Após transição novo diretor do Complexo de Patos se reúne com equipe da SES para debater ações de melhoria para a unidade

Com apenas quatro dias, efetivamente, à frente da direção geral do Complexo Hospitalar Regional Deputado Janduhy Carneiro de Patos (CHRDJC), o novo gestor da unidade, o administrador, Francisco Guedes, já imprimi um ritmo de trabalho bem dinâmico. Essa semana, de segunda a quarta-feira, ele passou pelo processo de transição, conhecendo detalhes técnicos e operacionais do Complexo, recebendo da ex-diretora, Liliane Sena, todas as informações sobre o funcionamento e dinâmica do hospital. E ontem (24), ele se reuniu com técnicos da Secretaria Estadual de Saúde para debater ações de melhoria para o Complexo.

“Como o Complexo é uma unidade referência para mais de 80 municípios do sertão, a dinâmica do hospital não é simples, envolve mais de 700 funcionários, mais de 100 atendimentos/dia em média, diversas cirurgias e procedimentos, então é um hospital que requer uma administração ágil e com um olhar voltado para processos de melhoria contínua e é, justamente, isso que eu quero continuar fazendo. Meu ritmo de trabalho em Patos não será diferente do que foi em Queimadas, onde imprimimos uma administração que fez a diferença na melhoria de processos e, consequentemente, na própria dinâmica de atendimento aos pacientes e aperfeiçoamento de serviços”, destaca Francisco Guedes.

Como sugestões de aperfeiçoamento, o novo diretor já vislumbra algumas ações como melhorar o fluxo na Área Amarela da unidade, a ampliação dos leitos de UTI para atender as cirurgias aproveitando alguns leitos da UTI Covid que, em breve, deverão ser desativadas no isolamento para serem utilizados com pacientes de outras demandas. “Atualmente, o Complexo dispões de seis leitos de UTI geral e 20 leitos de UTI para pacientes Covid. A proposta é direcionar alguns destes leitos de UTI Covid para ampliar nossa capacidade de atendimento aos demais pacientes”, afirma Francisco, lembrando que isso, inclusive, já havia sido previsto pelo secretário de Saúde, Dr. Geraldo Medeiros.

Na reunião desta quinta-feira, na Secretaria de Estado da Saúde (SES), Francisco estava acompanhado da chefe do Núcleo Financeiro de Queimadas, Daniele Farias, da Coordenadora de Compras do Hospital de Queimadas, Sandra Martins e da coordenadora do Setor de Compras do Hospital Regional de Queimadas, Suênia Monteiro, que darão um suporte técnico ao novo gestor durante esse período de transição. Francisco era o diretor geral do Hospital de Queimadas, antes de assumir a direção geral do Complexo de Patos, e ficou conhecido naquela unidade como um gestor firme, extremamente rigoroso com os processos, mas, uma pessoa aberta e receptivo a sugestões de melhorias e que estimula o trabalho em equipe por entender que a parceria e união de forças são essenciais para o sucesso de qualquer negócio.

Postado em: 25/09/2020, Por : News Comunicação

Deixe uma resposta

O seu endereço de email não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *