SIPAT 2018 da Maternidade de Patos debate temas variados em ciclo de palestras e atividades

 

Tabagismo, HIV, Direitos Trabalhistas e Previdenciários, Biossegurança, Dependência Tecnológica e Depressão foram os temas abordados nessa quarta-feira (5), durante um ciclo de palestras promovido pela Comissão Interna de Prevenção de Acidentes (Cipa), da Maternidade Dr. Peregrino Filho, de Patos. A ação faz parte das atividades da 5ª Semana Interna de Prevenção de Acidentes do Trabalho da unidade, que começou na segunda-feira (3) e terminará nesta sexta-feira (7).

A abertura da Sipat foi feita pelo diretor geral da Maternidade, Dr. Umberto Marinho Júnior, que destacou a importância da realização da Semana, reforçando a necessidade de se ter uma atenção muito maior por se tratar de um serviço de saúde. “Na nossa área de atuação, os riscos são maiores, portanto a atenção deve ser redobrada”, reiterou Dr. Umberto. Ele também fez uma ressalva sobre o uso excessivo do celular. “Infelizmente, o uso do celular tem acontecido de forma até abusiva, principalmente, na questão do uso das redes sociais, e essa falta de atenção pode provocar algum acidente, além de afastar as pessoas da socialização que, no nosso caso, fica ainda mais comprometida porque nossa bandeira sempre foi a humanização”, disse o diretor.

E o uso excessivo do celular, com foco, no ambiente de trabalho foi um dos temas abordados durante uma das palestras do dia. “Dependência tecnológica” foi o tema da fala da psicóloga clínica Catarine Formiga de Farias. Ela destacou a importância desta ferramenta, mas reforçou a necessidade do usuário ter parâmetros para utilizá-lo.

Durante todo o dia houve ainda a palestra sobre Tabagismo, com os acadêmicos de Enfermagem, João Victor Andrade e Elineide de Medeiros, da Unifip, e outra abordagem sobre HIV, com o enfermeiro Lindenberg Lucena. No intervalo do almoço e no final da tarde, houve o momento beleza, com a realização de maquiagem, limpeza de pele e sorteio de brindes.

Na parte da tarde, houve a palestra sobre “Direitos trabalhistas e previdenciários”, com os advogados Gabriel Lucena e Vinicius Campos. Em seguida, o biólogo, mestre em patologia e doutor em biotecnologia, Jorge Luiz filho vai falar sobre “Biossegurança”. Houve ainda uma palestra sobre “Depressão” feita pelo psicanalista e acadêmico de Psicologia da Unifip, José Monalison. As palestras aconteceram no auditório do Banco de Leite Humano Dra. Vilani Kerle.

Toda a programação da Sipat foi organizada pela Comissão Interna de Prevenção de Acidentes (Cipa) da Maternidade, cujo presidente é Marcone de Souza Macena. Segundo ele, a Sipat 2018 cumpriu seu papel de chamar atenção para temas importantes, alertando os profissionais da Maternidade para tornarem o ambiente de trabalho mais seguro, além de passar informações úteis e necessárias para o público interno da unidade. “Foi um evento gratificante, teve muita participação, pois foi um evento onde foram expostos informações relevantes não apenas para o dia a dia na Maternidade, mas para nossas vidas”, avaliou Marcone.

Postado em: 07/12/2018, Por : News Comunicação

Deixe uma resposta

O seu endereço de email não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *