Diretor do Complexo de Patos se reúne com secretário de saúde de Patos para debater melhorias no sistema público de saúde da cidade

Referência para mais de 80 municípios do sertão paraibano para casos de Urgência, Emergência e Clínica Medica, o Complexo Hospitalar Regional Dep. Janduhy Carneiro de Patos (CHRDJC) tem recebido uma demanda extra nos últimos tempos que deveria ser absorvida pela rede pública municipal, mas, que está sendo direcionada para o hospital do Estado. Essa situação recorrente tem superlotado a emergência do Complexo o que, eventualmente, provoca a retenção de macas do SAMU em função da indisponibilidade de leitos. Foi para conversar sobre essa questão e buscar soluções conjuntas para melhorar o atendimento à população, que o diretor geral do CHRDJC, Francisco Guedes, se reuniu nesta quinta-feira (08), com o secretário municipal de saúde de Patos, José Francisco.

Um dos principais pontos de pauta da reunião, segundo Francisco Guedes, foi a questão das macas retidas no hospital. “O secretário municipal está sensível a situação do Complexo, entendendo que nós temos suportado todo o gargalo da região, inclusive da cidade de Patos, que enfrenta grandes desafios na atenção básica, o que termina, inevitavelmente, sobrecarregando os serviços do hospital”, disse Francisco Guedes. Inda segundo o diretor do CHRDJC, Estado e Município farão ações conjuntas para fortalecer o atendimento dos serviços públicos de saúde em Patos, a fim de que os pacientes que hoje são atendidos na área verde do hospital possam dispor de atendimento nas unidades de saúde municipais, diminuindo o fluxo no Complexo.

Segundo o secretário, o município tem conhecimento da grande demanda de Atenção Básica que tem sido direcionada para o Complexo e está buscando soluções para resolver essa questão e melhorar os serviços municipais. “Há quatro meses, desde que assumi, venho trabalhando e buscando soluções que fortaleçam os serviços de Atenção Básica do município, com a reabertura de PSF’s, a fim de assegurar à população uma assistência melhor e, consequentemente, reduzir esse direcionamento que hoje está indo para o Complexo”, disse o secretário.

Nos próximos dias, o diretor do CHRDJC pretende se reunir com outros secretários municipais com o mesmo intuito. “A ideia é conversar com secretários de outros municípios para planejarmos ações conjuntas a fim de estabelecer parcerias que melhorem o serviço de Atenção Básica à população e, consequentemente, diminua os atendimentos de pessoas que deveriam estar em UPA’s ou PSF’s, mas hoje são atendidas pelo Hospital”, finalizou Francisco Guedes.

Postado em: 10/10/2020, Por : administrador

Deixe uma resposta

O seu endereço de email não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *