Jeová Campos

‘Repudio essa PEC absurda e irresponsável que institui cobrança em universidades públicas do Brasil’ afirma o deputado Jeová Campos

Posted on

Na tarde desta terça-feira (24), a Comissão de Constituição, Justiça e Cidadania (CCJ) da Câmara dos Deputados, analisa a Proposta de Emenda à Constituição (PEC) 206/19, que determina que as universidades públicas deverão cobrar mensalidades dos alunos. A PEC é de autoria do deputado bolsonarista General Peternelli (PSL-SP) e tem como relator o deputado Kim Kataguiri (DEM-SP) que em seu relatório votou pela admissibilidade da matéria. “Esse Projeto fortalece o ensino privado e impede que alunos pobres, cotistas, negros, indígenas e quilombolas tenham acesso ao ensino superior gratuito. Se a universidade não fosse pública, eu jamais seria advogado e professor de universidade”, afirma o deputado estadual Jeová Campos, criticando a PEC que segundo ele vai restringir à universidade para poucos.

Esse Projeto, segundo o parlamentar paraibano, é a melhor forma de desmontar as universidades públicas e favorecer o ensino privado. “Os mercantilistas deste governo defendem as armas e não os livros e o saber. Nós precisamos lutar contra isso, contra esse estado neoliberal que quer restringir o acesso ao conhecimento. Nós precisamos é da expansão das universidades e a garantia de acesso à qualificação profissional ao povo brasileiro e não de mensalidades em universidades públicas”, afirmou Jeová.

De acordo com o texto, a gratuidade será mantida apenas para estudantes comprovadamente carentes, definidos por comissão de avaliação da própria universidade, com base em valores mínimo e máximo estabelecidos pelo Ministério da Educação. A CCJ vai analisar a admissibilidade do texto e caso a proposta seja aprovada, será criada uma comissão especial para debater e votar o mérito da proposta, que depois terá que passar pelo Plenário da Câmara.

*Com informações do site BrasildeFato

91A4331D-FDF0-41DC-8BCE-FD4D1C2783EF

ALPB aprova realização de Sessões Solenes para entrega dos títulos de Cidadão Paraibano ao delegado André Luis e a professora Maria Cristina

Posted on

Os deputados paraibanos aprovaram, por unanimidade, na sessão legislativa desta terça-feira (24), dois Requerimentos do deputado Jeová Campos, de realização de Sessões Solenes para entrega do Titulo de Cidadão Paraibano ao atual Delegado Geral da Polícia Civil da Paraíba, Dr. André Luís Rabelo de Vasconcelos e a Professora Doutora Maia Cristina Basílio Crispim da Silva. Os Projetos de Lei de concessão dos títulos já tinham sido aprovados anteriormente em 14 de Outubro de 2021 e 10 de Maio deste ano, respectivamente. As datas das sessões não foram definidas ainda porque depende da conciliação das agendas dos agraciados e da ALPB. Mas, o deputado Jeová Campos já adianta que marcará em datas distintas. “Embora a honraria seja a mesma, cada homenageado tem sua história e trajetória e merece uma sessão especial e única”, afirma o parlamentar.

“Em todos os cargos e funções que ocupou ao longo de sua trajetória profissional, o homenageado mostrou total empenho, dedicação e responsabilidade na defesa da sociedade paraibana, sempre colhendo ótimos resultados frutos de seu árduo trabalho. Além de assumir seu ofício de corpo e alma, fato que já lhe rendeu vários prêmios, também incorporou a nossa cultura, costumes e grande amor pelo Estado da Paraíba. Isto, por si só, já torna o Dr. André Luis Rabelo de Vasconcelos um cidadão paraibano autêntico, faltando-lhe apenas oficializar a sua cidadania neste Estado”, justifica o autor da propositura. O homenageado é natural da cidade de Mirandópolis (SP).

“A Professora Cristina Crispim com sua sabedoria, inteligência e humildade, vem desenvolvendo trabalhos importantes do litoral ao sertão, com soluções acessíveis, sustentáveis, modernas e exequíveis para resolver problemas de qualidade das águas, acessibilidade, saúde pública, renda, equidade, dignidade e demais atributos que a qualidade de vida oferece aos seres vivos. Nossa gratidão à Professora pela dedicação ao nosso Estado, promovendo conhecimento de ponta e despertando os alunos para a pesquisa com o intuito de realizá-las para o bem comum, promovendo, dessa forma, o despertar do cidadão para a qualidade vida, voluntariedade para aplicar conhecimento, seriedade no compromisso de formar seu aluno como cidadão atuante na sociedade”, argumenta Jeová. A homenageada nasceu na cidade de Setúbal, em Portugal.

Deputados aprovaram requerimentos do deputado Jeová de realização de sessões solenes para entrega de títulos
Deputados aprovaram requerimentos do deputado Jeová de realização de sessões solenes para entrega de títulos

Deputado Jeová vai sugerir ao MP que ajuíze Ação Civil Pública para que municípios e Estado cumpram a Lei 11.566

Posted on

Nesta manhã de terça-feira (23), antes da sessão legislativa na ALPB, o deputado Jeová Campos se reuniu com a Dra. Fabiana Lobo, promotora de Justiça coordenadora do CAO Saúde e Meio Ambiente do Ministério Público, para pedir informações sobre os passos que foram dados pela instituição após representação da ALPB sobre cumprimento da Lei 11.566, que trata da triagem neonatal ampliada nas unidades de saúde públicas da Paraíba. “De antemão, agradeço ao MP as portas abertas para essa temática e aproveito a oportunidade para anunciar que na próxima segunda-feira, às 15h, teremos uma reunião com Dra. Jovana Tabosa, que será a promotora que vai cuidar desta matéria, ocasião que vou sugerir que o MP recomende as curadorias da saúde em todos os municípios da Paraíba que oficie os 128 municípios que não estão fazendo a coleta adequadamente para fazer a triagem neonatal ampliada, para que seja determinada em Ação Civil Pública que eles e o Estado cumpram com a Lei em vigor”, disse o parlamentar em pronunciamento no pequeno expediente. O deputado aproveitou e convidou o deputado Taciano Diniz para acompanhá-lo na reunião.

             Em sua fala, Jeová disse ainda que a reunião da próxima segunda-feira servirá também para subsidiar a promotora do caso com dados e inquietações sobre o não cumprimento da Lei que está em vigor há mais de dois anos na Paraíba. “Para se ter uma ideia do que está acontecendo, das 2.760 amostras de triagem do teste do pezinho recebidas pelo Lacen-PB, em fevereiro último, apenas 1.168, equivalente a 42,3%, foram analisadas na modalidade ampliada”, disse o deputado.

             “A pergunta é por que mais de 50% das amostras que foram coletadas foi feita na modalidade antiga e não na modalidade ampliada? Qual a razão do Lacen-PB definir uma estratégia para uma criança recém-nascida ser triada, para saber e tem ou não uma doença rara e outras não serem? Qual o critério desta escolha? Por que nem todos os municípios não aderiram?”, questionou Jeová da tribuna da ALPB.

             Para o deputado, é preciso que a Secretaria Estadual de Saúde faça cumprir a Lei, que é imperativa e categórica. “Essa Lei foi concebida para proteger todas as crianças recém-nascidas em solo paraibano e não para ter um tratamento diferenciado uns fazendo a triagem ampliada e outros fazendo a tradicional”, reforçou Jeová.

             “Neste caso, não se trata de querer cumprir a Lei, porque ela tem que ser cumprida, quanto mais ainda quando se trata de direito indisponível da criança que tem que ser protegida pelo Estado e pela família. E como é que ela vai ser protegida pelo Estado, quando uns municípios cumprem a Lei e outros não cumprem?”, indaga Jeová.

 Posição do Lacen-PB

             Em ofício endereçado ao gabinete do deputado Jeová, com data de 6 de maio deste ano, a direção do Lacen-PB alega que repassou calendário de capacitação para adesão ao sistema MATRIX, que permite a coleta de material para o teste ampliado, para as 12 Gerências Regionais de Saúde, propondo adesão e participação ao treinamento, mas que nem todos os municípios aderiram e que, mesmo assim, o laboratório disponibiliza, através de sua equipe de Tecnologia de Informação,  link para solicitação de capacitação pelo site oficial do Lacen-PB no www.lacenpb.gov.br.

Deputado Jeová Campos cobra qque Estado e municípios cumpram a Lei do Teste Ampliado do Pezinho
Deputado Jeová Campos cobra qque Estado e municípios cumpram a Lei do Teste Ampliado do Pezinho

Deputado Jeová pede desculpas a homenageados e sugere que ALPB não faça mais entregas coletivas de medalhas

Posted on

Com uma lista de nove homenageados, a Sessão Solene da Assembleia Legislativa que homenageou cajazeirenses com a entrega de medalhas, realizada na última sexta-feira, em Cajazeiras, se estendeu muito, mesmo com o deputado estadual Jeová Campos, que presidiu a solenidade, a todo tempo pedindo aos homenageados para serem objetivos em suas falas. Nesta segunda-feira (23), o parlamentar pediu desculpas aos homenageados pela limitação do tempo de fala e sugeriu a ALPB que não faça mais entregas coletivas de comendas. “Eu censurei tanto os homenageados com o tempo de fala, uma coisa injusta, e a vocês minhas desculpas e também a lição de que a Assembleia Legislativa não faça mais entregas coletivas de medalhas”, afirmou Jeová.

Para o deputado, o lado coletivo tem uma importância, mas, não deve se sobrepor a importância individual e de mérito de cada homenageado em ter uma solenidade. “A homenagem é pessoal e o homenageado precisa ter o tempo que lhe convier para agradecer. E numa solenidade como essa de sexta-feira, com muitos homenageados, isso ficou muito prejudicado”, reitera o parlamentar.

A sessão a que o deputado se refere foi a que homenageou os professores José Antônio de Albuquerque, Francelino Soares de Souza, Francisco das Chagas Amaro da Silva, Francisco Sales Cartaxo Rolim e José Cezario de Almeida, os padres Antonio Luiz do Nascimento e Francivaldo do Nascimento Albuquerque, que receberam a medalha Padre Inácio de Sousa Rolim. O empresário José Cavalcanti da Silva recebeu as Medalhas Padre Inácio de Sousa Rolim e de Honra ao Mérito Legislativo Senador Humberto Lucena e o jornalista Francisco Sales Fernandes Bezerra foi agraciado com a Medalha  de Mérito Jornalístico Lena Guimarães.O evento foi proposto pelos deputados Jeová Campos, Dra Paula, Júnior Araújo, Trócolli Junior e Lindolfo Pires.

O deputado Jeová Campos pediu desculpa aos homenageados e sugeriu que ALPB não faça mais entregas conjuntas
O deputado Jeová Campos pediu desculpa aos homenageados e sugeriu que ALPB não faça mais entregas conjuntas

PT de Cajazeiras se reúne para definir criação dos Comitês de Luta em prol da Democracia e da eleição de Lula à Presidência

Posted on

No próximo dia 02 de junho, a direção municipal do Partido dos Trabalhadores em Cajazeiras fará uma grande plenária para definir o lançamento do Comitê de Luta pelo Brasil e pela Democracia que vai se constituir em espaços e palco de encontros, diálogos, organização, resistência e luta para eleger Lula presidente. Essa deliberação foi tomada neste sábado (21), pela manhã, durante uma reunião do Diretório Municipal do PT de Cajazeiras, que teve a participação do deputado estadual Jeová Campos, que é líder do partido na ALPB e um dos coordenadores da campanha de Lula no Estado.

“Nós precisamos nos organizar, nos unir e somar forças para defender a classe trabalhadora, ajudar a romper com esse ciclo de desemprego, de perda de direitos, do trabalho precário, do empobrecimento da população, da volta da fome, dos aumentos abusivos, da entrega de nossas estatais, da negação da ciência, da propagação de ódio e, sobretudo, nos organizarmos para reconstruir o caminho da esperança, para resgatar a alegria do povo brasileiro e para isso temos que eleger Lula Presidente”, reitera Jeová, lembrando que os Comitês irão aglutinar as forças que querem essa mudança.

O deputado explica que a criação destes espaços, que acontece em nível nacional, é de fundamental importância na atual conjuntura. “Precisamos reverter essa situação lamentável em que o país se encontra, com uma crise generalizada, que afeta a todos e especialmente, a classe trabalhadora e menos favorecida e os Comitês terão papel fundamental nessa caminhada rumo ao resgate de nosso país”, afirma Jeová.

Ricardo em Cajazeiras

Na reunião deste sábado, também ficou definido que no dia 3 de junho, o pré-candidato ao senado pelo PT, Ricardo Coutinho, estará em Cajazeiras fazendo o lançamento de sua campanha no sertão da Paraíba. “teremos dois grandes eventos em Cajazeiras. O lançamento do Comitê, no dia 2, e o lançamento da candidatura de nosso futuro senador, no dia 3”, finalizou Jeová.

Reunião do PT em Cajazeiras neste sábado contou com  participação do deputado Jeová Campos
Reunião do PT em Cajazeiras neste sábado contou com participação do deputado Jeová Campos
Panfleto que destaca importância da mobilização em prol da eleição de Lula Presidente
Panfleto que destaca importância da mobilização em prol da eleição de Lula Presidente
Deputado Jeová Campos destaca importância da união e luta para eleger Lula Presidente
Deputado Jeová Campos destaca importância da união e luta para eleger Lula Presidente

Personalidades de Cajazeiras são homenageadas em Sessão Solene da ALPB

Posted on

Os professores José Antônio de Albuquerque, Francelino Soares de Souza, Francisco das Chagas Amaro da Silva, Francisco Sales Cartaxo Rolim e José Cezario de Almeida, os padres Antonio Luiz do Nascimento e Francivaldo do Nascimento Albuquerque, o empresário José Cavalcanti da Silva e o jornalista Francisco Sales Fernandes Bezerra foram homenageados na noite desta sexta-feira (20), pela Assembleia Legislativa da Paraíba (ALPB), durante Sessão Solene realizada na cidade de Cajazeiras. O evento foi proposto pelos deputados Jeová Campos, Dra Paula, Raniery Paulino, Júnior Araújo, Trócolli Junior Lindolfo Pires.

O deputado Jeová Campos, que presidiu os trabalhos, parabenizou os homenageados e falou de seu contentamento de vivenciar aquele momento. “Eu estou muito feliz de poder homenagear essas pessoas que são símbolo da bondade que carregam na vida. São grandes personalidades que merecem demais essa homenagem e é um prazer enorme a gente poder realizar essa sessão em Cajazeiras”, disse Jeová. Os deputados Júnior Araújo e Dra. Paula também enalteceram os homenageados, assim como Lindolfo Pires e Trócolli Junior.

Antes das homenagens, foi apresentado um vídeo institucional que relembrou a história do Pe. Rolim, que revolucionou a Educação no sertão paraibano, destacando a importância do educador no processo de desenvolvimento não apenas das artes do saber quanto do desenvolvimento de Cajazeiras e região. O deputado Jeová fez um esclarecimento sobre a entrega das comendas que, segundo ele, não puderam ser feitas antes e em separado, por causa da pandemia, e que por isso a solenidade foi, de comum acordo com os demais deputados propositores, feita de forma coletiva.

O professor Sebastião Moreira, falou em nome de todos os homenageados e destacou que o Padre Rolim é um cidadão eternizado na história de Cajazeiras. “Até hoje eu não conheço um nome melhor para repercutir Cajazeiras do que Pe. Rolim, não apenas como produto cultural e educacional, mas econômico também, e eu digo isso com conhecimento não apenas pela minha experiência no Brasil, mas no mundo. Cada um que receber essa medalha Pe. Rolim, portanto, carregue no peito com muito orgulho, pois ela é uma homenagem muito valorosa”, afirmou ele, sendo reforçado pela deputada Dra. Paula que acrescentou às palavras sobre a importância de Pe. Rolim.

Coube a jornalista Mariana Moreira falar sobre a jornalista Lena Guimarães. “Falar de Lena, para quem é jornalista, é reportar a importância dela desbravando um mundo que é majoritariamente masculino, e que se destacou como uma importante profissional, e um exemplo de competência para todos os jornalistas”, destacou Mariana. O Deputado Trócolli Júnior fez a saudação a Humberto Lucena. “Hoje é um dia de emoção. Falar de Lena e de Humberto é reportar a grandes amigos e pessoas especiais. E falar de Humberto Lucena é fácil, pois ele foi um grande homem público, que tive a oportunidade de conviver durante 25 anos. Ele era exemplo de desprendimento, talvez sua maior característica, e também era paciente, simples, era também decente e honesto”, disse Trócolli, relembrando a época em que conviveu com o ex-senador.

Lindolfo Pires cumprimentou os homenageados, destacou sua satisfação de participar da sessão e explicou que a comenda ao empresário José Cavalcanti da Silva foi proposta por ele, numa solicitação do deputado Jeová Campos, enquanto ele o substituía na titularidade do mandato. “Foi um pedido de Jeová, mas um prazer imenso para mim. Homenagear um homem e empresário que tem muitas virtudes e qualidade é uma honra”, disse Lindolfo, destacando feitos do empresário que beneficiou a comunidade de Souza e região. Na plenitude dos 92 anos de existência, o empresário José Cavalcanti da Silva disse que recebia a medalha com muita satisfação e honra.

O Padre Antônio Luiz do Nascimento, um dos homenageados com a Medalha Pe. Rolim, começou seu discurso citando Machado de Assis, que encerrou um de seus sonetos assim: ‘Por que não nasci um vagalume1’. “De coração, quero agradecer essa homenagem que foi uma surpresa para mim. Não me sinto merecedor de tamanha honraria, embora esteja agradecido a quem quis me homenagear, a elas, parafraseando o poeta Fernando Pessoa, cabe à bela expressão: tudo vale a pena quando a alma não é pequena”, disse o religioso, enaltecendo a memória de Pe. Rolim.

O jornalista Sales Fernandes destacou em seu discurso sua alegria em receber tão honrosa homenagem. “A maior virtude do ser humano é a humildade e a pior delas a ingratidão. Por isso, eu sou grato à homenagem, que não vai me tornar menos humilde”, disse ele, lembrando que atua na ALPB há 23 anos e que é grato pela sua trajetória pessoal e profissional, que culminou agora por ser reconhecido com uma comenda tão importante. “Fugi da seca e da falta de oportunidade e tenho orgulho de minha vida. Não foi fácil, mas me sinto um vitorioso, pois faço jornalismo como exercício da cidadania”, disse ele, que se lembrou do papel do profissional de Imprensa e dedicou a Medalha aos seus pais já falecidos, Joaquim Umbelino e Francisca Fernandes Coutinho e aos seus colegas da Imprensa. Sales encerrou seu discurso com uma citação de São Francisco de Assis: ‘Paz e bem a todos’.

Os homenageados

Receberam a Medalha Padre Inácio de Sousa Rolim, os professores: José Antônio de Albuquerque, Francelino Soares Souza, Francisco das Chagas Amaro da Silva, Francisco Sales Cartaxo Rolim e Dr. José Cezario de Almeida. Os Padres Francivaldo do Nascimento Albuquerque e Antônio Luiz do Nascimento também foram homenageados com a mesma Medalha, assim como o empresário José Cavalcanti da Silva. O jornalista Francisco Sales Fernandes Bezerra recebeu a Medalha de Mérito Jornalístico Lena Guimarães e o empresário José Cavalcanti da Silva a Medalha de Honra ao Mérito Legislativo Senador Humberto Lucena.

O público prestigiou a sessão legislativa que aconteceu em Cajazeiras
O público prestigiou a sessão legislativa que aconteceu em Cajazeiras
O jornalista Sales Dantas recebeu a medalha Lena Guimarães
O jornalista Sales Dantas recebeu a medalha Lena Guimarães
O Padre Antônio Luiz do Nascimento foi um dos homenageados com a medalha Pe. Rolim
O Padre Antônio Luiz do Nascimento foi um dos homenageados com a medalha Pe. Rolim
O jornalista Sales Dantas e sua família
O jornalista Sales Dantas e sua família
O deputado Jeová Campos falou de sua satisfação em homenagear pessoas tão importantes
O deputado Jeová Campos falou de sua satisfação em homenagear pessoas tão importantes
Mesa de autoridades da Sessão Legislativa
Mesa de autoridades da Sessão Legislativa
Lindolfo Pires e um dos homenageados
Lindolfo Pires e um dos homenageados
Deputado Jeová Campos presidiu a sessão que foi feita de forma conjunta com os deputados Dra. Paula e Júnior Araújo
Deputado Jeová Campos presidiu a sessão que foi feita de forma conjunta com os deputados Dra. Paula e Júnior Araújo
Homenageado e familiares
Homenageado e familiares
Empresário José Cavalcanti da Silva disse que se sentia honrado de receber a comenda aos 92 anos
Empresário José Cavalcanti da Silva disse que se sentia honrado de receber a comenda aos 92 anos

ALPB realiza Sessão Solene nesta sexta-feira em Cajazeiras para entrega de Medalhas

Posted on

A Assembleia Legislativa da Paraíba (ALPB) realiza, nesta sexta-feira (20), Sessão Solene para entregar a Medalha  Padre Inácio de Sousa Rolim a várias personalidades, a Medalha de Mérito Jornalístico Lena Guimarães, ao jornalista Francisco Sales Fernandes Bezerra e a Medalha de Honra ao Mérito Legislativo Senador Humberto Lucena, ao empresário José Cavalcanti da Silva.

As proposituras são dos deputados Jeová Campos, Dra. Paula, Júnior Araújo, Trocolli Júnior e Lindolfo Pires. Todos os agraciados têm relevantes serviços prestados ao Estado da Paraíba em suas respectivas áreas de atuação. O evento acontece no auditório da Faculdade Católica da Paraíba (Antiga FAFIC), a partir das 18h e será transmitido pela TV Assembleia, Canal 8.2 e pelo www.al.pb.leg/tvalpb.

Receberão a Medalha Padre Inácio de Sousa Rolim, os professores: José Antônio de Albuquerque, Francelino Soares Souza, Francisco das Chagas Amaro da Silva, Francisco Sales Cartaxo Rolim e Dr. José Cezario de Almeida. Os Padres Francivaldo do Nascimento Albuquerque e Antônio Luiz do Nascimento também serão homenageados com a mesma Medalha, assim como o empresário José Cavalcanti da Silva.

O jornalista Francisco Sales Fernandes Bezerra receberá a Medalha de Mérito Jornalístico Lena Guimarães e o empresário José Cavalcanti da Silva receberá também a Medalha de Honra ao Mérito Legislativo Senador Humberto Lucena. “Todos os agraciados são personalidades que se destacaram em suas respectivas áreas de atuação, deram contribuições importantes à Paraíba e são merecedores destas distinções”, enfatiza o deputado Jeová Campos que é o autor das proposituras de outorga de medalhas para o professor José Antônio de Albuquerque, para o professor Dr. José Cezario de Almeida, para o Padre Antônio Luiz do Nascimento e para o jornalista Francisco Sales Fernandes Bezerra, mais conhecido como Sales Fernandes.

Deputado Jeová Campos é autor de quatro proposituras
Deputado Jeová Campos é autor de quatro proposituras
A Medalha Padre Inácio de Sousa Rolim será entregue pela ALPB a várias personalidades nesta sexta-feira
A Medalha Padre Inácio de Sousa Rolim será entregue pela ALPB a várias personalidades nesta sexta-feira

Jeová convoca forças políticas de Cajazeiras para se unirem em prol da reativação dos serviços de pediatria do HUJB

Posted on

Durante entrevista em uma rádio em Cajazeiras, nesta quinta-feira (19), o deputado estadual Jeová Campos reforçou a necessidade da união de forças políticas do sertão para lutarem contra o encerramento do atendimento pediátrico no Hospital Universitário Júlio Bandeira de Melo. “Eu proponho aqui que formemos um grupo de trabalho, apartidário, sem ideologia política, e que tenha o único objetivo de tentar reativar esse serviço que é essencial para a população”, disse o parlamentar que já aproveitou a deixa e convidou o médico Pablo Leitão para integrar o grupo. O  representante do Conselho Regional de Medicina da Paraíba (CRM), em Cajazeiras, que estava acompanhando o programa radiofônico, aceitou de pronto o convite do parlamentar e disse que faria parte do grupo com muito prazer.

Durante a entrevista, Jeová avaliou as consequências da desativação do serviço de pronto atendimento pediátrico no HUJB, disse que a solução encontrada de direcionar o serviço para a UPA e o Hospital Regional não é a melhor decisão, pois não ofertará o serviço de excelência do hospital e reiterou a necessidade e importância de que haja uma solução definitiva – e não apenas paliativa – que garanta às crianças de Cajazeiras e municípios atendidos pela 9ª Regional de Saúde a manutenção do atendimento de pediatria do hospital da UFCG, conforme sua história de serviços à população infantil desde a sua criação.

“Vamos nos mobilizar para ter uma audiência em Brasília, com a direção da Ebserh (Empresa Brasileira de Serviços Hospitalares), que administra o hospital, para mostrar que o caso de Cajazeiras não pode ser tratado como regra, porque ele é exceção”, afirmou o parlamentar, reiterando que essa é uma luta que deve ser de todos, sem disputas partidárias, nem ideológicas. “Convoco aqui a Dra. Paula, o deputado Júnior Araújo, o prefeito de Cajazeiras, todos os prefeitos da região, os vereadores, enfim, todos e todas que queiram lutar pela volta do serviço de pronto atendimento pediátrico do Hospital Universitário Júlio Bandeira de Melo”, disse ele, que já está articulando com a bancada federal da Paraíba essa audiência o mais breve possível.

Jeová Campos foi entrevistado na manhã desta quinta-feira
Jeová Campos foi entrevistado na manhã desta quinta-feira
Deputado Jeová Campos defende a uniçao de forças políticas em prol dessa causa
Deputado Jeová Campos defende a uniçao de forças políticas em prol dessa causa

Deputado Jeová questiona discriminação contra Cajazeiras sobre elevação de Comarca e pede que a ALPB marque audiência no TJPB

Posted on

“A Comarca de Patos foi elevada para a terceira entrância, a de Guarabira e Sousa também, e eu não entendo porque Cajazeiras, que é uma cidade do mesmo porte de Sousa, não está sendo elevada e tendo o mesmo tratamento”, questionou o deputado Jeová Campos, durante sua participação na sessão legislativa na manhã desta terça-feira (17). O parlamentar aproveitou seu pronunciamento e solicitou ao presidente da ALPB, Adriano Galdino, que ele marque uma audiência com o presidente do Tribunal de Justiça, Desembargador Saulo Benevides, para tratar deste pleito de também elevar a comarca de Cajazeiras, dando o mesmo tratamento dado a outros municípios de porte semelhante.

“Não estou aqui questionando a elevação de comarcas em nenhum local, foi correto o que ocorreu nestas cidades citadas por mim, mas, não entendo porque estão excluindo Cajazeiras desse mesmo processo, por isso é importante essa audiência no TJPB para que isso seja melhor esclarecido”, reforçou Jeová.

Sobre Entrância

As Comarcas que possuem mais de uma Vara, as quais são consideradas intermediárias, são de segunda entrância. Há, ainda, Comarcas de terceira entrância (ou Comarcas de entrância especial), as quais possuem mais de quatro Varas, levando em consideração os Juizados Especiais.

Jeová solicitou ao presidente da ALPB que peça uma audiência no TJPB para debater o assunto
Jeová solicitou ao presidente da ALPB que peça uma audiência no TJPB para debater o assunto

Jeová vota contra PL de Wallber Virgulino e diz que os bolsonaristas estão querendo transformar o Brasil num palco de guerra civil

Posted on

O Projeto de Lei 3.536/2022, do deputado Wallber Virgulino, que reconhece orisco da atividade e a efetiva necessidade do porte de arma de fogo aos atiradores desportivos, foi aprovado na sessão legislativa desta terça-feira (17), mas não contou com a anuência de Jeová Campos. O parlamentar votou contra e, inclusive, fez críticas à propositura. “Por que um atirador ou caçador tem que ter reconhecido que a atividade dele é uma atividade de efetiva necessidade de porte de arma? Por que eles teriam direito de ter porte de arma e um cidadão comum não tem?”, questionou Jeová, alegando que a bancada da bala está querendo transformar o Brasil num palco de guerra civil.

O deputado fez alguns questionamentos também. “Qual o objetivo da bancada da bala de estar defendendo esses tipos de propositura e o que está por trás de tudo isso? Qual o sentido de um secretário de Cultura do país num evento público diz que tem     R$ 1,2 bilhão para produção de filmes que incentivam o armamento, em apoio às armas e que vai fazer o  maior evento da America Latina cujo foco é uma arma? Qual a razão disso tudo”, indagou Jeová.

Para ele, o brasileiro que é um povo ordeiro e pacato não precisa de arma. “O que os brasileiros precisam é de educação, conhecimento, alimentação e solidariedade e não de armas. Eu não posso aceitar a ideia de ficar se afrontando o tempo inteiro a sociedade civil desarmada com esses clubes de atiradores e caçadores. Tem mais de um bilhão de armas circulando no Brasil, qual é o projeto efetivo do atual presidente é que depois das eleições haja um morticínio neste país, provocado com essas armas de clubes de atiradores”, afirmou Jeová.

Ainda de acordo com ele, o povo civil não pode ficar amedrontado com isso.  “Qual a razão de possibilitar que um atirador ande armado na rua, ande no meio do povo, numa passeata, ameaçando um cidadão comum. Eu não ando nem com um canivete no bolso e nem preciso. É preciso estar alerta e denunciar esse absurdo”, reiterou Jeová se posicionando contra a proposta do colega.

Deputado Jeová votou contra o PL e fez vários questionamentos à iniciativa
Deputado Jeová votou contra o PL e fez vários questionamentos à iniciativa