Pacientes de Ortopedia e de cirurgias de bucomaxilo passam a ocupar enfermarias do Hospital do Bem para desafogar leitos do Complexo

Pacientes de Ortopedia, do Complexo Hospitalar Regional Dep. Janduhy Carneiro de Patos (CHRDJC), com fraturas em membros superiores de até um osso e também de cirurgias de bucomaxilo, passaram a ocupar as enfermarias disponíveis no primeiro andar do Hospital do Bem, desde a última sexta-feira (23). A iniciativa tem o objetivo de desafogar os leitos do Complexo, reduzindo assim a lotação das Enfermarias da unidade, aproveitar um espaço que estava sendo subutilizado, ofertando conforto e mais leitos para os pacientes de uma forma geral.

A mudança também incluiu a destinação de uma enfermaria infantil, para crianças que sofreram traumas ortopédicos. O objetivo dessa transferência, segundo o diretor geral do Complexo, Francisco Guedes, é ocupar leitos do Hospital do Bem, que estava sendo subutilizado, desafogando, assim, os leitos do Complexo. “Com essa iniciativa a gente passa a ocupar espaços que estavam sem utilização, liberando mais leitos para a população de Patos e região, sem prejudicar o atendimento aos pacientes oncológicos que continuam utilizando os serviços da unidade sem nenhum comprometimento, nem mudança de atendimento”, explica Francisco.

O remanejamento de pacientes do Complexo para as instalações do Hospital do Bem foi uma ação autorizada pela Secretaria de Saúde Estadual como medida para desafogar as enfermarias do Hospital que, nos últimos dias estava apresentando superlotação. “Com essa transferência, as quatro enfermarias do Hospital do Bem, que estavam prontas e sendo subutilizadas, passam a ser ocupadas, disponibilizando, assim, mais leitos para a população no Complexo e sem comprometer os serviços ofertados aos pacientes oncológicos que continuam a ser atendidos em todas as suas demandas de ambulatório, quimioterapia, cirurgias e internação”, reitera o diretor do Complexo.

Elevador

O elevador que irá substituir a plataforma elevatória, hoje utilizada no Hospital do Bem, já havia sido comprado pela OS Santa Casa de Birigui, que administrava a unidade, encontra-se em São Paulo, onde nos próximos dias será transportado para Patos. Segundo o diretor do Complexo, no qual o Hospital está vinculado, o processo de contratação da empresa transportadora do equipamento deve ser concluído essa semana e a expectativa é de que até o final do ano o elevador já esteja disponível para utilização pelos pacientes. “A OS comprou o equipamento, mas não finalizou o processo de transferência e de adequação do equipamento às instalações da unidade o que estamos fazendo agora”, finalizou Francisco Guedes.

Postado em: 26/10/2020, Por : News Comunicação

Deixe uma resposta

O seu endereço de email não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *