Presidente da Asplan se emociona ao receber o título de Cidadania Paraibana

O pernambucano Murilo Correia Paraíso, presidente da Associação dos Plantadores de Cana da Paraíba (Asplan), não conteve a emoção e às lágrimas enquanto agradecia a iniciativa do deputado, Tovar Correia Lima, aprovada por unanimidade pelos parlamentares estaduais, de outorga-lhe o Título de Cidadão Paraibano. “Já me sentia cidadão paraibano, mas, agora, com esse título, sou de sentimento e de direito filho desta terra que me acolheu com tanto carinho há 40 anos”, disse Murilo. A solenidade de entrega do Título aconteceu nesta quinta-feira (25), à noite, no auditório da Associação, em João Pessoa, e foi bastante prestigiada.

O presidente da ALPB, Gervásio Maia Filho participou da cerimônia, mas, cedeu a presidência dos trabalhos ao autor da propositura que, na ocasião, foi secretariado pelo deputado Branco Mendes. O Projeto de Lei de Nº 1.147/2016 foi aprovado em dezembro do ano passado, mas, a cerimônia de entrega só ocorreu ontem, a pedido do agraciado, em função de seu desejo de coincidir a data com a comemoração dos 60 anos da Asplan, também festejado no mesmo dia.

Em seu discurso, o deputado Tovar Correia Lima fez um breve histórico da vida do homenageado, associando-o às atividades desenvolvidas por ele, na Paraíba, tanto como engenheiro civil, como produtor canavieiro e presidente da Asplan. “Murilo já adotou e foi adotado pela Paraíba, onde mora desde 1977, e ao longo deste período prestou relevantes serviços ao nosso Estado, primeiro como empresário na área de Engenharia Civil, por causa de sua formação profissional, depois no setor agrícola, mais especificamente da cana-de-açúcar, dando importante contribuição para a economia local, através da geração de emprego e renda, de forma que é merecedor dessa homenagem e reconhecimento”, disse o deputado Tovar Correia Lima, enfatizando que tem muito critério ao conceder títulos, e que só o faz quando o homenageado está à altura de ser agraciado. “Até hoje só concedi dois títulos, um foi de Murilo”, disse ele.

O homenageado, que é natural de Recife (PE), visivelmente emocionado e com voz embargada, reiterou seu amor pelo estado que adotou, fez uma breve retrospectiva de sua trajetória e reiterou que independente do título já se sentia, de fato, um cidadão paraibano. “Moro aqui há 40 anos, adotei no meu coração e fui adotado por essa cidade, escolhi a capital paraibana para formar e viver com minha família e foi na Paraíba que consolidei os meus negócios, tanto na área de construção civil, quanto na agricultura, de forma que fiquei muito feliz e honrado com essa homenagem que vai formalizar um sentimento que eu já nutria há muito tempo. Costumo dizer que tenho dupla cidadania, uma de Recife, cidade que eu nasci e também amo, e outra é a Paraíba, que adotei e que me acolheu tão bem”, disse Murilo que estava acompanhado da esposa, Célia, filhos e neto.

O presidente da ALPB, Gervásio Maia Filho, também enalteceu a relação de Murilo com a Paraíba, lembrando dos tempos em que ainda era estudante e frequentava a casa do homenageado para estudar com sua colega de escola, filha dele. “A vida é um sucessão de acontecimentos mesmo. Lembro, na minha época de colégio, das conversas em torno de investimentos na Paraíba, do amor  e admiração pelo estado que tinha sido adotado e agora, me vejo aqui, presidente do Poder Legislativo participando de uma solenidade de entrega de um título a um cidadão que é muito merecedor desta honraria, pois, contribuiu e ainda contribui, agora também através de seu trabalho na Asplan, com o desenvolvimento de nosso estado. Eu estou muito feliz de estar aqui”, disse Gervasinho.

Sessão solene

Após a entrega do título, seguiu-se uma sessão solene da ALPB em homenagem aos 60 anos de atividades da Asplan, comemorados neste dia 25 de maio. O deputado estadual, Branco Mendes, e o deputado federal, André Gomes, discursaram, na ocasião, e enalteceram o trabalho da Asplan, a importância da entidade para a Paraíba e da cultura canavieira, destacando-a como o principal sustentáculo econômico e social da região. “Cada paraibano deve ter uma dose de sacarose  correndo nas veias, isto porque, a cultura faz parte de nossa história, de nosso presente e, certamente, de nosso futuro, porque a Cana-de-açúcar foi ontem, é hoje e será amanhã, o principal sustentáculo econômico no Nordeste e na Paraíba”, disse André Amaral.

O secretário executivo de Agricultura, Rômulo Montenegro, que representou o governador Ricardo Coutinho na solenidade, reiterou o compromisso do governo com o setor e enalteceu a importância da cultura para o desenvolvimento do estado. “Esse é um segmento que dá segurança não apenas à região, mas, a nação, pois é um setor vital para o desenvolvimento do país, para a matriz energética, para a geração de empregos, responsável pela produção de um combustível limpo, pelo açúcar que gera riquezas diversas, é um dos maiores contribuintes de ICMS, enfim, é um setor vital para a economia nacional, regional e local”, destacou o secretário.

O presidente do Tribunal de Contas do Estado (TCE), André Carlo Torres enalteceu a fortaleza do homem do campo, enfatizando que “os produtores rurais são verdadeiros heróis da agricultura, porque a atividade requer demais de quem se disponibiliza a viver do que brota da terra”. O presidente da Federação dos Plantadores de Cana (Feplana), Alexandre Lima, destacou alguns diferenciais da atividade e enalteceu o espírito de união que existe na Asplan, como principal alicerce para a entidade representativa dos produtores canavieiro ser tão próspera e equilibrada. “Os desafios são imensos, mas, essa união que existe aqui, na Asplan, acredito ser o alicerce do sucesso de todos vocês que estão de parabéns de chegar aos 60 anos tão altivos e fortes”, disse Alexandre.

Postado em: 26/05/2017, Por : News Comunicação

Deixe uma resposta

O seu endereço de email não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *