Author: administrador

Reformulação da composição do Conselho de Proteção do Meio Ambiente do Estado é debatida durante reunião na Sudema

Posted on

 A atual composição do Conselho de Proteção do Meio Ambiente do Estado – COPAM não permite uma maior diversidade quanto à participação, não só de outros segmentos da sociedade civil, como também de representantes de órgãos importantes do Governo. Com o objetivo de discutir a reformulação da composição do COPAM e definir o que é necessário para que isso aconteça, o Superintendente da SUDEMA, João Vicente, se reuniu hoje (25), pela manhã, na sede do órgão, com integrantes do Conselho, técnicos e convidados. O deputado estadual Jeová Campos, presidente da Comissão de Desenvolvimento, Turismo e Meio Ambiente da ALPB, foi representado na reunião pela assessora jurídica de seu gabinete. Dra. Maria Izabel Pontes. O parlamentar estava no interior do estado e não pôde chegar em tempo de participar.

            “Fizemos uma pesquisa de como os Conselhos de Meio Ambiente de outros Estados estão compostos e constatamos que todos são semelhantes e nenhum se aproxima do formato do da Paraíba, o que nos convenceu da necessidade de atualizarmos a composição do nosso COPAM e essa reunião é um primeiro passo neste sentido”, afirma o  Superintendente da SUDEMA, João Vicente.

            O deputado Jeová Campos acha importante a atualização da composição do COPAM e já colocou seu gabinete à disposição para contribuir  neste sentido. “Ora, não se pode conceber que, por exemplo, a Assembleia Legislativa, um poder importante e influente no Estado não tenha acento no Conselho. Isso é apenas um exemplo de como essa reformulação é oportuna e necessária”, destaca Jeová, lembrando que para alterar a composição do Conselho será necessário mudar o texto referente à matéria na Constituição Estadual, daí ter que obedecer todo o rito necessário para tal reformulação.

            Da reunião de hoje foi deliberado à formação de uma comissão com integrantes de segmentos da sociedade que pleiteiam vaga no Conselho que junto com técnicos da SUDEMA debaterão uma proposta de nova composição. Ficou acertado que essa próxima reunião acontecerá, em data a ser definida, no gabinete do deputado Jeová Campos, na ALPB.

            Além dos representantes da Associação Nacional dos Órgãos Municipais de Meio Ambiente – Seccional Paraíba (ANAMMAPB), presidente Walber Farias, e secretária executiva, Wellintânia Freitas, participaram da reunião representantes do Comitê de Bacias da PB, do Conselho de Arquitetura e Urbanismo (CAU), além da ALPB, através da Comissão de Desenvolvimento, Turismo e Meio Ambiente.

Politicamente correto. O mimimi na publicidade.

Posted on

Hoje se fala muito no politicamente correto e em como isso afeta a publicidade. Num mundo em que as bandeiras das lutas sociais estão ao alcance de todos, ficou realmente difícil fazer propaganda?

Pode se pensar que está mais complicado, mas o problema não é o fato de não se poder fazer piada, mas sim a sensatez. A questão é que, diferente de há alguns anos, a publicidade é uma via de mão dupla. Antes o anunciante falava e o público absorvia o conteúdo. Hoje, o público não só absorve, mas comenta e compartilha. Isso pode ser bom ou ruim para a marca, dependendo do conteúdo do anúncio. A mentalidade das pessoas está mudando e o anunciante deve acompanhar essa mudança.

A campanha da Itaipava, por exemplo, foi muito questionada por seu forte apelo machista e foco na questão da mulher objeto. Bem, no vai e vem do verão, a Heineken mostrou como pode se vender uma cerveja com inteligência.

O politicamente correto não é algo que veio para dificultar a vida do publicitário. Ele existe para fazer a sociedade evoluir. Isso é muito bom, pois ao sair do nosso lugar comum e explorar novos caminhos, aumentamos o potencial do nosso trabalho e a publicidade cumpre o seu papel de ser um canal transformador

Onde é o melhor lugar para anunciar?

Posted on

Essa é uma pergunta muito complexa para ser respondida em um simples artigo, pois cada caso é um caso.  Em vez de perguntar isso ao seu questionamento deveria ser outro: Como eu posso impactar o meu público? É muito frequente o cliente vir até uma agência preocupado com o veículo quando, na verdade, a importância está no seu target. E aí está o papel de toda a parte analítica do marketing. O nome do custo de veiculação não se chama investimento de mídia à toa, ele é elevado por dar retorno. Mas, para dar retorno, é preciso ser assertivo.

 

target

 

Imagine um material voltado para o público jovem, mas que está anunciando em um jornal na área de economia. Tem alguma coisa errada aí. Por que não usar o investimento de mídia utilizado, nesse caso,  em redes sociais por exemplo? Isso é algo que parece ser simples, mas à medida que vamos refinando as necessidades pode se tornar bem complexo, e fazer toda a diferença no orçamento de uma campanha publicitária. Uma mesma verba pode apresentar resultados absurdamente diferentes. Mas, focando no público que queremos atingir, não necessariamente precisamos de uma verba astronômica, ou mesmo de uma veiculação na Televisão. Precisamos definir nossa mensagem, para quem estamos falando, qual o nosso objetivo, etc.

 

iphone6

 

Um ótimo exemplo disso chama-se Apple, a toda poderosa empresa do iphone e do ipad, que é uma das marcas mais desejadas de todos, só veio anunciar em televisão no Brasil a partir de 2015. Todo o seu investimento de mídia no Brasil, desde o lançamento do Iphone até o Iphone 5, foi através de mídia especializada e internet. Lógico que ter um produto altamente revolucionário e um líder como Steve Jobs ajudou muito, mas em termos de investimento de mídia, eles gastaram muito pouco, principalmente se levarmos em conta o valor dos produtos da Apple. O que torna sua estratégia tão eficaz? O foco no cliente e um correto direcionamento de mídia.

Portanto, na hora de anunciar, não pense que é custo, mas, sim  investimento, que lhe trará um excelente retorno, sob vários aspectos! Venha conversar com a gente.

2016 e a nova forma de fazer campanha política

Posted on

A política brasileira está passando por um momento bem delicado em sua história. Denúncias de corrupção, impeachment, operações e tudo mais, somada a histórica e crescente descrença nos agentes públicos, gera um novo desafio para quem deseja se candidatar a algum cargo público nas próximas eleições. Neste cenário, o TRE lançou uma série de novas regras para a campanha deste ano, entre as quais, a que mais traz impacto é o prazo da campanha, com apenas 45 dias ao invés dos habituais três meses, além do fato de não ser mais possível investimento empresarial, apenas doações de pessoas físicas e verbas dos partidos políticos. Mas, o que isso representa de fato? A NEWS fez um síntese deste assunto para você ficar em sintonia com as novas resoluções eleitorais.

1. MENOS MÍDIA DE MASSA E MAIS INTERNET
Com a diminuição da verba, será notório a diminuição em anúncios de TV e Rádio, devido ao custo da inserção de veiculação nesses canais. Por outro lado, teremos um aumento do esforço dos candidatos para trazer o eleitorado para suas redes sociais, fazendo assim com que ele acompanhe sua agenda. Essa estratégia pode ser bem mais eficaz, visto que o fato de acompanharmos toda a trajetória do candidato em nosso feed de notícias irá proporcionar um relacionamento muito maior junto aos eleitores.

2. CONTEÚDO

Essa trajetória porém precisa ser muito mais específica, trabalhada dentro do contexto certo, para que o eleitor possa ver as qualidades do candidato, e não o veja apenas como mais um que quer o seu voto. Sua história, suas propostas, seu comprometimento devem estar expostos no material de campanha. As pessoas estão conectadas a internet 24 horas através dos smartphones, então, qual é o melhor momento que ela vai entrar em contato com o seu conteúdo, ou melhor ainda, qual o conteúdo que você irá propor a eleitor?

3. PLANEJAMENTO, ESTRATÉGIA E ANÁLISE

O tempo é muito curto e não pode haver desperdício. São apenas 45 dias para construir sua imagem e divulgar suas propostas. É preciso muita precisão, desde a relevância do conteúdo até o horário das postagens. Otimização é a palavra-chave! Profissionalismo é fundamental!

É chegada a hora reinventar-se e nós, da NEWS estamos à sua disposição!

Redes Sociais

Posted on

As redes sociais dominaram o mundo cada vez mais. É praticamente impossível viver conectado como hoje sem estar presente ao menos em uma rede social. No marketing essa mudança de comportamento causou um impacto monstruoso, pois quem antes era passivo passou a ser extremamente ativo, e as marcas muitas vezes não sabem como se comportar nesse ambiente extremamente propício para o crescimento, mas ao mesmo potencialmente hostil.

 

Como atrair consumidores e agregar valor à marca com as redes sociais?

Para trabalhar com redes sociais é preciso ter planejamento antes de qualquer coisa, uma marca deve ter uma identidade, e a rede social deve seguir essa identidade. Tanto estética quanto comportamental. Se uma empresa tem uma comunicação voltada para família, qual a credibilidade que ela irá transmitir se o seu perfil for falando sobre farras e baladas?

Outro aspecto importante é o monitoramento das informações. Qual a relevância de sua presença na rede social para o público? Isso pode ser medido e deve se ter muito cuidadecom essas informações para saber como construir uma marca.

Mantendo o foco no valor real da rede social

É muito comum as empresas desejarem entrar nas redes sociais por ser uma forma barata de anunciar, e confundir relacionamento com canal de vendas. É preciso ter em mente qual o real interesse do público em ter esse contato com a marca, porque já diria o ditado, tudo demais é veneno.

O melhor jeito de usar as redes sociais?

Não existe uma fórmula mágica, na verdade é preciso muito trabalho, definir um planejamento, criação de materiais, análise de métricas, decisão de investimentos, e revisar tudo periodicamente. Para otimizar os resultados o melhor a se fazer é contratar uma agência que irá ter condições e ferramentas de desenvolver melhor as redes sociais de uma marca.

Então, o que você éstá esperando para se conectar com a equipe da News Cmunicação?

Assessoria de Imprensa é diferente de Publicidade e Propaganda

Posted on

DICAS

A política de comunicação de uma empresa, agente político, instituição, entidade, etc,  é uma ferramenta importante para mostrar para o público que se pretende atingir a missão e visão de quem está sendo assessorado. Portanto, não negligencie na escolha do profissional ou da empresa que irá direcionar e gerenciar as ações de comunicação e divulgação de fatos, ideias e propostas. Dentro da comunicação, a assessoria de imprensa tem um papel fundamental e deve ser realizada com ações planejadas,  objetivos e estratégias, bem estabelecidas e direcionadas. Mas, muita gente ainda confunde o objetivo e atuação da assessoria de imprensa com o da agência de publicidade. Neste post evidenciamos algumas diferenças e damos dicas para quem pretende contratar uma assessoria. No mercado de assessoria de imprensa  há 18 anos, a News é referência do bom e ético jornalismo!