Caldo de cana-de-açúcar ganha versão industrializada

Bebida tipicamente brasileira, o caldo ou suco de cana-de-açúcar, que é vendida principalmente nas feiras livres do País, acaba de ganhar uma versão industrializada e pioneira no mercado nacional. Com isso, a partir de agora, os hotéis podem oferecer, seja entre os itens do frigobar nos quartos como nos pontos de vendas gastronômicos de seus empreendimentos o Kanaí.

O Kanaí é produzido em processos artesanais, a partir da moagem da cana-de-açúcar, sem a adição de açúcar refinado, corantes ou conservantes. Moído manualmente em moendas de aço inox e a frio, o suco é envazado em garrafas de vidro, de 1 litro ou 250 ml, e pasteurizado. O processo de pasteurização do Kanaí foi patenteado com o apoio do Instituto de Tecnologia de Alimentos- Ital, instituição científica do governo de São Paulo que se destaca por desenvolver tecnologias que ampliam o “tempo de prateleira” dos produtos.

Por ser o primeiro suco de cana-de-açúcar do país, o Kanaí conquistou a criação de um parâmetro para o produto no Ministério da Agricultura, Pecuária e Abastecimento (Mapa). Produzido pela Sustên, o Kanaí tem certificado que permite a exportação do produto aos Estados Unidos, expedido pelo Food and Drug Administration (FDA).

Postado em: 28/01/2016, Por : Andrea Castro

Deixe uma resposta

O seu endereço de email não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *