Hospital do bem

Pacientes e funcionárias do Hospital do Bem são homenageadas pelo Dia das Mães

Posted on

Um evento comemorativo em homenagem às mães pacientes e funcionárias do Hospital do Bem, que integra o Complexo Hospitalar Regional Deputado Janduhy Carneiro de Patos (CHRDJC), realizado nesta terça-feira (10), marcou as comemorações do Dia das Mães. O momento, que aconteceu na recepção da unidade, teve doação de brindes (uma toalhinha bordada), seguido de um café da manhã, que teve a participação do diretor geral do Complexo, Francisco Guedes e da diretora do Hospital do Bem, Lidiane Nascimento.

A psicóloga do Hospital, Pryscilla Guedes, explica a importância deste momento de celebração. “Um evento como esse é de grande importância na humanização e acolhimento de nossas pacientes, pois muitas deles chegam ao hospital fragilizadas emocionalmente e ao chegar aqui e se deparar com um evento tão bonito como esse ajuda muito na questão psicológica que, inevitavelmente, impacta na melhoria da saúde e no tratamento em si”, afirma Pryscilla.

O ambiente onde foi realizado o evento foi decorado com motivos florais, com um grande painel de fundo onde se destacava a frase: Seja forte e corajosa. Neste local, uma fotografa registrava e eternizava, em fotos individuais, esse momento que foi preparado com muito carinho pela equipe da unidade. “Nós não poderíamos deixar passar em branco essa data tão especial para todas as mães”, finaliza Lidiane Nascimento.

‘O diagnóstico de câncer não pode ser encarado como uma sentença de morte’ afirma oncologista do Hospital do Bem

Posted on

Receber o diagnóstico de câncer não é uma situação agradável para ninguém. A doença é estigmatizante, a ponto de não muito tempo atrás as pessoas evitarem até pronunciar ‘eu tenho câncer’. Dizia-se ‘aquela doença’. Em alguns casos, a terapêutica envolve cirurgias para retirada de tecidos e órgãos e a quimioterapia provocam queda de cabelos, o que afeta a autoestima de forma muito contundente. “Receber um diagnóstico de câncer, com tantos tratamentos e medicamentos eficazes e grande incidência de cura, não é mais uma sentença de morte. Ao contrário, em muitos casos ele até simboliza o ressignificar da vida”, afirma a oncologista do Hospital do Bem, Dra. Nayhara Xavier. Na data em que se comemora o Dia Mundial de Luta Contra o Câncer, em 08 de Abril, a médica reitera que a doença deixa, cada vez mais, de ser ‘um bicho papão’.

A médica foi uma das profissionais do Hospital do Bem que participou de uma Live realizada na noite desta quinta-feira (7) e lembrou que a doença, em muitos casos, até melhorou a vida das pessoas. “Já tive vários pacientes que numa primeira consulta se mostravam abatidos, o que é natural após o diagnóstico, mas que ao longo do tratamento descobriram que são mais fortes do que pensavam, ressignificaram projetos de vida e mudaram a rotina, os hábitos e a forma de ver a vida para muito melhor e que, após conseguirem a cura, estão ainda mais felizes do que eram”, disse a oncologista.

Dra. Nayhara lembrou ainda que muitas doenças, a exemplo da diabetes e hipertensão, matam muito mais que o câncer, mas, que não têm o estigma da doença oncológica. “As doenças vasculares e do coração matam mais gente do que câncer e Aids juntos, mas, ninguém fala muito a respeito disso, então a gente tem que começar a dizer mais que câncer é uma doença que exige cuidado, mas que tem tratamento, que tem cura, que o câncer não vai impedir ninguém de continuar vivendo bem, que é possível identificar a doença em estágios iniciais onde as chances de curar são ainda mais altas, enfim, precisamos entender que o diagnóstico não é uma sentença de morte como muitas pessoas ainda pensam ser”, afirma a médica que é responsável pelo ambulatório do Hospital do Bem, desde sua inauguração, em setembro de 2018. Ela própria é um exemplo destas afirmativas, pois já foi paciente oncológica e superou a doença.

Sobre o Hospital do Bem

O Hospital oncológico do sertão, que integra o Complexo Hospitalar Regional Deputado Janduhy Carneiro de Patos (CHRDJC), tem atendimento ambulatorial, tratamento quimioterápico e cirúrgico, para vários tipos de câncer. A unidade tem 25 leitos e uma sala de quimioterapia com capacidade para atender dez pacientes simultaneamente. Prioritariamente, os serviços do Hospital do Bem são direcionados para a população dos municípios que compõem a 3ª macrorregião de saúde do Estado e os pacientes ainda dispõem de um Centro de Diagnóstico, que funciona todos os dias e está instalado dentro do Complexo Hospitalar de Patos, com a disponibilidade de exames de ultrassonografia com Doppler, tomografia, colposcopia, colonoscopia, endoscopia, eletrocardiograma e Raio X. Há ainda um laboratório de análises clínicas próprio que funciona 24h. Nos três primeiros anos de funcionamento, o Hospital do Bem realizou 16.788 consultas, 6.208 sessões de quimioterapia, 1.465 cirurgias e ainda 1.074 internações. Em setembro, a unidade completa quatro anos de funcionamento e ainda este ano começará a ofertar também o serviço de radioterapia.

Hospital de Patos promove passeio para mulheres que fazem tratamento de câncer

Posted on

A rotina de exames, quimioterapia e consultas para 20 mulheres que já fizeram ou ainda fazem tratamento contra o câncer no Hospital do Bem, que integra o Complexo de Patos, hoje (23), foi bem diferente. É que nesta quarta-feira, elas participaram do ‘Passeio do Bem’, uma ação que faz parte das comemorações do Dia Internacional da Mulher, realizadas pela unidade em homenagem as pacientes ao longo do mês de março. Ao chegarem na unidade, por volta das 8h, elas pegaram um ônibus exclusivo, foram levadas até a Igreja Nossa Senhora da Guia, onde foram recebidas pelo Padre Joácio, e depois seguiram para o Guedes Shopping, onde foram recepcionadas com um almoço, num ambiente preparado especialmente para recebê-las. Foi um dia lindo como elas destacaram e só foi possível graças à dedicação da equipe da unidade e a colaboração de vários parceiros.

Na primeira parte do ‘Passeio do Bem’, as convidadas foram renovar a fé na Igreja Nossa Senhora da Guia e agradecer a dádiva de conseguirem ter força e disposição de lutar e superar o câncer, uma doença que ainda é muito estigmatizante. Lá, foram acolhidas e recebidas pelo Padre Joácio, que proferiu palavras de conforto e fez uma homília, deram depoimentos que reforçam que com um tratamento adequado é possível alcançar a cura e rezaram juntas, numa linda comunhão. A equipe do Complexo que acompanhou as pacientes era composta pela Coordenadora do Serviço Social, Suenia Mota, pela Coordenadora do Núcleo de Segurança do Paciente, Socorro Rodrigues, pela Coordenadora de Psicologia, Pryscilla Guedes e por Ladjane Alves, Coordenadora de Enfermagem do Hospital do Bem e Hudleson Geine, Fisioterapeuta e músico que tocou e cantou para as convidadas.

Na segunda parte do passeio, elas foram recebidas no Shopping Guedes de forma muito afetuosa, pela Gerente de Marketing do Grupo Guedes, Tereza Vitória, e pela Supervisora de Vendas, Elemária Lacerda, que tinham preparado um ambiente super bonito, com uma mesa bem caprichada e um cardápio delicioso, para o almoço oferecido pelo Shopping. Lá, além da confraternização, nossas convidadas participaram de sorteio de brindes, degustaram um delicioso menu e festejaram a graça e beleza de serem mulheres.

O Diretor Geral do Complexo de Patos, Francisco Guedes, e o Diretor Administrativo, Levi Firmino, prestigiaram o evento e agradeceram o trabalho da equipe da unidade em promover ações como essa e o apoio dos parceiros que ajudaram a realizar o ‘Passeio do Bem’. “Esse momento é uma simbologia que traduz o acolhimento e a forma humanizada como atuamos com nossos pacientes”, disse Francisco, agradecendo o empenho de sua equipe, a colaboração dos parceiros, sem os quais ações desta magnitude não poderiam ser realizadas e, principalmente, a participação das convidadas, que eram a razão de ser desta homenagem. Além do Guedes Shopping, a ação contou com a colaboração da UFCG que cedeu o ônibus para o transporte, das lojas Arezzo, HOPE e Morana que doaram itens para o sorteio e ainda do Salão e Spa Beauty Lounge, que sorteou uma massagem relaxante e da massoterapeuta, Jucileide Meira, que sorteou outra uma massagem relaxante e uma sessão de auriculoterapia.

A Gerente de Marketing do Grupo Guedes, Tereza Vitória, destaca que a Família Guedes tem um propósito permanente de acolher e ter empatia com o próximo e que essa ação com o Hospital do Bem simboliza bem essa forma de atuar. “O Guedes Shopping recebeu as pacientes oncológicas com muita alegria. Foi um momento especial preparado com muito carinho e amor, na Praça de Alimentação. Nosso Grupo tem um olhar especial sobre ações de cunho social porque essa característica faz parte do nosso DNA”, destacou Tereza.

A Coordenadora de Psicologia do Complexo, Pryscilla Guedes, lembra que o Passeio do Bem foi uma das ações realizadas em março, alusivas às comemorações do Dia Internacional da Mulher. “Hoje, graças ao apoio de vários parceiros conseguimos proporcionar esses momentos especiais para nossas pacientes que se tratam ou já se trataram com a gente e que já tiveram de enfrentar situações difíceis, principalmente, para as mulheres, como perder o cabelo, fazer uma retirada parcial ou total de mama, o que mexe muito com a auto estima da mulher, mas que foram vitoriosas nesta batalha”, destacou Priscilla. Ela lembrou que o evento era aberto para todas as pacientes, mas que algumas não puderam participar porque estavam fazendo o tratamento no momento do passeio, ou eram de cidades mais distantes e outras que não estavam em condições de saúde de participar da ação.

Verônica Urquiza, que já está curada e fez o tratamento no Hospital do Bem contra um câncer de mama, foi uma das que participou do Passeio do Bem. Em depoimento, ela enfatizou que em Patos há um excelente tratamento contra o câncer e que não há necessidade de ninguém buscar ajuda em outros centros. “Não precisamos sair de Patos para nos tratar, pois aqui temos uma quimioterapia de ponta, médicos capacitados, um acolhimento diferenciado e um hospital TOP, com excelente estrutura e isso é preciso ser mais divulgado para que mais pessoas saibam que há essa condição de atendimento aqui mesmo, sem precisar ir para outros locais”, disse Verônica que também agradeceu por esse dia tão maravilhoso.

O cardápio do almoço realizado no restaurante Bollibar teve até menu personalizado. Como entrada foi servido Brusquetas Italiana, e duas opções de pratos principais: Carne ao molho madeira, com arroz piamontese ou Frango grelhado, com arroz de Brócolis e legumes. Suco de laranja e água mineral foram servidos à vontade. Além dessa ação do ‘Passeio do Bem’, dentro das comemorações do mês da mulher, as pacientes do Hospital do Bem de Patos já participaram de coffe break, sorteio de brindes e ainda uma palestra com a Coach e Perita Criminal, Michelle Mendonça, sobre ‘Alegria, a beleza da alma!’, no Dia da Beleza, no último dia 16, que incluiu ainda a disponibilidade de serviços gratuitos de maquiagem e manicure, além de sessões de ginástica laboral.

Um dia diferente para pacientes em tratamento oncológico no Hospital de Patos

Posted on

A rotina de exames, quimioterapia e consultas para 20 pacientes que fazem tratamento contra o câncer no Hospital do Bem, que integra o Complexo Hospitalar Regional Deputado Janduhy Carneiro de Patos, nesta quarta-feira (23), vai ser diferente e bem mais agradável. Isto porque, elas farão um ‘Passeio do Bem’, com direito a parada na Igreja Nossa Senhora da Guia e depois desfrutarão de um almoço em um dos restaurantes do Shopping Guedes, preparado, especialmente, para homenageá-las. Essa ação faz parte das comemorações do mês da mulher. A saída do hospital está prevista para as 8h30 e o almoço no shopping, por volta das 11h.

A diretora do Hospital do Bem, Lidiane Nascimento, explica que as pacientes foram convidadas a participarem da ação e acharam a ideia muito boa. “Essa também é uma forma de homenageá-las no mês em que se comemora a fortaleza da mulher, que enfrenta duras batalhas na vida, e nestes casos, uma doença estigmatizante, sem perder a ternura e a alegria de viver”, destaca Lidiane, agradecendo a adesão de lojistas do Shopping Guedes que se uniram para recepcionar o grupo e oferecer um almoço especial, engrandecendo essa ação comemorativa da unidade.

E a julgar pelo cardápio do ‘Almoço do Bem’, as homenageadas serão muito agraciadas. Como entrada, elas degustarão Brusquetas Italiana, e terão duas opções de pratos principais: Carne ao molho madeira, com arroz piamontese ou Frango grelhado, com arroz de Brócolis e legumes. Suco de laranja e água mineral serão servidos à vontade.

Dentro das comemorações do mês da mulher, as pacientes do Hospital do Bem de Patos já participaram de coffe break, sorteio de brindes e ainda uma palestra com a Coach e Perita Criminal, Michelle Mendonça, sobre ‘Alegria, a beleza da alma!’, no Dia da Beleza, no último dia 16, que incluiu ainda a disponibilidade de serviços gratuitos de maquiagem e manicure, além de sessões de ginástica laboral. “Nossas pacientes estão adorando tudo isso”, destaca Lidiane, lembrando que as que vão participar do passeio são pacientes que estão com suas taxas de imunidade em alta e bem dispostas.

Pacientes do Hospital do Bem terão um Dia da Beleza em comemoração ao mês da mulher

Posted on

As pacientes do Hospital do Bem de Patos vivenciarão momentos especiais nesta quarta-feira (16) e bem diferentes da rotina de uma unidade oncológica. Isto porque ao invés delas irem apenas para consultas ou para a realização de algum procedimento ou tratamento, elas cuidarão do visual, tendo à disposição vários serviços, a exemplo de manicure, maquiagem e sessões de ginástica laboral. A programação em comemoração ao mês da mulher terá ainda um coffe break, sorteio de brindes e ainda umaa palestra com a Coach e Perita Criminal, Michelle Mendonça, sobre ‘Alegria, a beleza da alma!’. O evento começa a partir das 8h e só será encerrado às 17h.

“Essa programação é uma das ações de comemoração do mês da mulher. Pensamos num dia diferente dedicado às mulheres que estão em tratamento em nossa unidade”, destaca a diretora do Hospital do Bem, Lidiane Nascimento. Segundo ela todos os serviços serão oferecidos gratuitamente e também para as acompanhantes das pacientes. “Basta ser paciente e estar aqui para participar”, reitera ela, agradecendo a parceria dos profissionais que executarão os serviços, a exemplo da maquiadora, Rizoneide Torres e da manicure Regioneide e dos brindes doados pelo De Tudo Home Center.

O Hospital do Bem é uma unidade oncológica que integra o Complexo Hospitalar Regional Deputado Janduhy Carneiro de Patos e tem atendimento ambulatorial, tratamento quimioterápico e cirúrgico para vários tipos de câncer. A unidade tem 25 leitos e uma sala de quimioterapia com capacidade para atender dez pacientes simultaneamente. Prioritariamente, os serviços do Hospital do Bem são direcionados para a população dos municípios que compõem a 3ª macrorregião de saúde do Estado.

Hospital de Patos orienta pacientes e acompanhantes sobre direitos sociais para pessoas com câncer

Posted on

O Serviço Social do Complexo Hospitalar Regional Deputado Janduhy Carneiro de Patos (CHRDJC) começou nesta quinta-feira (9) a realizar ‘Rodas de Conversas’ com pacientes e acompanhantes do Hospital do Bem. O objetivo da ação que acontecerá cotidianamente é esclarecer esse público sobre os Direitos Sociais da pessoa com câncer. O tema da conversa de hoje foi ‘Benefício de Prestação Continuada (BPC)’. Pouca gente sabe, mas é através deste benefício que o paciente pode ter mais tranquilidade no tratamento, com apoio para custeio de despesas eventuais.

A assistente social do Complexo, Liliane Morato, foi quem conduziu a ‘Roda de Conversa’ e explicou como ter acesso ao BPC. “O paciente com câncer pode ter direito ao BPC caso possua 65 anos ou mais ou na hipótese de ter impedimentos de longo prazo (mínimo de dois anos) de natureza física, mental, intelectual ou sensorial, desde que comprovada, também, a renda per capita igual ou inferior a ¼ do salário mínimo”, explicou Liliane, se surpreendendo com o fato de algumas pessoas presentes pensarem que o benefício se destinava apenas ao idoso com idade igual ou superior a 65 anos ou à pessoa com deficiência de qualquer idade. As ações do ‘Rodas de Conversas’ serão organizadas pela coordenadora do Serviço Social do Complexo, Suenia Mota dos Santos.

“Esse e outros esclarecimentos são importantes haja vista que muita gente não sabe o direito que tem quando é diagnosticada com câncer”, reiterou a diretora do Hospital do Bem, Lidiane Nascimento, lembrando que há outros benefícios que pacientes oncológicos têm e que, muitas vezes, deixam de ter acesso, simplesmente, por falta de conhecimento. “O saque do FGTS, por exemplo, é um destes benefícios que num momento destes ajuda muito. O trabalhador que esteja com neoplasia maligna ou que tenha algum dependente com a doença têm o direito de realizar o saque integral do Fundo de Garantia do Tempo de Serviço”, lembrou Lidiane.

‘A mamografia é o exame que mais salva a vida das mulheres com câncer de mama’ afirma mastologista do Hospital do Bem

Posted on

“A mamografia é o exame que mais salva a vida das mulheres que tem câncer de mama, pois ele consegue identificar a doença em seu estágio inicial, o que aumenta consideravelmente as chances de cura”, afirmou o mastologista do Hospital do Bem, Thiago Pereira Alencar, durante evento promovido no Dia Internacional da Mulher, pela unidade oncológica que integra o Complexo Hospitalar Regional Deputado Janduhy Carneiro de Patos (CHRDJC). O dia 8 marcou a implantação do serviço na rede estadual de saúde de Patos com a disponibilidade de um mamógrafo no Hospital do Bem. O equipamento começou a operar essa semana e tem capacidade para atender uma demanda mensal de 500 exames, mas, excepcionalmente, este mês da Mulher serão ofertados 730 exames que serão feitos no Bem e numa clínica pactuada de Patos.

Segundo o médico, a disponibilidade do equipamento na unidade, reforça o compromisso do Governo do Estado, através do Hospital do Bem, com o tratamento de câncer de mama. “Nosso grande objetivo é tratar nossas pacientes desde o início e a chegada deste mamógrafo vai fazer toda a diferença neste processo”, reitera Dr. Thiago, lembrando que o Hospital já tem tratamento quimioterápico, cirúrgico, ambulatorial, de outros exames, realiza biópsias e agora passa a ofertar também as mamografias.

A diretora do Hospital do Bem, Lidiane Nascimento, falou da importância da disponibilidade dos exames na unidade. “A partir de agora, as mulheres de Patos e do sertão terão a disponibilidade destes exames em nossa unidade, num espaço onde elas não apenas terão a possibilidade de fechar o diagnóstico, mas, serão acolhidas e tratadas de forma humanizada”, afirmou a diretora. Ela lembrou que os exames deverão ser agendados e marcados via Sistema de Regulação da Central Estadual – Sisreg, através das Secretarias Municipais de Saúde.

A oncologista Dra. Nayhara Xavier, responsável pelo ambulatório e a quimioterapia do Hospital do Bem, também presente ao evento, falou de sua felicidade em ter o mamógrafo em Casa. “Estamos muito alegres com mais essa aquisição. Essa ampliação de serviço irá beneficiar as mulheres do sertão”, disse a médica, enaltecendo que as mulheres não devem ter medo de realizar o exame. “Somente através da mamografia a gente consegue diagnosticar as lesões antes mesmo que elas sejam percebidas através do toque e assim a gente consegue um maior número de mulheres curadas”, destacou Dra. Nayhara.

O diretor Administrativo do Complexo, Levi Firmino, lembrou do compromisso do Governo do Estado com o atendimento oncológico no sertão paraibano. “Nós realizamos um serviço importante tanto do ponto de vista de assistência aos pacientes com câncer, quanto de desafogamento dos hospitais que são referência em Campina Grande e João Pessoa e com um nível de excelência de atendimento e tratamento de unidades referenciadas não apenas na Paraíba e no Nordeste, mas, no país, já que utilizamos os mesmos protocolos, e com um diferencial ainda maior que é o nosso acolhimento e humanização”, finalizou o diretor. O vice-prefeito de Patos, Jacob, também prestigiou o momento.

Hospital de Patos amplia oferta de mamografias para 730 exames no mês das mulheres

Posted on

Em homenagem às mulheres e reforçando o compromisso do Governo do Estado com a saúde das mulheres sertanejas, a direção do Complexo Hospitalar Regional Deputado Janduhy Carneiro de Patos (CHRDJC) anunciou hoje (7) que ampliará de 430 para 730 o quantitativo mensal de mamografias durante o mês de março. “Essa foi uma forma especial de homenagear às mulheres do sertão e parabenizá-las com essa notícia na véspera da comemoração do Dia Internacional da Mulher”, afirmou o diretor geral do Complexo, Francisco Guedes.

Os exames estarão disponíveis na sede do Hospital do Bem, com o novo mamógrafo que começa a operar nesta terça-feira (08), e também durante todo o mês de março, na sede da Ecoclínica, de Patos, que é a empresa pactuada com o Estado que realizava os exames de mamografia enquanto o equipamento era instalado no Complexo. “Nós iremos aproveitar o contrato com a clínica terceirizada que vai até o final deste mês para ofertar esses 730 exames”, reitera Francisco.

Ele lembra que os exames deverão ser agendados e marcados via Sistema de Regulação da Central Estadual – Sisreg, através das Secretarias Municipais de Saúde. “Os exames serão marcados na medida em que foram sendo solicitados pelos reguladores de cada Secretaria de Saúde Municipal”, disse Francisco, lembrando que a marcação se dará, exclusivamente, via Sistema. “A confirmação do local – se no Hospital do Bem ou na Clínica – e data de realização dos exames também ficará disponível no Sistema.

No Dia Mundial do Câncer oncologista do Hospital do Bem destaca importância da prevenção e identificação precoce da doença

Posted on

O Dia Mundial do Câncer, lembrado dia 4 de fevereiro, é uma iniciativa global da União Internacional para o Controle do Câncer (UICC) com o apoio da Organização Mundial da Saúde (OMS) e busca chamar atenção sobre a importância da prevenção e controle do câncer, além de levar questões atuais sobre a doença à população em geral. A oncologista do Hospital do Bem, Dra. Nayarah Xavier, que acompanha a rotina da unidade desde sua inauguração, reitera a importância de se identificar a doença em seu estágio inicial. “Nem sempre um diagnóstico precoce de câncer aumenta as chances de cura. Mas, como regra geral, o prognóstico de uma doença localizada costuma ser mais favorável do que na avançada e quanto mais cedo for descoberta a doença, melhores são as chances de sucesso no tratamento”, destaca a médica, lembrando que isso também melhora a qualidade de vida, já que possibilita a intervenção antes da necessidade de um tratamento mais invasivo.

A equipe do Hospital do Bem, unidade oncológica que faz parte do Complexo Hospitalar Regional Deputado Janduhy Carneiro de Patos (CHRDJC), e vem prestado relevantes serviços aos doentes que moram no sertão paraibano diagnosticados com câncer de pele, útero, mama e próstata tem, sistematicamente, abordado com pacientes, acompanhantes e colaboradores a importância da identificação precoce do diagnóstico. “Realizamos, ao longo do ano, várias ações para chamar atenção sobre a importância da prevenção”, destaca o diretor geral do Complexo, Francisco Guedes. Ele lembra que além da importância de se diagnosticar a doença em sua fase inicial, é preciso que o paciente tenha o tratamento adequado para seu tipo de câncer e o mais rápido possível.

No Hospital do Bem, por exemplo, quando o paciente chega à unidade para consulta com os exames já feitos e o diagnóstico fechado, ele começa o tratamento de imediato. “Já tivemos pacientes que começaram a quimioterapia no mesmo dia que fizeram a consulta no ambulatório. Mas, isso varia de paciente para paciente e depende de alguns fatores, tais como, quadro clínico do paciente, tipo de lesão, disponibilidade de espaço na sala de quimioterapia, mas, nossos pacientes esperam o mínimo possível para começar o tratamento seja ele medicamentoso ou cirúrgico”, afirma Francisco. Quando o paciente não tem os exames conclusivos, todos os encaminhamentos são feitos pela própria unidade para que se feche o diagnóstico e se comece o tratamento.

Francisco Guedes lembra a importância do Hospital do Bem e do quanto a disponibilidade de serviços oncológicos no sertão mudou a rotina, para muito melhor, dos pacientes do interior. “O Governo do Estado foi muito assertivo em trazer um hospital deste porte e com esse foco para o interior do estado e manter um serviço tão complexo e com uma qualidade desta, pois nossos protocolos são os mesmos dos melhores hospitais referência para pacientes com câncer do país, nossa equipe multiprofissional é bastante competente e comprometida e nossa estrutura também é muito boa e os nossos dados mostram que o serviço é muito importante para a região”, finalizou o diretor.

Dados do Hospital do Bem

Em quatro anos de atuação, atendendo os pacientes do sertão paraibano em quatro tipos de câncer: mama, útero, próstata e pele, o Hospital do Bem, que integra o CHRDJC, já realizou 25.441consultas oncológicas, 2.109 cirurgias, 10.097 sessões de quimioterapia e 1.755 internações. Além destes serviços a unidade também realizou, neste período de quatro anos, 363 punções de mama, 301 biópsias prostáticas, 360 biópsias de pele, 32 biópsias de ovário e 248 biópsias de colo uterino.

Somente no ano passado, o Hospital do Bem realizou 3889 sessões de quimioterapia e o ambulatório de oncologia da unidade realizou 8653 atendimentos. Foram feitos ainda 785 diagnósticos de Anatomia Patológica e Citopatologia, 32 biópsias de colo uterino, 99 biópsias Prostáticas, 58 de nódulos de mama, 18 de ovário e 254 de pele. O ano de 2021 ainda inclui a realização de 119 cirurgias mastológicas, sendo 39 Mastectomias Radicais com Linfadenectomia Axilar, 21 Mastectomias simples com Linfadenectomia Seletiva Guiada (linfonodo sentinela), seis procedimentos de Quadrantectomias com Linfadenectomia Seletiva Guiada, oito Linfadenectomias Axilar Unilateral e 45 Setorectomias de Mama em Oncologia.

Serviço de Mastologia do Hospital do Bem realiza 119 cirurgias oncológicas em 2021

Posted on

O Hospital do Bem – unidade oncológica que faz parte do Complexo Hospitalar Regional Deputado Janduhy Carneiro de Patos realizou, em 2021, 119 cirurgias mastológicas, sendo 39 Mastectomias Radicais com Linfadenectomia Axilar, 21 Mastectomias simples com Linfadenectomia Seletiva Guiada (linfonodo sentinela), seis procedimentos de Quadrantectomias com Linfadenectomia Seletiva Guiada, oito Linfadenectomias Axilar Unilateral e 45 Setorectomias de Mama em Oncologia. Nenhuma cirurgia programada foi suspensa e a unidade teve que suspender durante dois meses os procedimentos cirúrgicos em função da pandemia do Covid -19.

O mastologista Thiago Pereira Alencar, responsável pelos procedimentos cirúrgicos, lembra que durante os dois meses em que as cirurgias foram suspensas, as pacientes continuaram o tratamento com a equipe multiprofissional do Complexo. “Graças ao trabalho em equipe, junto à Dra. Nayarah Castro, encaminhamos às pacientes primeiro para quimioterapia e depois realizamos a cirurgia, portanto, sem prejuízo de assistência”, reitera Dr. Thiago, agradecendo a todos que fazem esse serviço funcionar no sertão da Paraíba.

O médico lembra que em 2021 houve momentos difíceis por causa da pandemia, mas, com a colaboração de todos e boa vontade foi possível realizar um bom trabalho. “Gostaria de agradecer a todos que fizeram esse serviço funcionar. Ao nosso anestesista Augusto Márcio, com toda sua eficiência, humanidade e disponibilidade. Grande responsável pelo sucesso das nossas cirurgias. A Dona Meirinha e a Keyla, que tem os maiores corações que conheço e que dão um grande apoio as nossas pacientes. A oncologista Dra. Nayarah, sempre muito solicita e eficiente e com excelentes resultados que nos deixam orgulhosos por serem tão bons quanto os dos grandes centros de referência. A todos da Oncoradio, a equipe de nosso bloco cirúrgico, que é esforçada, eficiente e competente, que contribuiu para tornara o nosso serviço muito maior, a Silvana do RH, que nos ajuda sempre com a melhor boa vontade do mundo, aos meus alunos da Liga de cirurgia da UNIFIP, que são meus auxiliares e dão uma grande ajuda no nosso serviço e, por fim, ao nosso diretor geral, Francisco e nossos coordenadores que nos ajudam a entregar melhores resultados. Esse ano avançaremos ainda mais”, disse Dr. Thiago.

“Em nenhum momento, nestes dois anos, suspendemos nossas atividades no serviço de oncologia, pois sabemos da importância de não interromper o tratamento. Tivemos apenas dois meses de cirurgias suspensas, para a própria proteção de nossos pacientes, tivemos também que rever procedimentos, adotar medidas mais restritivas, a exemplo de não permitir que acompanhantes ficassem na sala de quimioterapia, mas, conseguimos atender a demanda e dar a assistência devida aos pacientes”, complementa o diretor geral do Complexo, Francisco Guedes, lembrando que com a reforma e modernização do bloco cirúrgico da unidade, a capacidade de realização de procedimentos cirúrgicos será ampliada.