Colégio GEO

GEO Sul preparou uma semana de muita diversão para os alunos do Infantil em comemoração ao Dia das Crianças

Posted on

“A criança aprende brincando e brincando ela é feliz!” É sob a ótima dessa máxima que o colégio GEO Sul está preparando uma semana cheia de atividades recreativas para comemorar a passagem do dia 12 de Outubro, Dia das Crianças. A programação terá início nesta segunda-feira (07) e se estende até a sexta-feira (11), com a escola se transformando em um grande espaço de diversões para os alunos do Geozinho – Ensino Infantil do I ao V. Serão dias de banho de piscina, de brincadeiras, pintura artística, show de talentos, piquenique, brinquedos infláveis, oficinas de música, e muito mais. As brincadeiras acontecerão no horário habitual das aulas.

O primeiro dia da Semana será dedicado à oficina de musicalização. Também terá contação de histórias e teatrinho para a criançada. Já na terça-feira (08), os pequenos se divertirão com os brinquedos infláveis. Serão montados o parque do Mickey, o futebol de sabão, a piscina de bolinhas e também um pula-pula.

Na quarta-feira (09), os pais devem mandar seus filhos com roupa de banho porque na programação está o banho de piscina e de mangueira. Além disso, as crianças também participarão de um circuito de brincadeiras e terá a distribuição de pipoca para todos. Na quinta-feira (10), a festa segue com a diversão garantida por recreadoras da companhia “Mundo da Lua” e também pintura artística.

Na sexta-feira (11), último dia de brincadeiras, os alunos do Geozinho Sul participarão de uma oficina de desenhos e de pintura. Também haverá show de talentos e, para fechar a programação, um momento de confraternização com um piquenique divertido. Para o professor Roberto de Oliveira, diretor do GEO Sul, o projeto da Semana da Criança é uma grande oportunidade de diversão, mas, também de aprendizado. “Esses momentos são aqueles que em que eles fortalecem seus laços de amizade, suas relações dentro da escola. É um momento também de aprender brincando. Serão dias muito enriquecedores”, comentou o dirigente.

Alunos do Geozinho Tambaú terão uma semana dedicada a brincadeiras e muita recreação em comemoração ao 12 de Outubro

Posted on

O Dia das Crianças está se aproximando e o Colégio GEO Tambaú preparou uma semana especial para a criançada do Ensino Infantil I ao V. A partir do dia 07 de outubro, próxima segunda-feira e até a sexta-feira (11), alunos e professores terão diversas atividades de lazer e sociabilidade educativa com brincadeiras, contação de histórias, pinturas, banho de mangueira, show de talentos e muito mais. A programação será no horário de aula habitual do aluno.

A comemoração foi dividida em tipos de atividades. Assim, na segunda-feira (07), será o Dia Literário. A programação terá início com a acolhida das crianças do Geozinho com as professoras caracterizadas de personagens. No dia, haverá contação de histórias e depois as crianças farão uma atividade onde (re)contarão as histórias através de desenhos e escrita e seus trabalhos irão compor um grande mural.

Já na terça-feira (08), será o dia dos brinquedos infláveis. A escola está preparando um espaço que terá diversos deles, dentre eles, o futebol de sabão, a piscina de bolinhas, pula-pula e o parque do Mickey. Tudo o que a criançada gosta e regado a muita pipoca.

A quarta-feira (09) está na agenda da semana como o “Dia Molhado”. Os pais devem mandar seus filhos com alguma roupa de banho porque o dia será de muitas brincadeiras envolvendo água, a exemplo de banho de mangueira e de piscina, além de distribuição de picolé e muitas atividades ao ar livre.

O “Dia da Pintura e Recreação” será na quinta-feira (10), quando os alunos do Geozinho se divertirão com as recreadoras da companhia “Mundo da Lua” e também farão maquiagem artística. E para quem adora piquenique, a sexta-feira (11) será um dia maravilhoso. A programação do encerramento da Semana da Criança prevê um piquenique divertido, além de Show de Talentos e uma oficina de desenho e pintura.
O diretor do GEO Tambaú, Danilo Abdala, adianta que será uma semana inesquecível para os pequenos. “A Semana da Criança é um evento que o GEO realiza com muito carinho pensando em proporcionar momentos de muita alegria para nossas crianças. Todo o dia terá atividades que valorizem a ludicidade, através de brincadeiras, e atividades que estimulem a interação social e também cultural. Serão momentos de diversão, mas também importantes para o desenvolvimento de cada uma delas”, disse o diretor.

Estudantes paraibanos vão conhecer as belezas e riquezas de Alagoa Grande e Areia durante Aula de Campo

Posted on

As atividades de campo são fundamentais na construção do conhecimento científico, tendo em vista que professor e alunos têm diante dos olhos uma riquíssima experiência do saber. Sabendo disso, o GEO Tambaú e Sul sempre investiram neste tipo de atividade e, neste sábado (05), alunos da 1ª e 2ª séries do Ensino Médio viverão experiências de contexto social, geográfico e histórico nas cidades de Areia e Alagoa Grande, no brejo paraibano, durante uma Aula de Campo.

Os dois ônibus que levarão os estudantes sairão às 7h, tanto da unidade Tambáu, como a dos Bancários. No total, 90 estudantes participarão da Aula de Campo, sendo 45 de cada unidade. As cidades a serem visitadas estão localizadas na região imediata de Campina Grande. Areia tem muitas belezas naturais. Além disso, também é conhecida por suas riquezas culturais. Foi considerada por muito tempo como “Terra da Cultura”, tendo, inclusive, seu Teatro Minerva, sido construído 30 anos antes do que o de João Pessoa.

Foi também onde nasceu José Américo de Almeida político e romancista, autor de “A Bagaceira”. Lá está o Museu de Pedro Américo, com inúmeras réplicas de quadros famosos, sem falar no Museu da Rapadura, localizado no Campus da UFPB. A cachaça areiense muito conhecida exteriormente também é um atrativo do local. Na aula de campo, os alunos visitarão a Casa Pedro Américo, O solar José Rufino e o Teatro Minerva.

Já a cidade de Alagoa Grande, está localizada na encosta da Serra da Borborema e fazia parte do município de Areia até meados do século XIX, quando se tornou independente. No município ainda se localiza uma comunidade quilombola, herança dos negros que ajudaram no crescimento econômico e cultural daquela região que cresceu muito no século XIX, através da agricultura baseada na cana-de-açúcar. Em seu centro ainda existem casarões que testemunham esse momento de grandeza econômica da época dos engenhos. Eles são cobertos por azulejos importados de Portugal à época. É também a cidade onde nasceu Jackson do Pandeiro. Lá os alunos visitarão o Memorial Jackson do Pandeiro, o Teatro Santa Inês e o Engenho Volúpia.

Com toda essa riqueza de suas histórias, arte e geografia fica muito mais fácil aprender. É por isso que quando se agenda uma aula de campo, os alunos não veem a hora de conhecer e vivenciar momentos de puro aprendizado. “É uma metodologia que valoriza a vivência dos alunos, que facilita o aprendizado. Todos adoram porque aprendem e sentem o contexto in loco”, comentou o diretor o GEO Sul, professor Roberto de Oliveira.

O diretor do GEO Tambaú, Danilo Abdala, frisou que todas as sensações durante a aula de campo auxiliam na aprendizagem dos conteúdos. “O estudante, numa aula de campo, tem a percepção dos fatos no ambiente como um todo. Assim, eles podem explorar o conteúdo que foi ensinado em sala de aula com mais propriedade”, afirmou o diretor.

Projeto Matemática Solidária incentiva alunos de escola de João Pessoa a transformar o estudo da disciplina em ação social

Posted on

Os alunos do 1º ao 5º ano do colégio Geo Tambaú estão vivenciando uma experiência diferente no estudo da Matemática graças ao projeto ‘Matemática Solidária’. Nesta sexta-feira (04), os estudantes das turmas do 5º B, manhã, e do 5º C, tarde, já começaram a vivenciar os conceitos de somar e multiplicar com foco em uma ação solidária que irá beneficiar os idosos da Vila Vicentina. Isto porque, os alunos foram estimulados a trazer lanches de casa para venda na hora do intervalo, cuja arrecadação será destinada para compra de produtos para a instituição filantrópica que abriga idosos na capital paraibana.

As professoras de Matemática, Viviane Damacena e Luciana Figueiredo, idealizadoras da ação, explicam que o projeto busca levar os alunos a aplicar o estudo da disciplina na resolução de problemas sociais que, no caso, será contribuir com gêneros alimentícios que serão comprados, pelos próprios estudantes, e doados à direção da Vila Vicentina. De acordo com o projeto, cada turma ficou responsável por um dia de vendas e cada aluno da sala se encarrega de trazer um lanche especial que será vendido aos colegas e professores do dia. O que for arrecadado com essas vendas será revertido em compras para a Vila Vicentina. Ao final de cada dia de vendas, a professora se reúne com os alunos para prestação de contas dos valores apurados. Os alunos das turmas do 1º ao 3º ano também participam da ação como consumidores comprando os lanches vendidos.

Nesta sexta-feira, primeiro dia de vendas do ‘lanche solidário’, os alunos do 5º B e do 5º C levaram brigadeiros, bolos diversos, salgados, sanduiches, kiches, pipocas, refrigerantes e sucos. ANa próxima terça-feira (08), será a vez dos estudantes do 5º A e do 5º D, trazerem seus lanches para venderem aos colegas e na segunda-feira, os alunos do 4º A e 4º B farão o mesmo. Após a conclusão da etapa de vendas, os alunos, divididos em grupos, farão a listagem dos produtos que serão comprados, pesquisarão preços e efetuarão a compra num supermercado ao lado da escola. A entrega dos produtos adquiridos será realizada em data a ser definida junto a direção da Vila Vicentina.

O diretor geral do Geo Tambáu, Danilo Abdala, destaca a importância da iniciativa. “Além de ampliar a percepção da Matemática e a forma de estudar a disciplina, essa ação estimulará nossos alunos a se tornarem cidadãos com papel ativo na sociedade, isto porque, essa iniciativa também é uma forma de mostrar que há várias maneiras de ser solidário”, destaca o diretor, lembrando que um dos grandes diferenciais do Geo é, justamente, ampliar o campo do ensino para muito além da questão meramente didático/pedagógica.

Projeto possibilita que alunos das 3ª séries conversem com acadêmicos e profissionais para terem uma visão do mercado em várias profissões

Posted on

Se a estudante de Farmácia da UFPB, Sarah Trindade, tivesse a oportunidade de conversar com Farmacêuticos na época em que fez o ENEM talvez ela não tivesse optado por outro curso como o fez em 2015. Foi preciso ela ir buscar, por conta própria informações sobre a carreira que ela, de fato, queria seguir para optar pelo curso que ela faz hoje. Nesta terça-feira (24), Sarah, que estudou no Geo Sul, entre os anos de 2003 e 2015, voltou à escola, mas, desta vez para conversar com alunos da 1ª, 2ª e 3ª séries do Ensino Médio do colégio para falar sobre o curso de Farmácia e suas particularidades. O bate papo faz parte do projeto Geo Profissões que foi criado para dar um suporte aos alunos do Ensino Médio quando na escolha da carreira que eles querem seguir.

Para Sarah, que estava acompanhada de outros alunos dos cursos de Farmácia, Odontologia e Medicina da UFPB, essa iniciativa do colégio é muito importante e oportuna. “Na minha época, esse projeto não existia e a gente tinha que recorrer aos nossos pais, familiares e amigos e até mesmo à Internet para conhecer um pouco das profissões e, a partir daí, fazer as nossas escolhas que nem sempre são acertadas, com foi, inicialmente, o meu caso. Acho que e eu tivesse conversado com alguém da área de Farmácia eu teria como primeira opção esse curso e não o de Engenharia Química que foi minha escolha à época”, disse ela, elogiando que a iniciativa do Geo.

Na sala onde Sarah estava, os estudantes de Odontologia, Andson Janoário e Haniel Laurentino, a acadêmica de Medicina, Maria Helena e ainda o estudante de Farmácia, Igor Gabriel também falaram sobre o curso, sobre as particularidades de cada estágio e das peculiaridades também, a exemplo do que disseram do curso de Odontologia que no primeiro ano de estudos tem somente teoria e nada de atividades práticas.

Em outra sala, as estudantes de Biomedicina, Maria Luiza Leal e Ana Beatriz, de Nutrição, Raiane Fernandes e Elida Filinto, se reuniu com estudantes para também abordar aspectos dos cursos e atuação de mercado. Assim como em outras, estudantes dos cursos de Psicologia, Educação Física e Enfermagem também conversavam com alunos do Geo.

A aluna Eduarda Vitória, da 1ª série do Ensino Médio, ainda não sabe que curso escolherá, identificou apenas que será algo na área de Ciências Humanas, e achou a iniciativa do colégio muito oportuna. “No início do ano, eu disse para minha mãe que gostaria de ter uma orientação mais especifica sobre profissões para eu poder fazer uma escolha acertada, para que eu não me arrependa depois e quando soube que o Geo ia fazer esse projeto vibrei muito, tano que estou aproveitando a oportunidade e assistindo a apresentação de todas as profissões”, disse Eduarda.

O projeto Geo Profissões acontece desde 2006 e é realizado nas duas unidades – Geo Sul e Tambáu- e tem o objetivo de contribuir com aqueles alunos que ainda estão em dúvida sobre que carreira seguir. O colégio convida profissionais de várias áreas para falar sobre o curso, carreira e rotina de trabalho de cada uma delas para alunos das 3ª séries, num bate papo informal, onde a conversa flui a partir das colocações dos interlocutores e perguntas dos estudantes. Este ano, a edição do evento acontece de 17 a 30 de setembro, no GEO Tambaú, e nos dias 24 e 25 de setembro, no GEO Sul.

Estudantes do Geo participam de aula sobre alimentação saudável e prática de exercícios físicos e repassam aprendizado para colaboradores

Posted on

Para ter mais qualidade de vida, além da mudança de hábitos alimentares, é preciso manter a prática de exercícios físicos com regularidade. É difícil, requer dedicação, mas isso deve fazer parte da rotina de todos que desejam ter uma melhor qualidade de vida. Sim, disso todo mundo sabe. Mas, quem pratica? Para conscientizar a todos da importância destas rotinas saudáveis, alunos dos 6º e 7º anos do colégio GEO Sul realizaram, na manhã desta quarta-feira (25), uma ação levando informação a todos os colaboradores da escola. Através de cartazes e abordagens, eles partilharam conhecimentos adquiridos com colaboradores do colégio. A atividade foi proposta do professor de Educação Física do GEO, Marcos Llarena.

Segundo o educador, a ideia não foi a de alcançar apenas nota para a disciplina, mas de fazer com que os alunos se envolvessem na ação pesquisando sobre os benefícios da pirâmide alimentar e a nutrição esportiva, aliada à avaliação física. E deu certo, porque a atividade foi um sucesso de aprendizado para os dois lados. “Os alunos, em grupos, estudaram sobre os assuntos propostos e elaboraram cartazes com as informações. No dia da apresentação, todos eles saíram visitando cada setor da escola, abordando cada colaborador nos corredores, quadras, hall de entrada, para explicar sobre a importância da prática de exercícios e a boa alimentação”, comentou o professor.

Na ocasião, os alunos dos 6º anos falaram sobre a forma correta de se alimentar, através das necessidades do organismo humano com base na pirâmide alimentar, cuja representação gráfica reúne informações importantes a respeito dos grupos de alimentos presentes em nossa dieta. Seu principal objetivo é garantir o bem-estar nutricional, informando, principalmente, sobre as porções recomendadas de cada tipo de alimento. Assim, no primeiro nível (base da pirâmide) está o grupo dos cereais, tubérculos, raízes; no segundo nível, o grupo das hortaliças e grupo das frutas; no terceiro nível, o grupo do leite e produtos lácteos, grupo das carnes e ovos, grupo das leguminosas e oleaginosas; e no quarto nível (topo da pirâmide), o grupo dos óleos e gorduras, grupo dos açúcares e doces.

Os alunos mostraram como utilizar a pirâmide para mudar a alimentação e torná-la mais saudável. Os níveis devem ser utilizados de baixo para cima (base para o topo), dando prioridade às porções da base, reduzindo as demais à medida que os níveis “sobem” para o topo. Já os estudantes dos 7º anos discorreram sobre a importância da nutrição esportiva aliada a uma avaliação física. A ideia foi mostrar que para ter uma dieta saudável, não se pode fazer qualquer uma. “É preciso ter uma avaliação física buscando seus objetivos juntamente com a atividade física e seus benefícios”, explicou o professor Marcos Llarena, frisando que os alunos ressaltaram ainda, durante a visita nos setores do GEO, que aliar exercícios físicos à alimentação saudável é uma mudança capaz de reduzir o estresse no qual as células estão vulneráveis também.

“Ter um estilo de vida saudável promove bem-estar físico e emocional e isso gera uma expectativa e qualidade de vida ainda maior, com ótimos rendimentos no trabalho, nas relações sociais, na vida de modo geral. Os alunos compreenderam isso e incentivaram outras pessoas através do conhecimento”, completou Marcos.

Para o professor Roberto de Oliveira, diretor do GEO Sul, a ação dos alunos foi importante porque eles não só lembraram a todos o que parece terem esquecido, mas também incentivaram os colaboradores a rever a alimentação e despertarem para a prática de exercício. “Uma má alimentação e o sedentarismo pode gerar muitos impactos no nosso corpo e disso todos nós sabemos. O problema é que no dia a dia optamos pelo que está mais fácil e isso nem sempre é o que é saudável. Então, na medida que eles fazem uma atividade como essa e não só lembram a todos o quanto isso é importante para a qualidade de vida, mas também alertam para o aparecimento de doenças, como hipertensão, diabetes, obesidade e colesterol alto. Afinal, ninguém quer adoecer”, disse o professor Roberto, parabenizando os alunos e o professor pela inciativa de propor um aula diferente.

Câmara Municipal de João Pessoa homenageia atleta paraibano com Votos de Aplausos em reconhecimento às suas vitórias na Natação

Posted on

O atleta paraibano Daniel Azevedo Macena Gomes, que vem se destacando em todas as provas de Natação que participa, foi agraciado nesta terça-feira (24), com uma homenagem da Câmara Municipal de João Pessoa. O estudante do 9º ano do GEO Tambaú que, com apenas 14 anos de idade, já tem um histórico de provas e vitórias considerável, recebeu Votos de Aplausos da Casa Napoleão Laureano. A propositura, assinada por outros parlamentares, foi da vereadora Helena Holanda.

Em sua justificativa, a vereadora destacou os recentes feitos de Daniel que sagrou-se campeão em todas as provas que disputou no campeonato Paraibano de Natação de Piscina Longa, realizado em agosto, na Vila Paraíba, em João Pessoa, conquistou três medalhas de ouro, prata e bronze, no “brasileirão” de Natação, nas três modalidades das quais participou e, mais recentemente, voltou do Torneio Norte Nordeste de Clubes de Natação Infantil a Sênior – Troféu Walter Figueiredo 2019, que aconteceu nos dias 13 e 14, em Salvador, com oito medalhas de Ouro e três de Prata, além de ter conseguido quebrar três recordes, nas provas dos 200m Costas, nos 200m Peito e ainda nos 50m Costas, o que lhe rendeu o Troféu de Melhor Índice Técnico da Categoria Infantil 2.

“Com atletas como Daniel Macena, um novo caminho se abre e a Paraíba volta ao centro das atenções nos circuitos das competições de grande porte nacionais e interacionais, e esse Votos de Aplausos, é um reconhecimento e uma justa homenagem desta Casa aos feitos desse atleta paraibano”, destacou a vereadora Helena Holanda.

A mãe do atleta, Daniele Macena, que normalmente acompanha o filho nas competições, ficou emocionada com a homenagem. “Quem acompanha a rotina de Daniel nos treinos e a sua dedicação ao esporte entende que tudo o que ele está conquistando não é fruto do acaso, mas de uma dedicação a algo que ele gosta muito, de forma que receber esse reconhecimento é um estímulo a mais para ele”, destacou Daniele.

Para Daniel, que tem uma intensa rotina de treinos, de segunda a sábado, e ainda se divide entre as atividades no colégio GEO e nas aulas de inglês, a homenagem da vereadora Helena Holanda, o deixou muito alegre. “Nunca imaginei receber uma homenagem assim, nem passou pela minha cabeça que alguém, que eu nem conheço, de repente iria me homenagear, mas recebi esse Votos de Aplausos com muita alegria e estou agradecido a vereadora e aos demais vereadores que assinaram a homenagem e o que eu posso prometer a eles é que continuarei buscando o meu melhor, me dedicando a Natação, sem esquecer os estudos que são igualmente importantes. Enfim, prometo que irei honrar, ainda mais, essa homenagem da Câmara Municipal de João Pessoa”, afirmou Daniel que agora tem seu nome nos anais da Casa de Napoleão Laureano.

Daniel treina todos os dias, de segunda a sábado, na piscina do Clube Cabo Branco/Acqua R1, das 17h30 até às 21h. Nas terças e quintas, ele tem o que chamam de ‘dobrado’, ou seja, vai para o treino às 5h da manhã e só sai às 6h30, indo direto para a escola. Como se vê, as medalhas não são o acaso, mas a consequência de muita obstinação, dedicação, garra, treino, foco e talento!

Homenagem em comemoração ao Dia dos Avós emociona pais, avós e avôs de alunos do colégio Geo Sul

Posted on

No Brasil, o Dia dos Avós é comemorado em 26 de julho, mas, em função do recesso de férias, a comemoração desta data para os alunos das turmas do Infantil 3 e 4, do Colégio Geo Sul foi realizada nesta segunda-feira (23). Caracterizados de idosos, com vestuário, adereços e maquiagem, os alunos cantaram, homenagearam e emocionaram pais, avós e avôs que foram prestigiar as apresentações, realizadas no espaço de recreação do Geozinho. No final, todos se confraternizaram num lanche coletivo.

A comemoração, que foi incorporada pioneiramente, este ano, ao calendário escolar, foi acompanhada pelo diretor geral da unidade, professor Roberto Oliveira que antes da entrada dos estudantes falou da importância dos avós na vida das crianças e da responsabilidade que eles têm de ajudar os pais a educarem seus filhos. “Sabemos da importância de todos vocês nesse processo de acompanhar os netos crescendo e sobretudo dar-lhes amor e por isso resolvemos homenageá-los de forma muito singular”, destacou o professor, lembrando uma citação do empresário Bill Gates sobre a importância da leitura na formação das pessoas.

Em seguida, houve a apresentação dos alunos do Infantil 3, que dublaram duas músicas que falavam de amor, e em seguida, a dos estudantes do Infantil 4, também com o mesmo número de canções. Neste segundo ato, duas crianças se caracterizaram como um casal de avós. A aluna sentada numa cadeira de balanço, com óculos, cachecol e segurando um novelo de lá, simulava estar fazendo crochê, enquanto que o menino, também sentado numa cadeira, simulava ler um jornal, enquanto isso as demais crianças os rodeavam e os enchiam de carinhos e mimos que eram prontamente retribuídos, numa verdadeira encenação do que acontece no cotidiano deles, só que com papeis invertidos.

“Foi emocionante vê-los nos homenageando. Foi também gratificante”, disse Telma Costa, avó de Mateus Luiz, aluno do Fundamental 4. Ela e o esposo, Nei Costa, vieram de Natal (RN), exclusivamente, para prestigiar a homenagem feita pelo Geo. Eles estavam acompanhados da mãe do Mateus, a odontóloga, Maria Fernanda que além do Mateus é mãe da pequena, Lívia, de 1 ano e oito meses que, em 2020, será também aluna do Geo Sul. “Achei muito legal a escola ter essa iniciativa de inserir os avós nas comemorações”, destacou Maria Fernanda.

A avó dos gêmeos, Francisco e Felipe, a Sra. Adelia de Araújo, também viajou de Rio Tinto para vir ver a apresentação dos netos. Acompanhada da filha, a fisioterapeuta Franci Araújo, e do genro, o militar, José Antônio, ela disse que ficou encantada com a apresentação. “Me emocionei muito e estou com os olhos cheios de lágrimas até agora, mas, são lágrimas de felicidade e satisfação”, disse a vovó. Para Franci Araújo, a iniciativa do Geo foi bastante oportuna. “A inserção do idoso no contexto escolar é louvável e mais ainda numa homenagem aos avós como vimos hoje. A direção da escola está de parabéns pela iniciativa”, disse a mãe dos gêmeos e da aluna Graziela, do 8ª ano do Geo Sul.

Café da manhã com diretor marca reconhecimento aos alunos que se dedicam aos estudos e obtém boas notas

Posted on

O esforço, dedicação e foco nos estudos não rendem apenas boas notas e a possibilidade de se obter boas colocações em concurso ou testes sejam eles quais forem. No colégio Geo Sul esse desempenho também rende reconhecimento e elogios e ainda um encontro exclusivo com o diretor geral da escola, o professor Roberto Oliveira. E nessa segunda-feira (23), aconteceu o primeiro encontro com alunos dos 4º e 5º anos, do Fundamental I. Os estudantes foram recepcionados, no primeiro horário, com um café da manhã. Esse momento se repetirá, outros dias, conforme calendário pré-definido, com alunos de todo os anos/séries, desde o 4º ano até as 3ª séries do Ensino Médio.

“Esse é um momento simbólico onde nós conversamos com os alunos e elogiamos suas condutas no tocante a responsabilidade, foco e dedicação aos estudos, reforçando que isso faz a diferença na vida futura deles e ao mesmo tempo aproveitamos para avaliar nosso papel e desempenho enquanto instituição de ensino”, argumenta o diretor geral do Geo Sul, professor Roberto.

E é o próprio diretor que serve os alunos com sucos, café, bolos e sanduiche. Após tomarem o café da manhã, Roberto elogia o esforço de cada um, a atenção nas aulas, o foco nos estudos e aproveita para estimular os alunos a ajudarem os colegas que, por alguma dificuldade, estejam com dúvidas em alguma disciplina. “Sejam solidários com o colega que esteja em dificuldade, partilhem conhecimento”, reiterou o professor Roberto. Em seguida, os alunos responderam um questionário com cinco perguntas sobre a escola e depois participaram de um teste que trabalhou a memorização de palavras. O momento durou cerca de 40 minutos.

“Esse encontro é uma maneira carinhosa que encontrei de ao mesmo tempo reconhecer o esforço de nossos alunos na superação de resultados e ainda promover uma maior aproximação com eles”, destaca o diretor. Nesta terça-feira, o café da manhã prossegue com alunos dos 6º e 7º anos, na quarta-feira com os das 8º e 9º anos, na quinta-feira com os alunos da 1ª série, no dia 26 com os da 2ª série e no dia 30 será a vez dos estudantes da 3ª série do Ensino Médio encerrarem o ciclo de café da manhã com o diretor.

Colégio de João Pessoa possibilita que alunos da 3ª série conversem com profissionais de várias carreiras e conheçam detalhes de cada uma delas

Posted on

Com uma enorme variedade de cursos universitários e profissões hoje existentes no mercado, é mais que natural chegar na reta final do Ensino Médio e ainda não saber o que fazer ou estar em dúvida sobre a profissão que se quer exercer. Pensando em contribuir com aqueles alunos que ainda estão em dúvida sobre que carreira seguir, o colégio GEO coloca em prática, desde 2006, um projeto chamado “GEO Profissões”, uma ação em que o colégio convida profissionais de várias áreas para falar sobre o curso, carreira e rotina de trabalho de cada uma delas para alunos das 3ª séries. Este ano, a edição do evento acontece de 17 a 30 de setembro, no GEO Tambaú, e nos dias 24 e 25 de setembro, no GEO Sul.

Em 2019, as dez profissões que mais aparecem no interesse dos alunos GEO são Medicina Veterinária, Direito, Medicina, Jornalismo, Ciências da Computação, Curso de Formação de Oficiais (CFO), Odontologia, Psicologia, Biomedicina e Fisioterapia. A oportunidade é perfeita para que os jovens estudantes da 3ª série, do Ensino Médio possam esclarecer suas dúvidas, principalmente, quanto à diferença entre cursos, grade de disciplinas, mercado de trabalho, etc.

O coordenador pedagógico do Ensino Médio do GEO Tambaú, André Luiz, explicou que a escola realiza duas pesquisas entre os alunos: uma no início do ano e outra no início do segundo semestre para saber que áreas e cursos estão sendo mais procurados por eles. “De Janeiro a junho fazemos uma pesquisa e, no início do segundo semestre fazemos outra para ver se os alunos declinaram de alguma profissão e para ver se aumentou a decisão para uma outra”, comentou André, frisando que, mesmo assim, muitos ainda mantinham dúvidas e, por isso, o GEO implantou o projeto e hoje utiliza a pesquisa para reunir informações sobre as profissões mais procuradas pelos seus alunos.

As palestras no GEO Tambaú são realizadas no primeiro horário e duram, em média, uma hora. No primeiro dia, 17, os alunos receberam o Dr. Giordano Leite Dias, médico ginecologista e obstetra. No segundo dia, 18, foi a vez de quem se interessa no Curso de Formação de Oficiais (CFO), assistir à palestra do Coronel Ronildo Souza, Diretor do Centro de Formação. Já no dia 19, quem deu a palestra foi o Juiz de Direito, Hermance Gomes. Nesta sexta-feira (20), foi a vez da jornalista e professora da Universidade Federal da Paraíba (UFPB), Sandra Moura, que foi vice-presidente da Associação Paraíba de Imprensa (API), falar sobre a rotina de jornalista.

Na próxima semana as palestras continuam com profissionais de Odontologia, Medicina Veterinária, Fisioterapia, dentre outros. “Não informamos ao aluno qual o palestrante do dia. É sempre uma surpresa, para criar uma expectativa para que todos participem a palestra”, disse o coordenador. No final da apresentação do profissional, é aberto um espaço para perguntas a fim de que os alunos explorem as informações de cada profissional.

Programação GEO Sul

De acordo com o cronograma, os alunos do GEO Sul terão dois dias de evento para aproveitar o encontro com os profissionais. Na próxima terça-feira (24), as atividades acontecerão pela manhã, com a visita de representantes da Universidade Federal da Paraíba (UFPB). Na ocasião, a Profa. Dra. Jákina Guimarães Vieira Gutemberg dará uma palestra e desenvolverá outras ações dentro da linha de seu projeto de extensão “O ensino e a aprendizagem significativa da anatomia no conhecimento de habilidades e competências profissionais”.

Ainda no dia 24, na parte da tarde, os alunos terão um encontro com estudantes de graduação de Enfermagem, Educação Física, Odontologia, Psicologia, Biomedicina e Fisioterapia. Na quarta- feira (25), no turno da tarde, outros profissionais integrados a uma faculdade da área de saúde estarão no GEO Sul. O orientador educacional do Ensino Médio do GEO Sul, Cláudio Campos, afirmou que esse será um momento muito importante para os alunos do GEO, já que nesta ocasião eles conhecerão as experiências e a vivência do curso que pretende cursar. “Como muitos ainda têm dúvidas, inclusive tem gente que está dividido entre duas carreiras, esse momento é ideal para definir com propriedade, já que está conhecendo como é a vida do profissional da sua possível profissão com quem desempenha o papel no día a dia”, comentou Cláudio.

A jornalista Sandra Moura, professora da UFP, também conversou com os alunos sobre Jornalismo
A jornalista Sandra Moura, professora da UFP, também conversou com os alunos sobre Jornalismo
Dr Giordano Leite Dias, médico Obstetra falou com os alunos na semana passada
Dr Giordano Leite Dias, médico Obstetra falou com os alunos na semana passada
Dr Hermance Gomes, Juiz de Direito, também falou com os estudantes
Dr Hermance Gomes, Juiz de Direito, também falou com os estudantes
O coronel Romildo também conversou com os alunos do Geo
O coronel Romildo também conversou com os alunos do Geo
O diretor do GEO Tambaú, Danilo Abdala, e o coordenador, André Luiz abriram o evento no dia 17
O diretor do GEO Tambaú, Danilo Abdala, e o coordenador, André Luiz abriram o evento no dia 17
O juiz Hermance Gomes deu detalhes de sua profissão aos estudantes
O juiz Hermance Gomes deu detalhes de sua profissão aos estudantes
O primeiro dia de palestra no GEO Tambaú foi com o médico Giordano Leite Dias
O primeiro dia de palestra no GEO Tambaú foi com o médico Giordano Leite Dias