Santa Maria inicia treinamento de integração dos jovens aprendizes 2016/2017

Os candidatos, com  idades entre 18 e 22 anos, que foram selecionados para atuar no Programa Jovem Aprendiz da empresa de ônibus Santa Maria, começaram nesta segunda-feira (17) a conhecer a rotina de suas atividades. Os 15 candidatos que foram selecionados conheceram hoje os coordenadores do RH, Departamento Pessoal e SESMT e se familiarizaram com as normas internas da Santa Maria. Nesta terça-feira (18), eles participarão do treinamento teórico do setor de tráfego e da bilhetagem eletrônica. Na quarta-feira (19) acontecerá o treinamento prático da Bilhetagem. Dos 15 candidatos, 14 atuarão na área operacional, como cobrador e um fará estágio no setor administrativo.

Segundo a psicóloga da Santa Maria, Tayane Rodrigues, a integração teve o objetivo de apresentar a empresa e também os responsáveis por cada área. “Antes dos  candidatos começarem a atuar na empresa,  nas funções para as quais foram selecionados, eles vão conhecer detalhes do funcionamento da empresa, nossa missão, metas, forma de atuar, além das pessoas que eles conviverão no ambiente de trabalho”, afirma Tayane.

Todos os novos contratados estão matriculados entre o ensino fundamental e o ensino médio ou já concluíram seus estudos. A carga horária do Jovem Aprendiz é de quatro horas de atuação na empresa, de segunda a sexta-feira, mais duas horas de curso, no SEST/SENAT, de segunda a quinta-feira.

Para participar do Programa Jovem Aprendiz é necessário que o candidato tenha entre 14 e 24 anos, esteja matriculado e frequentando a escola, caso não tenha concluído o Ensino Fundamental, e esteja inscrito em curso ou programa de aprendizagem desenvolvido por instituições de aprendizagem, a exemplo do SEST/SENAT.  “O Jovem Aprendiz é um programa que valoriza os estudos, tanto é que a carga horária é reduzida para que o estagiário possa levar adiante os seus estudos, caso ele não tenha concluído, e tenha tempo de frequentar as aulas. O contrato de trabalho tem duração de um ano e a remuneração varia de acordo com as horas computadas de serviços prestados”, lembrou Tayane Rodrigues durante o treinamento.

Postado em: 19/10/2016, Por : News Comunicação

Deixe uma resposta

O seu endereço de email não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *