Month: maio 2021

Turma pioneira em Residência de Clínica Médica no Complexo de Patos já assegura uma melhor assistência aos pacientes

Posted on

Desde março último que o Complexo Hospitalar Regional Deputado Janduhy Carneiro de Patos (CHRDJC) começou a desenvolver o projeto de Residência em Clínica Médica com a ‘Especialização em Saúde do Adulto’. E em apenas dois meses de funcionamento, o projeto piloto da especialização já impacta na melhoria da assistência aos pacientes da unidade, inclusive, com a constatação de maior brevidade nas altas hospitalares. A primeira turma da especialização é formada por cinco profissionais que desenvolvem atividades diárias no Complexo, com uma jornada de 60 horas semanais.

A coordenadora do Programa de Especialização, a Dra. Nayarah Xavier, explica que através desta especialização é focado um programa voltado a saúde do adulto. “Essa residência permite que o paciente seja visto de maneira ainda mais efetiva em todas as suas nuances, porque nós temos pacientes com problemas de hepatopatia, que são os que têm problemas no fígado, temos os pneumopatas, que têm questões no pulmão, pacientes oncológicos que também são vistos por eles entre outras patologias, enfim, esses cinco profissionais acompanham o paciente desde a internação até a alta”, destaca a médica.

Segundo Dra. Nayarah essa rotina diária é importante porque dá uma continuidade ainda mais eficaz ao tratamento. “E isso reflete positivamente até no período de internação do paciente que, assistido diretamente em suas necessidades, dão respostas mais rápidas ao tratamento e, portanto, recebem alta com mais brevidade, impactando também na qualidade assistencial já que o mesmo médico atende o paciente desde a internação até a sua alta”, enfatiza ela.

Iniciado em 1º de março último, essa turma piloto da especialização conta com cinco médicos que desenvolvem atividades diárias. “Pela manhã, eles fazem a visita de leito a leito e realizam exames físicos dos pacientes e, no final da manhã, eles são acompanhados pelos preceptores, que são médicos que já têm a especialização, que atuam como orientadores das condutas em relação aos pacientes”, explica Dra. Nayarah, lembrando que a especialização tem duração de dois anos e que essa primeira turma concluíra o programa em março de 2023. Os profissionais que participam da especialização são formados em Medicina e a seleção deles foi feita através de processo seletivo, mediante a aplicação de provas de título e conhecimento que aconteceram no final de 2020.

A diretora técnica do Complexo, Dra. Jaquelline Andrade, reitera que a especialização tem a vantagem de contribuir para a amplitude da formação do profissional médico, ao mesmo tempo em que possibilita uma melhoria na assistência hospitalar. “A especialização, como o próprio nome já define, permite que o médico amplie seu conhecimento e, simultaneamente, neste caso específico de nossa unidade,  nos possibilita uma melhoria assistencial na medida em que o paciente passa a ter a oportunidade de ser assistido pelo mesmo profissional desde a sua admissão até sua alta, com ganhos efetivos no tratamento, inclusive, na maior brevidade de altas como estamos identificando aqui após o início do Programa”, finaliza Dra. Jaqueline.

Os profissionais que integram essa primeira turma são: Jaqueline Fablicio, Juane Dornelas, Diego Varela, Breno Nobre e Daniela Guerra. Os preceptores do Programa são: Nayarah Xavier (Clínica Médica e Oncologia) Osman Filho (Clínica Médica), Tiago Farias (Clínica Médica), Daniele Kele (Clínica Médica e Reumatologia), Lucas Xavier (Clínica Médica).

Os profissionais são orientados por preceptores durante todos os plantões

Os profissionais que participam do Programa visitam diariamente todos os pacientes da clínica médica

Dra. Nayarah Xavier com os profissionais que participam do Programa

O projeto de Residência em Clínica Médica com a ‘Especialização em Saúde do Adulto começou em março, em Patos

Hospital de Patos registra queda de 7% nos atendimentos no final de semana

Posted on

O plantão do último final de semana da Emergência e Urgência do Complexo Hospitalar Regional Deputado Janduhy Carneiro (CHRDJC), de Patos, atesta que foram realizados 142 atendimentos, entre as 18h da sexta-feira (28) e a meia noite do domingo (30). Comparando os dados deste final de semana com o anterior (21 a 23), houve uma queda de 7% em relação aos atendimentos totais e um aumento de 13% em relação aos acidentes de trânsito.

O plantão de maior movimento foi o do domingo, quando deram entrada na unidade 65 pacientes. No dia 29, foram atendidas mais 59 pessoas e no dia 28 outras 18 pessoas receberam cuidados diversos no Complexo. Neste período, foram realizadas 18 cirurgias, sendo 12 oncológicas, duas de Ortopedia, mais duas Vascular e ainda duas Cirurgias Geral.

Em relação aos atendimentos por acidentes de trânsito, o hospital registrou a entrada de 27 pessoas, sendo 24 delas acidentadas com motos, uma por automóvel, uma por acidente com veículo de tração animal e ainda uma vítima de atropelamento.  Das 27 pessoas atendidas por causa de acidentes de trânsito, oito delas precisaram ficar internadas na unidade para cuidados posteriores. A maior parte dos acidentados era da cidade de Patos, com 10 vítimas no total. A vítima de atropelamento veio da cidade de Desterro, a de automóvel é da cidade de São José do Bonfim e a que se envolveu num acidente com veículo de tração animal é da cidade de São José de Espinharas.

Na emergência e urgência, além dos casos envolvendo os acidentados com motos, os demais motivos dos atendimentos da unidade neste final de semana foram de pacientes com sintomas de síndrome gripal, dor abdominal, queda da própria altura, entorse ou torção, dor renal, acidente perfuro cortante, rebaixamento da consciência/desmaio, queda de nível, contusão diversa/pancada, dor no peito, agressão animal, dor de cabeça, vacinação, entre outros motivos.

Complexo de Patos teve plantão movimentado neste final de semana

Plantão deste final de semana registrou na Urgência e Emergência o atendimento de 142 pacientes

Visita técnica às obras da transposição no sertão foi muito positiva afirma deputado Jeová Campos

Posted on

“A visita foi extraordinária e muito positiva. Vimos as obras no reservatório de Tambor, no Sitio Redondo, município de Cachoeira dos Índios, que quando estiver pronta terá a capacidade de armazenar 5 milhões de metros cúbicos de água, às obras de construção do canal que interligará os reservatórios Caiçara e Engenheiro Ávidos, em Cajazeiras e finalizamos a visita no reservatório Boa Vista, em São José de Piranhas, que já está construído. Em resumo, ao ver tudo isso tenho a sensação que a falta de água, em breve, não mais acontecerá e que aqui está um caminho novo para a população das áreas mais secas do sertão nordestino”, disse o deputado estadual paraibano, Jeová Campos após a conclusão da visita técnica com representantes do Ministério do Desenvolvimento Regional e da Secretaria Nacional de Segurança Hídrica, que aconteceu nesta sexta-feira (28).

 

O parlamentar paraibano que representou a ALPB junto com o deputado Taciano Diniz só lamentou que a pandemia não tivesse permitido que as lideranças de sindicatos e associações pudessem acompanhar a comitiva. “De fato, tivemos essa preocupação de não provocar aglomeração porque o momento nos pede muita cautela em funcão da pandemia, mas, quero aqui agradecer ao Ministério do Desenvolvimento Regional, em nome de Tiago Corte, Bruno Cravo e Cláudio que tão bem assessoram a nossa visita, esclarecendo questões importantes”, disse Jeová, agradecendo ainda a participação dos deputados do Rio Grande do Norte, Galeno Torquato, Chico do PT e Capitão Azevedo que integraram a comitiva representando a ALRN.

 

Ainda segundo Jeová, durante a visita técnica foi abordada a questão da recuperação da barragem de Engenheiro Ávidos, que vai ser a porta de entrada das águas do Rio Grande do Norte pelo Rio Piranhas, e também foi reivindicado aos técnicos do Ministério do Desenvolvimento Regional que as obras do Ramal do Vale do Piancó sejam executadas pelo Ministério e não pelo DNOCs. “Se essa obra continuar na mão do DNOCs ela não sai. A barragem de Engenheiro Ávidos era para ter sido recuperada há mais de cinco anos e esse dinheiro está ai, dentro da estrutura do DNOCs, mas a obra nem teve início ainda”, lembrou o parlamentar.

 

Além dos deputados da Paraíba e do Rio Grande do Norte integraram a comitiva que acompanhou a visita técnica, prefeitos e vice-prefeitos da região, representante da OAB, da Polícia Militar, além de profissionais da Imprensa que cobriram o evento. Durante a visita todos os participantes usaram máscaras e fizeram uso frequente de álcool em gel.

 

Técnicos do Ministério do Desenvolvimenro Regional deram explicações sobre o andamento das obras Deputados Jeová Campos e Taciano Diniz representaram a ALPB no evento Integrantes da comitiva que visitou as obras da transposição nesta sexta-feira Deputados Jeová Campos e o técnico do Ministério, Thiago Portela Deputado Jeová Campos foi o principal articulador da visita técnica Deputado Jeová Campos coordenou a visita técnica A comitiva visitou as obras da transposição no sertão paraibano

Novas camas hospitalares já estão à disposição dos pacientes do Complexo de Patos

Posted on

O Complexo Hospitalar Regional Deputado Janduhy Carneiro de Patos (CHRDJC) recebeu, da Secretaria de Saúde Estadual (SES), 24 novas camas hospitalares, 20 bombas de infusão, um carro de bisturi e seis monitores. Os equipamentos já se encontram à disposição dos pacientes, inclusive, as novas camas. Ontem (26), numa ação conjunta das equipes de Enfermagem e de Manutenção foi feita a substituição das camas antigas pelas novas sem causar nenhum desconforto aos pacientes da unidade. As camas foram destinadas às Enfermarias Clínicas e também para o isolamento Covid.

“Esses itens possibilitaram melhorar, ainda mais, o cotidiano da unidade e, consequentemente, a qualidade de atendimento aos nossos pacientes”, destaca o diretor geral do Complexo, Francisco Guedes, agradecendo a equipe da SES, na pessoa do secretário Dr. Geraldo Medeiros e, especialmente, a equipe do Núcleo de Assistência Hospitalar (NAH) que tem se mostrado sensível às demandas do hospital, tanto em relação às necessidades da pandemia e dos pacientes com Covid, como todos os demais serviços da unidade.

Asplan vai apoiar projeto de criação de cooperativa de geração de emprego e renda em Alagoa Grande

Posted on

Outrora um local de grande pujança na produção de cana-de-açúcar, a região do Brejo paraibano vem retomando sua vocação de produção canavieira nos últimos anos, tendo principalmente a produção de cachaça como grande alavancadora deste processo. E um projeto que terá o apoio da Associação dos Plantadores de Cana da Paraíba (Asplan) e que deverá ser capitaneado pela prefeitura municipal de Alagoa Grande dará um salto qualitativo neste cenário. Trata-se da criação de uma cooperativa de geração de emprego e renda que está sendo viabilizada com o aval do prefeito Antônio Sobrinho. Na última quarta-feira (26), o engenheiro agrônomo e mestre em extensão rural, Abdon Miranda, que está coordenando o projeto da cooperativa, esteve reunido com o presidente da Asplan, José Inácio de Morais, para apresentar a proposta e buscar o apoio da entidade canavieira.

“O sistema cooperativado funciona e já tem inúmeros exemplos de sucesso e não basta ir muito longe para ver isso, aqui no Nordeste, em Pernambuco, por exemplo, temos três casos de sucesso de cooperativas capitaneadas pela Associação de Plantadores de Cana de lá, em Alagoas, há o caso da Pindorama e tantas outras país afora”, destacou José Inácio, que se mostrou aberto a participar de iniciativas que fomentem o sistema cooperativado. Ele lembrou que, recentemente, a Asplan criou a Coasplan, que é uma cooperativa dos plantadores de cana, mas que atua não apenas com o segmento canavieiro. “A união faz a força. Esse ditado se aplica bem ao sistema cooperativado”, reiterou José Inácio.

Para Abdon Miranda, que tem larga experiência no setor agropecuário, o apoio da Asplan será muito importante na consolidação e implantação do projeto da cooperativa de Alagoa Grande. “A Prefeitura já sinalizou de forma positiva com o apoio e agora a Asplan, que é uma entidade séria e que tem um presidente que apoia novas ideias para o campo”, disse Abdon, lembrando que o carro-chefe da cooperativa de Alagoa Grande será o universo canavieiro, mas que haverá espaço para outras culturas e atividades. “A geração de emprego e renda naquela região com a criação da cooperativa ganhará novo cenário”, assegura ele, lembrando que o fomento que o Banco do Nordeste está dando para o setor também será forte alavancador de novos negócios.

E um dos primeiros passos na formação da cooperativa do brejo paraibano será a realização de visitas técnicas a alguns sistemas cooperativados já consolidados. O primeiro deles será numa experiência de Timbaúba (PE). “Vamos conhecer in loco como funcionam alguns casos de sucesso para trazer ideias para o nosso projeto”, disse Abdon que estreou, no último dia 22, um programa radiofônico na Rádio Rural de Guarabira (850 AM) que aborda ações de empreendedorismo, cooperativismo, negócios agrícolas, turismo e cultura. O programa, que também tem o apoio da Asplan, vai ao ar aos sábados, das 11 às 13h e terá como um dos próximos entrevistados o dirigente da Asplan, no dia 05 de junho.

Estratégia de soroprevalência e vacinação em massa da SES mostra o quanto à Paraíba está atenta a essa questão do Covid afirma Jeová

Posted on

Estratégia de soroprevalência e vacinação em massa da SES mostra

o quanto à Paraíba está atenta a essa questão do Covid afirma Jeová

A Paraíba está tentando implementar um projeto piloto no município de Sousa, sertão do Estado, de soroprevalência e vacinação em massa. Essa proposta foi levada pelo secretário de Saúde da PB, Dr. Geraldo Medeiros ao ministro da Saúde, Marcelo Queiroga. Para o deputado estadual Jeová Campos, a iniciativa de Dr. Geraldo mostra o quanto à Paraíba está atenta a essa questão do Covid e, mais que isso, sempre se coloca na vanguarda de ações no enfrentamento da doença. “Apesar do aumento do número de casos de Covid, a Paraíba foi um dos poucos estados do país que não teve colapso no atendimento, mesmo com algumas unidades chegando a sua capacidade máxima, porque se antecipou e abriu novos leitos e também mantém uma rede central de regulação que encaminha os pacientes para a rede referenciada, além de outras medidas. E essa estratégia de soroprevalência é outra ação que se destaca na atual conjuntura de pandemia. O trabalho da SES é, realmente, digno de elogios”, disse o parlamentar.

Segundo explicações do secretário, o projeto piloto de soroprevalência no município de Sousa, é uma ação semelhante ao que está sendo realizado na cidade de Botucatu, no estado de São Paulo, onde a população acima de 18 anos é testada e vacinada contra Covid-19. “Como a taxa de transmissibilidade de Sousa é elevada, escolhemos o município para realizar esse possível projeto piloto. Nós testaríamos com os antígenos toda a população acima de 18 anos e, depois, toda a vacinação dessa população”, explicou Dr. Geraldo ao expor a proposta ao ministro da Saúde e pedir recursos para implementá-la no sertão do Estado, região onde há o maior número de casos da doença no momento.

“Vacinação em massa no sertão paraibano, que passa por um momento muito delicado, com muitos casos de Covid identificados a cada dia, num verdadeiro ‘caos’, é uma iniciativa louvável”, disse Jeová, lembrando que essa semana, em apenas 24h, a cidade de Cajazeiras registrou 90 novos casos da doença.

A Paraíba segue na vanguarda no Nordeste na implantação do Teste Ampliado do Pezinho

Posted on

Mais de um ano depois de virar Lei na Paraíba, a adoção na rede pública de saúde do Teste do Pezinho Ampliado agora passa a ser uma ação adotada pelo Sistema Único de Saúde em nível nacional. Isto porque, foi sancionada nesta quarta-feira (26), a Lei Nº 5043/2020 que amplia o número de doenças detectadas pelo Teste do Pezinho no SUS. No entanto, a Paraíba foi pioneira no Nordeste com essa ação graças à iniciativa do deputado estadual paraibano Jeová Campos, autor de um PL que virou a Lei Nº 11566 e ao empenho da equipe da Secretaria de Estado de Saúde, coordenada pelo secretário Dr. Geraldo Medeiros que, mesmo em meio a pandemia do Covid, não mediu esforços para implantação do teste na rede estadual. “Nosso mandato possibilitou que a Paraíba fosse foi pioneira nesta questão no Nordeste e isso muito nos estimula porque entendo que a política só tem sentido quando muda para melhor a vida das pessoas e um mandato só tem valor quando olha para o futuro, quando deixa um legado de ações que fazem a diferença para a população e a sociedade”, destacou Jeová ao tomar conhecimento da iniciativa do Governo Federal de ampliar o número doenças identificadas através do Teste. Atualmente, apenas seis delas são contempladas na rede pública. Com essa mudança, alcançará até 50 enfermidades.

O deputado lembra que o alcance social desta medida, que já está sendo implementada na Paraíba, e de forma pioneira no Nordeste, é muito importante. “O filho do rico já tinha a sua disposição o teste ampliado porque pode pagar por ele, mas o filho do pobre tinha que se contentar em ter a testagem restrita as seis doenças. Agora, com essa ação que já está sendo implantada na rede pública da Paraíba e que vai se expandir, através do SUS, para todo o país, os mais humildes também serão contemplados”, comemorou o parlamentar, destacando que sua atuação política nos dois mandatos anteriores e no atual, sempre teve um olhar voltado para os mais humildes. “Não esqueço as minhas raízes e sei da importância de ter esse olhar para políticas públicas que façam a diferença na vida das pessoas, especialmente, as menos favorecidas economicamente”, reforçou Jeová, que é filho de agricultores e boa parte da vida foi vendedor de alho na feira livre de Cajazeiras, no sertão paraibano.

Jeová Campos destaca ainda que os equipamentos necessários para realização dos testes na Paraíba já começaram a ser implantados e os treinamentos das equipes responsáveis pela instrumentalização dos testes já foram feitos. “Em breve, teremos o teste ampliado disponível para os filhos dos pobres da Paraíba”, disse ele, lembrando que a demora na implantação dos testes se deveu a uma série de fatores, que passou pela aquisição dos kits, do treinamento de pessoal, da logística de realização do exame, dos equipamentos necessários para a realização dos mesmos, mas, que a Paraíba será o primeiro estado do Nordeste a dispor desse tipo de testagem na rede pública de saúde.

O teste do pezinho ampliado vai tornar possível o diagnóstico precoce de várias patologias, entre elas, a Fenilcetonúria e outras aminoacidopatias, Hipertireoidismo congênito, Hiperplasia Adrenal, Galactosemia, Deficiência de Biotinidase, Toxoplasmose Congênita, Deficiência de G6PD, Fibrose Cística, Anemia Falciforme e outras Hemonoglobinopatias e Leucinos.

Jeová confirma visita técnica às obras da transposição no sertão nesta sexta-feira

Posted on

O deputado estadual Jeová Campos manifestou sua preocupação com o aumento dos casos de Covid no sertão, especialmente, na cidade de Cajazeiras, onde nas últimas 24h foram confirmados 90 novos casos da doença, mas, reiterou que a visita técnica com representantes do Ministério do Desenvolvimento Regional e da Secretaria Nacional de Segurança Hídrica está mantida para depois de amanhã (28). “Não podemos cancelar a visita desta sexta-feira, em função da confirmação de todos os técnicos do governo federal e outras autoridades do RN e da PB e das coisas importantes que serão tratadas, mas, teremos um cuidado especial com as medidas de prevenção onde todos terão a temperatura aferida, receberão álcool em gel, deverão estar de máscaras, assegurando o máximo de segurança nesta atividade promovida pela ALPB em parceria com o parlamento do Rio Grande do Norte”, disse o parlamentar paraibano.

De acordo com Jeová, o momento será histórico e simbólico, além de muito singular. “Essa ação vai coroar uma luta política da ALPB em defesa da construção do canal Caiçara/Engenheiro Ávidos”, destacou ele, lembrando que em 2015, durante uma visita técnica da Frente Parlamentar da Água ao complexo de obras da Transposição em São José de Piranhas e Cajazeiras, identificou-se que não existia nem o projeto do canal Caiçara/Engenheiro Ávidos. “E foi graças a uma mobilização na época, que a obra foi incluída no projeto da Transposição e hoje estamos indo ver essa obra praticamente concluída”, destacou Jeová. Ele disse ainda que essa visita técnica de agora tem também como objetivo de tratar da recuperação da barragem de Engenheiro Ávidos, que vai ser a porta de entrada das águas do Rio Grande do Norte pelo Rio Piranhas.

Ainda segundo Jeová, a visita técnica também será uma oportunidade de reivindicar que o Ramal do Vale do Piancó seja executado pelo Ministério do Desenvolvimento Regional. “Se essa obra continuar na mão do DNOCs ela não sai. A barragem de Engenheiro Ávidos era para ter sido recuperada há mais de cinco anos e esse dinheiro está ai, dentro da estrutura do DNOCs, mas a obra nem teve início ainda”, disse o parlamentar, finalizando sua fala com um ‘Fora Bolsonaro”.

Programação da visita técnica:

* Visita Técnica ao local onde será construído o Reservatório Tambor, no Sitio Redondo, Município de Cachoeira dos Índios, obra esta integrante do Ramal do Apodi, Eixo Norte do PISF, bem como às obras de construção do canal que interligará os Reservatórios de Caiçara e Engenheiro Ávidos, no Município de Cajazeiras, com o objetivo de verificar in loco o andamento dessas obras, e por fim visita ao Reservatório Boa Vista, localizado no Município de São José de Piranhas, conforme cronograma a seguir:

– 08h45 – Encontro inicial das autoridades na sede da Prefeitura Municipal de Cachoeira dos Índios.

– 09h – Visita Técnica ao local onde será construído o Reservatório Tambor, no Sitio Redondo, Município de Cachoeira dos Índios, obra esta integrante do Ramal do Apodi, Eixo Norte do PISF.

– Em seguida Visita Técnica às obras de construção do canal que interligará os Reservatórios Caiçara e Engenheiro Ávidos, no Município de Cajazeiras.

– Finalizando a visita no Reservatório Boa Vista, no Município de São José de Piranhas.

Jeová lamenta veto a projeto de sua autoria e desafia secretário a provar alegada inconstitucionalidade da matéria

Posted on

O deputado Jeová Campos lamentou hoje (26), durante sessão remota da ALPB, o veto do governo ao projeto de sua autoria, que criava o selo ‘Escola de Excelência’ no âmbito das escolas públicas e privadas paraibanas. O PL 2.320/2020, que tinha o objetivo de incentivar melhorias na qualidade da Educação Básica no Estado da Paraíba, foi considerado inconstitucional, pelo ‘vício de iniciativa’. Ao discutir o parecer do veto, o parlamentar desafiou o governo. “Eu não entendo porque a Secretaria de Educação vetou este e também o projeto que incentivava o estudo do Código de Trânsito Brasileiro nas escolas de forma interdisciplinar. Senhor secretário, Vossa Excelência não sabe nem o que é inconstitucionalidade. Me desculpe, mas quem vetou esse projeto da instituição de um selo não entende nada do princípio da administração pública”, disse o parlamentar.

Jeová lembrou ainda que esse projeto não cria cargos, não cria despesa e não onera o erário público. “Eu desafio o secretário Cláudio e toda a sua equipe de juristas para debater comigo a inconstitucionalidade deste projeto. Faço o debate no rádio, aqui na ALPB e em qualquer lugar”, reiterou Jeová, destacando que ao agir desta forma, o governo impede os deputados de legislar e que ele ‘não pode aceitar isso”.

No início de sua fala, Jeová lembrou do projeto aprovado pela ALPB, no início da pandemia, que garantiu às famílias que tinham filhos estudando nas escolas públicas da Paraíba, o direito dos alunos de receber em casa sua alimentação, através de cestas básicas. “Essa decisão foi uma das mais acertadas deste parlamento, dentre todas as medidas definidas durante as ações de enfrentamento da pandemia do Covid, mesmo criando despesa para o Governo da Paraíba”, reforçou Jeová, alegando não entender a razão do veto as suas matérias que não criavam despesa alguma aos cofres públicos.

Jeová lamenta vetos do governo em matérias importantes e que seriam de interesse da população paraibana

Posted on

Se o Governo da Paraíba não tivesse vetado a implantação de uma ferramenta digital de comunicação online de compra e venda de veículos no site do DETRAN, quem comprasse ou vendesse um veículo no Estado iria dispor de uma ferramenta que ia tornar-se um marco temporal para efeito de responsabilidades perante ao DETRAN. Mas, lamentavelmente, o PL 1.495/20, de autoria do deputado Jeová Campos, que foi aprovado por unanimidade pela ALPB, foi vetado pelo Governo. A apreciação do veto aconteceu na sessão remota da ALPB desta terça-feira (25), sendo mantido o veto.

Outra iniciativa do parlamentar, que integra a bancada de situação, também aprovada pela ALPB, foi vetada pelo Governo, recentemente. Trata-se do Projeto de Lei Nº 1336/2019, que sugeria a adoção de atividades pedagógicas interdisciplinares pelas escolas particulares e públicas sediadas no Estado da Paraíba, destinadas a divulgarem o Código de Trânsito Brasileiro.

“Eu só tenho a lamentar que o Governo esteja, nestes e em outros casos, vetando matérias que poderiam melhorar o dia a dia dos paraibanos e que não implicariam em gastos para o Estado. Eu não estou entendendo como projetos tão importantes como esse estão sendo, simplesmente, vetados”, lamentou o parlamentar ao defender a derrubada do veto ao PL 1.495/20, o que não aconteceu pela votação em plenário nesta terça-feira. Outros deputados também se manifestaram na sessão descontentes com os vetos do governo.