Pais e filhos do GEO Tambaú vivem momentos inesquecíveis com sessão exclusiva de ‘O Pequeno Príncipe’

Pais e filhos do Colégio GEO Tambaú tiveram um encontro especial, nesta sexta-feira (30), com o enredo de um dos livros mais traduzidos no mundo: “O Pequeno Príncipe”, obra do escritor francês Antoine de Saint-Exupéry. A história ganhou uma adaptação especial para os palcos produzida pelo Grupo VemArt, de Fortaleza, exclusiva, em Homenagem aos pais dos alunos. A iniciativa fez parte do projeto “Dia da Família II” que chegou ao seu fim agora em agosto.

Na abertura do evento, o diretor do GEO Sul, o professor Roberto de Oliveira, parabenizou a todos os pais pelo seu empenho em ser sempre o melhor e pediu que cada filho se dirigisse ao seu pai e dissesse: “Tu me tornas eternamente responsável por me amar”. Foi uma forma de introduzir e adiantar as lições que a peça iria apresentar a todos. Por último, ele apresentou o novo diretor do GEO Tambaú, Danilo Abdala, que se colocou à disposição de cada pai e mãe do GEO. “Sou educador e pai, então, conheço bem as dúvidas e angustias de vocês. Chego para agregar e conto com vocês nesta jornada”, comentou o dirigente.

O convite da sessão exclusiva de “O Pequeno Príncipe” foi direcionado aos alunos do Geozinho (Ensino Infantil e Fundamental I) e teve o objetivo de trabalhar lições relativas aos valores humanos, assim como a famosa frase da obra ‘Tu te tornas eternamente responsável por aquilo que cativas’. Antes de o grupo VemArt ganhar o palco, porém, a Coordenadora da Educação Infantil e Ensino Fundamental I. Railda Azevedo, agradeceu a todos pela presença e chamou as crianças para darem as boas-vindas aos seus pais com exposições de música e de teatro.

Nessas apresentações, os pequenos destacaram temas que também foram tratados na peça como a importância do carinho, da amizade, dos laços afetivos na família. A primeira foi uma encenação do Ensino Fundamental onde as crianças falaram da importância do abraço. Na ocasião, o Ensino Infantil cantou a música “Cativar”, d’O Pequeno Príncipe. Por fim, foi a vez da aluna Lílian Gabriela e a professora Michele arrancar aplausos do público ao apresentarem a música “Trevo de quatro folhas” de Ana Vitória e Tiago Iorc.

Após as exposições dos alunos, as luzes foram apagadas e a equipe VemArt entrou em cena com seu texto, figurino e cenário. Encenaram o texto destacando a sensibilidade e a visão poética sobre a vida e as relações, que é um dos pontos fortes da obra de Saint-Exupéry. A montagem salientou que a necessidade de cativar uns aos outros, mas que só se pode exigir do outro aquilo que ele pode dar.

A peça trouxe um mundo de fantasia com sua estética visual rica, colorida, capaz de despertar a imaginação das crianças e emocionar aos adultos. Assim como a obra literária, a peça se comunica com o público de todas as idades exemplo disso foi a reação dos pais após o espetáculo.

Bruno Wanderley, pai de Júlia, do 1º Ano, e Davi, do Infantil III, afirmou que a escolha da peça foi extremamente acertada. “A peça é acolhedora, nos transmite uma mensagem de resgate de nossa humanidade, nos dá lições que temos que ensiná-las a nossos filhos para que eles possam ser felizes dando valor às relações, ao afeto à família”, comentou.
O pai de Caio, do 5º Ano, e de Daniel, do Infantil V, Thiago Queiroga, elogiou a iniciativa do GEO. “Foi muito bom vim aqui e ter esse momento com meus filhos. Foi muito bonito. E outros pais, como Anderson Rangel, pai João Gabriel, do 4º Ano, também compartilharam a mesma opinião. “Foi muito bacana a ação do GEO. Trouxe minha esposa, mãe também”, frisou ele.

Postado em: 06/09/2019, Por : News Comunicação

Deixe uma resposta

O seu endereço de email não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *