COMO FUNCIONA O PROCESSO DE PRODUÇÃO DE UM VÍDEO?

10

 

A publicidade é um dos fatores mais importantes na jornada de compra do cliente de qualquer empresa, já que ela é a ferramenta que permite que os consumidores encontrem o produto ou serviço que desejam comprar.

Existem inúmeros formatos, recursos e ações estratégicas diferentes que podem ser usados para promover uma marca, ideia, conceito ou mercadoria. Entre eles, a produção audiovisual é uma das mais tradicionalmente utilizadas, por causa de sua capacidade de transmitir uma mensagem aos seus espectadores com precisão.

Por isso, no artigo de hoje, mostraremos um passo a passo de todo o processo de produção de vídeo, desde as etapas mais simples, até as mais complexas. Continue a leitura do conteúdo para conferir!

Criação do roteiro

A primeira coisa a ser feita em uma produção de vídeo é captar todas as ideias, informações e os objetivos que estão soltos e uni-los em um único local, com o intuito de traçar um planejamento a ser seguido por todos os envolvidos no projeto.

Em outras palavras, o roteiro é o projeto do vídeo em si. Nele, devem constar os principais elementos narrativos. Por isso, é importante analisar as informações de marketing e estudar referências antes de simplesmente dar andamento às gravações.

Afinal, o roteiro deve atingir não somente as necessidades de comunicação da empresa, mas também o perfil de seus clientes, para que o resultado do conteúdo gerado seja capaz de se comunicar com o público-alvo.

Vale ressaltar, ainda, que o roteiro deve ser escrito por alguém que tenha conhecimento sobre o que está fazendo, já que ele é a base de todo o projeto. Portanto, considere a possibilidade de contar com o auxílio de uma empresa especializada em produção de vídeo, para gerar melhores resultados, obter um ótimo custo-benefício e facilitar o trabalho.

Planejamento do orçamento (pré-produção)

Essa é a etapa em que, com base no roteiro, toda a execução das tarefas é minuciosamente planejada. As principais atividades a serem desenvolvidas são:

  • estudo das datas de gravação;
  • escolha de cenários/locações;
  • escolha de atores/atrizes;
  • escolha dos apresentadores/locutores;
  • escolha das referências que serão seguidas;
  • levantamento de custos, despesas e investimentos (materiais, figurino, equipamentos etc.) necessários para concretizar o projeto.

Com base nessas informações, é possível realizar todo o processo de pesquisa, entrevistas e, é claro, definir em média qual será o orçamento para que a produção siga adiante.

Lembrando que, muitas vezes, a gravação em locais públicos exige uma solicitação e autorização de órgãos, como a prefeitura da região e, em ambientes privados, a prévia autorização dos responsáveis pela área.

Escolha do formato/tipo de vídeo

Assim que você tiver todos os objetivos da produção de vídeo definidos, é a hora de escolher o melhor formato para o seu conteúdo, pois é a partir dele que você definirá o tom da locução, o tempo de duração, ritmo, a identidade visual e outros aspectos que darão “personalidade” ao projeto.

Vale mencionar que a escolha do formato do vídeo deve sempre considerar o perfil dos consumidores que o assistirão. Em outras palavras, é preciso que o conteúdo audiovisual se comunique utilizando uma linguagem que atraia os clientes.

Preparação do equipamento

Essa é uma etapa muito importante, pois, se você não tem experiência ou disponibilidade para usar equipamentos profissionais para realizar a sua produção de vídeo, é realmente recomendado procurar a ajuda de especialistas no setor.

Gravar o seu vídeo com equipamentos amadores e falta de conhecimento pode gerar resultados frustrantes, desperdiçar tempo e recursos, além do fato que uma câmera profissional, por exemplo, quando manuseada por alguém sem experiência, não proporciona nem metade de seu potencial.

Quem realiza a produção de vídeo são os envolvidos no projeto, mas, para obter um resultado satisfatório, não vale a pena arriscar todo o planejamento, por conta de possíveis falhas técnicas, configurações equivocadas nos equipamentos e falta de habilidade de manuseio.

Entre os equipamentos que você precisará para sua produção de vídeo, podemos citar os principais:

  • câmeras para gravação de vídeo;
  • tripés;
  • steadicams (suporte específico para estabilizar a câmera);
  • microfones externos;
  • microfones de lapela;
  • equipamentos de iluminação.

Essas, entre outras ferramentas indispensáveis para a produção de um conteúdo audiovisual de qualidade.

Produção

Se você já tem o roteiro definido, o orçamento do projeto e sabe como colocá-lo em prática, então é a hora de pôr a mão na massa e iniciar a produção de vídeo. Basicamente, esse é o momento que abrange todo o processo de gravação e tudo que ele envolve, como a escolha dos equipamentos, equipe técnica, atores, locações etc.

Além disso, é nessa etapa que entram as gravações dos áudios com os locutores e apresentadores, seja em um estúdio ou em uma locação externa. A produção representa os bastidores do projeto, envolvendo o trabalho de vários profissionais para que tudo corra perfeitamente.

É imprescindível que haja uma pessoa responsável para conduzir todo o processo e coordenar a equipe, garantindo que todo o planejamento e o roteiro sejam seguidos dentro dos padrões de qualidade. Esse responsável é conhecido como o diretor da produção.

Edição (pós-produção)

Após a etapa de gravação de todas as cenas e áudios que serão usados no vídeo, é a hora de realizar uma das tarefas que mais demanda responsabilidade em todo o projeto: a edição.

Resumindo, esse é o processo de selecionar apenas as melhores cenas e takes, organizando-os de forma linear, de modo que uma mensagem seja transmitida ao espectador com coerência e clareza.

É nessa etapa que são adicionados recursos como efeitos visuais, trilhas sonoras, locuções, artes gráficas e todo o conceito do diretor. Por isso, é muito importante que o editor de vídeo tenha experiência e discernimento para capturar a ideia do roteiro e transmiti-la no resultado final da edição.

Somando o nível de responsabilidade que a edição de vídeo exige ao tempo que ela pode demandar, é muito comum que esse processo seja terceirizado para empresas e profissionais experientes, o que agiliza o andamento do projeto e elimina riscos de comprometer os resultados almejados.

Tempo e o custo de uma produção de vídeo

Sabemos que imprevistos podem ocorrer durante as etapas da produção de vídeo, comprometendo toda a cadeia logística e gerando atrasos ou prejuízos. Mas, ao seguir todos os passos que mencionamos no artigo, é possível evitar uma série de contratempos e obter ótimos resultados sem grandes complicações.

Uma produção de vídeo institucional, por exemplo, pode demandar investimentos que variam entre R$ 15 mil a R$ 30 mil em média, podendo durar de 15 dias até meses, dependendo do nível de complexidade e das necessidades do projeto.

Entretanto, vale lembrar que uma produção de vídeo oferece um ótimo retorno de investimento, já que o tempo de vida útil do material obtido pode ser de quatro, cinco, seis anos, ou até mais do que isso.

Agora que você já conhece todo o processo de produção de vídeo, siga nossos perfis no FacebookLinkedinGoogle+VimeoYoutube e no Twitter para não perder nenhum dos conteúdos que compartilhamos também por lá!

Postado em: 15/01/2019, Por : administrador

Deixe uma resposta

O seu endereço de email não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *