Jornal Institucional: Qual a importância deste material na assessoria de imprensa?

 

Quando uma empresa contrata uma assessoria de imprensa, independente do seu porte, provavelmente está buscando melhorar sua comunicação interna ou externa. Diante da abrangência de possibilidades de serviços que o assessor pode oferecer ao cliente, levando em conta suas necessidades e prioridades, alguns materiais informativos podem ser utilizados para este tipo de comunicação, por exemplo, os jornais institucionais.

O jornal institucional é um informativo direcionado ao público interno de uma instituição, seja pública ou privada, visando evidenciar as áreas e serviços oferecidos pela empresa, além de divulgar informações importantes (eventos, prêmios, reuniões, ações corporativas, etc). Os jornais podem ser impressos ou virtuais, na internet e intranet. A produção de jornal mural também faz parte do jornalismo institucional.

Muitas organizações acabam se esquecendo da importância de trabalhar não apenas a comunicação externa, mas também a interna. Os stakeholders não fazem parte somente do público consumidor. Funcionários, gestores, fornecedores, entre outros colaboradores, são considerados público de interesse.

Por que o assessor deve apostar na produção de jornais institucionais para alguns clientes?

O papel do assessor de imprensa é melhorar a comunicação nas empresas e fortalecer sua marca no mercado. Desta forma, ao analisar o perfil do assessorado e quais estratégias comunicacionais podem ser empregadas, torna-se relevante a necessidade de atuar com diversas ferramentas, como internet (sites, redes sociais), relacionamento com a imprensa e a produção de materiais informativos que contribuem no processo de qualificação da imagem do cliente.

A divulgação de um jornal institucional é capaz de ser mais ampla do que a circulação interna. Exemplo: O informativo pode ser entregue pelo funcionário aos familiares e amigos. Por isso, é importante explorar pautas que se relacionam com a instituição, e também assuntos de interesse público que podem ser consumidos por terceiros, sendo uma forma de divulgação da empresa na comunidade.

Geralmente, a periodicidade do jornal se concentra na produção mensal, bimestral ou semestral, dependendo da quantidade e necessidade de conteúdos para publicação. O assessor não pode se limitar apenas aos meios tradicionais de trabalho, mas deve apostar em outras estratégias que trazem benefícios e visibilidade corporativa.

Você, assessor de imprensa ou estudante de comunicação, gostou do artigo? Deixe o seu comentário abaixo.

Artigo escrito por Renan Watanabe – Jornalista (MTB: 82.179/SP) – Ingrediente Comunicação

Postado em: 02/09/2019, Por : administrador

Deixe uma resposta

O seu endereço de email não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *