Quais as melhores Redes Sociais para anunciar este ano?

Novas redes sociais surgem e desaparecem toda semana, algumas sem sequer ganhar visibilidade. O ideal é começar com as plataformas mais populares, já que elas já estão estabilizadas e tem sistemas de rentabilidade funcionais e, assim que você tiver tudo planejado, pode alocar uma parte pequena do seu orçamento em campanhas mais experimentais. Neste ano, há 5 canais sociais nos quais você pode seguir estratégias testadas e gerar ROI consistente. Essas são as melhores plataformas para investir sua verba de anúncios no momento: Facebook Instagram Twitter Pinterest LinkedIn Os benefícios de anunciar nas redes sociais incluem: Aumentar sua base de seguidores; Usar conteúdo personalizado para clientes nos seus anúncios (e garantir desempenhos melhores!) Melhor segmentação e maior recorrências de compras (garantindo gastos menores) Testes A/B na ponta dos dedos, usando relatórios da plataforma para determinar os mais eficazes Uma das coisas mais fascinantes sobre anúncios nas redes sociais é que, virtualmente, não há limites para a sua habilidade de crescimento. Você não precisa esperar alguém pesquisar as palavras-chave que você escolheu. Você não precisa esperar alguém encontrar sua promoção ou ler o seu blog. Se você quiser alcançar 50.000 pessoas em um dia, você pode (se tiver o orçamento para isso, claro). Mas, antes disso, é preciso escolher em quais redes sociais anunciar. Para isso, considere esses 3 fatores ESSENCIAIS: Onde está concentrada a maior parte do seu público (uso, grupos, etc.) Onde o público-alvo é mais acessível (mídia preferida, segmentação, etc.) Onde o público-alvo se envolve mais ativamente com anúncios (testes são necessários) Para obter sucesso nas suas campanhas, você precisa apresentar uma oferta atraente em locais que as pessoas realmente tenham acesso à ela. Quando você adiciona o elemento de anúncio nisso, você também precisa achar uma plataforma que permita interação com ads. Vamos olhar atentamente as possibilidades de anúncios nas redes sociais e apresentar prós / contras, para ajudar você a decidir onde investir seu tempo e dinheiro.

1. ANÚNCIOS NO FACEBOOK O Facebook, atualmente, é a rede social UNIVERSAL. Com mais de 2 bilhões de usuários mensais, a rede social abriga ¼ da população do mundo, dando aos anunciantes uma oportunidade única de alcançar qualquer um e todo mundo.   Quando é hora de usar o Facebook Em se tratando de e-commerce, o Facebook é o cara certo para geração de leads. Se você quer endereços de e-mail, ele é o que você precisa, com custos abaixo de $ 1 por lead. O modelo mais comum de anúncios no Facebook é inserir anúncios que levam direto para uma landing page de alta-conversão, oferecendo uma variedade de brindes ou pacotes de produtos para atrair leads. Exemplos comuns de conteúdos oferecidos nessas campanhas nas redes sociais: Whitepapers; E-books; Cupons de desconto em compras de produtos; Descontos no site; Ofertas por tempo limitado; Brindes e sorteios; Frete grátis. Esses leads podem ser “nutridos” com um e-mail automático que os apresenta à sua marca e produtos. A empresa Expression Fiber Arts está fazendo um ótimo trabalho nessa área –– oferecendo produtos grátis, downloads e descontos para seu público. Com isso, eles ganharam R$ 1.000.000 em vendas anuais em apenas 2 anos. Muitos e-commerces também usam pacotes de produtos para agregar valor e ganhar conversões imediatas. O Facebook permite uma segmentação mais avançada do que em qualquer outra plataforma. Anunciantes podem atingir pessoas por localização, cargo, interesses, atividades e muitos outros critérios valiosos.

2. ANÚNCIOS NO INSTAGRAM Enquanto o número de usuários do Facebook é impressionante, tornando-o incontestavelmente o rei das redes sociais, o Instagram está aos poucos se tornando o rei dos anúncios em redes sociais. O Instagram agora tem mais de 500 milhões de usuários ativos, e lidera com as maiores taxas de engajamento de todas as redes sociais, 58% do que o Facebook e 2.000% mais altas que do Twitter.   Quando o Instagram te ajuda a brilhar? O Instagram, como todo mundo sabe, é uma plataforma de fotos e vídeos. Sendo assim, anúncios visualmente atraentes ou que podem incorporar elementos visuais em suas campanhas têm melhores desempenhos nesse canal. Também é válido notar que a base de usuários do Instagram abrange principalmente a faixa etária dos 18 a 29 anos, principalmente mulheres e minorias. Se alguma dessas características se alinha melhor com seu público-alvo ou persona, grandes chances do Instagram ser a melhor escolha para o seu negócio. Ao contrário das publicações comuns, os anúncios no Instagram podem redirecionar usuários para uma página de produto ou landing page, permitindo engajamento direto com seus produtos.   Como os anúncios são cobrados no Instagram Em média, os custos de anunciar no Instagram estão na mesma faixa do Facebook, com taxas aproximadas de R$ 15 por mil impressões (CPM). Apesar do preço similar, as pesquisas mais recentes mostram que o Instagram traz muito mais resultados do que o Facebook quando o quesito é engajamento. Por exemplo, a Victoria’s Secret percebeu uma média de 2.078 curtidas em cada post no Facebook contra 283.030 no Instagram. Variações similares foram notadas nos perfis de marcas como Mercedes Benz, McDonald’s e Playstation.

3. ANÚNCIOS NO TWITTER O Twitter revolucionou a distribuição de notícias e oferece uma conexão incomparável tanto com usuários de um certo nicho, como influenciadores da mídia. Com mais de 328 milhões de usuários ativos mensais, ele continua sendo uma das redes mais populares.   Quando o Twitter te ajuda a brilhar? Bom, não são bem os anúncios do Twitter que são um sucesso… Ao contrário do Facebook, o Twitter ainda é uma rede viável para engajamento orgânico. As marcas não precisam pagar para alcançar seus seguidores, o que aumenta o valor da plataforma ao produzir anúncios pagos. Em média, usuários do Twitter fazem compras na internet 6,9 vezes por mês, enquanto não usuários, apenas 4,3 vezes. E boas novas pra pequenos negócios: o Twitter relatou que 60% dos usuários da plataforma compram de pequenos e médios negócios. As lojas onlines de hoje usam os anúncios do Twitter para criar Brand Awareness e promover produtos específicos com conversões diretas. O modelo mais comum são os “cards” do Twitter, com menos de 100 caracteres e mostrando variedades de mídias.   Como os anúncios são cobrados no Twitter Em média, mil impressões (CPM) no Twitter costa entre R$30 e R$ 33, enquanto cliques custam entre 67 a 90 centavos cada. Campanhas otimizadas trazem níveis similares de engajamento com uma diferença minúscula de preço. O custo de anúncios no Twitter aumentaram com certa frequência nos últimos 2 anos por conta do interesse crescente dos publicitários na plataforma, mas ainda é considerado pouco utilizado para anúncios.   Tipos de campanhas de anúncios no Twitter Há 4 tipos de campanhas que você pode realizar no Twitter: Promover perfis Promover tweets Promover trending topics “Cartões” de websites   Táticas avançadas de anúncios no Twitter Use imagens relevantes e convincentes que dêem contexto para o público, que tenha conexão com sua marca e chame atenção. Rich media é obrigatória no Twitter. Segmente bem para os produtos ou imãs de leads que você escolher promover. O Twitter requer uma abordagem mais focada do que qualquer outro canal. Use um call-to-action de “Compre já” para levar leads quentes diretamente para o seu website ou loja. É importante ressaltar que os anúncios no Twitter funcionam melhor levando para páginas de produtos, descontos ou ofertas específicas. Conquiste engajamento diretamente com o anúncio. O Twitter é perfeito para conexão direta entre marcas e consumidores. Tire proveito disso nos seus anúncios. Priorize a brevidade: no anúncio, na landing page, na oferta, etc. Afinal, os tweets tem 240 caracteres.

4. ANÚNCIOS NO PINTEREST O Pinterest é único. É visual, como o Instagram, mas altamente direcionado para o público feminino, com uma base de usuários com 81% de mulheres. Com 175 milhões de usuários mensais, é também uma plataforma impressionante para anúncios.   Quando o Pinterest te ajuda a brilhar O Pinterest é uma plataforma reconhecidamente forte para ajudar nas vendas de e-commerces. O engajamento é alto. As imagens geralmente são criadas em torno da criação de produtos personalizados. Os usuários intencionalmente usam a plataforma para encontrar e comprar produtos criativos. Pins promovidos se misturam com as pastas de usuários, sem se tornar distrações nem incomodar usuários da plataformas, como em outras redes sociais. A demografia do Pinterest sugere que produtos direcionados a mulheres da geração millennial se sairão muito bem, e estudos na área só comprovam isso. As lojas são as que mais podem aproveitar o valor da ferramenta de pesquisa altamente segmentada do Pinterest, e usar os ads para promover sua marca e produtos. Esse processo é garantido escolhendo um pin de alta performance e promovendo-o baseado no engajamento ou em visitas para sua loja. Os pins promovidos então são posicionados em posições mais relevantes nas pesquisas e se tornam mais visíveis para usuários que estejam navegando e procurando por palavras-chaves relacionadas a sua marca ou itens promovidos.   Como os anúncios são cobrados no Pinterest Dados de anúncios no Pinterest são mais difíceis de achar do que de outras plataformas. Não faz muito tempo que os ads custavam entre R$ 60 e R$ 120 por cada mil impressões, e eram disponíveis só para grandes marcas. Porém, estudos recentes apontam que usuários estão recebendo taxas mais acessíveis, com um usuário citando um CPM de R$ 18 e um CPC de R$ 5,16, o que coloca o Pinterest pau a pau com outras plataformas.   Táticas avançadas de anúncios no Pinterest Criatividade vende. Os usuários estão procurando ideias no meio de centenas de milhares de pins, que mudam toda hora. Se você quiser ser notado, precisa se destacar, seja por criatividade ou por grande capacidade de atrair a atenção. Foque em tendências. O que a concorrência está postando? Que pesquisas estão em alta? Quais produtos estão na moda? Crie engajamento com seus seguidores. “Pine” o post de seus fãs e use pins curados para expandir seu público e alcançar novos usuários. Seja detalhado. O Pinterest é, em sua essência, uma ferramenta de busca. Incluir descrições longas e completas com keywords e hashtags vai te ajudar a ir além. Ah, e seja bastante intencional em relação a onde o link dos seus pins levam os usuários. Landing page? Oferta? Página do produto? O destino final dos que clicam é importante para determinar se o clique é um desperdício de venda ou se converterá a visita em uma venda.

5. ANÚNCIOS NO LINKEDIN O LinkedIn é outra rede social com características únicas, pois é focado principalmente no mercado B2B. O LinkedIn estimou ter 227 milhões de usuários mensais ativos, quase igualmente divididos entre mulheres e homens. 61% dos usuários estão entre a faixa etária dos 30 aos 64 anos.   Quando os anúncios no LinkedIn te ajudam a brilhar O LinkedIn é onde você tende a encontrar leads e clientes com maior rendimento médio disponível, com 75% dos usuários com renda mensal média de R$ 12.000 ou mais. Você também tende a encontrar os leads mais qualificados, especialmente em indústrias específicas. Ao contrário da maioria das outras redes sociais, que performam melhor em anúncios B2C, o Linkedin satisfaz especialmente para aqueles que querem anunciar para B2B em campanhas de marketing para social media. Na verdade, as indústrias que mais vêem sucesso no LinkedIn são recrutadores, instituições de ensino médio / superior, produtos e serviços para clientes-finais B2B.   Como os anúncios são cobrados no LinkedIn? O custo médio por clique (CPC) varia de R$ 6 a R$ 21, e podem chegar a R$ 33 ou R$ 36.   Tipos de anúncios no LinkedIn Há 3 tipos de anúncio no Linkedin: Conteúdo patrocinado Mensagens patrocinadas Anúncios em texto   Táticas avançadas de anúncios no LinkedIn Meça a performance dos seus anúncios religiosamente e descarte quaisquer anúncios com menos de 0,1% de taxa de clickthrough. Se você atingir 1% ou mais, escale esses ads! Enquanto a segmentação do Linkedin pode parecer primitiva perto do Facebook ou Instagram, a habilidade de escolher entre empresas, tamanho de empresas, cargos, localizações, níveis, idade, educação e habilidades pode ser altamente eficaz para propósitos B2B. Abuse desse poder! Os usuários do Linkedin preferem anúncios mais curtos e diretos do que os do Facebook. Foque em problemas profissionais e desafios. Todo mundo está tentando se destacar. Você pode ajudá-los? Muito do valor do LinkedIn está no grupo. Encontre formas de alcançá-los também em suas campanhas.

Resumindo Não há forma melhor de realizar estratégias de marketing online para sua loja, produto ou serviço do que com anúncios nas redes sociais. Nenhum outro meio consegue entregar resultados tão consistentes, escaláveis e de qualidade de leads e clientes de um dia para o outro com esse custo-benefício. Então, escolha sua plataforma, crie campanhas, e conquiste seus resultados.

Postado em: 20/05/2019, Por : administrador

Deixe uma resposta

O seu endereço de email não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *