Complexo Hospitalar de Patos realiza ação educativa para colaboradores trabalharem melhor o estresse na pandemia

Diante da situação de pandemia que o mundo vive há meses, é inevitável o sentimento de insegurança, incerteza e, principalmente, ansiedade. Isso em qualquer ramo de atividade, imagina no setor de saúde, onde as atribuições dos profissionais estão diretamente ligadas a essa questão. E foi para ajudar os colaboradores do Complexo Hospitalar Regional Deputado Janduhy Carneiro, de Patos, a superar esse momento que o setor de Psicologia realizou, nesta segunda-feira (10), uma atividade cujo objetivo foi orientar os profissionais da unidade a controlar a ansiedade, trabalhando acolhimento, autocuidado, saúde mental e física. A ação foi coordenada pela psicóloga Pryscila Guedes e incluiu abordagens e distribuição de material educativo.

            “A demanda de funcionários com questões ligadas a ansiedade aumentou, o que é perfeitamente natural na atual conjuntura e diante de tais colocações, elaborei um material para distribuir não só com os profissionais de saúde, mas também com todos os nossos colaboradores envolvidos nessa luta contra o Covid-19”, explica a psicóloga.  O material reúne sete dicas de como controlar a ansiedade, destacando a importância do cuidado com a saúde mental durante períodos de grande estresse como o que se vive nesta pandemia.

            Entre as dicas destaca-se a que orienta a pessoa a estabelecer limites para as notícias que consome. “Apesar de ser importante nos manter informados, monitorar isso constantemente não nos faz bem. Permitir-se fazer pausas é importante”, reitera a psicóloga, lembrando que é fundamental que se busque informações de fontes oficiais, evitando fake News e orientações em grupos que não trazem informações científicas. Uma outra dica é o cuidado que cada um deve ter em si próprio. “O Auto cuidado inclui focar nas coisas que você pode controlar, como comer e dormir bem, fazer coisas que dêem prazer. Caminhar, meditar, se exercitar tem um impacto positivo nos sentimentos”, reitera Pryscila.

            Aceitar os próprios sentimentos também é salutar em períodos de grande estresse destaca o material distribuído. “É natural ficar estressado, ansioso e facilmente chateado passando por todo um espectro de emoções em pouco tempo. É, portanto, importante permitir-se parar para entender as próprias emoções e sentimentos e expressá-los. Começar um diário e colocar no papel o que se está sentindo pode ajudar”, orienta a psicóloga. E por fim, quando não estiver conseguindo manter o equilíbrio, destaca a última dica do material educativo, não hesite em procurar ajuda de um profissional. “É importante que as pessoas entendam que é normal não se sentir 100% nesse momento. afinal, vivemos um tempo de muitas incertezas e angústias. Procurar um psicólogo e fazer uma terapia pode ajudar a entender melhor o que se passa e trabalhar emoções, sentimentos e comportamentos”, reitera Pryscila Guedes.

Todos os setores foram contemplados com a ação educativa Profissionais de todos os setores receberam o material educativo Os funcionários receberam orientações de como lidar com o estresse em tempos de pandemia Os funcionários receberam orientações (1) Os funcionários foram orientados a como aliviar a tensão em momentos de pandemia Os funcionários receberam orientações  e material educativo A ação também contemplou os funcionáros do Hospital do Bem que integra o Complexo A ação educativa conteplou todos os setores do hospital

Postado em: 11/08/2020, Por : News Comunicação

Deixe uma resposta

O seu endereço de email não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *