Experimento aumenta produtividade da fazenda Maracanã em 24 toneladas a mais de cana-de-açúcar por hectare

 

 

Um experimento com o produto Superstart 13.33.08 da Yara conseguiu aumentar a produtividade da fazenda Maracanã, em 24 toneladas a mais por hectare. Esses e outros dados do estudo de campo foram apresentados aos proprietários da fazenda, Raimundo Nonato e Neto Siqueira, na última sexta-feira (13), pelos representantes da Yara Fertilizantes, o consultor comercial, Lenildo Rodrigues, a assistente comercial, Lais Franco e o representante comercial da marca na Paraíba, Mosart Cavalcante. A apresentação, que aconteceu na sala de reunião da Associação dos Plantadores de Cana da Paraíba (Asplan), ainda contou com a participação de diretores e associados das entidade.

Localizada em Santa Rita, o experimento foi realizado em parte da fazenda Maracanã entre os meses de junho de 2017, época do plantio, até a colheita da cana, em maio deste ano. De acordo com a assistente comercial da Yara, Lais Franco, a realização deste experimento mostra o empenho da empresa em não apenas vender o produto, mas, comprovar sua eficácia. “Atualmente, além de vender o produto, nós mostramos os resultados na prática”, afirma ela, que foi a responsável pelas medições in loco. Lais lembrou que para não haver dúvidas com relação a seriedade do trabalho, todas as medições de altura, perfil, largura, etc, eram feitas por um funcionário da fazenda.

Para Neto Siqueira, que acompanhou o trabalho de perto, não resta dúvida que o produto realmente funciona e fez a diferença. “O solo desta fazenda é de areia branca, portanto muito pobre e nestes 10 meses de experimento pudemos constatar a diferença de produtividade entre o plantio que recebeu o produto da Yara e do plantio que não recebeu e a diferença foi realmente gritante”, atesta Neto.

O diretor da Asplan, Oscar Gouveia, que também assistiu a apresentação, elogiou a iniciativa da Yara e destacou a importância destes estudos. “Quero parabeniza-los por esse trabalho. Era isso que estava faltando, porque antes o interesse era só vender o produto, hoje além, de vender vocês estão preocupados em comprovar os resultados e isso é muito bom porque nós constatamos na prática se funciona ou não o produto e assim escolhermos o produto que dá melhores resultados”, destacou o Sr. Oscar.

Segundo o consultor comercial, Lenildo Rodrigues, com o aumento da produtividade, a cada R$ 1,00 investido no produto da Yara, os proprietários da fazenda Maracanã ganharam R$ 30,00, tendo um incremento de lucro, por hectare, equivalente a   R$ 5 mil. “Isso é um estudo comprobatório, não uma argumentação teórica”, reitera ele. Além da fazenda Maracanã, outras propriedades na Paraíba estão passando por experimentos semelhantes. Segundo os representantes da Yara, no final do ano haverá um evento na Asplan onde serão apresentados os resultados globais deste trabalho de campo.

Postado em: 16/07/2018, Por : News Comunicação

Deixe uma resposta

O seu endereço de email não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *