Maternidade de Patos

Integrantes da Comissão de Ética e da Diretoria Clínica da Maternidade de Patos tomaram posse nesta terça-feira

Posted on

A nova legislação fixa como facultativa a constituição de Comissão de Ética Médica nas instituições com até 30 médicos, cabendo ao diretor clínico, se houver, ou ao diretor técnico, encaminhar as demandas éticas ao Conselho Regional de Medicina. Com 54 médicos em seu quadro, a Maternidade Dr. Peregrino Filho, de Patos, obrigatoriamente tem que eleger, a cada dois anos, os membros da Comissão. O que foi feito, democraticamente, através de uma eleição com voto secreto e direto, realizada no dia 18 de outubro. Nesta terça-feira (26) à noite, os eleitos foram empossados, numa cerimônia coordenada por representantes do CRM e realizada na sede do Banco de Leite da unidade. Na mesma ocasião, foram empossados o novo diretor clínico, Dr. Rui Pontes da Nóbrega Filho e o vice-diretor clínico, Dr. Francimar Gomes de Farias.

A Comissão de Ética Médica da Maternidade passa a ser presidida pelo Dr. Odir Pereira Borges Filho, tendo como vice-presidente, o Dr. Josias Alvares da Nóbrega Neto e como secretário, o Dr. Rui Nóbrega de Pontes. O primeiro suplente é o Dr. Marconi Lustosa Félix, o segundo suplente, a Dra. Maria do Socorro Dias de Sousa e o terceiro suplente, a Dra. Maria de Fátima de Lacerda D. Queiroga. Os mandatos são de dois anos.

O diretor técnico da Maternidade, Dr. Paulo Athayde, explica que cabe à Comissão de Ética Médica fiscalizar o exercício da atividade médica na instituição a qual se encontra vinculada, atentando para que as condições de trabalho do médico, bem como sua liberdade, iniciativa e qualidade do atendimento oferecido aos pacientes estejam de acordo com os preceitos éticos e legais que norteiam a profissão. “A Comissão contribui para que o serviço médico tenha ainda mais qualidade e excelência e seus membros têm a missão de acompanhar as funções dos médicos que atuam na instituição, tanto na relação com pacientes e familiares como com público interno”, explica Dr. Paulo.

As Comissões de Ética são criadas conforme a Resolução 1.812/07 do Conselho Federal de Medicina, tendo como finalidades específicas e competências, dentre outras, a de encaminhar relatórios de atividades ao respectivo Conselho de Medicina, e colaborar com o mesmo na tarefa de educar, discutir, divulgar e orientar sobre temas relativos à ética médica, combater o exercício ilegal da medicina e ainda promover debates sobre temas da ética médica, inserindo-os na atividade regular do corpo clínico da instituição de saúde.

Já os membros da direção clínica têm, entre outras atribuições, o papel de assegurar que todo paciente sob regime de internação seja atendido por um médico assistente, supervisionar as atividades de assistência médica, exigir da direção técnica condições de trabalho, assegurar a acadêmicos e residentes condições de exercer suas atividades com os melhores meios de aprendizagem, além de organizar os prontuários dos pacientes.

Para o diretor geral da Maternidade, Dr. Umberto Marinho Júnior, empossar os membros da Comissão de Ética e os novos diretores clínicos da unidade vai além de uma mera formalidade. “Não é à toa que a Maternidade Peregrino Filho é referência na sua área de atuação e isso se deve por uma série de fatores, entre o quais, destaca-se a atuação da equipe médica que tem compromisso com a qualidade do serviço que presta e, sobretudo, respeito ao paciente. Portanto, ao empossar os membros da Comissão de Ética e os novos diretores clínicos estamos, justamente, reforçando o nosso compromisso com um serviço de qualidade, com nossas pacientes e a sociedade a que servimos”, destaca Dr. Umberto.

