As ruas serão o palco da resistência de quem quer um país livre, soberano e democrático afirma deputado Jeová Campos

 

“Todo poder emana do povo. Essa frase é forte, bonita, democrática, verdadeira e assertiva. Faz gosto ouvi-la e mais ainda vê-la ser colocada em prática. Em sua versão original, ocupa posição de destaque na Constituição de 1988, logo no Artigo 1º, parágrafo único: “Todo poder emana do povo, que o exerce por meio de representantes eleitos ou diretamente, nos termos desta Constituição”. Mas, estão querendo tirar do povo esse poder e os brasileiros não aceitarão isso. Iremos ocupar as ruas, aliás, já ocupamos porque as ruas deste país, de Norte a Sul, se transformaram no palco da resistência de quem quer um país livre, soberano e democrático”, afirmou hoje (06), o deputado estadual Jeová Campos. O parlamentar foi um dos muitos paraibanos que participou, nesta sexta-feira, no Centro de João Pessoa, dos protestos contra a prisão do ex-presidente Lula.

Segundo o deputado, a população brasileira está nas ruas mandando um recado muito claro para a elite dominante e para quem acha que, ao arrepio da Lei e desrespeitando a Constituição Federal, vai conseguir encerrar com a carreira de um dos mais notáveis políticos do país e o maior líder político nacional na atualidade. “Os protestos que foram realizados hoje em todo o país refletem não apenas a contrariedade com os absurdos jurídicos deste processo do triplex, que é furado, fajuto, insustentável, uma aberração jurídica feita por encomenda, mas, também a mais pura expressão da indignação de brasileiros que querem um país democrático, soberano, mais justo e também ter o direito de votar em Lula se ele quiser ser candidato”, enfatiza Jeová.

Esse processo do tríplex do Guarujá, segundo o deputado que também é advogado, vai entrar para história das muitas vergonhas do judiciário brasileiro. “Eu volto a insistir que o princípio da inocência não foi respeitado, que ao decretar a prisão de Lula, já o condenaram sem ter uma sentença definitiva. Não podemos, nem vamos aceitar isso de braços cruzados. É preciso tomar as ruas e mostrar que o poder emana do povo e em prol dele precisa ser exercido”, destaca o deputado que ficou encantado com o engajamento espontâneo das pessoas. “Foi lindo ver crianças, jovens, adultos, velhos, estudantes, abastados ou não, chegando, se unindo, caminhando, protestando, gritando palavras de ordem em um uníssimo coro: Lula Livre!”.

Postado em: 06/04/2018, Por : News Comunicação

Deixe uma resposta

O seu endereço de email não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *