Month: novembro 2020

Deputado Jeová se reúne com representantes do Governo para solicitar implantação do Teste do Pezinho Ampliado o mais breve possível

Posted on

As crianças recém-nascidas em unidades da rede estadual de saúde da Paraíba poderão dispor do Teste do Pezinho Ampliado graças a uma conquista capitaneada pelo deputado estadual Jeová Campos, autor do Projeto de Lei de n. 1.721/2018, que virou a Lei 11.566, em dezembro do ano passado. Porém procedimentos diversos, incluindo o processo licitatório para aquisição dos testes e capacitação da rede pública para realização dos exames, atrasaram a efetiva implantação do serviço. Nesta segunda-feira (30), o parlamentar esteve reunido com o secretário estadual de Saúde, Dr. Geraldo Medeiros, também na Secretaria de Administração e ainda com dirigentes do LACEN/PB para solicitar mais agilidade na efetivação desta política preventiva de saúde pública que fará a diferença no futuro de milhares de crianças Paraíba.

“A Paraíba tem a oportunidade de ser pioneiro no Nordeste na implantação deste teste ampliado, seguindo outras localidades, a exemplo de São Paulo, Rio de Janeiro, Minas, Distrito Federal, Porto Alegre e Goiás que já implantaram em suas redes o serviço”, afirma Jeová, lembrando que está dedicando sua Emenda Impositiva, este ano, para implantação e execução da referida Lei.

O deputado lembra que é preciso ter celeridade para que essa política pública de saúde assegure aos filhos e filhas do povo paraibano, nascidos em hospitais e maternidades da rede pública de saúde da Paraíba, o direito ao teste de triagem neonatal, na sua modalidade ampliada. “Com esse teste será possível diagnosticar precocemente várias doenças, proporcionando um tratamento eficiente e imediato. Esses exames hoje só estão acessíveis aos filhos de pais ricos e mais abastados. Eu quero que os filhos dos pobres também tenham acesso a esses exames”, destacou o parlamentar. Atualmente, o teste do pezinho diagnostica apenas nove doenças e com a ampliação ele poderá identificar até 30 patologias.

O teste do pezinho ampliado vai tornar possível o diagnóstico precoce das seguintes patologias: Fenilcetonúria e outras aminoacidopatias, Hipertireoidismo congênito, Hiperplasia Adrenal, Galactosemia, Deficiência de Biotinidase, Toxoplasmose Congênita, Deficiência de G6PD, Fibrose Cística, Anemia Falciforme e outras Hemonoglobinopatias e Leucinos. A Lei estabelece que os testes de triagem neonatal deverão ser aplicados na alta hospitalar, independentemente, das condições de saúde do recém-nascido e que os resultados sejam encaminhados aos pais, num prazo de até 15 dias, a contar da data de coleta do material.

Deputado Jeová Campos propõe instituição de uma política estadual de apoio a Agricultura Familiar

Posted on

A Organização das Nações Unidas (ONU) estima que 80% de toda a comida do planeta seja oriunda da Agricultura Familiar. No Brasil, a atividade envolve aproximadamente 4,4 milhões de famílias e é responsável por gerar renda para 70% dos brasileiros no campo segundo informações do Ministério da Agricultura, Pecuária e Abastecimento (MAPA). Na Paraíba, boa parte dos produtos oriundos do campo vem da agricultura familiar e a depender da iniciativa do deputado estadual Jeová Campos, autor do Projeto de Lei Ordinária-PLO 2264/2020, a agricultura familiar no estado tomará outra proporção. “Estamos propondo a instituição de uma Política Estadual de Apoio à Agricultura Familiar para dar mais respaldo a essa atividade e melhores condições dela se desenvolver na Paraíba”, afirma o parlamentar.

O deputado lembra que no Brasil, a agricultura familiar conta com uma legislação própria e que é considerado agricultor familiar aquele que promove atividades no meio rural em terras de área inferior a quatro módulos fiscais, emprega mão de obra da própria família e tem sua renda vinculada a produção resultante desse estabelecimento. “Criar uma política estadual para esse segmento e ter uma visão de futuro, é estimular a permanência no campo, é gerar renda e emprego fora das cidades, movimentar a economia de uma forma sustentável e, sobretudo, promover o desenvolvimento socioeconômico e cultural das comunidades locais”, reforça Jeová.

Entre os objetivos do PLO está o de apoiar técnica e operacionalmente os agricultores familiares no Estado, promovendo, quando couber, parcerias operacionais para seu desenvolvimento; estimular a inclusão do estudo da agricultura familiar nas Escolas, visando uma mudança de parâmetros de organização da produção e do consumo; promover estudos e pesquisas de forma a contribuir com o desenvolvimento da produção; divulgar as políticas governamentais para o setor; propiciar maior capacitação dos agricultores familiares e estimular a captação e a disponibilização de recursos financeiros destinados a apoiar ações desta Política.

Como atribuições do governo, o PLO estabelece que o Estado deva prestar assistência educativa e técnica aos agricultores familiares; estabelecer incentivos fiscais e financeiros para o desenvolvimento dos agricultores familiares, inclusive mediante a abertura de linhas de crédito específicas e concessão de tratamento fiscal diferenciado, na forma da lei; estimular a inclusão de estudos sobre agricultura familiar nos ensinos fundamental, médio e superior, bem como na educação profissional e tecnológica e proporcionar apoio técnico. “É preciso que o poder público entenda a importância de mais investimentos nesta atividade, até como forma de também fomentar o desenvolvimento e fazer girar a economia além dos centros urbanos”, finaliza Jeová.

UTI Covid de Patos está com 80% de seus leitos ocupados

Posted on

Com 20 leitos de UTI destinados, exclusivamente, para pacientes com Covid, nesta segunda-feira (30), o Complexo Hospitalar Regional Deputado Janduhy Carneiro de Patos (CHRDJC) está com ocupação de 80% de sua capacidade para internação na Unidade de Terapia Intensiva para coronavírus. O boletim do setor de isolamento da unidade aponta ainda que além dos 18 pacientes sob cuidados na UTI Covid, outros oito estão nas enfermarias clínicas do isolamento. O Complexo, que é um dos hospitais referência para casos de coronavírus no sertão, tem 23 leitos de enfermaria.

O diretor geral do Complexo, Francisco Guedes, voltou a faz um alerta sobre o aumento da ocupação dos leitos de Covid da unidade, especialmente, na UTI do isolamento. “Nesta segunda-feira estamos com 18, dos 20 leitos de UTI Covid ocupados e mais oito leitos da enfermaria clínica Covid com pacientes. Mais uma vez fazemos um alerta à população para não relaxar nas medidas preventivas, pois ainda não temos vacina e a única forma de evitar a ampliação do contágio é mantendo a rotina de cuidados de higienização das mãos, do uso da máscaras e, sobretudo, evitar aglomerações. O tempo não é de festas e comemorações, mas de cautela e prevenção”, reforçou Francisco.

Hospital Regional de Patos registra 188 atendimentos e mais 18 cirurgias na Urgência e Emergência durante o final de semana

Posted on

O Complexo Hospitalar Regional Deputado Janduhy Carneiro de Patos (CHRDJC) teve um plantão movimentado entre às 18h do dia 27 de novembro até a meia noite do domingo (29). Neste período, a unidade que integra a rede estadual de saúde, atendeu 188 pacientes e realizou 18 cirurgias, sendo quatro procedimentos de emergência e 14 cirurgias eletivas. O dia de maior movimento foi o sábado (28), quando 89 atendimentos foram realizados na Urgência e Emergência da unidade, seguido do plantão do dia 29, quando foram atendidos 76 pessoas. No dia de menor movimento, na sexta (27) foram atendidos 23 pessoas. Os acidentes de trânsito vitimaram 38 pessoas, das quais 36 envolveram vítimas de motocicletas. No último final de semana os atendimentos/dia da unidade ficaram abaixo da média cotidiana que gira em torno de 100 pacientes.

Na emergência, além dos casos envolvendo os acidentados com motos, os demais principais motivos dos atendimentos da unidade neste final de semana foram de pacientes com dor abdominal, queda da própria altura, sintomas de síndrome gripal, dor de cabeça, dificuldade de respirar, queda de nível, acidentes perfuro cortante, contusões diversas, dor na coluna, reação alérgica, entre outros motivos. Dos pacientes atendidos por acidentes de trânsito, 36 foram com motos, um com automóvel e outro um atropelamento. Das 18 cirurgias realizadas, oito foram de oncologia, cinco de cirurgia geral, três de ortopedia e duas vascular.

A maior demanda de acidentados foi oriunda da cidade de Patos, com 14 casos no total, seguida de Água Branca, Cacimbas, Malta e São José de Espinharas, com três casos cada um destes municípios. Das cidades de Juru, Matureia e São Bento foram encaminhados dois pacientes de cada localidade. O Hospital atendeu ainda pessoas das cidades de Brejo dos Santos, Cacimba de Areia, Nova Olinda, Santa Luzia e Vista Serrana, sendo um paciente de cada uma destas localidades.

Câmara Municipal de Patos outorga Votos de Aplausos à direção do Complexo Hospitalar de Patos

Posted on

Os diretores Geral, Francisco Guedes, e Administrativo, Isabella Cristina dos Santos, foram homenageados essa semana pela Câmara Municipal de Patos e receberam Votos de Aplausos pela gestão do Complexo Hospitalar Regional Deputado Janduhy Carneiro de Patos (CHRDJC). A propositura foi do vereador Ramon Pantera e os Diplomas foram entregues pelo parlamentar nesta quinta-feira (26).

“A homenagem é o reconhecimento público de um belo e competente trabalho dos gestores do Complexo que têm se mostrado competentes profissionais e dignos de estarem a frente de tais cargos. Sendo assim, em nome da população Patoense e da Casa Juvenal Lúcio de decidi reconhecer o empenho que eles têm mostrado à frente da administração da unidade, lembrando que isso reflete na boa prestação de serviços prestados à população”, destacou o vereador em sua justificativa.

Para Francisco, que assumiu a direção geral do Complexo em junho último, receber essa homenagem é muito gratificante. “A gestão de uma unidade hospitalar do porte do Complexo de Patos requer muita dedicação e sobretudo a consciência de que o serviço público precisa ter eficiência e excelência e é isso que buscamos cotidianamente na unidade, que tem uma equipe multiprofissional comprometida e competente. De forma que essa homenagem não é um reconhecimento apenas à direção, mas a todos que integram o Hospital”, destacou Francisco.

A diretora Administrativa, Isabella Cristina, reiterou o compromisso e foco de todos os que integram o Complexo na melhoria contínua da prestação de serviços. “Buscamos no nosso dia a dia melhorar processos, atender bem nossos pacientes em suas demandas, ofertar condições de trabalho dignas, enfim, prestar um serviço de qualidade e eficaz”, disse Isabella, que responde pelo cargo desde maio de 2016.

A pandemia mudou nossa rotina, mas não nossa missão de trabalhar pelo povo paraibano diz Jeová

Posted on

A suspensão de atividades presenciais em plenário e a realização de sessões remotas, por causa da pandemia, não compromete a produção parlamentar dos deputados paraibanos que continuam legislando e trabalhando pela população. O deputado estadual Jeová Campos, por exemplo, somente essa semana deu entrada em quatro requerimentos com solicitações diversas. “Continuamos atuando, legislando, propondo melhorias e ações que melhorem a vida da população paraibana. A pandemia mudou a nossa rotina, mas não nossa missão de defender os interesses do povo paraibano”, destaca Jeová.

Um dos requerimentos apresentados pelo parlamentar essa semana (11.839/2020) diz respeito a uma solicitação aos deputados federais e senadores paraibanos sobre a viabilização de apresentação de emendas ao orçamento da União Federal de 2021 destinadas para a construção do Hospital Universitário do Sertão, na cidade de Cajazeiras. “Esse hospital é um marco na saúde pública no sertão e sem verbas federais não pode ser viabilizado”, destaca ele.

O deputado fez outro requerimento (11.806/2020) que também soloicita a bancada federal paraibana a inclusão de emenda ao orçamento da União Federal, destinada à aquisição de um trator equipado para a associação comunitária Cacimba Nova – Ascocan, situada no município de Conceição. “Esse equipamento fará muita diferença no dia a dia dos agricultores daquela região”, argumenta Jeová.

Já o requerimento 11.748/2020 solicita que sejam enviados ofícios ao Excelentíssimo Senhor Governador do Estado. João Azevêdo, e ao Superintendente do Departamento de Estadas de Rodagem da Paraíba (DER-PB), Carlos Pereira, no sentido de determinarem a realização de serviços de terraplanagem da Rodovia Estadual que liga a Rodovia PB-400 à BR-116, passando pelas localidades do Sítio Riacho do Meio, no município de Cajazeiras, Distrito de Marimbas, Tambor e Sítio Tabocas, localizados no município de Cachoeira dos Índios, terminando no Distrito de Balanças, também no município de Cachoeira dos Índios, estadualizada nos termos das Leis nºs. 9.825/2012 e 10.127/2013. “Essa via tem um trafego intenso e é muito utilizada pela população destas localidades e precisa desta melhoria”, argumenta Jeová.

Muito atento às questões educacionais, o parlamentar também é autor do requerimento 11.749/2020 que solicita que sejam enviados ofícios ao Excelentíssimos Senhor Governador do Estado, João Azevêdo, e ao Secretário de Educação, Ciência e Tecnologia da Paraíba, Cláudio Furtado, no sentido de executarem a construção de um centro de formação de educadores na cidade de Cajazeiras, destinado a capacitação dos educadores da Rede Pública Estadual de Ensino da Nona Gerência Regional de Ensino da Paraíba. “Os educadores do Estado merecem um Centro de Formação em Cajazeiras, para que eles possam desenvolver melhor suas habilidades e ampliar conhecimentos”, finaliza Jeová.

Empresas de transporte do Grupo A. Cândido realizam SIPAT online este ano por causa da pandemia

Posted on

Uma das principais orientações em tempos de pandemia do Covid é que se evite aglomeração de pessoas num mesmo ambiente para evitar que o vírus circule entre elas. Por isso, para preservar a saúde de seus colaboradores, mas manter a realização de eventos corporativos importantes, a exemplo da Semana Interna de Prevenção de Acidentes do Trabalho (Sipat), o Grupo A. Cândido decidiu que realizará a Semana de forma online e unificada. Com a iniciativa, colaboradores de todas as empresas de ônibus do Grupo que atuam nas praças de João Pessoa, Campina Grande e Natal terão acesso remoto a conteúdos sobre saúde, segurança e qualidade de vida. A SIPAT online acontecerá do dia 30 de novembro ao dia 04 de dezembro.

Durante a realização da SIPAT, os colaboradores receberão diariamente um link para assistir a palestra do dia. Segundo a gerente de Recursos Humanos Corporativo, Agerlane Nascimento, o conteúdo estará disponível para todos os colaboradores das empresas de ônibus do Grupo, de forma unificada. “Essa é a primeira vez que as empresas do Grupo realizam uma SIPAT unificada. Antes, cada empresa definia seu calendário de ações, mas, como este ano faremos de forma remota, a unificação se tornou possível”, reforça ela. Para registrar a participação nas palestras, o funcionário deve preencher um campo que aparece no link com dados pessoais, incluindo a matrícula e o nome da empresa ao qual ele é vinculado.

A diretora da Unitrans, uma das empresas de transporte de passageiros que integram o Grupo, cuja sede é em João Pessoa, Lorena Dantas, lembra a importância da realização da SIPAT. “A Semana Interna de Prevenção de Acidentes do Trabalho é extremamente importante tanto para a empresa, quanto para os funcionários, pois é através das atividades desenvolvidas nessa semana, que conscientizamos a todos da importância de prevenir os acidentes de trabalho, tornando o nosso ambiente ainda mais seguro”, reforça ela, que convida a todos para participar das atividades.

Sobre o Grupo A. Cândido

O Grupo A. Cândido é formado por mais de 20 empresas que atuam em diversos setores econômicos, a exemplo de transporte de passageiros, de cargas, de combustível, turismo, fretamento, concessionárias de veículos entre outros negócios. Genuinamente e originalmente paraibano, onde começou suas atividades na cidade de Campina Grande, com o matriarca do Grupo, Sr. Argemiro Cândido (in memorian), a holding atua em quase todos os estados do Nordeste e tem mais de 5 mil colaboradores. Na Grande João Pessoa integram o Grupo as empresas Unitrans, Rodoviário Nordestino, Santa Maria, Unidas Mercedes-Benz e Transnacional Locações.

É uma lógica absurda deste governo entreguista querer privatizar a Transposição e tornar a água mais cara para os mais carentes diz Jeová

Posted on

Defensor do projeto de Transposição, por entender que a interligação das águas do Velho Chico aos rios dos quatro estados do Nordeste beneficiados com a transposição é a redenção da região, o deputado estadual paraibano Jeová Campos, ficou perplexo e indignado quando leu publicações que apontam que o Governo Federal planeja fazer o leilão de concessão da Transposição à iniciativa privada. “Essa é uma lógica absurda, inaceitável, que entrega a iniciativa privada e ao capital especulativo algo tão importante como a água da Transposição. Isso vai tornar a água que seria a redenção dos mais pobres, a garantia de uma agricultura sustentável, um bem extremamente caro e para poucos. Vai entregar de bandeja uma obra grandiosa, realizada com recursos nacionais, de mãos beijadas, tudo em nome do lucro para alguns em detrimento do povo nordestino”, afirmou Jeová.

O parlamentar se refere a notícias veiculadas na Imprensa nacional que dão conta que o governo pretende fazer um leilão de concessão em julho do próximo ano. Para tanto, o governo já faz sondagens com investidores para operarem o sistema que é considerado de alta complexidade. A proposta é que a empresa vencedora do leilão cuide das operações dos reservatórios, estações de bombeamento e dos 477 km de canais que atravessam os estados de Pernambuco, Paraíba, Rio Grande do Norte e Ceará. “O governo justifica a privatização pelo alto custo de manutenção do sistema, mas ignora que foram investidos mais de R$ 10 bilhões na obra que hoje está 97% concluída e que entregar essa gestão para a iniciativa privada é dar de presente ao capital especulativo algo muito precioso e fundamental que é a gestão das águas”, argumenta Jeová.

O deputado lembra que no caso específico das obras da Transposição, a privatização da gestão das águas ainda vai, inevitavelmente, resultar no aumento das tarifas aos consumidores. “Sendo administrado pelo Estado, as recargas de água em açudes de vários Estados não incorreram em cobranças adicionais, mas, com a iniciativa privada esse custo será repassado aos consumidores, além do que o preço final do produto também subirá consideravelmente”, afirma Jeová. Ele lembra ainda que o custo operacional anual do sistema gira em torno R$ 280 milhões que hoje são custeados pelo Tesouro Nacional. “E quando forem custeados pela iniciativa privada, quanto vão cobrar dos consumidores?”, questiona o parlamentar paraibano.

Segundo divulgações na Imprensa, o estudo de modelagem do leilão está sendo elaborado pelo BNDES, cujos contratos de concessão devem durar de 25 a 30 anos e prevê ainda uma cobrança para cada estado beneficiado com as águas da Transposição equivalente ao volume que entrar no sistema de cada um deles. “Ora, além de elevar as tarifas, já que a empresa privada visa lucro, a empresa gestora da transposição ainda cobrará de cada Estado pela água utilizada. É um negócio e tanto. É dar de mão beijada a iniciativa privada e ao capital especulativo algo que é do povo. Isso é um absurdo e devemos lutar contra isso, não bastou a privatização dos serviços de saneamento e da Eletrobras (Chesf), dos Correios e Telégrafos, entre outros e agora o (des)governo Bolsonaro vem com mais essa. Temos que nos mobilizar urgentemente contra isso”, disse Jeová, que vai convocar a bancada federal paraibana e seus colegas parlamentares dos estados nordestinos beneficiados para formarem uma grande frente contra essa iniciativa.

Hospital de Patos comemora o Dia Mundial de Prevenção de Lesão por Pressão com ação com equipe de Enfermagem

Posted on

A lesão por pressão é um dano na pele causado pela pressão exercida em regiões com protuberâncias ósseas ou áreas com dispositivos médicos, por um tempo prolongado o que impede a circulação sanguínea e causa a destruição do tecido. Acomete principalmente pessoas acamadas, cadeirantes ou aquelas com restrições ou impossibilitadas de mudar de posição. A redução desse evento adverso é uma das seis Metas Internacionais de Segurança do Paciente da Organização Mundial da Saúde (OMS). Na última sexta-feira (20), quando se comemorou o Dia Mundial de Prevenção de Lesão por Pressão, a equipe de Enfermagem do Complexo Hospitalar Regional Deputado Janduhy Carneiro de Patos (CHRDJC) participou de uma campanha para lembrar a importância desta prevenção.

Organizado pela Comissão de Proteção e Tratamento da Pele do CHRDJ, a ação aconteceu durante todos os plantões do dia, em todos os postos de Enfermagem. Neles, os profissionais foram abordados e receberam informações e orientações quanto à importância da mudança de decúbito na prevenção da LPP, bem como de demais cuidados com a pele dos pacientes acamados. Como forma de reforço das orientações, foi colocada uma fita rosa no braço de todos os profissionais da Enfermagem da unidade, simbolizando a adesão a campanha: Mude de lado – evite a pressão!

A Presidente da Comissão de Prevenção e Tratamento de Pele do CHRDJC, Aretusa Delfino, reforça a importância das orientações para melhorar, ainda mais, a assistência ao paciente da unidade. “A idéia foi comemorar a data e reforçar com todos da equipe de Enfermagem as ações que devemos adotar no nosso dia a dia para que a LPP seja evitada nos pacientes admitidos no nosso serviço”, reforça ela. Aretusa lembra ainda que cada profissional, a partir das orientações, tornou-se multiplicador desse ato de prover assistência de qualidade aos pacientes atendidos no serviço de saúde do Complexo. “Isso deve ser sistemático em nosso serviço, independente, de data comemorativa”, finaliza Aretusa.

Complexo de Patos está com 75% de sua capacidade de UTI Covid ocupada com pacientes que necessitam de cuidados intensivos

Posted on

O Complexo Hospitalar Regional Deputado Janduhy Carneiro de Patos (CHRDJC), um dos hospitais de referência da rede pública estadual para casos de coronavírus no sertão paraibano, já sente no aumento da ocupação de seus leitos de isolamento o que outras unidades de saúde referência para a doença também registram, ou seja, o aumento do número de casos que precisam de internação hospitalar. Nesta segunda-feira (23), a unidade tem 16 pacientes internados na UTI Covid, o equivalente a 75% de sua capacidade para doentes que precisam de cuidados intensivos, e mais 13 pacientes nas enfermarias clínicas Covid. A unidade tem 20 leitos de UTI Covid e 23 Enfermarias Clínicas destinadas, exclusivamente, para casos de coronavírus.

O diretor geral do Complexo, Francisco Guedes, que vem reiteradas vezes chamando atenção da população para a necessidade de cuidados preventivos, a fim de que se diminua o contágio e, consequentemente, o número de casos da doença, alerta para o perigo dos hospitais colapsarem, caso haja uma alta demanda de pacientes necessitando de internação hospitalar ao mesmo tempo. “Estamos percebendo um aumento do número de casos de Covid em nossa unidade e sabemos que isso não é uma questão isolada, por isso, chamo atenção da população para não relaxar nas medidas preventivas que é a única forma de evitarmos uma grande onda de contágio, já que toda a rede referenciada, pública ou privada, tem um limite de atendimento”, destaca Guedes. Ele lembra que se muita gente procurar o serviço ao mesmo tempo, pode ocorrer que não haja disponibilidade de leitos. “Não é hora de relaxar nos cuidados preventivos”, reforça Francisco Guedes.