Os corruptos que estão no Congresso querem votar uma auto-absolvição com esse pacote anticorrupção

Deputado estadual Jeová Campos (PSB) repudia manobra espúria dos deputados

 federais que sob falso discurso da moralidade querem legislar em causa própria

 

“Esses golpistas que formam o Congresso Nacional, com raras e honrosas exceções, que cassaram uma presidente eleita legitimamente, sem processo, nem julgamento, querem legislar em causa própria e estão votando, na realidade um pacote de auto-absolvição. Isso é um descaramento, uma cuspida na cara de todos os brasileiros, uma atitude deplorável, inaceitável. Como político, me sinto envergonhado e constrangido, mas usarei a força de meu mandato, como sempre o fiz na minha vida pública, para me contrapor a essas manobras espúrias que só enfraquecem a democracia”, afirmou o deputado estadual Jeová Campos. O parlamentar se referiu a manobra dos deputados federais de incluir no projeto  das Medidas de Combate à Corrupção, em tramitação no Congresso, a anistia ao Caixa 2 e outras medidas que beneficiam políticos que cometeram crimes de corrupção.

Na prática, explica o parlamentar paraibano, essa manobra dos deputados abre uma brecha para invalidar grande parte das investigações da Lava Jato, no que diz respeito ao financiamento eleitoral de políticos usando dinheiro de propinas e ainda prevê a punição de magistrados e integrantes do Ministério Público Federal por crime de responsabilidade. “Ora, porque tanta pressa em incluir essa proposta no Projeto que auto-absolve os políticos que receberam dinheiro para financiar suas campanhas de Caixa 2 e, justamente, após o acordo de delação premiada dos executivos da Odebrecht ser fechado. Um acordo, inclusive, que deixou em polvorosa boa parte do Congresso e o senhor que ocupa ilegitimamente o Palácio do Planalto, já que se sabe que a lista de políticos que serão citados é muito grande, fala-se até em 200 nomes”, relembra Jeová.

“Essa manobra que envergonha o país, nada mais é que uma tramoia, um conluio, contra a democracia brasileira, que anistia praticamente todos os crimes oriundos da corrupção, de doação de propinas, fica tudo anistiado, a exemplo do crime de lavagem de dinheiro, Caixa 2, peculato, corrupção ativa e passiva e evasão de divisas. O que a grande mídia está publicando não condiz com a gravidade do que se está sendo armando no Congresso, com total apoio do Planalto, deste governo golpista, que junto com esses políticos corruptos querem dar outro golpe no nosso país”, denunciou Jeová.

O parlamentar também faz uma correlação do que está acontecendo no Brasil com o que ocorreu na Itália. “O governo de Michel Temer, com apoio de praticamente todos os partidos, está fazendo a mesma coisa que o governo de Berlusconi fez, em 1994, na Itália, acabando com a operação ‘Mãos Limpas’ e, aqui no Brasil, acabando com a ‘Lava Jato’”, afirma Jeová, lembrando que a manobra é tão vergonhosa que, os golpistas estão querendo que a votação, programada para a próxima terça-feira (29), seja apenas com o voto de lideranças partidárias, isto porque, sendo assim, não há registro de quem votou a favor ou contra a proposta. “Como diz o jornalista Boris Casoy ‘Isto é uma vergonha’”, finaliza Jeová.

Postado em: 25/11/2016, Por : News Comunicação

Deixe uma resposta

O seu endereço de email não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *