Alunos do GEO recebem medalha de Prata da OPM em cerimônia na reitoria da UFPB

Motivo de orgulho para a família e a escola, os alunos do GEO, Mateus Farias de Oliveira, do 6º Ano do Fundamental, e José Natanael Barbosa, da 3ª Série do Ensino Médio, receberam, nesta segunda-feira (25), medalhas de Prata da Olimpíada Pessoense de Matemática – OPM. A cerimônia aconteceu no auditório da Reitoria da Universidade Federal da Paraíba – UFPB e reuniu medalhistas de níveis I (5º e 6º anos), II (7º e 8° anos) e III (9º ano, 1ª, 2ª e 3ª séries do EM). A competição, que está em sua 29ª edição, teve mais de mil estudantes escritos e 47 escolas particulares e públicas participantes. Ela é organizada pelo Centro de Ciências Exatas e da Natureza – CCEN.

Os alunos medalhistas estiveram presentes na solenidade acompanhados por pais e pelos professores Paulo Henrique, responsável pelo projeto de Olimpíadas do Conhecimento no GEO, e Bernardo Lúcio, que ministra aulas de Matemática para os alunos do GEO. Paulo César, que é professor de Física da UFPB e pai de Mateus Farias, disse estar muito orgulhoso do filho e acrescentou que essa é uma escolha dele, tendo em vista que mesmo sendo filho de professor da área de exatas, nunca foi cobrado que ele se destacasse, nesse caso, em Matemática ou qualquer outra disciplina afim.

“É muito bom ter um filho assim. E percebemos que é algo espontâneo dele nesse interesse pela Matemática. Claro, ele tem um espírito competitivo, mas, acima de tudo, ele é curioso e tem facilidade de aprendizagem”, comentou Paulo, que foi ao evento com Mateus e seu outro filho, Lucas, irmão de Mateus. “Estamos todos muito orgulhosos dele que também já venceu outras medalhas, a exemplo da Olimpíada Paraibana de Informática e brasileira de Astronomia, que também levou prata”, destacou o irmão.

Mateus e Natanael são grandes campeões que não vão parar por aí. “Natanael já vem participando e se destacando em olimpíadas e Mateus também. Tanto é que Natanael, que está na 3ª série, vai seguir pelo caminho das Engenharias. Já decidiu. Já Mateus, vai continuar fazendo, participando, afinal, ele está apenas no 6ºAno.”, disse o professor Paulo Henrique, coordenador do projeto das Olimpíadas do Conhecimento no GEO. E Mateus confirma: “Não vou parar. É muito bom ser reconhecido pelo meu esforço e ter professores tão atenciosos”, afirmou ele, agradecendo o apoio do GEO.

A escola, segundo o professor de Matemática Bernardo Lúcio, oferece aulas no contra turno dos alunos que queiram participar das olimpíadas, não só de Matemática, mas de qualquer área. “Temos sempre aulas na parte da tarde para que eles possam desenvolver o conteúdo. É sempre muito bom porque a ideia é despertar o interesse deles pela Matemática e temos conseguido porque eles estão sempre demandando mais e mais do professor e isso é realmente gratificante”, avaliou o professor.

A abertura da solenidade foi feita pela Orquestra de Cordas do Instituto Federal da Paraíba – IFPB com uma apresentação que homenageou o centenário de Jackson do Pandeiro. A mesa em seguida foi formada pela reitora da UFPB, Margareth Diniz; pelo coordenador da pós-graduação em Matemática, o professor doutor, Fagner Araújo; o Chefe do Departamento de Matemática, o professor doutor, Bruno Ribeiro; e a coordenadora do curso de Graduação de Matemática e responsável pela OPM, a professora doutora Miriam da Silva.

Postado em: 26/11/2019, Por : News Comunicação

Deixe uma resposta

O seu endereço de email não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *