Além das fábricas de confecção de Cajazeiras deputado defende investimentos do Empreendedor no setor mecânico de Mamanguape

A assinatura do decreto que redefiniu o regime fiscal do setor produtivo de confecção no sertão paraibano, com a redução da alíquota de ICMS  para 2% e o apoio, através da destinação de R$ 6 milhões, através do Empreender para os micro empresários do setor de confecção de Cajazeiras e região são algumas das ações defendidas pelo deputado estadual Jeová Campos que ajudarão a fomentar o desenvolvimento descentralizado da Paraíba. Nesta quarta-feira (23), o parlamentar acompanhou o governador Ricardo Coutinho no lançamento da 4ª Edição do Projeto Acolher e defendeu, na oportunidade, que o Empreender também invista no setor mecânico do Vale do Mamanguape.

O fortalecimento da atividade têxtil em Cajazeiras e região é um pleito defendido pelo deputado Jeová desde seu primeiro mandato. “O estímulo ao setor produtivo de confecção de Cajazeiras vai movimentar a economia local, pois possibilitará abrir muitos postos de trabalho e gerar renda numa região necessitada e que tem uma vocação natural para a confecção”, destaca Jeová que agora também está defendendo investimentos do Empreender no setor mecânico do Vale do Mamanguape. “Depois da atividade de cultivo da cana-de-açúcar e do comércio, o setor mecânico daquela região é o que mais movimenta a economia local, através das oficinas, e um investimento neste setor seriam muito importante para a região”, afirma Jeová.

De acordo com o parlamentar, o regime fiscal diferenciado que reduziu a alíquota do ICMS para o setor têxtil do sertão paraibano, e que já está em vigor desde o ano passado, foi muito bom, mas falta agora que os recursos disponibilizados pelo Empreender para o setor de confecção seja incrementado na prática. “A nossa expectativa é que esses contratos sejam assinados em breve pelo governador para que esses recursos sejam liberados o quanto antes a fim de que o setor produtivo possa ser alavancado na região”, afirmou Jeová.

Postado em: 23/05/2018, Por : News Comunicação

Deixe uma resposta

O seu endereço de email não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *