Month: setembro 2017

Prazo para produtores rurais aderirem ao parcelamento de dívidas termina nesta sexta-feira

Posted on

O prazo é curto, só vai até sexta-feira (29), mas vale à pena, já que Programa de Regularização Tributária Rural (PRR) possibilita a renegociação de dívidas rurais com boas condições de negociação. O programa, apelidado de Refis Rural, contempla pessoas físicas ou compradores de produção rural de pessoas físicas. Com a adesão ao programa, os débitos contraídos a partir de 2001 poderão ser refinanciados em até 180 meses (15 anos), das quais 176 prestações terão desconto nas multas e nos juros. Para que o acordo seja feito nessas condições, a única exigência é que o produtor pague 4% da dívida até dezembro de 2017.

As dívidas poderão ser quitadas mediante o pagamento, sem reduções, de 4% da dívida consolidada, em quatro parcelas com vencimento de setembro a dezembro de 2017, e o restante com desconto de 25% das multas de mora e de ofício e 100% dos juros. Se a dívida for menor ou igual a R$ 15 milhões, os 96% restantes da dívida serão parcelados em 176 meses, e o valor da parcela corresponderá a 0,8% da média mensal da receita bruta do ano anterior. A prestação mínima corresponde a R$ 100,00 para o produtor e    R$ 1 mil para o comprador. Se, após os 176 meses ainda restar dívida, o valor poderá ser parcelado em 60 meses, sem descontos. Se o membro do programa for comprador de produção rural de pessoa física com dívida maior que R$ 15 milhões, os 96% restantes da dívida serão parcelados em 176 meses, com prestação mínima de R$ 1 mil.

O contribuinte já inscrito em outros programas de refinanciamento poderá permanecer neles – aderindo, ao mesmo tempo, ao PRR – ou concentrar todos os débitos no PRR. Para o presidente da Associação dos Plantadores de Cana da Paraíba (Asplan), Murilo Paraíso, o Refis Rural é mais uma iniciativa do Governo Federal que pode ajudar a quitação de dívidas do setor. “Qualquer iniciativa que ajude o produtor a negociar, parcelar e ou mesmo quitar sua dívida é sempre muito bem-vinda e como o prazo está em cima, termina nesta sexta-feira, sugiro aos nossos associados procurarem a Receita Federal para identificar se se adéquam às condições do Refis. O importante é não perder essa oportunidade”, finaliza Murilo.

Fonte: Agência Brasil

 

Maternidade de Patos divulga sua programação do Outubro Rosa

Posted on

No mês de outubro várias instituições se engajam na campanha do Outubro Rosa, que propõe a realização de ações informativas que mostrem às mulheres a importância do autoexame e da mamografia no diagnóstico precoce do câncer de mama. A Maternidade Dr. Peregrino Filho, de Patos, vai apoiar a campanha, como o faz todos os anos, por isso, entre os dias 04 e 30 a unidade de saúde, que integra a rede estadual de atendimento, terá um calendário especial para orientar e facilitar o acesso a exames preventivos, tais como mamografia e citológicos. Haverá ainda palestras, distribuição de material educativo e outras ações. O público alvo são as pacientes, visitantes e funcionárias da unidade, além de familiares das mesmas.

A campanha será aberta oficialmente no dia 04 de outubro, com um coffe breack às 9h, no auditório do banco de Leite da Maternidade. Em seguida, acontecerá o hasteamento da bandeira rosa, com a participação da banda marcial do 3° Batalhão da Polícia Militar. Na ocasião serão distribuídos laços cor de rosa, símbolo da campanha, além de material educativo.

A programação do Outubro Rosa da maternidade prossegue no dia 09, com a palestra do mastologista, Thiago Pereira Alencar, as partir das 14h30, no auditório do Banco de Leite. Nesta mesma data serão iniciadas as mamografias para as funcionárias e parentes próximos. Esse exame, que acontece cotidianamente na unidade, dentro da programação do Outubro Rosa também será realizado nos dias 16,23 e 30. Poderão marcar o exame, funcionárias com idade a partir de 39 anos. Caso haja histórico familiar de câncer de mama o acesso será a partir de 35 anos. Os exames citológicos das funcionárias acontecerão nos dias 19, a partir das 14h, e no dia 20, a partir das 8h.

Os dias 16, 18, 23 e 25 serão reservados às palestras nos alojamentos, feitas por professores da área de saúde das Faculdades Integradas de Patos (FIP). No dia 16, às 14h, também está programada uma palestra proferida pela enfermeira Erta Soraya Ribeiro, no auditório do Banco de Leite.

No dia 28, a Maternidade se integra a programação do Centro de Oncologia de Patos e participada Corrida e Caminhada pela vida, organizada pelo grupo ‘Amigas Viva a Vida, que começa às 17h, com concentração na Praça Edivaldo Motta, seguindo pelas principais ruas o centro da cidade.

Para o diretor geral da maternidade de Patos, Dr. Umberto Marinho Júnior, a ação é de extrema importância nesse período porque é quando a rede de saúde consegue conscientizar diversas mulheres para a prevenção do câncer de mama. “A melhor ação é a informação, pois ela conscientiza e, a partir daí, estimula às mulheres a se auto examinarem e fazer os exames que podem identificar a doença ainda em seu estágio inicial, quando as chances de cura são bem maiores”, afirma o médico. Ele lembra que independente do Outubro Rosa, a Maternidade atende regularmente pacientes encaminhadas pelos Programas de Saúde da Família (PSF’s) na realização de mamografia e citológicos.

 

Deputado critica entrega do patrimônio nacional ao capital estrangeiro e diz que população precisa entender a gravidade deste fato

Posted on

“Essa política de entreguismo do patrimônio público nacional do governo Temer está tirando deste país a capacidade de disputar seu reconhecimento internacional enquanto potência, por não ter fontes próprias de energia. Isso é uma vergonha, um crime de lesa pátria e a população brasileira não está percebendo a gravidade desta situação e precisa reagir antes que seja tarde demais”, disse hoje (27), o deputado estadual Jeová Campos (PSB), durante discurso na tribuna da ALPB.

Para o parlamentar, o braço mais criminoso deste governo não é nem o PMDB, de Gedel, é o PSDB. “Através de Pedro Parente, que tomou conta da Petrobras, esse governo está fazendo neste país uma verdadeira entrega do patrimônio nacional”, afirmou Jeová. Ele lembrou que um país que se preza, que tem compromisso com seus filhos, não vende suas fontes de energia, não vende a Chesf, nem as hidrelétricas, suas fontes de riquezas naturais, nem entrega o Pré-Sal. “Estão entregando as fontes geradoras de energia deste país e nós não podemos aceitar isso sem resistir”, disse Jeová.

Ainda de acordo com o deputado, o que o governo está fazendo é um crime que vai comprometer a soberania e futuro do país e a grande Imprensa não está dando a devida atenção ao fato. “Por trás de um noticiário permanente de denúncias de corrupção, é há muita, não tem nada sobre a transferência das fontes de energia para o capital internacional, especialmente para as grandes empresas norte-americanas. As malas de dinheiro, tão propagadas em noticiários em rede nacional, pouco representam, frente à esse crime que está em curso. Deixo aqui o meu protesto e como filho desta nação e como filho da Paraíba digo NEGO a entrega do nosso patrimônio público ao capital norte americano””, afirmou Jeová.

O parlamentar lembrou ainda que essa política quebra a independência do Brasil. “Eu não posso ficar calado diante disso. Não podemos deixar que vendam a Chesf, as nossas hidrelétricas. O Brasil não pode entregar de uma forma tão ‘graciosa’ ao capital estrangeiro o nosso Petróleo”, argumentou Jeová, reiterando que a entrega do patrimônio público está sendo feita com a conivência ou omissão dos poderes constituídos. “Ai eu pergunto: Onde está o Ministério Público Federal, tão atuante, tão competente, para apurar os crimes de lavagem de dinheiro, mas que faz vista grossa para esse fato e para o sistema financeiro, porque todos sabem que não é possível fazer essa lavagem de dinheiro sem a conivência dos bancos e não existe nenhuma investigação contra os bancos”, lembra Jeová

 

 

Capim vai ganhar nova escola estadual em 2018

Posted on

 

O município de Capim já tem assegurado a reforma da escola estadual de ensino médio e, no início do próximo ano, já pode contar com a construção de uma nova unidade educacional, no Centro da cidade. Esses e outros pleitos foram confirmados pelo secretário de Educação da Paraíba, Aléssio Trindade, durante reunião com o deputado estadual, Jeová Campos (PSB) e o vereador de Capim, Neto Chaves, na noite desta terça-feira (26), em João Pessoa.

Segundo o vereador Neto Chaves, o requerimento que pede à Prefeitura de Capim a doação do terreno onde será erguido a nova escola já foi aprovado na Câmara Municipal e enviado ao chefe do executivo local para que as providências sejam tomadas. “Estamos aguardando somente o termo de doação da Prefeitura para que os trâmites sejam iniciados pela Secretaria de Educação Estadual”, reitera o vereador que foi o autor do requerimento.

Para o deputado estadual Jeová Campos, o investimento em Educação será importante para o futuro do município. “Ganhar uma nova escola significa melhorar o serviço prestado à população, dotar o município de uma unidade moderna que acolha os alunos de forma mais adequada e isso é motivo de muita alegria, pois a educação é a base da cidadania, é através dela que o cidadão se projeta para um amanhã mais promissor”, destaca o parlamentar.

Jeová Campos se reúne com ex-prefeitos de Cachoeira dos Índios e recebe apoios importantes para 2018

Posted on

 

Há pouco mais de um ano das eleições, o deputado estadual Jeová Campos (PSB), um dos postulantes  à reeleição em 2018, recebeu hoje (26), em seu gabinete, na ALPB, os ex-prefeitos de Cachoeira dos Índios, Teta Francisco e Francisco Ricarte (Bodim), além do vereador Francisco Joaquim de Oliveira (DEM). Eles conversaram sobre a disputa eleitoral e reiteraram que votam e farão campanha para Jeová no próximo ano.

“Estamos com Jeová. É um bom nome, tem um histórico de excelente parlamentar, com proposituras importantes para à Paraíba e defesas que fazem a diferença na ALPB, tem uma postura coerente com sua trajetória de vida, é um excelente nome e um político preocupado com a questão hídrica, o que para nós é fundamental, além das lutas sociais, cujo mandato prioriza as classes menos favorecidas”, disse Bodim, que foi prefeito de Cachoeira dos Índios em três mandados, além de ter sido vereadores em três legislaturas.

Para Jeová, que vem somando apoios, inclusive, fora do sertão, sua principal base eleitoral, a adesão dos ex-gestores de Cachoeira dos Índios ao seu projeto de reeleição demonstra que sua atuação no parlamento tem repercutido positivamente. “Por onde ando, e não tenho medo de andar na rua, nem falar com o povo, tenho sido bem recepcionado, recebo elogios pelas minhas lutas e atuação na ALPB, e o crescimento de adesões ao nosso projeto político só nos fortalece para a disputa. Receber o apoio de Teta, Bodim e do vereador Francisco muito me alegra e tranquiliza, pois além de campeões votos, eles são grandes lideranças no sertão”, finaliza o deputado que, recentemente, também recebeu importantes apoios de lideranças de Itaporanga, Cuité de Mamanguape e Capim.

Projeto do deputado Jeová Campos de estadualizar estrada no sertão é aprovado por unanimidade

Posted on

A estrada vicinal que inicia no entroncamento da BR-405, no Sitio Varzinha, no município de São João do Rio do Peixe, passando pelos sítios Varzinha, Mundo Novo, Cachoeira da Moça, cruzando a rodovia estadual PB-391 em seguida passando pelos sítios Água Branca, Engenho Velho, Açudinho, terminando no distrito de Bandarra,  no município de São João do Rio do Peixe será estadualizada. Essa modificação foi aprovada hoje (26), por unanimidade, durante votação na Assembleia Legislativa. O autor do Projeto de Lei Nº 1213/2017 é o deputado estadual Jeová Campos (PSB), comemorou a aprovação da matéria, que vai beneficiar diretamente mais de 5 mil pessoas. O texto agora segue para sanção do governador Ricardo Coutinho.

“Em face do aumento significativo de tráfego local de veículos em decorrência da expansão das atividades agrícolas e da pre­dominância do transporte rodoviário, a estadualização da rodovia vicinal em questão facilitará a vida de mais de cinco mil habitantes, de várias localidades rurais, a exemplo dos Sítios Varzinha, Mundo Novo, Engenho Velho, Cachoeira da Moça, Açudinho, Mata dos Galdinos, Mata dos Belo, Tranqueira, Pedra Redonda, Jerimum, Água Branca, Poço Cercado e Currais Velho”, destaca o parlamentar. Além disso, segundo Jeová, a estadualização, também irá melhorar o acesso dos estudantes e pacientes que utilizam a estrada para se deslocarem até  centros maiores da região, a exemplo de Cajazeiras e Sousa.

Profissionais da Unitrans participam de novo módulo do Projeto ‘Operador em Ação’

Posted on

 

Os profissionais que atuam na operação da empresa de ônibus Unitrans começaram, nesta segunda-feira (25), o módulo do terceiro bimestre do projeto ‘Operador em Ação’. Desta vez, os motoristas, manobreiros e cobradores estão revendo assuntos técnicos e operacionais ligados ao cotidiano dos profissionais que atuam diretamente com os passageiros. Os treinamentos deste módulo vão até a próxima sexta-feira (29). Até lá, todos os operadores, dos 49 terminais da empresa, já terão participado da capacitação, que acontece pela manhã e à tarde, no auditório da empresa. O chefe de tráfego da empresa, Allisson Ricartte, é o instrutor deste módulo operacional.

“Os colaboradores foram divididos em turmas, por áreas e terminais de linha possibilitando, assim, que todos participem dos módulos do projeto sem atrapalhar a rotina dos terminais”, explica a gerente de Recursos Humanos da Unitrans, Izabela Maria. Ela lembra que durante os treinamentos e em todos os módulos do projeto, os operadores levam demandas e sugerem melhorias que ajudam a aperfeiçoar o serviço prestado pela Unitrans. “Quanto a sugestão de melhoria depende apenas da empresa, a gente encaminha para a diretoria avaliar e, em seguida, o setor competente é acionado. Mas, quando as ações extrapolam a competência da empresa a gente faz os encaminhamentos devidos”, afirma Izabela.

O ‘Operador em Ação’ é um Programa de capacitação permanente da Unitrans, que existe desde 2012, e aborda temas ligados ao cotidiano dos operadores. A partir deste ano, o treinamento foi dividido em módulos,que abordam questões técnicas/operacionais. “A proposta é ampliar os horizontes de nossos colaboradores, capacitando-os e estimulando-os a desempenhar da melhor forma possível suas funções e, consequentemente, prestar um melhor serviço aos nossos passageiros”, destaca Izabela.

Ela lembra que esse projeto tem também a função de reconhecer o esforço, compromisso, dedicação e empenho dos colaboradores no atendimento e prestação de serviço e também na colaboração de um trânsito mais seguro. “No final do ano, os profissionais que se destacam têm reconhecido seu empenho e dedicação”, finaliza Izabela.

Representantes do Ministério da Agricultura e Prefeito de Rio Tinto visitam Estação Experimental de Camaratuba

Posted on

Referência no Nordeste na produção dos insumos biológicos Cotesia Flavipes (vespas) e Metarhizium Anisopliae (fungos), utilizados para o controle de duas grandes pragas que atacam os canaviais paraibanos, a broca-comum (Diatraea spp) e a cigarrinha da Folha (Mahanarva posticata), a Estação Experimental de Camaratuba, que é mantida pela Associação dos Plantadores de Cana da Paraíba (Asplan), recebe visitas regularmente de estudantes, pesquisadores e profissionais interessados nos processos desenvolvidos nos laboratórios da Estação. No último dia 21, a Estação foi visitada pelo prefeito de Rio Tinto, Antônio Naya, o secretário de agricultura de Rio Tinto, Antônio Macedo, juntamente aos técnicos do Ministério da Agricultura, Hermes Ferreira e Adalberto Nunes.

Os visitantes foram recebidos pelo coordenador do Departamento Técnico da Asplan,  o engenheiro agrônomo, Vamberto Rocha, que deu uma visão geral das atividades do DETEC e dos trabalhos que o departamento disponibiliza para o fornecedor de cana-de-açúcar. “Na estação produzimos mudas sadias e controladores biológicos que são distribuídos gratuitamente para os associados, e no prédio sede da Associação realizamos trabalhos de georreferenciamento, elaboração de projetos técnicos, fiscalização dos laboratórios de sacarose das unidades industriais, entre outros”, explicou Vamberto.

Em seguida, o biólogo Roberto Balbino, explicou detalhadamente o funcionamento dos laboratórios de cotesia flavipes e metarhizium anisopliae da estação. Depois das explicações, os visitantes foram verin loco a produção dos insumos e conhecer a Estação e aprovaram o que viram. Eles elogiaram a preocupação da Asplan em manter a produção de insumos biológicos e a organização da Estação.

Sobre a Estação

Situada na BR 101, próximo à entrada para o município de Mataraca, a Estação Experimental de Camaratuba foi instalada em 1979, através de um convênio entre o já extinto Instituto do Açúcar e do Álcool (IAA)/Planalsucar e Asplan. Entretanto, desde 1989, a Associação assumiu a Estação e buscou novos parceiros para dar continuidade às pesquisas que vinham sendo desenvolvidas A área possui 220 hectares, sendo 80 deles para o cultivo de cana-semente de variedades promissoras e também uma área de plantação destinada à pesquisa agrícola. Os demais 140 hectares constituem área de preservação ambiental, já que a Estação está localizada em meio a uma reserva de Mata Atlântica. Na Estação ainda existe uma estação meteorológica, onde diariamente, três vezes ao dia, às 9h, 15h, e 21h, os técnicos colhem informações sobre velocidade e posição do vento, temperatura, umidade, pressão atmosférica, evaporação, pluviometria, entre outras e, repassam para o 3º DISME, em Recife.

Reformulação da composição do Conselho de Proteção do Meio Ambiente do Estado é debatida durante reunião na Sudema

Posted on

 A atual composição do Conselho de Proteção do Meio Ambiente do Estado – COPAM não permite uma maior diversidade quanto à participação, não só de outros segmentos da sociedade civil, como também de representantes de órgãos importantes do Governo. Com o objetivo de discutir a reformulação da composição do COPAM e definir o que é necessário para que isso aconteça, o Superintendente da SUDEMA, João Vicente, se reuniu hoje (25), pela manhã, na sede do órgão, com integrantes do Conselho, técnicos e convidados. O deputado estadual Jeová Campos, presidente da Comissão de Desenvolvimento, Turismo e Meio Ambiente da ALPB, foi representado na reunião pela assessora jurídica de seu gabinete. Dra. Maria Izabel Pontes. O parlamentar estava no interior do estado e não pôde chegar em tempo de participar.

            “Fizemos uma pesquisa de como os Conselhos de Meio Ambiente de outros Estados estão compostos e constatamos que todos são semelhantes e nenhum se aproxima do formato do da Paraíba, o que nos convenceu da necessidade de atualizarmos a composição do nosso COPAM e essa reunião é um primeiro passo neste sentido”, afirma o  Superintendente da SUDEMA, João Vicente.

            O deputado Jeová Campos acha importante a atualização da composição do COPAM e já colocou seu gabinete à disposição para contribuir  neste sentido. “Ora, não se pode conceber que, por exemplo, a Assembleia Legislativa, um poder importante e influente no Estado não tenha acento no Conselho. Isso é apenas um exemplo de como essa reformulação é oportuna e necessária”, destaca Jeová, lembrando que para alterar a composição do Conselho será necessário mudar o texto referente à matéria na Constituição Estadual, daí ter que obedecer todo o rito necessário para tal reformulação.

            Da reunião de hoje foi deliberado à formação de uma comissão com integrantes de segmentos da sociedade que pleiteiam vaga no Conselho que junto com técnicos da SUDEMA debaterão uma proposta de nova composição. Ficou acertado que essa próxima reunião acontecerá, em data a ser definida, no gabinete do deputado Jeová Campos, na ALPB.

            Além dos representantes da Associação Nacional dos Órgãos Municipais de Meio Ambiente – Seccional Paraíba (ANAMMAPB), presidente Walber Farias, e secretária executiva, Wellintânia Freitas, participaram da reunião representantes do Comitê de Bacias da PB, do Conselho de Arquitetura e Urbanismo (CAU), além da ALPB, através da Comissão de Desenvolvimento, Turismo e Meio Ambiente.

Maternidade de Patos terá missa toda terceira sexta-feira de cada mês

Posted on

A partir deste mês, todo terceira sexta-feira do mês, a Maternidade Dr. Peregrino Filho, de Patos terá uma programação religiosa. Isto porque, nestas datas haverá a celebração de uma missa católica. A primeira delas aconteceu nesta sexta-feira (22), pela manhã, no mini auditório do Banco de Leite. A missa foi celebrada pelo Padre Edvan.

De acordo com o diretor geral da Maternidade, Dr. Umberto Marinho Júnior, a iniciativa atende um antigo pleito de funcionários, que desejavam ter no local de trabalho uma ação religiosa. “O Estado é laico e essa celebração católica não é excludente de nenhuma outra, apenas atendemos ao apelo de alguns funcionários que gostariam de ter a oportunidade de participar de uma missa. Como havia a disponibilidade do celebrante, marcamos para realizar toda terceira sexta-feira do mês”, explica Dr. Umberto.

Podem participar da celebração funcionários, prestadores de serviço, pacientes e visitantes. Como o espaço é pequeno, o critério de acesso será a quantidade de pessoas que a sala comportar.  O tempo de participação na missa será compensado, no mesmo dia de trabalho, a fim de que a participação na celebração não atrapalhe a rotina da maternidade, nem o atendimento às pacientes.