Audiência pública que debateu implantação de UTI em Cajazeiras e contratação de pessoal para Hospital Universitário foi um sucesso

 

“A audiência foi muito produtiva, foi um sucesso e a considero um ponto de partida relevante no sentido de garantir o atendimento às mulheres e crianças da região do sertão paraibano”. Essa avaliação do deputado estadual e presidente da Comissão de Desenvolvimento, Turismo e Meio Ambiente da ALPB, Jeová Campos é uma síntese do que foi a audiência pública, realizada nesta sexta-feira (09), na Câmara Municipal de Cajazeiras.

Com um quórum bastante qualificado, que contou com a presença do reitor Thompson Mariz, da superintendente do Hospital Universitário Júlio Maria Bandeira de Melo (HUJB), Dra. Mônica Paulino, do diretor do Hospital, Dr. Antônio Fernandes, além de representantes das secretarias de Educação e Saúde do Estado e municípios da região, além do presidente da ALPB, deputado Gervásio Maia e outros políticos, a audiência debateu a necessidade da implantação da UTI Neonatal na cidade de Cajazeiras, bem como, a necessidade de convocação dos concursados do Hospital Universitário.

Depois de exposto a importância destas ações, ficou definido que a presidência da ALPB vai solicitar uma audiência com o ministro da Saúde e também com o presidente da Empresa Brasileira de Serviços Hospitalares (EBSERRH) para debater a questão da contratação de pessoal para atuar no Hospital Universitário Júlio Maria Bandeira de Melo (HUJB).

 “Não é possível que se tenha uma estrutura já pronta, incluindo os equipamentos, mas não se possa contratar pessoal para atender as pessoas. Isso é um contrassenso, inclusive porque isso é necessário para que mais bebês não morram por falta de um suporte técnico adequado como aconteceu recentemente e acontece frequentemente”, desabafou o deputado Jeová, lembrando que, Cajazeiras atende mais de vinte municípios do alto sertão, e apesar de possuir um Hospital Regional e uma maternidade, além de um hospital infantil administrado EBSERRH, nenhuma destas unidades de saúde dispõe de uma UTI Neonatal.

Ainda segundo o parlamentar, há tempos que a população do alto sertão clama pela instalação de uma UTI Neo na Maternidade Deodato Cartaxo e agora, mais recentemente, no Hospital Universitário. Em sua fala, o parlamentar ressaltou que é preciso reconhecer o esforço, empenho e trabalho eficiente da direção do Hospital Universitário, através da superintendente, Dra. Mônica Paulino, do diretor administrativo, Marcelo Pinheiro e do Dr. Antônio Fernandes, diretor geral da Universidade de Cajazeiras. “Eles conseguiram equipar e estruturar fisicamente o hospital que precisa agora da autorização para contratação dos concursados para que se possa implantar a UTI Neonatal, além dos serviços de ginecologia e obstetrícia da unidade”, reitera Jeová.

Postado em: 09/03/2018, Por : News Comunicação

Deixe uma resposta

O seu endereço de email não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *