Month: junho 2017

Asplan participa de café da manhã que debateu Programa RenovaBio em Brasília

Posted on

O restaurante do SENAC, localizado no 10ª andar, do anexo 4, da Câmara dos Deputados, teve uma movimentação diferente nesta quarta-feira (28). Isto porque, o local foi o local escolhido para a realização de um café da manha, que reuniu políticos, empresários do setor sucroenergético, dirigentes de entidades ligadas ao setor produtivo, além de representantes quatro frentes parlamentares. Em pauta a apresentação do programa RenovaBio, que tem como objetivo expandir a produção de biocombustíveis, entre eles o etanol, o biodiesel, o biogás e o bioquerosene. O presidente da Associação dos Plantadores de Cana da Paraíba (Asplan), Murilo Paraíso, prestigiou o evento promovido pela Cãmara, em parceria com União da Indústria de Cana-de-Açúcar (Unica).
O Renovabio, explica Murilo Paraíso, foi lançando no final de 2016 pelo governo federal, para garantir o cumprimento de um compromisso assumido na 21ª Conferência do Clima (COP21), em 2015, junto com outros países, com as metas de redução de emissões de gases de efeito estufa. O Brasil se comprometeu a reduzir em 43% a emissão de gases, até 2030.

Ainda segundo Murilo, o Brasil só vai conseguir cumprir o que acordou se adotar uma política de estímulo a produção e consumo de biocombustíveis. “A emissão de gases é um assunto sério e que precisa ser encarado como prioridade não apenas pelo governo, mas, por toda a sociedade”, afirma Murilo, lembrando que a redução do uso dos combustíveis fosseis passa também pela mudança da mentalidade das pessoas. “Muitas vezes, é vantagem abastecer o carro flex com álcool, mas, se abastece com gasolina”, lembra ele.

Além de técnicos e representantes do governo federal, integrantes da Frente Parlamentar Mista do Biodiesel, da Frente Parlamentar pela Valorização do Setor Sucroenergético, da Frente Parlamentar Mista da Agropecuária e da Frente Parlamentar da Indústria de Máquinas e Equipamentos falaram sobre o Renovabio e assuntos correlatos durante o café da manhã.

Redução da emissão de carbono passa pela adoção de combustíveis menos poluentes

Posted on

“O Ethanol Summit foi um evento fantástico e super importante para o futuro do nosso país, pois o foco dos debates do evento foi a definição de estratégias para diminuir a emissão de carbono em meios de transporte, que representam 1/4 da emissão de gases de efeito estufa no mundo. E, nesse contexto, o etanol, que reduz em 90% as emissões se comparado com a gasolina, ocupa uma posição estratégica e coloca o Brasil em vantagem na questão da descarbonização, já que além de grandes produtores de cana-de-açúcar e etanol, temos um enorme potencial a ser explorado”. Foi desta forma que o presidente da Associação dos Plantadores de Cana da Paraíba (Asplan), Murilo Paraíso, avaliou o Ethanol Summit, que foi realizado em São Paulo, nos últimos dias 26 e 27.
Murilo que junto com o presidente da Federação dos Plantadores de Cana do Brasil (Feplana), Alexandre Lima, participou do evento, destaca a importância do setor sucroenergético nacional. “Nós respondemos por  2% do Produto Interno Bruto (PIB) brasileiro e empregamos mais de 1 milhão de pessoas”, lembra Murilo. Para ele, o programa RenovaBio, que busca diminuir emissões no setor de transporte tende a valorizar os biocombustíveis, que são menos poluentes e renováveis. “Como diz o adágio popular, o Brasil ‘tem a faca e o queijo’ basta, apenas, ter políticas que valorizem o setor e que estimulem o investimento na produção dos biocombustíveis. A implementação do RenovaBio não é somente boa para o país, porque ela terá reflexos em todo o planeta”, finaliza Murilo, enaltecendo as atividades do Ethanol Summit.

Profissionais da Maternidade Dr. Peregrino Filho participam de ações na Caravana do Coração

Posted on

As ações da Caravana serão realizadas em 13 municípios, entre os dias 26 de junho e 08 de julho. Em Patos, os atendimentos serão realizados na próxima sexta-feira (30)

 

A ONG pernambucana Círculo do Coração, em parceria com a Secretaria de Saúde do Estado, com apoio da Rede de Cardiologia Pediátrica da Paraíba (RCP), realiza pela 5ª vez na Paraíba atendimentos gratuitos em crianças de 0 a 12 anos, gestantes com idade gestacional de 22 a 28 semanas que apresentem algum tipo de cardiopatia ou problemas oriundos de cardiopatias e crianças com microcefalia. Os serviços e atendimentos em Patos estão programados para acontecer no próximo dia 30 e terão total apoio da Maternidade Dr. Peregrino Filho, que integra a rede estadual de saúde. Profissionais da unidade darão suporte às atividades e farão capacitações. A Maternidade também fornecerá os lanches que serão distribuídos no dia com os voluntários que atuam na Caravana.

Segundo a diretora assistencial da Maternidade de Patos, Luciana Maia, vários profissionais da unidade estarão envolvidos diretamente nas ações da Caravana, mas, somente no dia das atividades é que serão definidas às atribuições de cada um. “Os profissionais da Maternidade participarão de capacitações, podem ajudar na coleta de sangue, os que integram o ambulatório de microcefalia, ou seja, os fisioterapeutas, fonoaudiólogo e psicólogo também estarão à disposição da Caravana, além disso teremos
também as enfermeiras Laryssa Medeiros, Euzarene Tiburtino e Janielly Guilherme, além do auxiliar administrativo, Silvia Gomes, que já fazem parte do Circor, à disposição para ajudar e se integrar às ações”, destaca Luciana, lembrando que a unidade também contribuirá com apoio logístico aos profissionais da Caravana durante sua passagem pela cidade.

A Caravana do Coração tem o objetivo de realizar um mutirão de triagens, consultas e exames cardiológicos com ajuda de uma equipe multidisciplinar de profissionais de diversas áreas. A proposta é realizar atendimentos, em cada uma das 13 cidades contempladas com as ações, em100 mulheres, 100 crianças e capacitar 200 profissionais nos cursos oferecidos pela Caravana. Depois de Cajazeiras e Sousa, a Caravana estará em  Catolé do Rocha (28), Pombal (29), Patos (30), Itaporanga (01/07), Princesa Isabel (02), Monteiro (03), Esperança (04), Picuí (05), Guarabira (06), Itabaiana (07) e Mamanguape (08). A equipe multiprofissional da Caravana é, formada por médicos, enfermeiros, psicólogos, assistentes sociais, professores e estudantes universitários.

“Esse é um projeto que merece todo o nosso apoio pelo alcance social, pela iniciativa de melhorar a atenção básica, pelos resultados que tem apresentado até agora e, principalmente, por ser uma ação que melhora a saúde e, consequentemente, a vida das pessoas. Por isso, desde a primeira edição na cidade que a Maternidade de Patos apoia e se integra às ações da Caravana”, destaca o diretor clínico da Maternidade, Dr. Paulo Athayde.

Agenda do presidente da Asplan inclui importantes eventos em São Paulo e Brasília na próxima semana

Posted on

 

Entre os dias 26 e 28 de junho, o presidente da Associação dos Plantadores de Cana da Paraíba (Asplan), Murilo Paraíso, tem importantes compromissos. O primeiro deles acontece em São Paulo, na segunda e terça-feira. Trata-se do Ethanol Summit, um dos principais eventos do mundo voltado para as energias renováveis, particularmente, o etanol e os produtos derivados da cana-de-açúcar. Na quarta-feira (28), o dirigente canavieiro estará em Brasília, onde participa, na Câmara dos Deputados, de um café da manhã promovido pela Frente Parlamentar Mista do Biodiesel e a Frente Parlamentar pela Valorização do Setor Sucroenergético, dentro do programa RenovaBio.

“Serão eventos importantes e que interessam a toda a cadeia produtiva, onde se debaterá temas relevantes do setor sucroenergético” destaca Murilo, lembrando que no Ethanol Summit, além das palestras, acontecerá apresentações, discussões e debates em grandes plenárias, painéis temáticos, além de eventos paralelos. O Ethanol Summit  é organizado pela União da Indústria de Cana-de-Açúcar (UNICA), que lançou o evento em 2007 e o realiza a cada dois anos.

O presidente da Federação dos Plantadores de Cana do Brasil (Feplana), Alexandre Lima, também confirmou participação nos eventos de São Paulo e Brasília.

Asplan confirma presença em evento do Renovabio

Posted on

Na próxima quarta-feira, dia 28, em Brasília, o programa RenovaBio, lançado pelo Ministério de Minas e Energia e aprovado pelo Conselho Nacional de Política Energética no início deste mês, será tema de café da manhã promovido pela Frente Parlamentar Mista do Biodiesel e a Frente Parlamentar pela Valorização do Setor Sucroenergético, com apoio da Frente Parlamentar Mista da Agropecuária e da Frente Parlamentar da Indústria de Máquinas e Equipamentos. O evento, que acontece na Câmara dos Deputados, vai reunir além de parlamentares, lideranças do setor produtivo e de biocombustíveis. Os presidentes da Federação dos Plantadores de Cana do Brasil (Feplana) e da Associação dos Plantadores de Cana da Paraíba (Asplan), respectivamente, Alexandre Lima e Murilo Paraíso já confirmaram presença no evento.

A partir do tema “RENOVABIO: eficiência energética e descarbonização”, o evento tem o objetivo de debater as contribuições que os combustíveis renováveis podem oferecer à matriz energética nacional, promovendo desenvolvimento econômico e ajudando o país a cumprir as metas estabelecidas no Acordo de Paris sobre o Clima.

 “A regulamentação do Renovabio é muito importante para o país, pois, a partir daí toda a cadeia produtiva ficará mais fortalecida, tendo o produtor mais segurança para investir na produção e a indústria mais respaldo para produzir etanol, que é uma matriz energética 100% nacional, não poluente, renovável e que tem um papel fundamental para que o país cumpra as metas de redução de emissão de carbono da atmosfera, como assumiu no Acordo de Paris”, destaca Murilo Paraíso.

Maternidade de Patos ganha decoração de época e cardápio junino para comemorar uma data importante no calendário do Nordeste

Posted on

Logo na entrada principal, no setor administrativo, quem chega já entra no clima junino. No refeitório e em outras dependências, a decoração também remonta a uma das festividades mais típicas da região Nordeste, com bandeirinhas e balões. Estamos falando da Maternidade Dr. Peregrino Filho, de Patos, que  com uma decoração junina, entra no clima dos festejos de São João, reforçando à fama do município que é um dos destinos mais procurados nesta época do ano, ficando atrás apenas de Campina Grande, que disputa com Caruaru a sede do maior São João do Mundo.

E a unidade, que integra a rede estadual de saúde, além da decoração também servirá nos dias 23 e 24, para pacientes e funcionários, refeições com pratos típicos da época. O cardápio especial, que está sendo mantido em segredo para não ‘estragar’ a surpresa, vai incluir comidas de milho, além de pratos típicos e iguarias juninas.

Segundo a diretora assistencial da Maternidade, Luciana Maia, a iniciativa, apesar de simples, tem um grande significado. “As festas de São João no Nordeste são uma referência e faz parte da cultura local, e a cidade de Patos é um destino muito procurado nesta época do ano, com um dos São João mais animados da região. Nosso objetivo foi fazer uma referência a data, inserindo a unidade neste clima junino”, afirma Luciana.

Deputado comemora decisão do STF de cassar liminar que suspendia reinício das obras do Eixo Norte da Transposição

Posted on

O deputado estadual Jeová Campos (PSB), um dos maiores defensores da retomada das obras da transposição do Eixo Norte, que estão paradas desde julho do ano passado, comemorou a decisão da presidente do Supremo Tribunal Federal (STF), ministra Carmen Lúcia, que cassou, nesta terça-feira (20), a liminar de um juiz federal que impedia a continuidade das obras. “Com essa decisão, enfim, o contrato com o consórcio vencedor da licitação poderá ser assinado e as obras, finalmente, retomadas”, festejou o parlamentar, que recebeu a notícia quando participava de uma audiência pública, promovida pela Caravana das Águas, em Pau dos Ferros (RN).

As obras do Eixo Norte da transposição serão as responsáveis por levar água do projeto aos municípios do sertão paraibano, pernambucano, cearense e potiguar. “Sem a conclusão deste trecho, que falta menos de 10% para ser finalizado, as águas da transposição não chegariam ao sertão destes quatro estados”, afirma Jeová. Para ele, agora é a vez de pressionar o governo federal, através do Ministério da Integração, para assinatura do contrato e reinício das obras.

O parlamentar paraibano lembra que a retomada das obras de transposição do Rio São Francisco, que vai levar água ao chamado Eixo Norte da Região Nordeste, foi tema de uma audiência, realizada na semana passada, entre a presidente do STF, ministra Cármen Lúcia, com os governadores dos estados nordestinos, além de outras autoridades, incluindo o ministro da Integração Nacional, Helder Barbalho. “Na ocasião, a ministra remeteu o processo para a Procuradoria Geral da República (PGR) e disse que tomaria uma decisão sobre o assunto essa semana e o fez, de forma que só temos a agradecer a agilidade da decisão do Supremo e esperar que o governo federal haja da mesma forma”, finalizou Jeová.

Brasil será primeiro país do mundo a iniciar a produção de cana-de-açúcar transgênica

Posted on

A Comissão Técnica Nacional de Biossegurança (CTNBio) decidiu, recentemente, baseada em estudos sobre a produção de cana-de-açúcar transgênica, liberar comercialmente a produção da matéria-prima geneticamente modificada. A decisão coloca o país na vanguarda da produção deste tipo de cana que não oferece riscos e ainda é resistente à pragas.

O presidente da Associação dos Plantadores de Cana da Paraíba (Asplan), Murilo Paraíso, comemorou a notícia, lembrando que ela abre novas perspectivas para o setor produtivo. “Além de mais resistente, a cana modificada geneticamente tem maior  produtividade e também mais qualidade o que proporcionará um ganho em vários aspectos. Essa tecnologia, sem dúvida, será importante para o futuro do Brasil”, destaca Murilo.

O pedido de liberação foi feito pelo Centro de Tecnologia Canavieira (CTC), que desenvolveu uma variedade da planta resistente à broca do colmo, praga comum nos canaviais do centro-sul do país. O CTC protocolou em 27 de dezembro de 2015 o pedido de liberação comercial que motivou uma audiência pública realizada em outubro passado, em Brasília. A CTNBio é uma instância colegiada multidisciplinar ligada ao Ministério da Ciência, Tecnologia, Inovações e Comunicações (MCTIC). Sua finalidade é prestar apoio técnico-consultivo e assessoramento ao governo federal para formular, atualizar e implementar a Política Nacional de Biossegurança. Agora, a liberação da cana de açúcar segue para registro e avaliação do Ministério da Agricultura.

 

Projeto que facilita acesso do produtor rural ao crédito é aprovado pelo Senado

Posted on

Em sessão do último dia 14, o plenário do Senado aprovou o Projeto de Lei N° 212/15, originário da Câmara, que autoriza o proprietário de imóvel rural a submeter a área total ou fração de seu imóvel ao regime de afetação e instituir a Célula Imobiliária Rural (CIR). Isto significa que o produtor rural poderá separar uma parte do seu imóvel para dar como garantia ao pedir um empréstimo. Desta forma, o produtor não compromete toda a propriedade e separa uma fração que tenha valor equivalente ao da negociação.

O PL de autoria do deputado Roberto Balestra (PP), que teve a relatoria do senador Ronaldo Caiado (DEM), tem o objetivo de ampliar e tornar mais simples e ágil o acesso do produtor rural ao crédito. Após aprovação no Senado, o texto volta à Câmara dos Deputados, já que foi alterado por emendas do relator.

Para o presidente da Associação dos Plantadores de Cana da Paraíba (Asplan), Murilo Paraíso, com esse PL amplia-se as possibilidades de acesso ao crédito. “Tudo o que venha para facilitar o acesso do produtor a linha de crédito é bem-vinda e esse PL, de fato, torna mais simples o acesso aos recursos, já que o produtor terá a maleabilidade de poder fracionar ou mesmo instituir a Célula Imobiliária Rural de todo o seu imóvel e dar como garantia do empréstimo”, argumenta Murilo.

O PL, no entanto, também prevê que ficará sujeito à condenação, por crime de estelionato, o produtor rural que mentir sobre a área do imóvel rural ou suas características, instalações e acessórios, lançados como patrimônio de afetação. A mesma punição será aplicada a quem omitir, na CIR, que o bem está sujeito a outro ônus ou responsabilidade de qualquer espécie, inclusive de natureza fiscal e ambiental.

 

 

Fonte: Agência Senado

Caravana das Águas acontece sem a participação de políticos da bancada federal paraibana

Posted on

A indiferença dos políticos que integram a bancada federal paraibana ficou evidente com a ausência de representantes da Câmara Federal e do Senado nas ações realizadas pela Caravana das Águas, que visitou, nesta segunda-feira (19), a estação EBI 3, em Salgueiro/PE e à Barragem de Jati/CE. Embora a ação tenha sido amplamente divulgada e a ALPB tenha encaminhado convites, nenhum deputado federal, nem senador paraibano participou da Caravana, que visitou as obras da Transposição no Eixo Norte. O propósito da ação era chamar a atenção das autoridades para a necessidade imediata da retomada das obras do Eixo Norte, que estão paralisadas desde julho do ano passado. Sem a conclusão deste trecho, ás águas do Velho Chico não chegam para matar a sede dos sertanejos da Paraíba, Pernambuco, do Rio Grande do Norte e do Ceará.

O deputado estadual Jeová Campos, idealizador da Caravana e um dos coordenadores da ação, lamentou a ausência dos representantes da bancada federal nas ações do primeiro dia da Caravana. “Foi ótimo a chegada das águas em Monteiro, Campina Grande e outras cidades paraibanas, mas, não podemos esquecer que o sertão também clama por água e precisa da conclusão do trecho do Eixo Norte, que está paralisado há quase um ano, para que isso aconteça. Essa mobilização, apartidária, tem esse propósito, por isso, era interessante que os representantes da bancada federal tivessem se engajado, mas, infelizmente, isso não aconteceu”, lamentou o parlamentar.

Jeová lembra que desde a saída da construtora Mendes Júnior, em julho do ano passado, que o trecho do Eixo Norte esta paralisado. “O processo licitatório para a escolha da empresa substituta foi feita este ano, mas, o contrato para retomada das obras ainda não foi assinado porque uma das empresas perdedoras da licitação entrou com um recurso na Justiça”, explica o deputado. Ele lembra que diante do impasse desta judicialização, a esperança de retomada das obras, o mais rápido possível, recai agora sobre o STF que está prestes a julgar este impasse. “A presidente do Supremo Tribunal Federal (STF), ministra Cármen Lúcia, encaminhou a PGR o processo e disse que, essa semana, iria decidir algo sobre essa questão. Estamos ansiosos por essa decisão, porque dela depende o destino e a sobrevivência de milhares de nordestinos que habitam os sertões da Paraíba, Pernambuco, Rio Grande do Norte e Ceará”, disse Jeová, que nesta terça-feira (20), participou de audiências públicas nas cidades de Pau dos Ferros e em Caicó, no Rio Grande do Norte, no segundo e último dia de atividades da Caravana das Águas.