Jeová Campos sugere que deputados façam um requerimento conjunto solicitando esclarecimentos do BNB sobre investimentos no semiárido do NE

A proposta é realizar um debate na ALPB para conhecer a destinação dos

recursos do Fundo Nacional do Desenvolvimento do Nordeste

O deputado Jeová Campos (PSB) sugeriu, nesta quarta-feira (18), durante pronunciamento na ALPB, que os parlamentares assinem um requerimento conjunto para promover um debate na Casa e pedir esclarecimento da direção do BNB sobre a destinação dos recursos do Fundo Nacional do Desenvolvimento do Nordeste. Segundo o deputado, dos R$ 14 bilhões do orçamento do Fundo, R$ 7 bilhões devem ser direcionados para investimentos no semiárido do Nordeste, o que não está ocorrendo.

“Eu não vejo esses empreendimentos na área seca da Paraíba, por exemplo, pode ser que haja em Pernambuco ou outros estados, e sabemos que a instituição tem o dever de investir R$ 7 bilhões, dos R$ 14 bilhões do Fundo no semiárido nordestino. Precisamos saber onde está sendo investido esses recursos e pleitear que eles sejam direcionados para as regiões de seca da região Nordeste, inclusive para a Paraíba”, disse Jeová justificando a necessidade do debate.

O deputado lembrou que o semiárido do Nordeste tem 1135 municípios, que concentram mais de 18 milhões de habitantes, e tem um grande potencial de desenvolvimento. “Se há recursos que devem ser direcionados a essa região, vamos cobrar do BNB que eles sejam, de fato, investidos no semiárido para impulsionar o desenvolvimento destas localidades”, disse Jeová.

Na mesma fala, o parlamentar lembrou a importante iniciativa da OAB-PB que promoveu um debate nesta terça-feira (17), em João Pessoa, com a participação de juristas, técnicos, autoridades e membros do Comitê de Energia Solar da Paraíba com o objetivo de abordar a construção de uma política sobre energia renovável para o estado. “Olhando para o desenvolvimento sustentável da Paraíba a gente percebe que a concentração da riqueza do Estado não pode estar apenas na área molhada e precisa ser desconcentrada incluindo as regiões secas, que tem potencial de desenvolvimento com o uso da radiação solar para geração de energia renovável. Muito me alegra essa iniciativa da OAB-PB de se dispuser a debater essa questão que está na ordem do dia”, disse o deputado Jeová Campos, numa alusão ao encontro promovido pela Ordem.

O parlamentar aproveitou para convidar os parlamentares a participar de um encontro, na próxima segunda-feira (23), as 10h,  em Picuí, para debater essa questão da energia renovável, com o olhar voltado para a geração de energia solar, Ele ainda lamentou a saída do superintendente da SUDENE, João Paulo, que estava engajado nesse projeto de indução do desenvolvimento a partir do aproveitamento da energia renovável. “Foi uma pena a saída de João Paulo, nós já estávamos bem avançados nessa discussão, inclusive com projetos sendo avaliados”, finalizou o deputado.

 

Postado em: 19/05/2016, Por : News Comunicação

Deixe uma resposta

O seu endereço de email não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *