Month: dezembro 2018

Operadores de ônibus de João Pessoa encerram treinamento que trabalhou a harmonização e convivência entre ônibus e ciclistas

Posted on

 

Ao longo deste ano, nenhum dos acidentes envolvendo ônibus e ciclistas ou motociclistas em João Pessoa foi provocado por imprudência ou negligência dos motoristas das empresas de ônibus da cidade. Esse dado divulgado nesta sexta-feira (28), durante o encerramento do terceiro ciclo do Programa de Humanização de Operadores do Sistema de Transporte Coletivo da Capital, ilustra bem a importância da capacitação dos motoristas na busca de um sistema de transporte coletivo que conviva, cada dia mais, harmonicamente com pedestres, veículos pequenos e ciclistas.

O programa, lançado há três anos pela Superintendência Executiva de Mobilidade Urbana (Semob-JP), encerrou sua terceira etapa, desta vez,  com foco em ações direcionadas para melhorar a convivência entre ônibus e ciclistas. Na manhã desta sexta-feira, representantes da Semob, das empresas de ônibus e do Sest/Senat, parceiros da iniciativa, além de operadores dos dois consórcios que operam na cidade (Navegantes e Unitrans), se reuniram para fazer o fechamento dos trabalhos que, este ano, envolveu a participação nas capacitações de 1031 profissionais, das seis empresas de ônibus da cidade. Os treinamentos começaram no dia 22 de março e terminaram no dia 22 de dezembro, sempre uma vez por semana, todas as sextas-feiras, com turmas pela manhã e à tarde. Tanto o curso, como o encerramento foi feito na Estação Ciências, no Altiplano.

A psicóloga da Semob, Sandra Araújo, destaca que essa etapa do Programa incluiu uma parte teórica e outra prática. “Na parte teórica, os profissionais revisaram regras básicas de convivência no trânsito, as normas gerais de circulação e conduta baseadas no Código de Trânsito Brasileiro, além de receber dicas, conceitos e soluções práticas que ajudam a resolver conflitos que surgem entre motoristas de coletivos e ciclistas no dia a dia. E na parte prática, eles se colocaram no lugar dos ciclistas e pedestres”, destaca Sandra.

“Esse treinamento foi muito bom, pois ele teve o foco de transformar as pessoas para tornarem o sistema de transporte mais humanizado no que diz respeito a condução dos ônibus e os operadores foram muito receptivos, haja vista já colhermos resultados positivos como o de não registrar acidentes com ciclistas este ano por culpa dos operadores”, destaca Sandra. Ela lembra que o conteúdo da capacitação não trouxe nenhuma novidade em relação às regras já conhecidas dos profissionais, apenas reforçou a necessidade de se ter um olhar mais humanizado e atitudes positivas em situações de conflito no trânsito.

O curso foi elaborado e ministrado por instrutores do SEST/SENAT que é parceiro da Semob no Programa e foi dividido em sete tópicos: O papel do condutor no trânsito; Representatividade dos Ciclistas; Normas gerais de circulação e conduta; A responsabilidade do maior pelo menor; Adote a direção preventiva; Pedestres e condutores de veículos não motorizados e Infrações.

A gerente de capacitação de operadores da Semob, Fátima Araújo, lembra que na parte prática do treinamento,  os profissionais foram para o pátio da Estação e vivenciaram situações cotidianas que acontecem nas ruas entre ônibus e ciclistas, só que no papel de ciclistas. Freadas bruscas e próximos das bicicletas, ultrapassagens, situações de perigo, de iminência de batida foram algumas das situações vivenciadas pelos profissionais. “Essa inversão de papéis fez com que eles percebessem o perigo e passassem a encarar os ciclistas de uma outra forma e, a partir daí, passaram a ter uma direção mais preventiva e defensiva, além de mais humanizada e a julgar pelos resultados que obtivemos, isso foi bem assimilado”, afirma Fátima que, na ocasião, agradeceu a participação dos operadores e o apoio das empresas ao Programa.

A gerente de Recursos Humanos da Unitrans, Isabela Maria, e a psicóloga da empresa, Socorro Aragão também participaram do encerramento e entregaram certificados, simbolicamente, a um operador que representou os demais colegas. Isso também foi feito pela diretora da Unitrans, Lorena Dantas, pelo diretor da São Jorge, Marcos Nascimento e pela diretora da Santa Maria, Larissa Nascimento. Para o empresário, o treinamento foi muito oportuno. “Nossos operadores já são muito capacitados e essa qualificação é muito importante e faz muita diferença no dia a dia porque ela dá ainda mais excelência a nossa prestação de serviço. Hoje é um momento de agradecer o empenho e dedicação de todos os operadores que fazem do sistema de transporte de João Pessoa um dos melhores do país”, disse Marcos Nascimento.

A diretora da Unitrans, Lorena Dantas, parabenizou a Semob pela iniciativa e os operadores pelo empenho e dedicação aos treinamentos. “Quero agradecer a todos vocês pelo comprometimento e mais ainda por se mostrarem abertos para se desenvolver não apenas como profissionais, mas, também como pessoas, pois isso é muito importante e mais ainda no segmento onde a gente atua que é o de transportar vidas”, disse Lorena. A diretora da Santa Maria, lembrou que a linha de frente das empresas são os operadores e que é importante que eles estejam capacitados e motivados. “Vocês enfrentam o dia a dia com muita competência e são vocês que fazem o ‘gol’, nós, da retaguarda, damos um suporte importante, mas são vocês que lidam com os nossos passageiros e quanto mais capacitados estiverem, melhor será nossa prestação de serviço”, destacou Larissa, lembrando que a boa mobilidade das cidades está relacionada a um bom sistema de transporte público e que o de João Pessoa faz a diferença.

No encerramento do programa, houve ainda o sorteio de três bicicletas doadas pela empresa São Jorge e a apresentação de um vídeo que provocou uma reflexão sobre a importância do amor e gentileza entre as pessoas. O motorista da São Jorge, Humberto Antônio Soares, falou em nome dos colegas. “Foi muito gratificante esse aprendizado, pois além de valorizar nossa profissão, ainda nos ensinou coisas que farão com que a gente atue ainda mais capacitado, afinal, transportamos vidas e isso aumenta muito a nossa responsabilidade”, disse ele. O diretor de operações da Semob, Cristiano Queiroz, que estava acompanhado do superintendente do órgão, Adalberto Araújo, destacou a importância do Programa na mudança de comportamento dos operadores e assegurou que ele continuará em 2019.

Maternidade de Patos festeja aniversariantes de dezembro após celebração religiosa

Posted on

            Toda última sexta-feira do mês, a Maternidade Dr. Peregrino Filho, de Patos tem uma programação religiosa, seguida de uma comemoração aos aniversariantes do mês. Nesta sexta-feira (28), pela manhã, o Pe. Cláudio, da Paróquia de Santo Antônio fez a celebração, no mini auditório do Banco de Leite da unidade, numa alusão especial aos profissionais da unidade que fazem aniversário em dezembro. Na ocasião, foi feita uma doação a Paróquia de Santo Antônio, de itens arrecadados pelos funcionários e alunos que passaram pela unidade.

            O diretor geral da Maternidade, Dr. Umberto Marinho Júnior, que sempre que pode participa da celebração, explica que a iniciativa realizada desde o ano passado, atendeu um pleito de funcionários, que desejavam ter no local de trabalho uma ação religiosa. “O Estado é laico e essa celebração católica não é excludente de nenhuma outra, apenas atendemos ao apelo de alguns funcionários que manifestaram esse desejo de participar de uma missa e aproveitamos o momento de congraçamento também para comemorar os aniversariantes do mês. E para fixarmos uma data, decidimos realizar esse ato na última sexta-feira do mês”, explica Dr. Umberto.

            A celebração é aberta a funcionários, prestadores de serviço, pacientes e visitantes. Como o espaço é pequeno, o critério de acesso sempre é a quantidade de pessoas que a sala comportar, com especial reserva dos aniversariantes do mês.  O tempo de participação na missa é compensado, no mesmo dia de trabalho, a fim de que a participação na celebração não atrapalhe a rotina da maternidade, nem o atendimento às pacientes, nem a escala de trabalho. No final da celebração, há um lanche coletivo.

A venda direta do Etanol beneficia toda a sociedade menos as distribuidoras que lucram muito afirma presidente da Asplan e Unida

Posted on

 

A venda de etanol hidratado – álcool combustível – direta do produtor para os postos de combustível ajudaria a baratear os combustíveis e a aumentar a concorrência com a gasolina nos veículos de motor flex. Essa afirmação do presidente da União Nordestina dos Produtores de Cana (Unida) e da Associação dos Plantadores de Cana da Paraíba (Asplan), José Inácio de Morais também é pactuada pelo empresário Roberto Cavalcanti que em artigo publicado essa semana, no Jornal Correio da Paraíba, externa uma visão lúcida sobre essa temática.

De acordo com José Inácio, o artigo de Dr. Roberto, precisa ser divulgado ao máximo, porque ele faz uma síntese perfeita sobre as vantagens da venda direta do etanol para os postos. “O mercado de distribuição de etanol, para quem os produtores são obrigados a vender o combustível, é concentrado e três grandes empresas controlam 55% da distribuição de álcool hidratado no país”, esclarece o dirigente canavieiro.

José Inácio lembra que no artigo de Dr. Roberto, ele pontua que “as distribuidoras querem manter um privilégio inaceitável em uma economia moderna, que busca a competitividade” e que isso prejudica todo o mercado, inclusive, o consumidor que obtém o produto com preços mais altos. O dirigente da Unida ressalta ainda que não se trata de defender o fim da venda do produtor ao distribuidor, mas sim o fim da sua obrigatoriedade. “Queremos apenas que o produtor tenha o direito de realizar a venda direta aos postos revendedores”, lembra José Inácio

Ainda no artigo do Dr. Roberto, ele ressalta que “a reação negativa das distribuidoras em relação a permissão da venda direta do Etanol para os postos se deve ao desespero de privilegiados, que buscam não perder suas margens de lucro gigantescas” e complementa: “quem perde com isso são os consumidores que ficam sem ter acesso a uma venda direta e saudável”. “Esse artigo de Dr. Roberto muito nos alegrou, pois além de fazer uma defesa histórica do segmento, ainda partiu de um empresário que tem visão e capacidade de enxergar essa temática com propriedade, mesmo, como ele mesmo diz no texto, sem plantar nenhum pé de cana-de-açúcar”, destaca José Inácio.

E nessa questão, até o Ministério da Fazenda, já defendeu mudanças nas normas da Agência Nacional do Petróleo (ANP) e na legislação tributária para aumentar a liberdade no mercado de combustíveis, defende uma mudança na comercialização do produto. Para evitar perdas de arrecadação e a eliminação completa dos atravessadores, a Fazenda recomendou que, em um modelo de venda direta para os postos, a cobrança de Programa de Integração Social (PIS) e de Contribuição para o Financiamento da Seguridade Social (COFINS) ocorra inteiramente na produção. A mudança, no entanto, exige alterações na legislação e precisa ser aprovada pelo Congresso. Atualmente, os tributos incidem em cada etapa da comercialização, e a eliminação da cobrança na distribuição quebraria a cadeia de arrecadação, onerando as distribuidoras e desonerando os produtores.

Vale lembrar que os industriais de Pernambuco e Alagoas já obtiveram na Justiça o direito de vender etanol diretamente para os postos. “No Brasil de hoje, exigimos o fim dos privilegiados, Viva a modernidade. Viva o livre comércio do etanol”, encerra o texto “Etanol: venda direta, assinado por Roberto Cavalcanti e publicado na edição desta quinta-feira (27), do Jornal Correio da Paraíba.

Deputado Jeová Campos sugere uma Mocão de Aplauso aos organizadores do Fest Aruand

Posted on

 

            “O Fest Aruanda, na sua 13ª Edição, projeta a Paraíba no cenário nacional pela sua dimensão. O festival, a cada ano, positivamente agrega mais valores e dimensão na sua representação. Para se ter uma ideia, essa edição recebeu inscrições para 521 filmes e 21 filmes foram exibidos, sendo treze filmes e oito documentários. Esse festival, que tem no cajazeirense Lúcio Vilar um de seus principais articuladores, com apoio de uma empresa paraibana, o Armazém Paraíba, recebeu destaque na Imprensa nacional, que marcou presença no evento, deste ano, que homenageou os artistas Patrícia Pilar e Chico Dias”, disse hoje (27), o deputado Jeová Campos, que sugeriu um reconhecimento do poder legislativo ao Fest Aruanda, através de uma Mocão de Aplauso.

            Ainda em seu discurso, Jeová lembrou que o Festival, que aconteceu entre os dias 06 e 12 deste mês, pelo conjunto da obra, engrandeceu culturalmente a Paraíba. “Esse festival que surgiu, inicialmente, dentro da UFPB e que aos poucos foi se expandindo, é merecedor do nosso registro, por isso entendemos que o Fest Aruanda deve ter um reconhecimento da ALPB pelo que representou pelo cinema e pela cultura da Paraíba e, por que não dizer, pelo cinema brasileiro”, destacou o deputado.

Pacientes do Hospital do Bem são surpreendidos com serenata e coral no dia de Natal

Posted on

 

Os pacientes e funcionários do Hospital do Bem, que integra o Complexo Hospitalar Regional Dep. Janduhy Carneiro de Patos (CHRDJC), tiveram uma grata surpresa nesta terça-feira (25). É que o cantor Alcantarâ junto com alguns funcionários do Hospital fizeram uma serenata para os pacientes oncológicos que fazem tratamento na unidade.

Segundo a coordenadora do setor de Enfermagem, Aretusa Delfino, que integrou a equipe que desenvolveu a ação, a iniciativa teve o objetivo de comemorar uma data tão importante, que simboliza o nascimento de Jesus e a importância do amor ao próximo. “O gesto foi simples, mas com um significado muito bonito que é o de levar alegria e esperança. Uma data tão importante dessas teria que ser comemorada de alguma forma e escolhemos essa maneira”, disse Aretusa, que realizou a ação junto com o médico Tiago e as funcionárias Glaucia, Vanda, Luzinete, Marquelandia, Suceso e Hervyla que formaram um coral improvisado.

Maternidade de Patos comemora Natal com funcionários que estavam de plantão

Posted on

Estar de plantão em ocasiões especiais, mais ainda, em datas comemorativas onde se reúne a família, como o Natal e Réveillon, não é uma situação muito boa, mas, há determinadas ocupações que exige do profissional uma dedicação que não leva em consideração esses momentos, a exemplo de quem trabalha em serviços essenciais como hospitais e maternidades. Para amenizar a vontade de estar com a família e tornar esses momentos especiais mais alegres, a direção da Maternidade Dr. Peregrino Filho, de Patos, preparou uma ceia especial na noite de Natal e também um almoço mais incrementado no dia 25 para todos os funcionários que estavam no plantão nestas duas ocasiões. Quem estiver de plantão na noite do dia 31 e também no dia 1º de janeiro também será contemplado com um cardápio diferenciado.

“Quem trabalha em unidades de saúde, que são serviços essenciais que não param nunca, sabe que não importa a data, plantão é plantão, mesmo que caia na noite de Natal. Por isso, preparamos essa ceia especial e um almoço mais caprichado para que a data não passasse sem ser comemorada. Faremos isso também para quem estiver de plantão na virada do ano e quem estiver trabalhando o dia 1º”, afirma o diretor geral da Maternidade, Dr. Umberto Marinho Junior.

Asplan celebra mais um ano de atividades durante confraternização com funcionários e diretores

Posted on

 

“Esse foi um ano de muitas dificuldades, mas, também de superação, no qual a Asplan se manteve firme e forte em sua missão de defender os produtores e honrar o compromisso com seus funcionários. Me sinto vitorioso e credito isso também a todos vocês”, disse hoje (21), o presidente da Associação dos Plantadores de Cana da Paraíba, José Inácio de Morais, durante almoço de confraternização. O evento, realizado na sede da entidade, em João Pessoa, reuniu diretores e funcionários.

Na ocasião, também se pronunciaram o vice-presidente da Asplan, Fernando Rabelo, o diretor do Departamento Técnico, Neto Siqueira e o diretor Fred Madruga. Em todos os discursos, o agradecimento pela superação das adversidades e o desejo de que 2019 chegue e traga boas novas e mais chuvas, além do reconhecimento da equipe da Asplan que trabalha com amor e sempre vestiu a camisa da Casa.

A Asplan é uma entidade que representa os cerca de 1.800 plantadores de cana-de-açúcar da Paraíba. A maior parte deles pequenos e médios produtores.

 

 

Comemoração natalina na estação de Camaratuba incluiu homenagens ao diretor do DETEC

Posted on

A rotina na Estação Experimental de Camaratuba, mantida pela Associação dos Plantadores de Cana da Paraíba (Asplan), mudou um pouco na manhã desta quinta-feira (20). Isto porque, o início do expediente, marcou as comemorações natalinas dos profissionais que atuam na Estação, que produz insumos biológicos capazes de controlar duas das principais pragas que atacam os canaviais: a Broca Comum e a Cigarrinha da Folha.

Em meio a um café da manhã, os profissionais se confraternizaram e participaram ainda de sorteios de brindes. O diretor do Departamento Técnico da Asplan, Neto Siqueira, que representou a diretoria da Associação na ocasião, foi homenageado com um bolo surpresa, já que fez aniversário essa semana. “Agradeço a homenagem e quero dizer que estou muito feliz com os resultados crescentes de produção da estação, fruto do apoio da Asplan, mas, sobretudo do esforço e compromisso desta equipe” disse Neto, desejando a todos um Feliz Natal e um Ano Novo com gratas surpresas.

O biólogo e coordenador dos laboratórios de controle de pragas, Roberto Balbino, também agradeceu o empenho da equipe que está motivada para os desafios de 2019. Os laboratórios da Estação Experimental de Camaratuba produzem, mensalmente, 15 milhões de Cotesia flavipes (Vespas) e três toneladas de Metahizium anisopliae (Fungo).

A Estação Experimental é mantida pela Asplan, através de convênios com o Ministério da Agricultura, Instituto Nacional de Meteorologia e Secretaria de Agricultura da Paraíba. Os insumos produzidos na Estação são registrados e aprovados para uso da agricultura orgânica e distribuídos, gratuitamente, para os produtores de cana associados e ainda vendidos no mercado paraibano, pernambucano e do Rio Grande do Norte.

Ação educativa no trânsito em Patos foi encerrada nesta quinta e já mostra resultados positivos na redução de acidentes na cidade

Posted on

Em novembro, o SAMU de Patos registrou 130 ocorrências com vítimas de trânsito, numa média de 4,3 vítimas/dia lesionadas e atendidas pelo Serviço. Em dezembro, mês da realização da campanha educativa “O ano termina, mas a vida continua”, até o dia 19, o SAMU registrou 16 ocorrências, uma média inferior a um atendimento/dia. Esse saldo, que ainda precisa ser reduzido, está sendo atribuído a uma maior conscientização da população em relação a necessidade de transitar com mais precaução e cuidado, respeitando a legislação a partir da ação educativa que foi realizada entre os dias 14 e 20 deste mês, de forma conjunta, pela STTRANS, Complexo Hospitalar Regional Deputado Janduhy Carneiro de Patos (CHRDJC), Hospital Infantil, SAMU, Corpo de Bombeiros, BPTran, Detran, PRF e Guarda Municipal.

O Complexo Hospitalar integrou essa força tarefa porque cerca de 10% dos atendimentos realizados pela unidade são provenientes de acidentes de trânsito. De janeiro a outubro deste ano, 2.704 pessoas deram entrada no hospital por causa de acidentes de trânsito. Desse total, 2.296 pacientes se envolveram em acidentes com motocicletas. No Hospital Infantil Noaldo Leite sete acidentes de carro e 33 de moto foram registrados neste período, enquanto que o SAMU foi acionado 934 vezes, até novembro, somente em ocorrências de acidentes de trânsito.

 Durante a campanha, foi feita uma audiência pública, realizada blitzen educativas em vários pontos de Patos e, nos dias 17, 18 e 19, além de uma caravana em bares com distribuição de material informativo, no último sábado (15). O encerramento da ação aconteceu nesta quinta-feira (20), com a simulação de um acidente no Centro da cidade.

A diretora do Complexo Hospitalar de Patos, Liliane Sena, destaca que a união de forças e competências dos representantes dos órgãos que participaram da ação foi decisiva para o sucesso da campanha. “Todos se envolveram nas atividades e se empenharam ao máximo para que a campanha fosse um sucesso, que se traduz também neste número de redução de ocorrências de acidentes em dezembro. O Complexo Regional deu sua contribuição neste processo se fazendo representar em todas as atividades e sempre estará disponível para participar de ações similares”, disse Liliane.

O superintendente da STTRANS e idealizador da ação, Jeferson Melquíades, avalia que a campanha foi vitoriosa. “Todos os órgãos e seus respectivos representantes vestiram a camisa da campanha e caíram em campo e a ação surtiu um efeito tremendo, principalmente, nas ações voltadas ao trânsito numa conscientização sobre a importância da prevenção. Isso é apenas o início de outros projeto cujo objetivo é buscar resultados maiores que reflitam uma mudança de comportamento”, reiterou Jeferson. Ele lembrou que as imprudências no trânsito fazem vítimas fatais rotineiramente e essa realidade precisa mudar. “É importante conscientizar as pessoas e massificar na sociedade essa ideia de sermos mais responsáveis, de respeitar mais as sinalizações porque a vida é o que está em jogo e o trânsito é feito por todos, não depende somente de uma pessoa”, lembrou o dirigente da STTRANS.

Estamos muito felizes com o sucesso da campanha, uma vez que houve uma redução nos números de acidentes de trânsito em dezembro comparado ao mês anterior e isso se deve ao engajamento de todos os órgãos de segurança do trânsito e da Saúde envolvidos na campanha. Esse trabalho não vai parar e o Hospital Infantil Noaldo Leite estará sempre à disposição para toda e qualquer campanha que venha reduzir riscos e danos à saúde da população”, destacou a diretora do Hospital Infantil Noaldo Leite, Rhyana Karla Medeiros.

Meu mandato é compromissado com os humildes, não aceita injustiças e faz a defesa de políticas de inclusão diz Jeová no evento de diplomação

Posted on

 

            “O sentimento que tenho, com essa diplomação, é uma sensação de uma responsabilidade coletiva e eu como representante dos eleitores que me diplomaram, ou seja 31.017 paraibanos, só posso dizer que isso traduz uma história de vida vitoriosa, de superação e de enfrentamento dos problemas”, afirmou hoje (18), o deputado estadual Jeová Campos (PSB), logo após receber dos juízes representantes do Tribunal Regional Eleitoral o diploma de deputado eleito no último pleito. O parlamentar que estava acompanhado na solenidade de diplomação, realizada no Centro de Convenções, dos filhos, da esposa Solange e de outros parentes, subiu ao palco para receber seu diploma acompanhado do filho mais novo, Mateus.

            O parlamentar dedicou o diploma ao povo da Paraíba, representado pelos 31.017 eleitores que acreditam num mandato que é compromissado com os humildes, que não aceita as injustiças sociais, que não participa dos banquetes dos poderosos, que faz a defesa de políticas de inclusão, de geração de oportunidades de trabalho, de construção da cidadania, que defende uma sociedade sem preconceito de raça, cor, origem, etnia, ou de concepção filosófica e que não aceita a intolerância. “Meu mandato tem compromisso com tudo isso e com a democracia. Os votos que me elegeram simbolizam, para mim, a resistência e o desejo de ver uma sociedade sorridente, democrática e que possa ser um dia feliz de verdade”, disse Jeová, que retoma a ALPB, em 2019, para exercer seu terceiro mandato na Casa. No primeiro e segundo mandatos, o parlamentar foi escolhido, pelos jornalistas que acompanham as atividades legislativas da ALPB, como um dos mais atuantes.

            A solenidade de diplomação dos eleitos no último pleito – deputados estaduais e federais, os senadores, os respectivos suplentes e o governador – foi iniciada com a projeção de um vídeo sobre a Paraíba e outro sobre o TRE. Houve, em seguida, a apresentação do coral do Unipé e a execução do Hino Nacional. O presidente do TRE-PB, Carlos Beltrão Filho, abriu a solenidade discursando sobre a importância e lisura do trabalho feito pelo Tribunal Regional Eleitoral e ainda sobre o verdadeiro papel da política. “A boa política muda a realidade da sociedade e promove o desenvolvimento do povo. Apelo para que os eleitos tenham essa percepção e direcionem suas ações para o povo, para os mais necessitados”, disse Carlos Beltrão Filho.