Diretoria do Hospital do Bem se reúne com representantes da SMS de Patos para tratar de regulação de pacientes

 

 

O secretário de Saúde de Patos, Davi Nunes e a coordenadora de regulação do município, Yara Rayane se reuniu com Liliane Sena, diretora geral do Hospital do Bem – Unidade de Oncologia do Sertão, que integra o Complexo Hospitalar Regional Deputado Janduhy Carneiro de Patos, nesta quarta-feira (16). Em pauta a regulação de pacientes  para atendimento e investigação da doença, além da realização de exames no Centro de Imagem do Hospital Regional. A coordenador de Enfermagem da unidade, Aretusa Delfino também participou da reunião.

Liliane Sena reiterou, na ocasião, que o Hospital do Bem é uma unidade de saúde que só trabalha com regulação. “Para o paciente ser atendido aqui é necessário que ele seja encaminhado via Secretarias Municipais de Saúde, por meio de regulação da Secretaria Estadual de Saúde, que é a gestora do hospital. Esse esclarecimento se faz necessário porque não adianta o paciente se dirigir à recepção da unidade, querendo atendimento de imediato, porque isso não é possível”, reforçou a diretora.

No Hospital do Bem os atendimentos ambulatoriais e sessões de quimioterapia funcionam de maneira regulada. No caso de atendimento a urgências oncológicas, os pacientes podem procurar a emergência do Complexo Regional. Segundo Liliane, essa regulação para ambulatório e quimioterapia se faz necessária pela complexidade e particularidade dos tratamentos oncológicos.

Durante a reunião ficou acordado que, em breve, o Hospital realizará reuniões de matriciamento com a oncologista Nayhara Castro, com as equipes de saúde da Atenção Básica do município de Patos para falar sobre fluxo de encaminhamento de pacientes para a unidade e tratamentos da doença.  “Foi uma reunião produtiva, onde todas as dúvidas foram esclarecidas e também definido essa ação de matriciamento”, afirma Liliane Sena.

Detalhes Hospital do Bem

O atendimento ambulatorial do Hospital do Bem acontece de segunda a sexta-feira, entre 8h e 18h, sempre com horários agendados. A unidade também disponibiliza exames diversos, além de tratamento quimioterápico e cirurgias para quatro tipos de câncer: de pele, próstata, mama e colo de útero. Para serem atendidos no Hospital do Bem, os pacientes deverão trazer no dia marcado de sua admissão, um documento de identificação, o Cartão Nacional do SUS, a guia de encaminhamento médico, os exames complementares para estadiamento (resultados de ressonância, tomografia, USG e outros já realizados pelo paciente) e o resultado de biópsia, se for o caso.

O paciente, após o primeiro atendimento, recebe um cartão de identificação contendo o nome e o número do prontuário único, no qual constam todos os atendimentos, informações completas do quadro clínico e sua evolução, todas devidamente escritas pelos profissionais de saúde envolvidos no atendimento.

 

O Hospital do Bem começou a funcionar no dia 5 de setembro do ano passado, presta serviços de Oncologia de média e alta complexidade, tem uma estimativa de atendimento de 650 cirurgias oncológicas e 5.300 procedimentos de quimioterapia/ano, direcionados para a população dos 68 municípios que compõem a 3ª e 4ª macrorregiões de saúde.

Postado em: 18/01/2019, Por : News Comunicação

Deixe uma resposta

O seu endereço de email não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *