Governador assina contratos do Empreender no sertão e deputado Jeová comemora apoio ao fomento do polo de confecção da região

          Depois de assinar o decreto que redefiniu o regime fiscal do setor produtivo de confecção no sertão paraibano, em julho do ano passado, que reduziu a alíquota de ICMS de 17% para 2%, o governo do estado deu outro importante passo, nesta quinta-feira (21), para ajudar os micro empresários de Cajazeiras e região através do Empreender. Isto porque o governador Ricardo Coutinho assinou hoje, no teatro Íracles Brocos Pires, em Cajazeiras, os contratos do Empreender que vai beneficiar empreendimentos do setor de confecção. O deputado estadual Jeová Campos que articulou o projeto de redução de alíquota e sempre defendeu o apoio ao setor têxtil do sertão, através do Empreender, comemorou a assinatura dos contratos. “Essa é uma luta nossa, um conquista do mandato, que vislumbra no polo de confecção do sertão uma outra realidade para essa região”, disse o parlamentar.

            O governador assinou 80 contratos do Empreender, no valor total de R$ 818 mil, que serão destinados para micro empresários das cidades de Cajazeiras, Monte Horebe, Poço José de Moura, Santa Helena, São João do Rio do Peixe e Triunfo. Para Jeová, ações como essa é que diferenciam a gestão estadual da Paraíba. “O governador Ricardo Coutinho primeiro baixou o imposto e agora dá o incentivo, através do Empreender, para fomentar a economia local, fortalecer e desenvolver este arranjo produtivo. Essa forma de governar é digna de elogios, pois incentiva à produção, a geração de emprego e renda, estimulando o desenvolvimento sustentável. Isso é o que diferencia a Paraíba muito positivamente”, afirma Jeová.

“Essa data, a assinatura destes contratos, me enche de alegria e me dá um imenso prazer, porque comprova que quando você acredita e defende uma causa e tem um governo que tem sensibilidade para o tema, você termina mudando a realidade de muitas pessoas e até de uma região ou estado. E eu, que desde 2007, defendo essa causa, estou muito feliz porque com a redução do imposto e agora com o incentivo do Empreender, meus irmãos sertanejos vão ter mais estímulo de produzir confecção competindo com Santa Cruz, Caruaru e Toritama, em Pernambuco”, afirmou o parlamentar, lembrando que desde quando assumiu seu primeiro mandato de deputado, iniciou um diálogo mostrando que no sertão da Paraíba se vivia um fenômeno muito importante, que era a atividade da venda da confecção.

“Hoje, olho para trás e vejo que a luta valeu a pena, pois além do regime tributário diferenciado, os micro empresários agora também terão crédito para investir em seus negócios. As lutas, às vezes, demoram um pouco para se concretizarem em ações concretas, mas, quando elas acontecem a gente vê que valeu a pena defender a causa”, finalizou o parlamentar, lembrando que a ideia de um novo formato para que o Empreender pudesse disponibilizar o crédito, não apenas para pessoas física, estendendo a atuação do Programa para micro e pequenas empresas, também foi uma luta de seu mandato

Postado em: 21/06/2018, Por : News Comunicação

Deixe uma resposta

O seu endereço de email não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *