Coordenação do Banco de Leite de Patos faz apelo para que mães doem o excedente de leite

Com a proximidade das festas de final de ano, a preocupação com a redução do número de doadoras de leite materno se renova, pois os estoques nunca estão em níveis confortáveis para atender a demanda. Por isso, a coordenação do Banco de Leite Dra. Vilani Kerle, de Patos, alerta as possíveis doadoras para que atentem para a importância de doar o leite excedente, além de manter a regularidade das doações.

A coordenadora do Banco de Leite de Patos, Joana Sabino, reitera que, atualmente, mesmo com um número reduzido de doadoras regulares, os estoques estão dando para atender a demanda da maternidade, mas, a preocupação com a proximidade das festas de final de ano é uma realidade que assusta. “Nesta época, muitas mães viajam, outras se envolvem nas festividades e acabam negligenciando e deixando a doação em segundo plano, por isso, aproveitamos para fazer um apelo para que mais mães abracem essa causa que é nobre e salva vidas”, destaca Joana.

Atualmente, o Banco de Leite conta com apenas nove doadoras regulares, o que é muito pouco para o universo de demanda da maternidade. Nesta  segunda-feira (20), por exemplo, a unidade está com quatro bebês no alojamento Canguru, seis na Unidade de Terapia Intensiva (UTI Neo) e mais três na UCIN que estão se alimentando, exclusivamente, com o leite materno do banco de leite. “Temos que sempre estar repondo o estoque, pois nossa demanda é diária e crescente, além de muito volátil”, finaliza Joana, acrescentando que a doação de potes de vidro com tampa de plástico rosqueável também serão muito bem-vindos.

Postado em: 21/11/2017, Por : News Comunicação

Deixe uma resposta

O seu endereço de email não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *