Jeová Campos

Deputado Jeová Campos se reúne com superintendente do DER para tratar de estradas de Bonito de Santa Fé

Posted on

O deputado estadual Jeová Campos se reuniu, nesta quinta-feira (02), com o diretor do Departamento de Estradas e Rodagens da Paraíba (DER-PB), Carlos Pereira para tratar de demandas de estradas de acesso ao município de Bonito de Santa Fé. Além do parlamentar, participaram da reunião o prefeito, Chico Pereira, a vice-prefeita, Alderi Caju, o vereador da cidade, Marcos e outros representantes do município.

Em pauta a realização de obras em estradas que dão acesso ao município. “Viemos aqui falar da importância de melhorar o acesso ao município de Bonito de Santa Fé e ver com o dirigente do DER quais são as providências que o órgão pode tomar, em curto e médio prazo, para resolver essa questão das estradas que interligam e dão acesso ao município que tem quase 12 mil habitantes e um fluxo intenso de tráfego de veículos”, destacou o deputado Jeová.

Chá do Marinho enfim terá água graças ao compromisso do governador Ricardo e a atuação política do deputado Jeová Campos

Posted on

Uma obra que foi prometida, reiteradas vezes, por governos anteriores e políticos da região, finalmente, começa a ser concretizada graças ao compromisso do governador Ricardo Coutinho e a atuação política do deputado estadual Jeová Campos. Trata-se da obra que vai garantir chegar água nas torneiras dos quase três mil moradores da comunidade de Chã do Marinho, no município de Lagoa Seca. Essa semana, a obra começou a ser executada pela Companhia de Água e Esgoto da Paraíba (Cagepa).

“Em breve, um antigo sonho da comunidade, esquecido em promessas não cumpridas, se tornará realidade. Eu estou muito feliz de ter participado ativamente desta conquista, através de ações da Frente Parlamentar da Água, da ALPB, a partir da qual pude fazer gestões junto ao governo do estado para que essa obra fosse viabilizada e também agradecido pela sensibilidade do governador Ricardo Coutinho em ter entendido que o pleito que levei da comunidade era justo, necessário e importante. Depois de mais de 30 anos de promessas, a água chegará para tirar a comunidade do isolamento hídrico. É o fim da lata d’água na cabeça”, afirma Jeová.

O parlamentar lembra as ações de seu mandato que culminaram com a realização da obra. “Fizemos audiência pública, várias reuniões com a comunidade, fomos reiteradas vezes à Cagepa, nos reunimos com o então secretário de Infraestrutura, João Azevedo, enfim, constatar o início da obra e saber que, em breve, a comunidade de Chã de Marinho terá agua em suas casas é ter a certeza que nossa luta valeu a pena e isso nos enche de alegria e entusiasmo, porque significa a concretização do exercício parlamentar, ou seja, o resultado concreto da minha atuação enquanto deputado que contribui, através de meu mandato, com a melhoria de vida das pessoas da comunidade”, reitera Jeová, lembrando que a obra consiste na ligação da água da adutora de Campina Grande para a comunidade de Chá de Marinho.

Deputado Jeová Campos fala da alegria de ter concluído seu tratamento e dá notícias das obras do Eixo Norte da Transposição

Posted on

Nesta quarta-feira (01), no primeiro dia de sessão legislativa depois do recesso de Julho, o deputado estadual Jeová Campos (PSB) ocupou a tribuna da ALPB para agradecer o apoio que teve durante seu tratamento de saúde, inclusive da Imprensa paraibana, e deu boas notícias sobre as atuais condições das obras do Eixo Norte da Transposição, visitadas por ele, na última quinta-feira (26).

“Eu preciso, neste instante, dizer da minha alegria, da minha felicidade, e da minha consciência de agradecimento a Deus e a todos e a todas que se solidarizaram, que fizeram orações e que me incentivaram no tratamento contra o câncer e que me deram as condições de estar aqui de volta, para poder dizer que estou vivendo um outro momento em minha vida, um novo momento que se marca pelo tom da voz”, disse ele.

Segundo o parlamentar, em alguns momentos durante o tratamento, ele teve dúvidas se voltaria a recuperar a voz, mas, com fé, acreditou que iria ficar curado. “Teve momentos, nesta travessia, que eu ficava em dúvida se teria de volta a minha voz, para fazer o que mais me agrada na vida que é, exatamente, dizer o que penso, defender o povo, as causas que acredito, e ser a voz de muitos que não tem voz ou não tiveram a oportunidade de vir aqui onde estou para poder defender a coletividade e as causa do povo da Paraíba, mas, minha fé e a solidariedade de muitos, me fortaleceu”, afirmou Jeová.

Ainda segundo ele, a palavra gratidão expressa seu atual momento. “Não pode ser outra a sensação que não seja de gratidão, foi um período  de dúvidas, de incertezas, mas, o carinho que recebi foi imenso, inclusive da Imprensa, que respeitou meu sofrimento e teve comigo um papel solidário. Fica aqui o registro de meus agradecimentos”, reiterou o deputado.

Jeová finalizou o seu discurso com um breve relato de uma visita que ele fez, na última quinta-feira (26), as obras do Eixo Norte da Transposição. “Trago aqui boas notícias, a primeira delas é que a empresa que foi contratada para concluir a obra, de fato, o fará. O consórcio anterior não tinha condições de fazer e o consórcio que assumiu o restante da obra está demonstrando capacidade de execução, está com cerca de três mil homens trabalhando, em turnos de 24h, e o Túnel já está escavado, a estação de bombeamento número 3 já está pronta e tudo indica que no início de novembro nós teremos água na Barragem de Jati e a água de Jati vai descer por gravidade para a Paraíba”, explicou o deputado.

Ainda segundo ele, infelizmente, não chegará água do Eixo Norte da Transposição na Paraíba ainda este ano, porque é preciso encher as barragens antes. “Mas, saibam todos que o momento é de alegria, porque nós que lutamos tanto pela concretização da obra, finalmente, pudemos constatar que ela está chegando ao final. Compartilho com vocês essa minha alegria”,  finalizou Jeová.

Deputado Jeová Campos participa de ato contra privatização da Cagepa e leva solidariedade aos funcionários do órgão

Posted on

 

            O deputado estadual Jeová Campos (PSB) participou, na manhã desta terça-feira (31), em João Pessoa, de um ato público contra a privatização da Companhia de Água e Esgoto da Paraíba (Cagepa). O parlamentar foi prestar solidariedade ao movimento dos funcionários do órgão e reiterar sua posição contra a Medida Provisória do governo Michel Temer que prevê a privatização do setor de saneamento básico em todo o país.

            “Nós estamos aqui para nos solidarizarmos com os funcionários da Cagepa e reiterar nossa posição contra a política deste governo golpista que quer vender o país completamente. Isso é uma vergonha. Essa política de privatização do setor de saneamento básico é absurda e tem meu total e irrestrito repúdio”, disse o parlamentar, que já fez vários discursos na tribuna da ALPB contra a privatização de empresas públicas.

Jeová constata após visita às obras da Transposição do Eixo Norte que águas chegarão à Paraíba no começo de 2019

Posted on

A chegada das águas da transposição à Paraíba está prevista para o primeiro trimestre do ano que vem. Essa foi a principal constatação da visita do deputado estadual Jeová Campos às obras do Eixo Norte da transposição do Rio São Francisco. O deputado coordenou a visita, realizada nesta quinta-feira (26), com o objetivo de saber quando essas águas chegarão à Paraíba. Segundo o coordenador geral do Ministério da Integração Nacional, Paulo Pinheiro, as águas do Velho Chico chegam mesmo no começo do ano que vem.

 Uma caravana com populares, vereadores de Cajazeiras e regiões circunvizinhas, acompanhou a reunião que antecedeu à visita às obras. Na avaliação de Jeová essa ida serviu para constatar o avanço da construção e garantir uma reposta mais objetiva para a população que aguarda ansiosa a chegada da transposição no Sertão. “De todas as visitas técnicas que nos fizemos, essa foi a que mais me deu a sensação de felicidade. Nas outras, muitas vezes eu voltava com muitas interrogações, perguntas sem respostas e, dessa vez, eu estou vendo um cenário muito consolidado, primeiro porque as empresas que estão contratadas mostraram capacidade técnica e resolutiva na execução das obras. E segundo foi ver com os meus próprios olhos que a estação de bombeamento três já está com água do Rio São Francisco pronta para ser bombeada”, destacou o deputado Jeová Campos.

O roteiro da visita incluiu trechos de Salgueiro, onde está sendo terminada a Barragem de Negreiros, e no Túnel de Milagres, localizado entre as cidades de Verdejante (PE) e Penaforte (CE). Essas construções são a primeira e segunda na sequência do pacote de obras de integração por onde as águas do Rio São Francisco passarão até chegar à Paraíba, que ocupa a oitava e última posição, relacionada à chegada das águas, dentro desse projeto

Deputado Jeová Campos se reúne com engenheiros em Cajazeiras e assume compromisso de levar à ALPB pleito da categoria

Posted on

Um grupo de engenheiros se reuniu na manhã desta quarta-feira (25), em Cajazeiras, com o deputado estadual Jeová Campos. O mote do encontro foi a reivindicação dos profissionais para que o deputado leve para debate e apreciação no âmbito da Assembleia Legislativa, através de um encaminhamento do parlamentar, um pleito muito importante da categoria, que é a equiparação salarial dos Engenheiros.

“Acho o pleito muito justo e assumi o compromisso com eles de que eu pautarei essa questão na Assembleia Legislativa o mais breve possível e, se der, ainda na atual legislatura”, disse Jeová, que será candidato a outro mandato na ALPB, nas eleições de outubro.

Deputado Jeová Campos quer saber quando a água da transposição chegará à Paraíba através do Eixo Norte

Posted on

O deputado estadual Jeová Campos (PSB), que integra a Frente Parlamentar da Água da ALPB, quer saber quando as águas da Transposição chegarão à Paraíba, através do Eixo Norte e para ter essa resposta o deputado não vai visitar os gabinetes do Ministério da Integração, em Brasília, ele vai constatar, in loco, como estão as obras na Estação de Bombeamento EBI-3, entre Salgueiro e Terra Nova (PE) e também no Túnel de Milagres (CE). A visita que será acompanhada pelo técnico do Ministério da Integração, Alisson Tavares, acontecerá nesta quinta-feira (26), a partir das 9h.

Segundo o deputado, essa visita é importante porque ela vai tirar dúvidas em relação ao estágio das obras e dar as respostas que os paraibanos precisam ter sobre a data da chegada das águas. “A questão é: quando as águas da Transposição, que dependem da conclusão das obras do Eixo Norte, chegarão as casas dos paraibanos? Essa visita tem o objetivo de constatar em que estágio estão as obras para termos uma posição definitiva sobre a chegada das águas”, esclarece o parlamentar.

As informações disponibilizadas pelo Ministério da Integração, de acordo com Jeová, é que as obras em Salgueiro já foram concluídas e que no Túnel Milagres já acabaram as escavações, mas falta o enroscamento. “Vamos ver como, de fato, estão as obras e cobrar, se for o caso, celeridade nessa conclusão, uma vez que somente após a conclusão destes estágios é que as águas da transposição chegarão à Paraíba, através do Eixo Norte”, finaliza Jeová.

Jeová Campos participa de debate com candidatos promovido pelo Polo da Borborema

Posted on

O deputado estadual, Jeová Campos (PSB) participou, nesta quinta-feira (19), na cida-de  de Esperança, de um debate, com a população do Polo da Borborema,  que reuniu deputa-dos estaduais e federais do PSB. Para uma plateia de agricultores da região, Jeová expôs suas opiniões sobre as pautas ligadas à agricultura familiar e a vida no campo. No final do evento, os integrantes do Polo entregaram um documento com reivindicações para cada candidato da mesa. Um dos principais assuntos da pauta foi a agricultura familiar.

            A discussão sobre agricultura familiar já vem sendo vista pelo deputado, simpatizante e profundo conhecedor do tema por ser filho de agricultores, como algo que precisa ser apro- fundado num provável terceiro mandato na ALPB. “Esse setor tem sofrido duros golpes, tem sido negligenciado, mas mesmo assim é resistente e continua produzindo. Nós conseguimos  reverter a questão da segurança hídrica na  Paraíba e, se existir uma união, poderemos fazer o mesmo na agricultura familiar”, disse Jeová Campos.

Após questionamento da juventude agrícola em relação ao êxodo de jovens na agri-    cultura,  o deputado foi claro nas soluções que devem ser tomadas “Qualidade de vida no      Campo. É isso que vai fazer a nova geração continuar esse trabalho”, pontuou o deputado,     aproveitou o momento para lembrar que a bancada ruralista, apoiadora das indústrias do agro, só estão lá porque uma parcela da população elegeu. Ele ainda reproduziu um pedido do ex- presidente que afirma “que quer uma banca progressista”.

Depois do debate, o parlamentar participou de uma reunião com representantes do      Colegiado do Território do Litoral Norte, na sede da Federação dos Trabalhadores Rurais     Agricultores e Agricultoras da Paraíba (FETAG), em João Pessoa. Jeová já tem uma atuação   junto à Federação, principalmente, com um trabalho de esclarecimento sobre os prejuízos     que serão causados caso a Reforma da Previdência seja aprovada, nos atuais moldes propos-  tos pelo governo Temer,  tem conversado muito com a categoria para entender e atender os    pleitos dos agricultores paraibanos.

Jeová é contra liberação de água de Boa Vista e Engenheiro Ávidos para irrigar cultura porque isso pode comprometer consumo humano

Posted on

“Entendo que antes da chegada das águas da Transposição do Rio São Francisco não se pode liberar água da barragem de Boa Vista ou de Engenheiro Ávidos para outra destinação que não o consumo da população, uma vez que a segurança hídrica necessária que irá assegurar o abastecimento pleno das pessoas daquela região só se dará quando as águas da transposição chegarem”. Essa afirmação foi feita hoje (18), pelo deputado estadual Jeová Campos, logo que ele tomou conhecimento que há uma interlocução no sentido de que seja liberada água destes reservatórios para irrigação da cultura de coco, em Sousa.

De acordo com o parlamentar, já existe uma reivindicação do deputado estadual Marcondes Gadelha para que seja liberada água da barragem de Boa Vista, em São José de Piranhas, e de Engenheiro Ávidos, em Cajazeiras, para irrigar a cultura do coco, no município de Sousa, em São Gonçalo. No entendimento de Jeová, essa solicitação pode comprometer o abastecimento da população. “Enquanto as águas da transposição não chegarem a Boa Vista ou a Morros, não é prudente a liberação da água para agricultura, pois se isso ocorrer agora, significa colocar em estágio de insegurança as populações de toda uma região”, reiterou Jeová.

Para o deputado, mais oportuno que pedir a liberação das águas, é preciso que toda a classe política paraibana se una para pressionar o Governo Federal no sentido de acelerar a conclusão das obras do Eixo Norte, que vai possibilitar a chegada das águas no sertão paraibano. Jeová anunciou que vai fazer uma visita técnica, nos próximos dias, na obra da Transposição em Salgueiro (PE) e na região de Milagres (PE e CE) para averiguar, in loco, em que estágio se encontra a obra.

Jeová Campos leva pleito do Napoleão Laureano para o governador Ricardo Coutinho para implantação de novo serviço de Saúde na PB

Posted on

A Paraíba ainda não tem um laboratório de Imunogenética e Histocompatibilidade que são imprescindíveis para implantação de um Serviço de Transplante de Medula Óssea no Estado. Mas, essa realidade pode mudar caso a resposta do governador Ricardo Coutinho seja afirmativa em relação a um pleito da direção da Fundação Napoleão Laureano. O deputado estadual Jeová Campos entregou ao governador, nesta terça-feira (17), o oficio encaminhado pelo diretor presidente da Fundação, Antônio Carneiro Arnaud, com a solicitação que pode viabilizar a implantação deste novo serviço, que possibilitará que a Paraíba deixe de ser subsidiária de outros estados da Federação e passe a ser protagonista nos serviços de Imunogenética e Histocompatibilidade.

Atualmente, os exames de Imunogenética e Histocompatibilidade são encaminhados para um laboratório em Barretos (SP) e Recife (PE). A solicitação da direção do Laureano é para que 50% da quantia atual dos exames seja encaminhada para o laboratório Nativida, de Porto Velho, que é parceiro do Laureano, desde 2017. O Nativida está financiando parte da construção de um prédio dentro da área do complexo hospitalar do Laureano onde funcionará esse laboratório, assim como participará da aquisição de equipamentos e de montagem da equipe com pessoal técnico especializado. O financiamento, conforme explica o ofício, será ressarcido posteriormente, sem juros, e de acordo com o faturamento do laboratório que será administrado pelo Nativida.

“Esse é um pleito justíssimo, que vai possibilitar a abertura de novos postos de trabalho, ampliar a oportunidade de transmissão de conhecimento científico e, sobretudo, dotar a Paraíba de um serviço que hoje só existe fora do Estado”, argumenta o deputado Jeová Campos. Ele reitera que essa decisão do governador está respaldada na Portaria 342, de 10 de março de 2014, que permite o estado fazer a mudança do executor dos exames, neste caso específico, do laboratório paulista para o Nativida.

Segundo o parlamentar, o governador disse que ia analisar o pleito e dar o encaminhamento que for mais positivo para a Paraíba. “Ricardo é um gestor que tem visão e sabe que essa decisão é positiva para a Paraíba, então estou confiante que ele acatará o pleito da direção do Hospital Laureano, até pela parceria e compromisso do Nativida com a instituição paraibana”, afirma Jeová que, recentemente, fez um tratamento de saúde no Laureano e pôde comprovar a seriedade e competência da instituição em acolher e tratar os pacientes que procuram os serviços daquela unidade de saúde que atende pelo SUS e também através de diversos convênios.

No ofício encaminhado ao governador, o diretor presidente da Fundação Napoleão Laureano, Antônio Carneiro Armaud, reitera que “os atuais laboratórios localizados em Recife e São Paulo não estão, no momento, ajudando com a mínima quantia financeira e nem dando condições para que o hospital possa evoluir nesse importante setor de saúde”.