Funcionários da Maternidade de Patos participam de treinamento para promover, estimular e apoiar o aleitamento materno

Posted on

Como Hospital Amigo da Criança, a Maternidade Dr. Peregrino Filho, de Patos, leva muito a sério a questão do aleitamento materno, tanto que todos os seus colaboradores passam, necessariamente, por um treinamento para entender a importância de estimular, promover e apoiar essa ação que faz toda a diferença no desenvolvimento dos bebês e ainda na redução das mortes por causas preveníveis de crianças menores de cinco anos. Por isso, os novos funcionários que ainda não participaram do treinamento sobre Aleitamento Materno vão estar hoje (20) e amanhã (21), no colégio Vera Cruz, para uma capacitação sobre esse tema. Ao todo, 152 colaboradores participarão da iniciativa sob a orientação da Bioquímica e Responsável pelo Controle de Qualidade do Banco de Leite da Maternidade, Faldrecya Borges e da Enfermeira, Naara Moreira.

Para o diretor geral da Maternidade e pediatra, Dr. Umberto Marinho Júnior, a iniciativa é muito importante e vai além da obrigatoriedade de ter todos os colaboradores treinados sobre esse assunto. “Como detentora do título de ‘Hospital Amigo da Criança’, uma das exigências para mantermos essa distinção, é que todos os nossos colaboradores sejam capacitados para tal, mas, muito além de atendermos essa exigência, desenvolvemos uma cultura interna que valoriza esse gesto, porque entendemos que ele é fundamental e insubstituível”, destaca o médico. Ele lembra que o aleitamento materno tem repercussão direta ou indireta na vida futura do indivíduo, auxiliando na redução de doenças crônicas como hipertensão, diabetes e obesidade, reduzindo o risco da mulher que amamenta de contrair câncer de mama e de ovário e de ter diabete tipo II, além de promover uma melhoria na saúde física e mental da criança e da mãe, estreitando o vínculo entre eles.

Segundo a bioquímica Fraldrecya, o aleitamento materno é a prática isolada de maior impacto contra a mortalidade na infância. “Atribui-se ao aleitamento materno a capacidade de reduzir em 13% as mortes de crianças menores de cinco anos por causas preveníveis em todo o mundo”, reforça a responsável pela capacitação dos colaboradores da Maternidade. Durante o treinamento, será abordado os Dez Passos do Aleitamento Materno, os Dez Passos para o Hospital Amigo da Criança e Amigo da Mulher, além da Política Interna de Normas e Rotinas da Maternidade.

Sobre os dez passos para o sucesso do aleitamento materno, destaca-se, o fato de ter uma norma escrita sobre aleitamento materno, que deve ser rotineiramente transmitida a toda a equipe do serviço; treinar toda a equipe, capacitando-a para implementar essa norma; informar todas as gestantes atendidas sobre as vantagens e o manejo da amamentação; ajudar a mãe a iniciar a amamentação na primeira meia hora após o parto; mostrar às mães como amamentar e como manter a lactação, mesmo se vierem a ser separadas de seus filhos; não dar a recém-nascido nenhum outro alimento ou bebida além do leite materno, a não ser que tenha indicação clínica; praticar o alojamento conjunto – permitir que mães e bebês permaneçam juntos 24 horas por dia; encorajar a amamentação sob livre demanda; não dar bicos artificiais ou chupetas a crianças amamentadas e encorajar o estabelecimento de grupos de apoio à amamentação, para onde as mães devem ser encaminhadas por ocasião da alta hospitalar. Esse conjunto de atitudes, segundo Dr. Umberto, aumenta a duração do aleitamento materno durante a internação hospitalar e estimula as mães a continuar amamentando após a alta.

Para a jornalista Mary Landim, que teve seu primeiro filho em janeiro deste ano, e amamentou Victor, exclusivamente, no peito até os seis meses e após esse período continua amamentando, mesmo com a complementação alimentar de frutas, papinhas e outros alimentos, essa relação que ela estabeleceu com o filho foi além da própria questão da saúde. “É inquestionável as vantagens nutricionais de uma criança alimentada com leite materno, do quanto de ganho em sua vida ela terá em função deste gesto, isso sem falar no vínculo que se forma entre mãe e filho, na cumplicidade da troca de afeto, além de ser uma experiência incrivelmente enriquecedora”, destaca Mary que, atualmente, deixa Victor mamar em livre demanda, ou seja, quando ele solicita. Para ela, a Maternidade de Patos e todos os hospitais Amigos da Criança têm um papel fundamental no estímulo ao aleitamento. “Dificilmente, mães bem orientadas deixarão de amamentar seus filhos”, finaliza a jornalista que não pensou ainda como se dará o desmame de Victor.

Sobre o Hospital Amigo da Criança

A Iniciativa Hospital Amigo da Criança (IHAC) é uma estratégia lançada no mundo inteiro pela Organização Mundial da Saúde (OMS) e UNICEF, em 1991, com o intuito de promover, proteger e apoiar o aleitamento materno no âmbito hospitalar. A iniciativa consiste no treinamento dos profissionais de saúde do estabelecimento de saúde para o cumprimento dos dez passos para o sucesso do aleitamento materno. No Brasil, a iniciativa foi adotada pelo Ministério da Saúde, em 1992 e, dez anos depois, já havia 335 hospitais com esta qualificação, entre os quais, a Maternidade de Patos.

Maternidade de Patos treina profissionais para atuarem na Brigada de Incêndios

Posted on

Oferecer maior segurança no âmbito hospitalar ao ter uma equipe treinada para atuar em situações que requeiram noções de primeiros socorros e de como proceder em casos de emergências e incêndios, dentre outras situações que dizem respeito à ação de brigadistas. Foi com esse propósito que 29 colaboradores da Maternidade Dr. Peregrino Filho, de Patos, participaram de um treinamento com representantes do Corpo de Bombeiros. A capacitação para atuar na Brigada de Incêndio, realizada nesta terça-feira (19), incluiu aulas teóricas e práticas e foi conduzida pelos sargentos Luciano e Benício.

Durante a capacitação os funcionários tiveram aulas sobre prevenção e combate a incêndios, além de socorro à vítimas, com simulações de combate a incêndio e atendimentos diversos. O diretor geral da Maternidade, Dr. Umberto Marinho Júnior destaca a importância da capacitação. “O conhecimento da forma e do uso dos equipamentos de combate ao fogo, ou de socorro a pessoas numa situação emergencial é de extrema importância para garantir a segurança não só dos funcionários, mas de todos aqueles que utilizam os serviços da unidade e com essa formação estamos mais seguros, pois agora temos mais pessoas capacitadas para agir em momentos como estes”, disse o diretor.

Durante o curso foram abordadas noções de primeiros socorros e orientações de como agir em casos de emergências clínicas, tipo fraturas, hemorragias, ressuscitação cardiopulmonar, queimaduras, dentre outras situações causadas, inclusive, por incêndios. Na parte prática, os novos brigadistas aprenderam a conter e apagar incêndios de pequena proporção, sobre o uso correto do extintor e evacuação do local atingido pelas chamas, bem como as simulações de resgate.

A Brigada é formada por funcionários de vários setores e de todos os turnos, de forma que em qualquer setor da Maternidade e a qualquer hora haverá sempre brigadistas à postos para atuar com segurança em situações emergenciais. O treinamento obedece a regras da Associação Brasileira de Normas Técnicas- ABNT no que diz respeito a Brigada e Plano de Emergência Contra Incêndios.

Maternidade de Patos realiza atividades para mães de bebês prematuros

Posted on

As mães de recém-nascidos prematuros que acompanham seus bebês que ainda estão sob os cuidados da UTI Neo, UCIN ou do alojamento Mãe Canguru da Maternidade Dr. Peregrino Filho, de Patos, viveram momentos bem diferentes da rotina que estão acostumadas na unidade, nesta terça-feira (19). Graças as comemorações do Dia Internacional da Sensibilização para a Prematuridade, as mães tiveram uma tarde com diversas atividades, que incluiu cortes de cabelo, escova, sobrancelha e depilação. A ação foi encerrada com um coffee break, idealizado especialmente para elas. Todos os serviços foram realizados por funcionárias voluntárias que no contra turno de trabalho se dispuseram a tornar a tarde destas mães mais alegre.

A programação especial que aconteceu no dia 18 e foi encerrada nesta terça-feira (19), segundo o diretor geral da Maternidade, Dr. Umberto Marinho Junior, foi idealizada para debater o tema da prematuridade, mas, também para propiciar momentos de descontração às mães que permanecem na unidade acompanhando a evolução de seus bebês prematuros. “Os bebês nestas condições necessitam de cuidados especiais e um olhar mais atento, pois muitos problemas futuros podem ser evitados quando os procedimentos nos primeiros dias de vida são corretos e adequados”, destaca Dr. Umberto, que é Pediatra.

Ele aproveitou para agradecer a disponibilidade das funcionárias que propiciaram esses momentos de descontração para a mães-pacientes. “Elas têm uma rotina estressante, pois não é fácil ficar internada numa unidade de saúde para acompanhar os filhos que se encontram sob cuidados especiais em função de terem nascido com baixo peso, com órgãos ainda em desenvolvimento e necessitando de todo um aporte tecnológico para ganharem peso e evoluírem até receberem alta e essa ação de hoje trouxe uma distração tão importante em momentos como esse”, disse o médico, lembrando que, recentemente, a Maternidade começou o projeto Crochê Terapia, justamente, para propiciar momentos de descontração as mães de prematuros na unidade. “Ganhamos até o reconhecimento, em forma de um certificado de Menção Honrosa, da Secretaria de Estado de Saúde por essa iniciativa”, lembra Dr. Umberto.

Ontem, dentro da programação do Dia da Prematuridade aconteceu uma palestra com a nutricionista Silvânia Rodrigues sobre a importância de uma alimentação saudável na vida de um prematuro e, em seguida, foi exibido um documentário sobre essa temática e feita uma complementação com fala da psicóloga Tuanny de Sá. A enfermeira Valéria, as Técnicas de Enfermagem, Valdilene e Edivânia e a Técnica em Farmácia, Rariany foram as responsáveis pela tarde de beleza das mães pacientes.

Maternidade de Patos inicia projeto ‘Crochê Terapia’ para alegrar mães que estão com filhos sob cuidados especiais

Posted on

Um novelo, uma agulha e criatividade podem mudar o astral de uma pessoa e se tornar um passatempo que tem um poder terapêutico muito grande. Foi partindo dessa premissa e buscando formas de ampliar a humanização e acolhimento às mães que acompanham a recuperação de seus filhos internos na UTI NEO ou no alojamento Mãe-Canguru, que a Maternidade Dr. Peregrino Filho, de Patos, começou nesta quinta-feira, o projeto ‘Crochê Terapia’. Com a ajuda de uma professora voluntária, as mães que acompanham seus recém-nascidos sob cuidados especiais na unidade têm agora a oportunidade de aprender crochê. A primeira aula aconteceu hoje (07), e se repetira todas as quintas-feiras, das 10h às 11h. Entre uma aula e outra, as mães vão colocar em prática o que aprenderam na oficina de trabalhos manuais.

O objetivo do projeto, reforça o diretor geral da maternidade, Dr. Umberto Marinho Júnior, é possibilitar que essas mães se distraiam e amenizem o estresse durante sua permanência na Maternidade. “Com essa iniciativa, buscamos acolher essas mães, que passam boa parte do tempo ociosas, convivendo com a expectativa de evolução do quadro de seus filhos, com algo que lhes desse prazer e as distraísse, ai surgiu essa ideia de implantar uma oficina de crochê, que vai funcionar como uma terapia alternativa de combate ao estresse”, destaca o médico, lembrando que a Maternidade comprou todo o material necessário para a realização das oficinas e que as peças produzidas pelas mães pertencem a elas, que têm ainda a liberdade de escolher quais peças querem produzir.

A professora voluntária e dona de casa, Oberlândia Avelino, moradora do bairro Brasília, em Patos, já vivenciou a experiência de necessitar permanecer internada acompanhando um filho que precisou de cuidados especiais ao nascer. “Foram 30 dias de muita angustia, expectativa, estresse cotidiano, de muito sofrimento e de quase nada para fazer, para preencher o tempo quando eu não estava retirando o leite para amamentação ou mesmo visitando meu filho na UTI. Ai quando soube da ideia da Maternidade em promover essa ação, não pensei duas vezes em aceitar o desafio e assumir o compromisso de dar minha colaboração para que essas mães possam amenizar sua angustia com algo que é tão prazeroso de fazer”, afirma Oberlândia, que vivenciou essa situação em 2015, durante 30 dias, fruto de uma gravidez gemelar e de um parto complicado.

Antes da primeira aula desta quinta-feira, Dr. Umberto se reuniu com as pacientes, no auditório do Banco de Leite, onde serão realizadas as aulas, e explicou a concepção do projeto. Em seguida, Oberlândia falou sobre a arte de fazer crochê, sobre os diferentes pontos e em pouco tempo as mães já estavam produzindo as primeiras correntinhas. “O crochê exige concentração para contagem dos pontos, ao mesmo tempo em que propicia um descanso da mente, além de dar uma sensação prazerosa a quem o pratica”, explicou ela, sugerindo que ao longo da semana, as mães busquem treinar e se aprofundar na produção dos pontos.

Para a motorista, Sayonara Medeiros, moradora do bairro Belo Horizonte, de Patos, que está na Maternidade acompanhando seu filho Sávio, que está internado na UTI Neo desde a data de seu nascimento, no dia 28 de outubro, o projeto chegou num momento muito oportuno. “Achei super interessante e adorei a iniciativa. A situação por que passamos é angustiante e essa atividade me ajudou a tirar o foco e me distraiu muito, tanto que num instante a aula aconteceu. Mesmo com as idas a UTI, o tempo demora a passar quando vivenciamos uma situação como essa e o crochê, não só no momento das aulas, mas durante todo o tempo vai nos propiciar essa distração”, disse ela, que sempre admirou quem faz crochê, mas nunca tinha parado para aprender como se faz. “Chegou o momento e até a próxima aula eu vou treinar bastante”, finalizou Sayonara.

Encerramento das ações do Outubro Rosa na Maternidade de Patos reuniu colaboradores em um dia de relaxamento e beleza

Posted on

As funcionárias da Maternidade Dr. Peregrino Filho, de Patos, vivenciaram momentos de relaxamento e embelezamento na última segunda-feira (28). Isto porque, o encerramento das ações do Outubro Rosa da unidade foram marcados por momentos direcionados às colaboradoras que, durante toda a manhã tiveram à disposição serviços de depilação, sobrancelha e ainda maquiagem com as consultoras da Mary Kay. O diretor da unidade, Dr. Umberto Marinho Júnior fez o encerramento antes do início do momento beleza e falou da importância das mulheres se voltarem mais para cuidar da saúde.

“Todos sabemos que o Outubro Rosa desperta a necessidade das mulheres terem um olhar especial sobre sua saúde, especialmente, no tocante ao câncer de mama, porém é preciso destacar que não é apenas neste mês que é preciso agir preventivamente, fazer exames e se cuidar. A prevenção é importante em qualquer tempo. Então fica o alerta para não esperar chegar Outubro para se cuidar, pois quando descoberto no início, o câncer de mama tem grandes chances de cura”, reforçou o médico, avaliando como positiva todas as atividades desenvolvidas pela Maternidade neste período.

O Dia de Beleza para as colaboradoras, com maquiagem, depilação e outros serviços estéticos teve ainda sorteio de brindes. Coube a Técnica em Farmácia, Raryane Silva, deixar ainda mais bonitas as sobrancelhas das colaboradoras e a Técnica de Enfermagem, Mayanne Krysthine, fazer as depilações.

Retrospectiva

A abertura oficial da Campanha na maternidade de Patos foi realizada, com a participação da banda marcial do 3° Batalhão da Polícia Militar, com hasteamento das bandeiras do Brasil, da Paraíba, do Outubro Rosa e da cidade de Patos, seguido de um coffee break e distribuição de laços cor de rosa, símbolo da campanha, e de material educativo. A programação prosseguiu no dia 04, com a realização de uma Roda de Conversa, coordenada pela Professora, Mestra e Enfermeira, Erta Soraya, sobre Câncer de Colo de Útero. Houve ainda palestra com o médico mastologista, Dr. Thiago Alcântara.

Nos dias 16 e 23, houve a realização de exames citológicos para as funcionárias da Maternidade e do Complexo Regional de Patos. A Campanha incluiu ainda a realização, todos os sábados e domingos de outubro, de mamografias para as funcionárias, além de uma pessoa indicada por cada colaboradora, que podia ser uma parente ou uma amiga. O Dia de Beleza para as colaboradoras, com maquiagem, depilação e outros serviços estéticos e ainda um coffee break e sorteio de brindes marcou o encerramento das ações na última segunda-feira.

Maternidade de Patos comemora Dia do Médico, do Fisioterapeuta e do Professor e os aniversariantes do mês com uma celebração religiosa

Posted on

Neste 18 de Outubro se comemora o Dia do Médico, e no dia 13, o do Fisioterapeuta. Foi para comemorar a data destas atividades profissionais e também a de professor, celebrado dia 15, já que muitos profissionais que atuam na Maternidade Dr. Peregrino Filho, de Patos, também exercem essa profissão, e ainda para parabenizar os aniversariantes do mês, que a direção da unidade reuniu, na manhã desta sexta-feira (18), esses profissionais em meio a uma celebração religiosa mensal, que foi antecipada em função destas datas especiais.

O Pe. Amauri, da paroquia de Santo Antônio, conduziu a homilia, enaltecendo a importância destes profissionais para a Maternidade e, sobretudo, para a sociedade. O diretor geral da unidade, Dr. Umberto Marinho Júnior, e o diretor clínico, Dr. Paulo Athayde, representaram os 50 colegas de profissão que atuam na Maternidade, em várias especialidades, e por razões diversas não puderam estar presente na homenagem. “Esse é um momento simbólico, onde estamos comemorando essas datas especiais, além dos aniversariantes do mês, para agradecer o dom da vida, da saúde e por estarmos bem, em paz e trabalhando dignamente num local que faz a diferença na vida das mulheres do sertão paraibano”, destacou Dr. Umberto.

No final da celebração e após algumas falas, todos se confraternizaram em meio a um delicioso coffee break. O momento aconteceu na sala de treinamento do Banco de Leite, no prédio anexo à Maternidade. Ainda houve o sorteio de brindes com os aniversariantes do mês.

Eleição

Durante toda essa sexta-feira (18), os profissionais da Maternidade também estão votando para escolher os novos membros da Comissão de Ética da unidade, além de escolher o novo diretor Clínico da Maternidade. O resultado da votação será divulgado no final do dia.

Diretor geral da Maternidade de Patos atualiza conhecimentos no 39º Congresso Brasileiro de Pediatria

Posted on

O 39º Congresso Brasileiro de Pediatria, que acontece desde a última quarta-feira (09), em Porto Alegre (RS), e termina neste sábado (12), e que reúne mais de 4 mil profissionais de todos os estados do país, tem uma delegação expressiva de médicos da Paraíba, entre os quais, está o diretor geral da Maternidade Dr. Peregrino Filho, de Patos, Dr. Umberto Marinho Júnior. Profissional que busca sempre estar se reciclando e aperfeiçoando seus conhecimentos científicos, Dr. Umberto participa há 17 anos, ininterruptos, de um congresso da área, anualmente. “Entendo que é necessário acompanhar os avanços tecnológicos, buscar sempre se atualizar sobre as informações e novidade do mundo da Medicina, especialmente, na Pediatria”, destaca o médico que viajou, com recursos próprios, acompanhado da esposa, a também pediatra, Ana Elisabeth Nóbrega, que atua no ambulatório de egresso no Banco de Leite, da Maternidade.

Segundo Dr. Umberto, o programa do Congresso inclui temas não só de atualizações cientificas, mas, também aborda questões como os desafios das áreas pediátricas nos dias atuais. “Esse é o maior evento nacional da nossa especialidade, o que, por si só, já é uma garantia de que os temas abordados aqui são de extrema importância para a atualização científica, troca de experiências e debates de temas de grande relevância no atendimento às crianças e adolescentes, com foco nas demandas dos dias atuais”, afirma Dr. Umberto.

Ainda segundo Dr. Umberto, temas como a importância do aleitamento materno, assistência do recém-nascido pré-termo, prevenção de agravos, condução de condutas recorrentes no mundo da Pediatria, novas perspectivas terapêuticas no caso da rinite alérgica, gerenciamento de pacientes pediátricos, imunobiológicos na prática clínica, obesidade infantil, são alguns dos temas relevantes que estão sendo debatidos nas palestras, mesas redondas, workshops, miniconferências, simpósios e colóquios realizados durante o Congresso. “Quando eu chegar, conversarei com os colegas da Maternidade e multiplicarei as informações relevantes que vi por aqui”, finaliza o médico que na segunda-feira estará de volta à cidade de Patos.

Maternidade de Patos amplia meta de realização de mamografias para 500 exames/mês e intensifica ações durante o Outubro Rosa

Posted on

Referência para realização de mamografias para 29 municípios da região de Patos e adjacências, o Setor de Mamografia da Maternidade Dr. Peregrino Filho, que funciona no anexo da unidade onde também está o Banco de Leite Humano, Dra. Vilani Kehrle, ampliou a meta mensal de realização de exames para 500 atendimentos. E agora, em pleno Outubro Rosa, o desafio fica ainda maior com o aumento natural de demanda pelo serviço, fruto da conscientização das ações que alertam sobre a importância da identificação precoce do câncer de mama. O Setor, que funciona initerruptamente, de domingo a domingo, a partir das 8h da manhã, é formado por oito técnicos em mamografia, além do Coordenador da Radiologia, Fernando Costa. Os laudos são de reponsabilidade do mastologista, Evaldo Nóbrega e são entregues entre 20 a 30 dias após os exames.

E nesta quinta (10) e sexta-feira (11), dentro das programações da campanha Outubro Rosa, a Maternidade Dr. Peregrino Filho, em parceria com a Prefeitura de Patos, começa os exames preventivos de mamografia para as mulheres que moram no município. Para tanto, estão sendo ofertados 240 exames com agendamento imediato, ou seja, sem fila de espera. Serão 60 mamografias semanais, realizadas nas quintas e sextas-feiras, a partir das 13h30. Os primeiros exames serão feitos nesta quinta-feira (10) e na sexta-feira (11) e assim, sucessivamente, nestes mesmos dias, até o final do mês.

O coordenador do setor explica que a marcação dos exames precisa ser feita a partir das consultas nas Unidades Básicas de Saúde (UBS) e, posteriormente, através das Secretarias Municipais de cada município. “A paciente é consultada pelo médico da unidade, que faz a solicitação do exame, e a secretaria do município, por sua vez, nos aciona, via e-mail. Quando a gente recebe a solicitação, já define a data do agendamento e informa o horário para a realização do exame”, afirma Fernando. O e-mail para agendamento é mamografiapatos@gmail.com.

Em meses normais, a Maternidade realiza cerca de 25 a 30 exames/dia. No Outubro Rosa esse quantitativo se amplia em função do aumento da procura pelo serviço. Esse mês também, as colaboradoras da Maternidade e do Complexo Hospitalar Deputado Janduhy Carneiro terão dias especiais, aos sábados e domingos, reservados para elas realizarem a mamografia. Neste caso, o agendamento se dá pelo NECE de cada unidade. O exame é indicado para mulheres a partir dos 40 anos ou a partir dos 35 anos quando há casos da doença na família. Em situações onde o médico e exames constatam a formação de nódulo no seio, a mamografia é realizada independentemente da idade da paciente.

De acordo com o diretor geral da Maternidade, Dr. Umberto Marinho Júnior, essa ação de ampliar a realização de exames no Outubro Rosa, é realizada todos os anos, através de parceria com as prefeituras, não apenas para Patos, mas, para todos os 29 municípios que a Maternidade é referência. “As mamografias são realizadas na Maternidade independente da campanha do Outubro Rosa, todos os dias da semana, inclusive sábados e domingos, a gente apenas amplia os atendimentos neste mês em função da procura ser maior nesse período e também como forma de darmos nossa contribuição para que esse importante exame, que pode identificar tumores em estágios iniciais, seja feito em maior escala”, destaca a o médico.

Candidatos selecionados para contratação de cadastro reserva da Maternidade de Patos fazem prova de avaliação de perfil neste sábado

Posted on

Os 1.794 candidatos que foram selecionados para contratação de pessoal para cadastro reserva da Maternidade Dr. Peregrino Filho, de Patos, participarão, neste sábado (05), da segunda etapa do processo seletivo. Eles foram convocados para fazer uma avaliação de perfil profissional que acontecerá no Bloco H, na sede da Faculdades Integradas de Patos (FIP). Como o número de candidatos é grande, os testes serão aplicados em três horários distintos. Sendo o primeiro deles das 8h45 até 9h45, o segundo, das 10 às 11h e o último, das 11h15 as 12h15. Os candidatos concorrem a vagas em várias funções, pelo Regime CLT, com cargas horárias de 36 e 40 horas semanais. O processo seletivo é de responsabilidade da Organização Social de Saúde Irmandade da Santa Casa de Misericórdia de Birigui, que assumiu a administração da unidade, em junho passado.

De acordo com Fernanda Contardi, representante da Santa Casa, os candidatos passarão por esse processo seletivo, que servirá para avaliação do perfil de cada um deles, para ficar no cadastro reserva. “Conforme nós formos necessitando de fazer novas contratações ou reposições, nós iremos chamando as pessoas que forem aprovadas neste processo seletivo”, destacou Fernanda. A expectativa é que já exista a necessidade de chamar alguns aprovados ainda em outubro.

Numa primeira etapa, o processo seletivo se deu através de Análise Curricular e, agora, os candidatos aprovados passarão pela avaliação de perfil, que será uma prova escrita. A listagem com o nome dos aprovados e local da Avaliação de Perfil está publicada no site da Santa Casa (www.santacasadebirigui.com.br). De acordo com o edital, 10% das vagas serão destinadas aos profissionais que se encontram na condição de primeiro emprego. O cadastro reserva focou nas funções de Assistente em Administração, Assistente em Administração – Faturamento, Atendente, Auxiliar de Farmácia, Auxiliar de Serviços Gerais, Farmacêutico, Fisioterapeuta, Técnico em Segurança do Trabalho, Cozinheira, Auxiliar de Cozinha, Copeira, e Nutricionista.