Politicamente correto. O mimimi na publicidade.

Hoje se fala muito no politicamente correto e em como isso afeta a publicidade. Num mundo em que as bandeiras das lutas sociais estão ao alcance de todos, ficou realmente difícil fazer propaganda?

Pode se pensar que está mais complicado, mas o problema não é o fato de não se poder fazer piada, mas sim a sensatez. A questão é que, diferente de há alguns anos, a publicidade é uma via de mão dupla. Antes o anunciante falava e o público absorvia o conteúdo. Hoje, o público não só absorve, mas comenta e compartilha. Isso pode ser bom ou ruim para a marca, dependendo do conteúdo do anúncio. A mentalidade das pessoas está mudando e o anunciante deve acompanhar essa mudança.

A campanha da Itaipava, por exemplo, foi muito questionada por seu forte apelo machista e foco na questão da mulher objeto. Bem, no vai e vem do verão, a Heineken mostrou como pode se vender uma cerveja com inteligência.

O politicamente correto não é algo que veio para dificultar a vida do publicitário. Ele existe para fazer a sociedade evoluir. Isso é muito bom, pois ao sair do nosso lugar comum e explorar novos caminhos, aumentamos o potencial do nosso trabalho e a publicidade cumpre o seu papel de ser um canal transformador

Postado em: 15/07/2016, Por : administrador

Deixe uma resposta

O seu endereço de email não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *