenas atendemos ao apelo de alguns funcionários que manifestaram esse desejo de participar de uma celebração e aproveitamos o momento de congraçamento também para comemorar os aniversariantes do mês. E para fixarmos uma data, decidimos realizar esse ato na última sexta-feira de cada mês”, explica o diretor geral da Maternidade, Dr. Umberto Marinho Júnior que, sempre que pode, participa do momento, como fez nesta sexta-feira, inclusive, lendo trechos da bíblia.

A celebração é aberta a funcionários, prestadores de serviço, pacientes e visitantes. Como o espaço é pequeno, o critério de acesso sempre é a quantidade de pessoas que a sala comportar, com especial reserva dos aniversariantes do mês. A ação é realizada desde 2017 e não atrapalha a rotina da maternidade, nem o atendimento às pacientes, uma vez que nenhum setor fica sem o suporte de profissionais suficiente para atender qualquer demanda da unidade.

Empresa que administra Maternidade de Patos está selecionando candidatos para contratação de cadastro reserva em várias funções

Posted on

A Organização Social de Saúde Irmandade da Santa Casa de Misericórdia de Birigui, empresa responsável pela gestão da Maternidade Dr. Peregrino Filho, de Patos, publicou, nesta quinta-feira (26), em seu portal na Internet (www.santacasabirigui.com.br) edital de convocação para contratação de pessoal para cadastro reserva. As vagas são para várias funções, com cargas horárias de 36 e 40 horas semanais e contratação pelo regime da CLT. Os interessados deverão entregar Currículo Vitae, na recepção da Área Administrativa da unidade, nos dias 26, 27 e 30 de Setembro. A maternidade fica na Rua Elías Asfora, S/N, o bairro de Jardim Guanabara.

O processo seletivo se dará através de Análise Curricular e, posteriormente, pela Avaliação de Perfil (entrevista). A listagem com o nome dos aprovados e local da Avaliação de Perfil será publicada no site da Santa Casa, no dia 03 de Outubro. De acordo com o edital, 10% das vagas serão destinadas aos profissionais que se encontram na condição de primeiro emprego. A Santa Casa assumiu a administração da Maternidade de Patos, em junho deste ano, através de um contrato de pactuação, celebrado com a Secretaria de Estado da Saúde com as atribuições de Organização, Gerenciamento Institucional e Prestação de Serviços e Ações de Saúde no âmbito da Maternidade.

Os cargos e respectivas cargas horárias são:

– Assistente em Administração – 40 Horas Semanais.

– Assistente em Administração – Faturamento – 40 Horas Semanais.

– Atendente – 36 Horas Semanais.

– Auxiliar de Farmácia – 36 Horas Semanais.

– Auxiliar de Serviços Gerais – 36 Horas Semanais.

– Farmacêutico – 40 Horas Semanais.

– Fisioterapeuta – 30 Horas Semanais.

– Técnico em Segurança do Trabalho – 40 Horas Semanais.

– Cozinheira – 36 Horas Semanais.

– Auxiliar de Cozinha – 36 Horas Semanais.

– Copeira – 36 Horas Semanais.

– Nutricionista – 36 Horas Semanais.

Maternidade de Patos inicia projeto de acolhimento às gestantes possibilitando que elas conheçam o local que as receberá no parto

Posted on

Poder visitar o ambiente, conhecer os serviços, os alojamentos, a estrutura e saber um pouco mais sobre o local que as acolherá num dos momentos mais marcantes de suas vidas. Essa é a proposta do projeto ‘Tour da Gestante’ que começa a ser colocado em prática nesta quarta-feira (26), na Maternidade Dr. Peregrino Filho, de Patos. A ideia, que está inserida nas ações de aperfeiçoamento do acolhimento e humanização da unidade, tem o objetivo de tranquilizar as futuras mamães para o momento do parto, possibilitando que elas conheçam a unidade bem antes de sua admissão para o nascimento de seus filhos.

O objetivo do ‘Tour da Gestante’, explica o diretor geral da Maternidade, Dr. Umberto Marinho Júnior, é tornar o ambiente da unidade mais familiar aperfeiçoado, assim, o processo de acolhimento. “Conhecer nossa estrutura, equipamentos, equipes, instalações, enfim, todo o ambiente antes do parto, tirar dúvidas recorrentes, de ver com os próprios olhos e não a partir de depoimentos de outras pessoas, faz toda a diferença porque possibilita que essas gestantes fiquem mais seguras quando chegarem aqui para terem seus filhos, pois já conheceram a nossa estrutura e sabem dos trâmites que passarão a partir de sua admissão”, destaca o diretor.

Durante as visitas monitoradas, as futuras mamães, serão acompanhadas pela Gerência de Enfermagem da unidade, e passarão pelo Serviço Social, recepção, alojamentos, refeitório, Ucin, sala de parto humanizado, o alojamento Mãe-Canguru, o Banco de Leite, entre outras dependências da Maternidade. Além da visita às instalações, há um momento que elas recebem orientações sobre o parto normal e humanizado, sobre direitos da paciente, incluindo aí a opção por ter um acompanhante, e sobre aleitamento materno, além de orientações do que ela pode levar para a Maternidade, inclusive sobre os documentos necessários para admissão.

O ‘Tour da Gestante’ foi inspirado no projeto ‘Acolher’, idealizado pela psicóloga e técnica de enfermagem da cidade de Malta, Maria Lidiana Gomes, que desenvolve uma ação com o mesmo propósito, desde 2017. Mas, a ideia agora é expandir esse atendimento para gestantes de outros municípios, de forma mais ordenada e periódica. Para tanto, a gestante que se interessar pode agendar sua visita pelo e-mail administrativomdpf@iscv.org,br. As visitas acontecerão todas as quartas-feiras, a partir das 10h, com o limite máximo de cinco gestantes por tour.

A ideia de limitar o número de visitantes, segundo Dr. Umberto, é para possibilitar que todas as dúvidas sejam tiradas e que as futuras pacientes possam compreender realmente como funciona uma maternidade que é referência, inclusive, para gravidez de alto risco. Sobre a necessidade de prévio agendamento, o diretor explica que isso é necessário para que a unidade possa mobilizar a equipe para realização da visita e das orientações a serem repassadas para que tudo transcorra de forma eficiente. “Com essa iniciativa esperamos contribuir ainda mais com nosso acolhimento e humanização”, reitera Dr. Umberto.

Maternidade de Patos realiza treinamento com equipe sobre classificação de risco obstétrico

Posted on

A classificação de risco é um procedimento necessário e muito importante na admissão de pacientes em qualquer unidade de saúde e no caso de uma instituição que atua com gestantes, isso implica em cuidado dobrado, porque não se avalia apenas a paciente, mas, também quem está em seu ventre. Por isso, mesmo já capacitados para atuar nesse procedimento, a Maternidade Dr. Peregrino Filho, de Patos, realiza permanentemente treinamentos com sua equipe para aperfeiçoar seu processo de acolhimento com humanização e classificação de risco. Nesta quarta-feira (11), Médicos, Enfermeiros e Técnicos de Enfermagem, com foco, nos que atuam no acolhimento, participaram da capacitação ‘Classificação de Risco Obstétrico’. O treinamento foi feito pela Mestre e Professora da UNIFIP, Thoyama Lima, no turno da manhã. Na tarde desta quinta-feira (12), outra turma participará da capacitação.

O diretor geral da Maternidade, Dr. Umberto Marinho Júnior, lembra que esse procedimento de classificação adotado pela unidade está em consonância com um processo interno de melhoria contínua, que tem o objetivo de assegurar que as pacientes tenham um atendimento mais eficaz, levando-se em conta a sua própria necessidade e urgência. “É preciso lembrar que essa classificação de risco é feita, já há algum tempo, pela Maternidade, mas nós insistimos em reativar sempre esses conceitos, fazendo a reciclagem de conhecimento de nossos profissionais, a fim de que possamos atender melhor, a cada dia, nossas pacientes”, destaca o médico, lembrado que no ano passado foi realizado um treinamento similar ao que foi feito nesta quarta-feira.

Durante a capacitação, os profissionais revisaram procedimentos e critérios que devem ser realizados e observados no momento do acolhimento da paciente. “A distinção de riscos ou graus de sofrimento evita que alguns casos se agravem e possibilita que a paciente tenha o atendimento no modo e tempo adequado. O acolhimento com avaliação de risco obstétrico configura-se, assim, como uma das intervenções potencialmente decisivas na porta de entrada da unidade e, consequentemente, isso melhora a eficiência do atendimento as nossas pacientes que é sempre o nosso foco de atuação”, finaliza o diretor geral da Maternidade, Dr. Umberto.

Maternidade de Patos amplia número de doadoras e estoque de leite graças às ações e atividades do Agosto Dourado

Posted on

A Maternidade Dr. Peregrino Filho, de Patos, através da equipe do Banco de Leite Humano Drª Vilani Kehrle, realizou uma série de ações e atividades durante o Agosto Dourado. A proposta de estimular e incentivar a amamentação, pegando o gancho da Semana Nacional de Aleitamento Materno, deu muito certo e surtiu efeitos bem positivos, tanto que a unidade ampliou de apenas oito para 24 doadoras domiciliares regulares, aumentando assim a entrada de leite, numa média de três litros/dia, assegurando o alimento saudável e correto para os recém nascidos internos da unidade. As atividades do Agosto Dourado foram realizadas entre os dias 1º e 30. Nesta terça-feira (10), a Maternidade tinha oito bebês, sendo quatro na UTI Neo, três na UCIN e um recém-nascido no alojamento Mãe Canguru dependendo, exclusivamente, do leite do banco para se alimentar.

A coordenadora do Banco de Leite de Patos, Joana Sabino, comemora as novas adesões, mas, alerta que o número de doadoras, embora atualmente satisfatório, nunca é permanente, enquanto que a necessidade do Banco é cotidiana e bastante cíclica. “Essas doadoras podem se desligar a qualquer momento, haja vista que basta parar de amamentar para que as doações terminem, então temos sempre que estar lembrando as mães que o excedente de leite pode ser doado sem prejuízo algum para ela ou seu bebê e foi isso que fizemos em todas as atividades que realizamos no Agosto Dourado”, destaca Joana, lembrado que apesar do aumento de doações, o Banco continua sem estoque que permita uma folga entre oferta e procura.

O diretor geral da Maternidade de Patos, o pediatra Umberto Marinho Júnior, reforça a importância de ações como o Agosto Dourado que possam estimular a doação de leite e desmistificar muitas informações que envolvem não apenas a doação, mas a amamentação em si. “É oportuno lembrar as mães que podem doar seu excedente sem prejuízo de nenhuma ordem para seu bebê e que isso é, sobretudo, um gesto de amor”, argumenta o pediatra, lembrando que o leite materno, nos primeiros meses de vida, é fundamental para o bom desenvolvimento e saúde do bebê.

Retrospectiva Agosto Dourado

As ações do Agosto Dourado do banco de Leite de Patos não se restringiram a cidade e foram desenvolvidas ainda em outros municípios, a exemplo de Catingueira, Pombal, São Mamede, Mãe D’água, São José do Bonfim, Malta e Santa Terezinha. Na programação, que começou dia 1º e terminou no dia 30 de Agosto, teve café da manhã com as gestantes atendidas pela maternidade e mães de egresso, palestras, rodas de conversas, distribuição de laços dourados e material informativo, teve ainda programação lúdica e divertida, com uma manhã de beleza dedicada às mães doadoras externas e internas da Maternidade, com direito a coffee break e sorteio de brindes, treinamentos e culminou com uma ação de doação de frascos de vidro realizada em parceria com a Secretaria de Saúde de Patos, que rendeu a aquisição de 500 potes de vidro para o Banco.

Além de Joana Sabino, que participou da maior parte das palestras, se revezaram na realização das apresentações e dinâmicas, a bioquímica do Banco, Faldrecya de Sousa, a enfermeira Tereza Lucena e a nutricionista Silvania Rodrigues, além das técnicas de enfermagem, Rubénia Rúbia, Edilma Alves, Luzia Mendes, Rosekátia de Menezes, Andrea Pereira e inda a agente do Banco, Socorro Medeiros. A diretora sênior de vendas da Mary Kay em Patos, Isalice Belleza, foi a responsável pela manhã de beleza, que teve maquiagem, limpeza de pele e alongamento. A ação, realizada no dia 27, foi direcionada às pacientes e as profissionais da Maternidade.

Maternidade de Patos inicia as atividades alusivas ao Agosto Dourado na data em que se comemora o Dia Mundial da Amamentação

Posted on

Em 1º de agosto é comemorado o Dia Mundial da Amamentação, data criada em 1992 pela Aliança Mundial de Ação pró-amamentação (World Alliance for Breastfeeding Action – WABA) com a finalidade de promover o aleitamento materno e a criação de bancos de leite garantindo, assim, melhor qualidade de vida para crianças em todo o mundo. A data é comemorada dentro da Semana Mundial de Aleitamento Materno, que ocorre em 120 países, inclusive no Brasil, anualmente, entre os dias 1º e 07 de agosto. E não foi por acaso que a Maternidade Dr. Peregrino Filho, de Patos, através da equipe do Banco de Leite Humano Drª Vilani Kehrle, abriu as comemorações do Agosto Dourado, justamente, neste dia.

Com uma vasta programação para todo o mês de agosto, que vai além dos dias da Semana Mundial de Aleitamento Materno, a unidade, que integra a rede estadual de saúde, iniciou suas atividades alusivas a data com um café da manhã que reuniu o diretor geral da Maternidade, Dr. Umberto Marinho Júnior, a coordenadora do Banco de Leite de Patos, Joana Sabino, vários colaboradores e uma convidadas mais que especiais, sem as quais o Banco de Leite não teria o menor sentido em existir: as doadoras e gestantes atendidas pela maternidade, além das mães de egresso. Além do lanche coletivo, houve exposição de vídeos e fotos sobre amamentação e ainda abordagens aos funcionários da unidade e visitantes, com a distribuição de laços dourados. E à tarde, foi realizada uma palestra, no auditório do SAMU, para os profissionais que atuam na Atenção Básica de Patos sobre o tema “Doadoras e doações”.

“O Agosto Dourado é de suma importância porque além de abordar uma questão fundamental que é a amamentação, também provoca o debate e traz a tona uma questão fundamenta que é o estímulo à doação do leite excedente, pois todos nós sabemos que a única fonte deste produto são as mães que estão amamentando e que sem o leite materno muitas crianças teriam comprometimentos em sua formação e até desenvolvimento”, destacou o diretor da Maternidade, Dr. Umberto, na abertura das atividades.

Joana Sabino reforçou a importância de se atrair novas doadoras, alertou para a questão do estoque do Banco de Leite passar por momentos críticos, como atualmente, e pediu a colaboração de todos para divulgar as ações do Agosto Dourado. “Precisamos ampliar esse número de doadoras, conscientizar e sensibilizar às mães para que elas sejam agentes atuantes deste processo e, assim, assegurar maiores estoques para o Banco que nos permitam atender, sem sobressaltos, os recém-nascidos que precisam deste leite para se desenvolver”, reiterou Joana.

Programação do dia 02 ao dia 30

A programação do Agosto Dourado da Maternidade segue nesta sexta-feira (02) às 10h, com a palestra “A importância do leite materno para o RN prematuro em UTI’s” que será dada pela nutricionista, Silvania Rodrigues. No dia 06, a equipe do Banco de Leite fará outra palestra para as gestantes atendidas pela Atenção Básica de Patos, no auditório da 6ª Gerência Regional, as 8h30. No dia 13, as atividades serão desenvolvidas no município de Catingueira. Lá, a equipe do Banco de Leite e porcionamento fará uma palestra sobre “Preparando a gestante para a amamentação”. Haverá ainda a distribuição de laços dourados e material informativo. No dia 14, a partir das 14h30, no CRAS Mariana Alves, a equipe do BLH conversará com as gestantes atendidas por aquele Centro sobre “Os 10 passos para o sucesso do aleitamento materno”. No dia 15, a programação prossegue, as 8h30, com a realização de outra palestra no Maria Marques para gestantes atendidas pelo Centro, sobre “Os 10 passos para o sucesso do aleitamento materno”. No dia 16, às 9h, a mesma palestra será realizada para gestantes da cidade de São Mamede. Desta vez, no auditório da UBS daquele município.

As gestantes que são atendidas pela Maternidade no serviço de pré-natal de risco terão a oportunidade de, no dia 20, tirar todas as suas dúvidas sobre “Os mitos e verdades sobre o aleitamento materno”, durante palestra que acontecerá no auditório do Banco de Leite, a partir das 8h30. A nutricionista Silvania Rodrigues é quem fará a palestra.

A programação do dia 22 é coordenada pela Secretaria de Estado de Saúde e será restrita aos bioquímicos que integram a Rede Paraibana de BLH. Nesta data, eles participarão de um curso, em João Pessoa, na sede do BLH Anita Cabral. No dia 26, as gestantes do município de Malta terão a oportunidade de tirar dúvidas sobre amamentação. A palestra, que será proferida pela equipe do BLH de Patos, acontecerá na sede da Câmara Municipal da cidade, a partir das 8h30.

No dia 27, a programação será lúdica e divertida, com uma manhã de beleza dedicada às mães doadoras externas e internas da Maternidade, com direito a coffee break e sorteio de brindes. A atividade acontecerá no auditório do BLH, a partir das 9h. Nos dias 28 e 29, haverá treinamento para as equipes dos bancos de leite da rede paraibana, em João Pessoa e o encerramento das atividades do Agosto Dourado em Patos acontecerá no dia 30, às 9h, no auditório do SAMU, com o recebimento da doação de potes de vidros para armazenamento de leite.

Rede Cuidar realiza treinamentos para médicos e enfermeiros da região de Patos

Posted on

A pré-eclâmpsia é a causadora da maior parte das mortes maternas no Brasil, enquanto que o hemorragia pós-parto é a que mais mata em todo o mundo. Além desses dois indicadores, as infecções na gestação e o trabalho de parto prematuro também entram nas estatísticas de mortes maternas como intercorrências muito comuns. Nesta segunda-feira (15), médicos, enfermeiros e técnicos de Enfermagem de várias unidades públicas de saúde de Patos e de municípios circunvizinhos tiveram a oportunidade de se aprofundar sobre essa temática. A capacitação foi uma das ações da Caravana da Rede Cuidar que durante todo o dia realizou diversos serviços com crianças e bebês cardiopatas. As atividades aconteceram na sede da Faculdade Integrada de Patos (FIP)

O diretor clínico da Maternidade Dr. Peregrino Filho, de Patos, Dr. Paulo Athayde, foi quem ministrou o curso sobre ‘Sobrevivência Obstétrica’. Segundo o médico, as doenças hipertensivas na gestação requerem um cuidado e atenção especiais e um suporte capaz de assegurar a vida tanto da mãe, quanto do bebê. “Uma paciente que, por exemplo, seja avaliada como de parto prematuro, ou seja, que esteja tendo contrações abaixo de 37 semanas de gestação precisa ser encaminhada para um serviço de referência, que disponha de recursos que garantam uma melhor sobrevida do recém-nascido e de assistência dela própria”, destacou ele. Além do curso de ‘Sobrevivência Obstétrica’, foi ministrado o curso de ‘Sobrevivência neonatal’.

O coordenador da Caravana da Rede Cuidar, o pediatra Cláudio Regis, lembra que o Brasil embora tenha avançado nos últimos anos, ainda precisa melhorar os índices quando o assunto é mortalidade materna. De acordo com dados da OMS, no Brasil registra-se 65 mortes maternas para cada 100 mil nascimentos. Na Paraíba, esse dado chega a 70 óbitos por 100 mil nascimentos. “Esse índice já foi reduzido. Na década de 90, tínhamos 140 mortes para cada 100 mil nascimentos. Hoje temos 70, mas é preciso lembrar que esses dados não refletem somente a qualidade de assistência à gestante na hora do parto, mas um conjunto de fatores que passam pelas condições de vida da gestante, do pré-natal, das condições de saúde dela, etc. A assistência na hora do parto, embora decisiva, por si só não consegue mudar essa realidade”, destaca o médico.

O diretor geral da Maternidade de Patos, Dr. Umberto Marinho Júnior, acompanhou as atividades da Rede Cuidar em Patos e destaca a importância dessa ação do Governo do Estado. “Nós acolhemos a Caravana da Rede Cuidar com muita satisfação e alegria. São sete anos de história e o primeiro ano genuinamente paraibano, já que nas edições anteriores havia um convênio com o Circor de Recife. Nós, da Peregrino Filho, participamos diretamente desta ação, com o envolvimento de profissionais nos treinamentos, que vão estar ainda mais capacitados para atuar na assistência às gestantes e recém-nascidos, além da participação na prestação de serviço, e também com a equipe do nosso Banco de Leite na captação de novas doadoras e na coleta de frascos de vidro”, finaliza Dr. Umberto.