Deputado Jeová afirma que a questão da agricultura familiar será uma das principais pautas a serem trabalhadas em seu próximo mandato

 

O deputado estadual Jeová Campos (PSB) reafirmou nesta quarta-feira (28), durante encontro na Federação dos Trabalhadores na Agricultura (Fetag), que uma de suas principais pautas no próximo mandato será a questão da defesa da agricultura familiar. O parlamentar, que foi quem convocou esse encontro junto com a Fetag para debater e definir políticas públicas voltadas para a agricultura familiar que serão apresentadas para o futuro governador João Azevedo, sugeriu ainda a criação de um Comitê Permanente para produzir políticas públicas que fortaleçam a agricultura familiar com geração de emprego e renda na Paraíba.

O encontro foi aberto pelo presidente da Fetag, Liberalino Lucena, que lamentou a ausência do governador eleito, João Azevedo, que está em viagem institucional ao exterior, e também a ausência da vice-governadora, Ligia Feliciano que o representaria. “Íamos cobrar agora de João a nossa pauta de reivindicações entregue a todos os candidatos durante a eleição, entre as quais, destaca-se a criação e implantação de uma Secretaria de Agricultura Familiar na Paraíba”, disse Liberalino que anunciou outro encontro, entre janeiro e fevereiro, desta vez com a presença do governador para deliberar sobre tais reivindicações.

O deputado Jeová Campos que além de representar a ALPB, através da  Comissão de Desenvolvimento, Turismo e Meio Ambiente da ALPB, que preside, reiterou o compromisso do governo de João Azevedo com políticas públicas que estimulem o agricultor a produzir mais e ter uma vida melhor. “A chegada das águas do Rio São Francisco, a partir do Rio Paraíba, já é uma realidade. Cerca de um milhão de pessoas hoje, são beneficiadas com as águas do Velho Chico e a estimativa é que, até junho de 2019, as águas do rio cheguem a barragem de Boa Vista, em São José de Piranhas e isso trará muitas possibilidades. Com a perenização do Rio Piranhas,  teremos um novo cenário que precisa ser bem aproveitado e sei que o governo socialista de João  vai apoiar essa causa”, disse Jeová.

O parlamentar lembrou que a população de agricultores hoje tem muito poucos jovens e que é preciso atrair essa parcela da população, que hoje não acredita na agricultura. “A população agrícola hoje é madura, porque os jovens não estão mais neste setor, e só tem como mudar isso se houver políticas públicas que atraiam os mais jovens, com incentivos para uma produção melhor, mais rentável e eficiente”, reiterou Jeová. Ele disse ainda que é preciso renovar e ampliar o quadro de técnicos que prestem assistência aos agricultores e pessoas formadas nessa área que possam agregar novas tecnologias ao setor.

Jeová lembrou também a importância da integração de diversos segmentos, a exemplo do da pesquisa, do crédito, dos trabalhadores, dos assentados que devem trabalhar juntos fortalecendo o setor de agricultura familiar e aproveitou para elogiar a presença de representantes da Embrapa, Emater e BNB no encontro da Fetag. “Para dar força a esse segmento, que mantém homens e mulheres na roça com dignidade, produzindo alimentos sem agrotóxicos, é preciso a união de todos e a Paraíba tem tudo para melhorar esse ambiente de agricultura familiar e posso assegurar a vocês que o governo socialista de João terá um olhar especial para esse setor e eu serei um parlamentar presente em todas essas discussões e encaminhamentos. Podem contar comigo”, afirmou Jeová, que se despediu antes do final do evento, por causa de compromissos com a eleição da OAB, na seccional de Cajazeiras. A Emater foi representada no evento pelo seu presidente, Nivaldo Magalhaes, a Embrapa Algodão, por Geraldo Estefano e o BNB, pelo gerente Abelardo Magalhães.

Postado em: 28/11/2018, Por : News Comunicação

Deixe uma resposta

O seu endereço de email não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *